oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Desenvolvimento ponderal de bovinos meio-sangue Ibagé- Hereford nascidos em distintas esta??es do ano
Machado Júnior, Paulo Cláudio;Salomoni, Eduardo;Osório, José Carlos da Silveira;
Ciência Rural , 1999, DOI: 10.1590/S0103-84781999000200023
Abstract: the aim of this work was to study the influence of calving seasons (spring and autumn), upon growth rate of ibagé x hereford crosses (f1) under natural pasture grazing conditions, at the centro de pesquisa de pecuária dos campos sulbrasileiros, of empresa brasileira de pesquisa agropecuária, in bagé, rio grande do sul state, brazil. seventy four animals (44 born in spring and 30 in autumn) were used, weighed at 90 days intervals from birth up to the age of 1080 days. the highest body weights were observed for animals born in autumn at birth, 360, 630, 720 and 1080 (p <0.01) and, at 990 days of age (p <0.05), while the animals born in spring were heavier at the ages of 180, 540 and 900 (p <0.01) and, 450 and 810 days (p <0.05).
Avalia o das características estruturais do capim-braquiária em pastagens adubadas com nitrogênio nas quatro esta es do ano  [cached]
Fagundes Jailson Lara,Fonseca Dilermando Miranda da,Morais Rodrigo Vieira de,Mistura Claudio
Revista Brasileira de Zootecnia , 2006,
Abstract: Este experimento foi realizado com o objetivo de avaliar o efeito da aduba o nitrogenada sobre a demografia de perfilhos e a biomassa forrageira em pastagens de Brachiaria decumbens cv. Basilisk submetidas à mesma intensidade de pastejo. Os tratamentos consistiram da aplica o de quatro doses de nitrogênio (75, 150, 225 e 300 kg/ha.ano) antes do período das avalia es experimentais, realizadas durante as esta es ver o, outono, inverno e primavera de 2002. O delineamento foi em blocos completos, casualizados com duas repeti es. A demografia populacional de perfilhos e a biomassa forrageira de B. decumbens variaram com as esta es do ano e com as doses de nitrogênio. A densidade populacional de perfilhos vegetativos e vivos aumentou linearmente, enquanto a de perfilhos mortos decresceu linearmente com as doses de N. A biomassa forrageira também aumentou linearmente, ao passo que a densidade populacional de perfilhos reprodutivos n o foi influenciada pela aduba o nitrogenada. A densidade populacional de perfilhos vivos, vegetativos e reprodutivos e a biomassa de folhas, de colmo e de material verde de Brachiaria decumbens variaram entre as esta es do ano, apresentando valores menores no inverno.
INFLUêNCIA DO PESO INICIAL E DA ESTA O DO ANO NA CONVERS O EM OVOS DE FêMEAS DE Boophilus microplus (ACARI: IXODIDAE)  [cached]
Lígia Miranda Ferreira Borges,José Roberto Carneiro,Abra?o Garcia Gomes,Paulo César Moreira
Ciência Animal Brasileira , 2006,
Abstract: Este trabalho objetivou avaliar a influência do peso inicial da fêmea e da esta o do ano na convers o em ovos de Boophilus microplus. O índice de eficiência reprodutiva (IER) de 411 fêmeas pesando entre 31 e 360 mg foi correlacionado com seu peso inicial. Para avaliar a influência das diferentes esta es do ano neste parametro biológico, dez fêmeas ingurgitadas de B. microplus pesando acima de 150 mg foram colhidas, a cada duas semanas, e mantidas em condi es climáticas controladas até a determina o do IER. Uma rela o curvilinear foi observada entre o peso das fêmeas e o IER. Fêmeas pesando entre 151 e 360 mg tiveram IER’s mais altos (variando de 44,9% a 51,4%) do que aquelas mais leves, as quais apresentaram uma menor capacidade de convers o em ovos (variando de 31,4% a 39,0%). Foi observado que a capacidade de as fêmeas converterem o peso em ovos variou sazonalmente. Os mais altos IER foram observados no período seco, de abril a setembro (47,6% a 58,3%), do que no período chuvoso, de outubro a mar o (40,2% a 43,6%) (P<0,05). PALAVRAS-CHAVE: Boophilus microplus, biologia, convers o em ovos, bovinos.
