oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
A constru o de metodologia colaborativa em um supletivo profissionalizante
Nídia Nacib Pontuschka
Geografares , 2003,
Abstract: Analisa a metodologia utilizada por alguns professores em suaprática cotidiana e a maneira como o seu fazer pedagógico seinseriu no projeto político–pedagógico proposto pelo Centrode Estudos, Ensino e Pesquisa (CEEP) e pelas institui esparceiras. Baseia-se em três entrevistas realizadas com professores que ministram aulas em classe do Supletivo Profissionalizante, no Sindicato dos Marceneiros, em S o Paulo.
Educa o popular em saúde: um instrumento para a constru o da cidadania
Valeria Alves da Silva Nery,Iv?ne Gon?alves Nery,Wellington Gon?alves Nery
Ciência & Desenvolvimento , 2012,
Abstract: A Educa o Popular em Saúde (EPS) é um saber importante para a constru o da cidadania e participa o social na medida em que vem contribuindo para a cria o de uma nova consciência sanitária das políticas públicas. Adotada como “diretriz teórica e metodológica da política de Educa o em Saúde do Ministério da Saúde” (BRASIL, 2007), um de seus desafios é propor estratégias que possam ser incorporadas nos cursos de gradua o da área de saúde. Nesse sentido, o objetivo deste estudo consiste em relatar a experiência docente no incentivo da prática do exercício popular na forma o de profissionais de saúde. Trata-se de um relato de experiência fundamentado em uma abordagem qualitativa, das atividades desenvolvidas pelos docentes, bolsistas e discentes voluntários do Projeto de Extens o Construindo a cidadania na perspectiva da Educa o popular em saúde, da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia no município de Jequié-BA. Os dados foram obtidos a partir das oficinas e atividades desenvolvidas com a comunidade, no período de mar o de 2005 a julho de 2008. Os resultados evidenciaram que as atividades do projeto vêm despertando e incentivando a comunidade acadêmica e extra-acadêmica quanto à necessidade e importancia da prática da educa o popular em saúde, enfocando a participa o popular e o controle social no Sistema único de Saúde (SUS) e a necessidade e relevancia da articula o entre as atividades de extens o, pesquisa e de ensino para subsidiar a forma o profissional.
Em busca de um padr o de cidadania mundial  [cached]
Avritzer Leonardo
Lua Nova: Revista de Cultura e Política , 2002,
Abstract: Contra o pano de fundo do processo de globaliza o examinam-se as concep es de cidadania de autores clássicos e de três contemporaneos, Anthony Giddens, Jürgen Habermas e Boaventura de Sousa Santos, em busca de um conceito de cidadania amplo o suficiente para incorporar a sociedade global e robusto o suficiente para n o se diluir nela.
PROV O: O IMPACTO DE SUA IMPLANTA O NOS CURSOS SUPERIORES DE PRESIDENTE PRUDENTE - SP  [cached]
Ieda M.M. Benedetti
Nuances : Estudos sobre Educa??o , 2011,
Abstract: PROV O: O IMPACTO DE SUA IMPLANTA O NOS CURSOS SUPERIORES DE PRESIDENTE PRUDENTE - SP
EVAS O E EVADIDOS: O DISCURSO DOS ALUNOS SOBRE EVAS O ESCOLAR NOS CURSOS DE LICENCIATURA  [cached]
Alberto Albuquerque Gomes
Nuances : Estudos sobre Educa??o , 2009,
Abstract: EVAS O E EVADIDOS: O DISCURSO DOS ALUNOS SOBRE EVAS O ESCOLAR NOS CURSOS DE LICENCIATURA
Modelos de a o profissional de professores de Educa o Física de uma escola profissionalizante  [cached]
José ?ngelo Gariglio
Movimento , 2010,
Abstract: El trabajo relata algunos de los resultados de un estudio ejecutado con profesores de Educación Física de una escuela de la ense anza profesional. Más específicamente, versa acerca del sistema de las opiniones que los profesores de Educación Física de una escuela de la ense anza profesional tienen en su trabajo de la ense anza en la escuela, de los modelos de la acción profesional, construidos dentro de un campo disciplinar específico: la educación física. Concluye, demostrando que la práctica pedagógica en EF en la escuela ostenta una naturaleza singular, produciendo la naturaleza de un sistema de representaciones singulares referentes al papel de la educación física y de sus profesores, las representaciones éstos que sirvan definir, estructurar y dirigir el funcionamiento de estos profesores en situaciones de la acción.
ABOUT MEN AND TECHNIQUES: THE IMPORTANCE OF THE CITIZENSHIP IN THE EDUCATION OF THE JOURNALIST IN BRAZIL SOBRE HOMENS E TéCNICAS: A IMPORT NCIA DA CIDADANIA NA FORMA O DO JORNALISTA NO BRASIL  [cached]
Enio Moraes Júnior
REMark : Revista Brasileira de Marketing , 2007, DOI: 10.5585/remark.v6i1.141
Abstract: The citizenship has an important role in the education of the journalism professional. In this study, we will discuss how that education has been currently contemplated in the courses of journalism in Brazil, detaching the implications of the new technologies and the teaching performance in the process. A cidadania desempenha um papel importante na forma o do profissional de jornalismo. Neste artigo, aborda-se a maneira pela qual essa quest o tem sido contemplada nos cursos de jornalismo do Brasil, destacando as influências das novas tecnologias e a atua o docente no processo.
