oalib
匹配条件: “” ,找到相关结果约100条。
列表显示的所有文章,均可免费获取
第1页/共100条
每页显示
Transforma es na realidade do trabalho no Brasil e em Portugal  [cached]
Larangeira Sonia Guimar?es
Sociologias , 2004,
Abstract: Os artigos reunidos no dossiê deste número da revista Sociologias foram apresentados em encontros realizados no Brasil e em Portugal como parte de atividades do Programa de Coopera o CAPES-GRISCES denominado Transforma es do Trabalho e do Emprego no Contexto da Reestrutura o Econ mica - coordenado, no Brasil, pela Prof. Dra. Valmíria Piccinini e, em Portugal, pela Prof. Dra. Ilona Kovács, envolvendo os Programas de Pós-Gradua o em Administra o e Sociologia da UFRGS e o Centro de Investiga o em Sociologia Econ mica (SOCIUS) do Instituto Superior de Economia e Gest o da Universidade Técnica de Lisboa e, como institui o associada, o Departamento de Ciências da Administra o da Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC. O referido programa de intercambio tem possibilitado aos pesquisadores envolvidos uma profícua discuss o sobre resultados de pesquisas acerca da realidade do trabalho em transforma o nos dois países, de tal forma que julgamos oportuno que, ao menos parte daquelas contribui es, se torne acessível ao público interessado, o que fazemos nesta oportunidade.
MAPA DO CONHECIMENTO DA CIêNCIA DA INFORMA O IMPLICA ES PARA O FUTURO DA áREA  [PDF]
Chaim Zins,Anthony Debons,Clare Beghtol,Michael Buckland
Brazilian Journal of Information Science , 2007,
Abstract: Esse trabalho coletivo incorpora onze posi es sobre as implica es do “Mapa do Conhecimento da Ciência da Informa o”, um estudo crítico Delphi conduzido de 2003 a 2005 e publicado em uma série de quatro artigos (ZINS, 2007a, b, c, d). O estudo Delphi capturou as delibera es de 57 líderes acadêmicos em Ciência da Informa o de 16 países para fornecer: 1) defini es de conceitos fundamentais de dados, informa o, conhecimento e mensagem; 2) concep es alternativas em rela o ao domínio da Ciência da Informa o; 3) diferentes mapeamentos classificatórios da área; e 4) mapeamento compreensivo da Ciência da Informa o. Em geral, o Mapa do Conhecimento fornece um diagnóstico atual da área, retratando as quest es do Século XXI, que pode auxiliar o desenvolvimento de pesquisas futuras, programas educacionais, publica es e outras perspectivas profissionais e acadêmicas. Esse tipo de pesquisa de mapeamento sobre a Ciência da Informa o deveria ser feito periodicamente, incluindo estudos Delphi e avalia es do grau de expans o da área e provável divis o em subáreas. Metodologias alternativas para mapear a expans o do universo da Ciência da Informa o e suas sinergias com outras áreas do conhecimento, também, deveriam ser exploradas.
Transforma es no mundo do trabalho: repercuss es no mercado de trabalho do assistente social a partir da cria o da LOAS  [PDF]
Guimar?es, Gleny Terezinha Duro,Rocha, Maria Aparecida Marques da
Textos & Contextos (Porto Alegre) , 2008,
Abstract: O objetivo deste artigo é demonstrar de que forma as transforma es societárias produzidas pela forma de acumula o capitalista, est o refletindo hoje no mercado de trabalho do assistente social no Estado do Rio Grande do Sul. Para compor esta análise partimos do eixo de reflex o que trata das transforma es societárias e a crise do capital no contexto internacional e como ocorrem tais repercuss es na sociedade brasileira e conseqüentemente seus desdobramentos no mercado de trabalho do assistente social com a cria o da LOAS – Lei Organica da Assistência Social. As conclus es avaliam que houve uma absor o do mercado pelo profissional de Servi o Social, no entanto isto n o significa que houve redu o das taxas de desemprego e t o pouco uma melhora nas condi es de trabalho.
Elei es e perspectivas: eterno retorno do mesmo ou transforma o social?
Nildo Viana
Revista Espa?o Acadêmico , 2010,
Abstract: O presente artigo tematiza as elei es e as perspectivas futuras a partir do quadro estabelecido a partir delas. Nesse sentido, coloca a op o existente entre a reprodu o das atuais políticas, como determinadas possibilidades de varia es, e a contesta o da popula o, corroendo as bases do poder político e abrindo a possibilidade da transforma o social. A conclus o do artigo é que será a luta de classes que irá definir qual das duas tendências irá prevalecer.
PERCEP ES DE UM GRUPO DE TRABALHADORES SOBRE AS TRANSFORMA ES NO MUNDO DO TRABALHO  [cached]
Tiago Zardin Patias,Dinarte Belato,Pelayo Munhoz Olea
Revista PRETEXTO , 2008,
Abstract: O presente artigo tem como quest o central realizar uma leitura das transforma es no mundo do trabalho e de suas implica es no contexto local, a partir da vis o de um grupo de trabalhadores estudantes. Para elucidar essa quest o, foi realizado pesquisa documental em literatura existente sobre o tema, bem como foi aplicado questionário ao grupo selecionado. Os dados quantitativos tiveram tratamento estatístico e os qualitativos por análise de conteúdo, sendo possível fazer uma leitura e organizá-los de forma a gerar as informa es necessárias para a execu o da pesquisa. A base teórica é sobre as transforma es no mundo do trabalho, com ênfase a partir da Segunda Revolu o Industrial até os dias de hoje. A análise dos resultados aponta para uma série de dilemas que a sociedade moderna tem enfrentado, ou mesmo, suportado. Sintomas de aliena o s o visíveis, porém, alternativas de n o entrar no jogo, praticamente n o existem. Os meios que o capital usa para domina o, que anteriormente era a for a bruta das pessoas, hoje perpassam pela subjetividade.