Características morfogênicas e estruturais do capim-braquiária em pastagem adubada com nitrogênio avaliadas nas quatro esta es do ano  [cached]
Fagundes Jailson Lara,Fonseca Dilermando Miranda da,Mistura Claudio,Morais Rodrigo Vieira de
Revista Brasileira de Zootecnia , 2006,
Abstract: Este experimento foi realizado com o objetivo de avaliar o efeito da aduba o nitrogenada sobre as características morfogênicas e estruturais de Brachiaria decumbens sob pastejo. Os tratamentos consistiram da aplica o de quatro doses de nitrogênio (75, 150, 225 e 300 kg/ha.ano) antes do início das avalia es experimentais, realizadas em 2002 durante as esta es de ver o, outono, inverno e primavera. Utilizou-se o delineamento em blocos completos casualizados, com duas repeti es. A taxa de alongamento de folha, o comprimento final da folha, o índice de área foliar e as porcentagens de colmo e de lamina foliar aumentaram linearmente, enquanto a porcentagem de material morto decresceu com a aduba o nitrogenada da Brachiaria decumbens sob pastejo. N o foi constatado efeito da aduba o nitrogenada sobre o número de folhas vivas, de folhas emergentes e de folhas totais e as taxas de alongamento do colmo e de senescência foliar. A taxa de alongamento de folha e de colmo, o número de folhas vivas, o comprimento final da folha, o índice de área foliar e a porcentagem de lamina foliar e de colmo de Brachiaria decumbens variaram entre esta es do ano, apresentando valores menores no inverno.
Estudo da oferta e comercializa o de mel o na CEASA-PI (1991-1996)  [cached]
Duarte Rosa Lúcia R.,Andrade Júnior Aderson S. de
Horticultura Brasileira , 2003,
Abstract: Utilizando-se dados sobre a situa o da oferta e comercializa o de mel o na CEASA no Piauí, referentes ao período de 1991 a 1996, verificou-se uma quantidade média anual de 5.597 t de frutos de mel o comercializados no mercado atacadista de Teresina, correspondendo a um acréscimo de 137,2% em rela o ao volume médio de 2.360 t obtidas no período de 1986 a 1991. Frutos de mel o procedentes dos estados de Pernambuco, Bahia e Rio Grande do Norte, abastecem a CEASA- PI todos os meses do ano e sua participa o é predominante, com média anual de 2.195 t (39%), 2.138 t (19%) e 852 t (15%), totalizando uma quantidade média de 5.187 t, com uma participa o percentual de 73%. As maiores quantidades de mel o ofertadas e comercializadas foram provenientes dos municípios de Petrolina (PE), Juazeiro (BA) e Mossoró (RN). A menor oferta foi verificada nos estados de Pernambuco, Bahia e Rio Grande do Norte, nos períodos de julho-novembro, dezembro-janeiro, abril-junho e, abril-setembro, respectivamente. Em rela o aos frutos produzidos no estado do Piauí, verificou-se um acréscimo na quantidade média comercializado de 106 t para 218 t, elevando sua participa o percentual de 0,36% quando comparado ao período de 1986 a 1991.
Avalia o de características de valor nutritivo das gramíneas forrageiras Marandu, Setária e Tanzania nas esta es do ano  [cached]
Gerdes Luciana,Werner Joaquim Carlos,Colozza Maria Tereza,Possenti Rosana Aparecida
Revista Brasileira de Zootecnia , 2000,
Abstract: Foi realizado um experimento de campo, em blocos completos ao acaso, em esquema de parcelas subdivididas, com 12 repeti es, com o objetivo de comparar os teores de proteína bruta (PB), fibra em detergente neutro (FDN) e digestibilidade in vitro da matéria seca (DIVMS), da planta inteira e suas fra es lamina e haste do Marandu (Brachiaria brizantha Stapf. cv. Marandu), da setária (Setaria sphacelata [Schum.] Moss var. sericea [Stapf.] cv. Kazungula) e do Tanzania (Panicum maximum Jacq. cv. Tanzania-1), em cortes aos 35 dias de crescimento, nas esta es de primavera (21/11 a 25/12/97), ver o (29/12/97 a 02/02/98), outono (13/04 a 18/05/98) e inverno (28/05/98 a 01/07/98). As parcelas foram representadas pelas gramíneas forrageiras e as subparcelas, pelas esta es do ano. Marandu e Tanzania n o diferiram quanto aos teores de PB e DIVMS. A Setária apresentou teores de PB mais elevados que o Marandu, no outono e no inverno, porém menor DIVMS que este, nas quatro esta es. Tanzania e Setária n o diferiram quanto aos seus teores de PB e DIVMS, nas quatro esta es. Os teores de FDN foram maiores no Tanzania, mas n o diferiram entre Marandu e Setária. O mais alto valor nutritivo, considerando-se maiores teores de proteína e DIVMS e menores teores de FDN, foram observados no outono, independentemente da espécie forrageira.