Resgatando a cidadania: “A o conjunta de universitários da UNESP e comunidade na busca da qualidade em saúde, biopsicossocial, mental, espiritual e ecológica, e do resgate da cidadania”
Solange Ramires Daher,Ana Flávia Locatelli,Luís Gustavo Langoni,Raquel Soares Curval
Revista Ciência em Extens?o , 2010,
Abstract: Introdu o: O papel da Universidade, em contribuir diretamente para que a sociedade tenha perspectivas melhores de vida e saúde, é de fundamental importancia. Nos propusemos a atuar com o Jd Sta Elisa, bairro bastante carente em Botucatu-SP. Objetivos: Intera o multiprofissional Universitários–Comunidade para: 1) estudantes vivenciarem a realidade, e o desenvolvimento dos mecanismos do processo saúde-doen a-qualidade de vida, 2) promover educa o escolar, social, cultural, ambiental, lazer/esportes e de saúde, com vis o integral, biopsicossocial, mental, espiritual e ecológica, 3) incentivar cidadania para todos, 4) formar futuros profissionais mais voltados às necessidades da popula o, 5) dar oportunidade de treinamento, capacita o, transforma o, qualidade de vida, inclus o social e no mercado de trabalho, 6) fortalecer a auto-estima e a reestrutura o da organiza o familiar. Métodos: Há quatro anos, a es no bairro aos sábados, conteúdos em fun o das demandas, planejamento e preparo, com práticas pedagógicas especiais por faixa etária, utilizando os conhecimentos buscados, a “vis o de mundo” e habilidades inatas, alunos-comunidade. Resultados: realizamos até hoje 76 oficinas sócio-educativas, com temas variados: higiene, preven o de verminoses, zoonoses, preven o e tratamento de hipertens o, diabetes, e conseqüentemente doen as cardiovasculares, educa o ambiental, alimentar, curiosidades, atualidades, atividades de desenvolvimento de habilidades e inteligências múltiplas etc. Outras atividades em parcerias: Projeto jovem cidad o (cursos de artesanato em pintura em tecidos, pequeno marcineiro e culinária para crian as), informática, bordado, costura, confeitaria, panifica o, pintura em madeira, pintura de parede, alfabetiza o de adultos, refor o escolar para crian as, escotismo, atividades de gera o de renda: padaria, confeitaria, costura e horta. Realizamos cadastro anual da Comunidade e trabalhos de pesquisa em saúde integral. Os participantes, bilateralmente, mostram habilidades, criatividade, e, aprendizado crescente. Conclus o: universitários compreendem o processo saúde-doen a-qualidade de vida. As atividades sócio-educativas, de forma o e gera o de renda contribuem com a educa o, a auto-estima nas pessoas da comunidade, e abrem caminhos para uma vida melhor, e mais saúde.
Cidadania e saúde mental no Brasil: contribui o ao debate
Medeiros Soraya Maria de,Guimar?es Jacileide
Ciência & Saúde Coletiva , 2002,
Abstract: O debate brasileiro em torno do exercício da cidadania, em especial, no ambito do setor saúde, recrudesce no pós-ditadura de 1964, destacando-se o final da década de 1970 com efervescência de questionamentos e movimentos organizados. Mas vale ressaltar a origem e destino da cidadania que no Brasil conformou-se e conforma-se ainda, predominantemente, como regulada, outorgada, ou seja, um "acerto de contas" concedido em detrimento da correspondência real dos direitos dos diversos segmentos da sociedade, especialmente, dos menos favorecidos. Na saúde mental brasileira, já marcada pela crítica elementar da superlota o e ineficiência dos hospícios, dá-se por volta de 1978 a organiza o incipiente de um novo olhar sobre a assistência psiquiátrica brasileira, fomentando-se a partir de ent o no Brasil a crítica n o apenas à situa o estrutural do manic mio, mas também e principalmente ao discurso autoritário do saber/prática da psiquiatria. Sob essa ótica a cidadania passa a ser fulcro do novo discurso psiquiátrico brasileiro, que, a partir de 1990 com a Declara o de Caracas, passa a ter maior poder de enfrentamento sobre a assistência tradicional.
Embates na defini o das políticas de forma o de professores para a atua o multidisciplinar nos anos iniciais do Ensino Fundamental: respeito à cidadania ou disputa pelo poder?
Brzezinski Iria
Educa??o & Sociedade , 1999,
Abstract: O artigo situa os embates contemporaneos travados entre o mundo oficial e o mundo real em rela o às políticas de forma o de professores para a educa o básica, em particular, às políticas de forma o de professores das séries iniciais do Ensino Fundamental. Nele buscam-se alternativas para a indaga o: esses embates expressam respeito à cidadania ou constituem disputa pelo poder? Tal busca requereu uma incurs o na história das políticas, das institui es (loci) e dos cursos que, na modalidade regular, vêm formando professores para atuar multidisciplinarmente no Ensino Fundamental em nosso país. Concomitantemente, foi necessária uma fundamenta o em aportes teóricos que tratam das rela es de poder presentes na sociedade e na escola brasileiras, as quais convivem com a existência de dois mundos bem definidos: um mundo do sistema e um outro, do vivido. Tal dicotomia é própria das sociedades modernas e pressup e um jogo de intera es entre esses mundos, consistindo em uma luta poderosa e dinamica entre a coer o da sociedade política e a resistência ativa da sociedade civil.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.