oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Reestrutura o produtiva no setor bancário brasileiro e sofrimento dos caixas executivos: um estudo de caso
Merlo álvaro Roberto Crespo,Barbarini Neuzi
Psicologia & Sociedade , 2002,
Abstract: este artigo tem por objetivo apresentar uma análise das repercuss es das mudan as no psiquismo em trabalhadores que desempenham a fun o de caixas de um grande banco estatal brasileiro em processo de reestrutura o produtiva, com uma aten o particular às formas de mobiliza o da inteligência, da personalidade no trabalho e na utiliza o de estratégias coletivas de defesa para enfrentar o sofrimento. Foi utilizada para a pesquisa e a análise dos dados, a metodologia da Psicodinamica do Trabalho, disciplina que estuda em que situa es as condi es organizacionais determinam o sentido e a mobiliza o subjetiva no trabalho, e também as repercuss es dessas condi es sobre a saúde dos trabalhadores. Foi constatado que a mobiliza o psíquica provocada pelas mudan as é intensa, a partir de sentimentos de inseguran a, estranhamento, desorienta o e impotência diante das incertezas das propostas da empresa, sendo a perda do contato com o cliente uma das maiores fontes de sofrimento para o grupo. Há um sentimento de desvaloriza o, manifestado nas queixas sobre o achatamento salarial, na perda do status que a fun o proporcionava e na desestrutura o de um saber acumulado ao longo dos anos de exercício da fun o. O sofrimento psíquico dos caixas, provocados pelas reestrutura es no trabalho, atingem níveis preocupantes, pois as novas formas de organiza o do trabalho est o destruindo a imagem do caixa como um profissional e reduzindo a possibilidade de serem reconhecidos pelo exercício da atividade.
Entre a ruptura e a continuidade: vis es da história do movimento sindical brasileiro
Santana Marco Aurélio
Revista Brasileira de Ciências Sociais , 1999,
Abstract: O artigo analisa algumas das vis es que se consolidaram no processo de constru o de identidades políticas ocorrido em torno do chamado "novo sindicalismo", em fins dos anos 70. Estas vis es, produzidas na articula o entre os estudos acadêmicos e o movimento social, tinham como uma de suas características a idéia de ruptura entre o passado e o presente do movimento sindical de nosso país, estabelecendo um corte entre o que seriam o novo e o velho sindicalismo. Levando em conta n o só aquele período, mas também acompanhando o desenvolvimento posterior do "novo sindicalismo" e dos estudos acerca do sindicalismo brasileiro, indico os limites do enfoque baseado nesta rígida separa o. Além disso, apresento uma possibilidade de interpreta o alternativa que dá maior ênfase à continuidade de determinadas práticas no interior da experiência organizativa dos trabalhadores. Nesse sentido, aponto, a partir de alguns exemplos, como o "novo sindicalismo" teria continuado certas tradi es já existentes no meio sindical.
Projeto: reestrutura o produtiva e qualifica o
Leite Márcia de Paula,Rizek Cibele Saliba
Educa??o & Sociedade , 1997,
Abstract: à guisa de apresenta o do Projeto "Reestrutura o produtiva e qualifica o", este texto é um relatório parcial de um ano das diferentes pesquisas. Ele discute os primeiros achados dos vários subprojetos que comp em o projeto, analisando especialmente as segmenta es presentes no mundo do trabalho.
Reestrutura o produtiva e negocia o coletiva nos anos 90
Araújo Angela Maria Carneiro,Cartoni Daniela Maria,Justo Carolina Raquel D. Mello
Revista Brasileira de Ciências Sociais , 2001,
Abstract: O objetivo do artigo é analisar os impactos da reestrutura o produtiva e financeira sobre o poder de barganha de três sindicatos da regi o de Campinas (S o Paulo) - dos químicos, dos metalúrgicos e dos bancários -, enfocando principalmente, de uma perspectiva comparativa, os processos de negocia o coletiva em que estiveram envolvidos no decorrer da década de 90. O interesse das autoras é discutir: (a) como se desenvolveu o processo de introdu o e difus o de inova es tecnológicas e organizacionais nas indústrias metalúrgica e química e no setor bancário, e suas conseqüências sobre a divis o e o conteúdo do trabalho no interior das empresas; (b) como esse processo modifica o perfil dos trabalhadores destes setores na regi o e altera a estrutura do emprego nas cadeias produtivas e no interior do sistema bancário; (c) os efeitos destas transforma es sobre a a o sindical e, em especial, sobre o processo de negocia o coletiva, mediante a análise da evolu o dos acordos e conven es coletivas destas três categorias.
Reestrutura o produtiva no setor bancário: a realidade dos anos 90
Larangeira S?nia M.G.
Educa??o & Sociedade , 1997,
Abstract: O objetivo do artigo é levantar quest es relativas à reestrutura o produtiva nos bancos e suas implica es sociais (emprego, qualifica o, forma o e treinamento, salário e a o sindical), no contexto dos anos 90. As observa es e conclus es apresentadas resultam da análise de um estudo de caso que teve como objeto um banco estatal em vias de privatiza o, bem como da utiliza o de estatísticas gerais sobre o setor. Dentre as conclus es, caberia destacar que os ganhos para a for a de trabalho, resultantes do processo em estudo, poderiam ser relativizados, já que os mesmos s o acompanhados de efeitos negativos, como maior desgaste físico e mental da for a de trabalho, além da ocorrência de altas taxas de desemprego. Nesse sentido, conclui-se que, a uma possível eleva o da qualifica o dos que permanecem no emprego, corresponderia uma degrada o das condi es de vida em termos mais gerais.