Determinantes de la oferta y la demanda del mercado de arrendamientos urbano para el segmento de población de bajos ingresos The Urban Rental Market for the Low-income Population: main Determinants of Supply and Demand (Colombia) Determinantes da oferta e a demanda do mercado das loca es urbanas para o segmento da popula o de rendas baixas
Elizabeth Pérez Pérez
Cuadernos de Vivienda y Urbanismo , 2009,
Abstract: Resumen Frente al propósito de disminución del déficit habitacional del país, la figura del arrendamiento cobra importancia como herramienta que, además de contribuir de manera directa a su disminu-ción, puede llegar a constituir una opción de inversión rentable. Adicionalmente, en un contexto caracterizado por limitaciones fiscales del estado, precariedades de las viviendas existentes, difi-cultades en el acceso a créditos hipotecarios e ineficiencia en la gestión urbana, entre otras, el arrendamiento se convierte en una alternativa de solución habitacional, en el corto plazo, para los hogares más pobres. Por lo anterior, la investigación adelantada responde a la necesidad de caracterizar el mercado de arrendamiento urbano, enfocado en el segmento de población más pobre. Buscando identificar las posibilidades de articular estos mercados en un marco formal que posibilite su interrelación con instrumentos financieros que apalanquen la oferta de vivienda en arriendo, para los estratos bajos de la población. Abstract Given the aim of decreasing Colombia’s housing shortage, the possibility of renting is important as a tool that, in addition to contributing directly to the reduction of housing shortage, can be a profitable investment option. Additionally, in a context of fiscal constraints at national level, poor conditions of existing homes, difficult access to mortgages and inefficiency in public administration at municipality level, among other aspects, renting is an alternative short term solution for the poorest. The present research was carried out in order to respond to the need for a characterization of the urban rental market, focusing on the poorest segment. It seeks to identify the possibilities of fitting these markets in a legal framework that enables their interaction with financial instruments, so that the supply of rental housing for the lower strata of the population can be stimulated. Resumo Diante do desafio da diminui o do déficit habitacional do país, a figura do aluguel gana importancia como ferramenta que, além de contribuir de maneira direta com a sua diminui o, pode chegar a constituir uma op o de investimento rentável. Adicionalmente, em um contexto caracterizado pelas limita es fiscais do Estado, precariedades das moradias existentes, dificuldades no acesso a créditos hipotecários e ineficiência na gest o urbana, entre outras, o aluguel converte-se em una alternativa de solu o habitacional, a curto prazo, para as famílias com menores recursos. Por isso, a pesquisa realizada, responde à necessidade de caracterizar o mercado de
Análise dos determinantes da oferta no setor de turismo: efeitos sobre o setor de transporte aéreo  [cached]
Edgard Antonio Pereira,Emerson Fernandes Mar?al
Revista de Literatura dos Transportes , 2011,
Abstract: A atividade turística é uma das variáveis determinantes da estrutura de oferta do setor de transportes aéreos e de seu desempenho econ mico. Neste artigo analisa-se a literatura econ mica aplicada ao setor de turismo, mostrando que em fun o das características do bem “turismo” há potencialidade de ocorrência de falhas de mercado que impedem a melhor aloca o dos recursos. Essas falhas de mercado podem ocorrer por problemas de informa o, externalidades ou super-utiliza o de recursos n o renováveis. Em consequência, uma adequada regula o do setor é necessária para a obten o de uma aloca o mais eficiente dos recursos. A regula o deverá contemplar em cada caso a op o por uma explora o de maior valor ou maior volume do bem turístico e necessariamente deverá contemplar as diversas esferas de governo: federal, estadual e municipal. A op o regulatória adotada resultará em diferentes impactos sobre a estrutura o da oferta e sobre o desempenho do setor de transportes aéreos.