Transforma es no mundo laboral e novos desafios do sindicalismo português
António Casimiro Ferreira,Elísio Estanque
Revista Crítica de Ciências Sociais , 2012, DOI: 10.4000/rccs.1315
Abstract: O problema da transforma o das rela es laborais tem necessariamente de ser discutido à luz do actual contexto de globaliza o económica para que se compreendam as consequências deste processo para o movimento sindical e os novos desafios que este tem hoje pela frente. Como se sabe, a economia mundial assentou desde sempre em múltiplos desequilíbrios entre centros e periferias. Mas, hoje, os contrastes entre pólos de desenvolvimento e zonas de exclus o e de miséria n o só assumem contornos ...
Transforma??es na realidade do trabalho no Brasil e em Portugal
Larangeira, Sonia Guimar?es;
Sociologias , 2004, DOI: 10.1590/S1517-45222004000200002
Abstract: the articles included in the dossier of this issue of sociologias were presented in meetings that took place in brazil and in portugal under the capes-grisces cooperation program named changes in labor and jobs in the context of economic restructuring - coordinated by dr. valmíria piccinini in brazil and by dr. ilona kovács in portugal. they involved the ufrgs business administration and sociology post-graduation programs and the center for economic sociology research (socius) of the higher institute for economics and management at the technical university of lisbon and the department of business administration sciences of the federal university of santa catarina, florianópolis, brazil as an associated institution. the aforementioned interchange program has allowed the researchers involved a fruitful debate about research results on the changing labor reality in both countries, in such a way that we find it timely to make at least part of those contributions available to the public interested, which we do now.
APONTAMENTO SOBRE AS PRINCIPAIS VERTENTES TEóRICAS QUE ANALISAM AS TRANSFORMA ES ATUAIS DO SISTEMA CAPITALISTA DE PRODU O  [cached]
Synthio Vieira de Almeida
Vértices , 2010,
Abstract: é muito fecundo e ao mesmo tempo controverso o debate acerca das transforma es que se processam no mundo capitalista atual. Em comum, as análises admitem as intensas mudan as relativas ao comportamento das for as produtivas capitalistas. Divergências no campo teórico-metodológico estabelecem as fronteiras entre Neo-schumpeteranos, que analisam as transforma es em curso sob a ótica do determinismo tecnológico; a vertente Neo-smithiana, que tem por fundamento explicativo das mudan as a supremacia do mercado; a vertente culturalista, fundamentada na idéia de que a cultura determina os padr es de uso da tecnologia, organiza o do trabalho e estratégia de gerenciamento e a vertente Neo-marxista, também conhecida como Teoria Francesa da Regula o (Silva, 1991; Silva, 2001; Toledo, 2000). Desta forma, este artigo pretende ser uma breve síntese das correntes teóricas elencadas acima.
A paisagem do diabo contemporaneo - como a dinamica espacial articula as transforma es da paisagem urbana segregando classes sociais  [cached]
Roberto Jose Hezer Moreira Vervloet
Geografares , 2002,
Abstract: Visando n o confundir paisagem com espa o geográfico, este texto tenta levantar a quest o das transforma es da paisagem urbana diante do processode reprodu o do capital, sem levantar polêmicas.Tenta sistematizar um conjunto de idéias para explicar a articula o da reprodu o do espa o desigualcriador de paisagens urbanas fragmentárias. N odeixando de discutir a quest o da paisagem urbanae sua rela o com o espa o e o cotidiano do homemcontemporaneo, acaba por concluir a quest o da interven o e do planejamento da paisagem urbanacomo um processo que passa pela interven o nadinamica espacial.
TRANSFORMA ES DO ACONTECIMENTO NAS REDES SOCIAIS: DAS MOBILIZA ES CONTRA A HOMOFOBIA à CRISE DE DUPLA SERTANEJA  [cached]
Ronaldo Cesar Henn,Kellen Mendes H?ehr,Gabriela Inácio Berwanger
Brazilian Journalism Research , 2012,
Abstract: O trabalho apresenta resultados preliminares de pesquisa que investiga a constitui o de acontecimentos através das redes sociais na internet. Já existe uma especificidade de acontecimento que atende as lógicas da rede, principalmente aqueles cuja produ o e difus o se d o a partir de plataformas e ferramentas digitais e on-line. Esse artigo investiga dois casos: o da dupla de cantores de música sertaneja brasileira, Zezé di Camargo e Luciano, que, a partir de desentendimento ocorrido em show na cidade de Curitiba, anunciaram o final da parceria. A imagem foi imediatamente postada no YouTube e repercutida nas redes sociais, o que gerou intensa conversa o sobre o episódio até converter-se em acontecimento jornalístico nas mídias tradicionais. Também analisa a organiza o de protesto contra a agress o sofrida por casal homoafetivo em rua de S o Paulo em 2011, totalmente trabalhada pelo Facebook. A partir do conceito de semiose de Charles Sanders Peirce, desenha-se o mapa de constru o desses acontecimentos com as articula es no interior da rede até as produ es de sentidos que desencadeiam. Os acontecimentos tratados contêm como elemento comum o papel de protagonista que as redes sociais tiveram na sua constitui o. Eles possuem a natureza da rede e enquadram-se naquilo que se compreende agora como ciberacontecimento, categoria que lan a novos desafios para a prática do jornalismo.
第1页/共100条
每页显示


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.