REESTRUTURA??O PRODUTIVA E TRANSFORMA??ES ECON?MICAS: REGI?O METROPOLITANA DE S?O PAULO
ARAUJO, MARIA DE FáTIMA INFANTE;
S?o Paulo em Perspectiva , 2001, DOI: 10.1590/S0102-88392001000100004
Abstract: este artigo aborda os impactos da reestrutura??o produtiva na regi?o metropolitana de s?o paulo no final do século xx. derivadas de determina??es econ?micas, as transforma??es na base técnica de produ??o, ao longo da década de 90, acarretaram altera??es estruturais na indústria e nos servi?os, bem como na estrutura ocupacional. a convergência entre a reestrutura??o produtiva e a concentra??o regional da produ??o industrial na rmsp, os processos inovadores e a ruptura entre as trajetórias da produ??o e do emprego na evolu??o da economia metropolitana s?o enfatizados neste texto.
Reestrutura o produtiva na Regi o Metropolitana da Grande Vitória: Manifesta es Socioespaciais em Cariacica  [cached]
Carlos Teixeira de Campos Junior
Geografares , 2012,
Abstract: é uma pesquisa realizada para compreender os impactos socioespaciais no município de Cariacica decorrentes da reestrutura o produtiva verificada na Regi o Metropolitana da Grande Vitória, Espírito Santo. Tomando como referência as manifesta es da rela o cidade e regi o em Cariacica, a pesquisa abordou quatro momentos históricos considerados de mudan as importantes na orienta o do desenvolvimento regional. Identificou que, como parte de uma rede de cidades Cariacica se destacou no contexto da cidade que vai se tornar metropolitana. Enquanto uma cidade metropolitana em rede foi-lhe reservada a especializa o produtiva, a pobreza, e a constru o imobiliária de empreendimentos populares em seu território.
REESTRUTURA O PRODUTIVA NO BRASIL: UM BALAN O CRíTICO INTRODUTóRIO DA PRODU O BIBLIOGRáFICA
Tumolo Paulo Sergio
Educa??o & Sociedade , 2001,
Abstract: O texto apresenta os resultados de uma pesquisa bibliográfica acerca da reestrutura o produtiva no Brasil, abrangendo as mais diversas áreas do conhecimento correlatas -- sociologia do trabalho, economia do trabalho, economia política, administra o de empresas, educa o e trabalho, engenharia. Com esta base, procura apreender, apesar de todos os limites, como vem se conformando tal fen meno neste país e aponta que, no contexto do novo padr o de acumula o de capital, sua principal característica é a intensifica o da explora o sobre a for a de trabalho. Ao mesmo tempo, empreende uma análise crítica da referida bibliografia, buscando indicar seus limites explicativos.
Reestrutura??o produtiva no setor bancário brasileiro e sofrimento dos caixas executivos: um estudo de caso
Merlo, álvaro Roberto Crespo;Barbarini, Neuzi;
Psicologia & Sociedade , 2002, DOI: 10.1590/S0102-71822002000100007
Abstract: the objective of this article is to study the consequences in the work in brazilian banks after the deep changes, mainly after the implementation of the economical plan from 1994 - "plano real". in their efforts to adapt themselves to the new economical contingency of the country and to the increase in competition in this sector, the banks have restructured their organisations, downsized their staff, replaced workforce for computerizing systems which allow the treatment of data using less workers. these changes have not occured without consequences for the workers. these people have had to adapt themselves to the new situation, to the increase of pressure of work, of the exposure to risks and, to the end of job stability. based on a research carried out with cashiers from a bank, an analysis of the repercussion of those changes for the workers' psyche was done with particular attention to the ways of the mobilization of intelligence and of their personality in the work and in the use of collective strategies of defence to fight the suffering. in order to carry out the research and to analyse the data, we have used the theoretical and methodological approaches of the psychodynamics of work, a subject which studies in which situations the conditions of the organisations determine the direction and the subjective mobilization in the work as well as the consequences of those conditions on the workers' health.
Políticas de ciência e tecnologia e reestrutura o produtiva: o caso brasileiro  [cached]
Maíra Baumgarten
Estudos de Sociologia , 2007,
Abstract: Este artigo aborda as atuais políticas de ciência e tecnologia no Brasil visando discutir os impactos das formas de gest o e de fomento de ciência e tecnologia (C&T) na base científica e tecnológica brasileira, na década de 90. Essa análise é desenvolvida tendo presente a inser o do Brasil como estado nacional semi-periférico no processo de globaliza o mundial, bem como as tendências de organiza o neoliberal do estado, que se vêm delineando desde a década de 1980, e a rela o existente, em nível internacional, entre capacidade de produ o de (novos) conhecimentos e poder político e econ mico. This article deals with the new policies related to science and technology in Brazil and tries to discuss the impact of the various forms of management and assistance of science and technology in the 90’s. The analysis has as its main themes the insertion of Brazil as a semiperipheric nation in the process of world globalization, the tendencies of the world neoliberal organization , which has been outlined since the 80’s, and the existing relation, at international level, between the capacity of producing (new) knowledge and the economic and political power.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.