Altura de capins e cobertura do solo sob aduba o nitrogenada, irriga o e pastejo nas esta es do ano = Grass height and soil cover under nitrogen fertilization, irrigation and grazing during the seasons of the year
Carlos Augusto Brasileiro de Alencar,Ant?nio Carlos Cóser,Carlos Eugênio Martins,Rubens Alves de Oliveira
Acta Scientiarum : Agronomy , 2010,
Abstract: Objetivou-se avaliar a altura de planta e a cobertura do solo de seis capins irrigados manejados por pastejo sob efeito de diferentes aduba es nitrogenadas e esta es do ano. O experimento foi conduzido em esquema de parcelas subdivididas, tendo nas parcelas um esquema fatorial 4 x 6 (doses de nitrogênio e forrageiras) e nas subparcelas as esta es do ano (outono/inverno e primavera/ver o) no delineamento em blocos casualizados, com quatro repeti es. As doses nitrogenadas foram de 100, 300, 500 e 700 kg ha-1 ano-1, e as forrageiras foram: Xaraés, Momba a, Tanzania, Pioneiro, Marandu e Estrela. A altura foi medida desde o solo até as extremidades das folhas e a cobertura estimada visualmente por três observadores. Observou-se efeito dos capins, aduba o nitrogenada e esta es do ano nas característicasavaliadas. Os capins Estrela e Tanzania proporcionaram maior e menor cobertura, respectivamente. Os capins Pioneiro e Marandu apresentaram maior e menor altura, respectivamente. As maiores temperaturas ocorridas nas esta es primavera/ver o proporcionaram maior altura de planta, porém n o afetaram a cobertura. O aumento da aduba o nitrogenada pouco influenciou as características avaliadas nas esta es outono/inverno: houve redu o da cobertura e aumento da altura do capim-Xaraés. Nas esta es primavera/ver o, houve redu o da cobertura e da altura do capim-Pioneiro e somente da altura do capim-Estrela. This study aimed to evaluate the soil cover and plant height of six irrigated grasses under different levels of nitrogen fertilization over the seasons of the year. The experiment was carried out in a split-plot design, with a 4 x 6 factorial scheme (nitrogen and grasses) in the sub-plots and the seasons (autumn/winter and spring/summer), in randomized blocks, with four repetitions. The nitrogen doses were 100, 300, 500 and 700 kg ha-1 year-1 and the grasses were: Xaraes, Momba a, Tanzania, Pioneiro, Marandu and Estrela. The height was measured from the soil to the extremities of the leaves, and the soil cover was visually estimated by three observers. Effects of the grasses, nitrogen and seasons of the year were observed on the two evaluated characteristics. The Estrela and Tanzania grasses provided the largest and smallest soil cover, respectively. Pioneiro and Marandu presented the highest and lowest height, respectively. The highest temperatures in the spring/summer season caused higher plant height, but they did not affect soil cover. The increase in nitrogen dosages had little influence on the appraised characteristics in the autumn/winter season: th
Milk production and quality of Holstein cows in function of the season and calving order Produ o e qualidade do leite de vacas da ra a Holandesa em fun o da esta o do ano e ordem de parto
Rodrigo de Souza,Geraldo Tadeu dos Santos,Altair Ant?nio Valloto,Alexandre Leseur dos Santos
Revista Brasileira de Saúde e Produ??o Animal , 2010,
Abstract: It was aimed to evaluate the effect of the lactation order and calving season on milk production and quality of Holstein’s cows. The lactation order had a significant effect on milk production and score of somatic cells (SSC), without affecting fat and protein content. Cows of 3rd and 4th lactation were more productive due to the complete development of the mammary gland and corporal growth. SSC rose with the increase of the lactation number due to the contact with pathological agents as the animals had a more advanced age. Lactations that begin in the spring presented the smallest milk production (Kg/cow/day) because of the heat stress that these animals suffered in the lactation pick, with damage of milk production of this lactation. SSC, the fat and protein content did not vary in function of the calving season. Lactation order and calving season caused variation in the milk production, being important the use of strategies to minimize the heat stress mainly in the lactation pick. Larger careful should be taken with cows starting from 4th lactation, because these present a higher SSC, and the heat stress can favor the mastitis occurrence. Objetivou-se com este trabalho avaliar o efeito da ordem de lacta o e esta o do ano ao parto sobre a produ o e qualidade do leite de vacas da ra a Holandesa. A ordem de parto teve efeito significativo sobre a produ o de leite e escore de células somáticas (ECS), sem efeito sobre os teores de gordura e proteína. Vacas de 3a e 4a lacta o foram mais produtivas devido ao completo desenvolvimento da glandula mamária e crescimento corporal. O ECS aumentou com a eleva o do número de lacta es devido ao contato com agentes patogênicos à medida que os animais têm uma idade mais avan ada. Lacta es iniciadas na primavera apresentaram a menor produ o de leite (Kg/vaca/dia) por causa do estresse calórico que os animais sofreram no pico de lacta o, de modo a comprometer a produ o de leite dessa lacta o. ECS e teores de gordura e proteína n o variaram em fun o da época de pari o. Ordem de lacta o e esta o do ano ao parto causam varia o na produ o de leite, e é importante o uso de estratégias para minimizar o estresse calórico, principalmente no pico de lacta o. Maiores cuidados devem ser tomados com vacas a partir da 4a lacta o, pois apresentam maior ECS e o estresse calórico pode favorecer a ocorrência de mastite.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.