oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Processos espaciais: descentraliza o da área central e da cidade e a segrega o da favela e da cidade = Spatial processes: downtown decentralization and segregation between the slum and the city
Lunalva Moura Schwenk,Carla Bernadete Madureira Cruz
Acta Scientiarum : Human and Social Sciences , 2005,
Abstract: Este artigo analisa os processos espaciais de descentraliza o e de segrega o em uma cidade hipotética, investigando-se no primeiro processo, a área central e no segundo, a favela. O objetivo do estudo é uma tentativa de mostrar as tendências e a forma como essesprocessos se apresentam em recortes ou escalas diferenciadas, contendo uma discuss o teórica da cidade virtual com base ou com referências às características de cidades que existem de fato. Observa-se que em escalas diferentes, os processos espaciais apresentam comportamentos e respostas distintas com novos conteúdos. This article analyses the spatial processes of decentralization andsegregation in a hypothetical city. The central area is analyzed in the former process and the slums in the latter one. Research attempts to show the tendencies and the way these processes are presented in segments or different scales, with a theoretical discussion on the virtual city based on the characteristics of real cities. Results pointed out that, in different scales, the spatial processes present distinct behavior and different answers with new contents.
Política e violências nas margens da cidade: um experimento político numa favela de S o Paulo  [cached]
Gabriel de Santis Feltran
Revista Estudos Políticos , 2010,
Abstract: O artigo descreve e analisa a a o política de uma entidade social das periferias de S o Paulo, e em especial a experiência nas “audiências públicas na favela”, empreendidas entre 2005 e 2007 pelo Centro de Defesa de Direitos de Sapopemba, organiza o sediada na zona leste da cidade. Os eventos consistiram numa série de debates sobre a violência policial em favelas do distrito, para os quais eram convidados tanto familiares de vítimas quanto autoridades públicas (comandantes de polícia, operadores da justi a, gestores municipais, vereadores e deputados etc.). Analisando a espiral de desdobramentos públicos gerados pelas audiências, e a onda de amea as e atentados que se seguiu a elas, o artigo reflete sobre as rela es entre política, violência e democracia no Brasil contemporaneo. A argumenta o está amparada em pesquisa etnográfica realizada entre 2005 e 2010.
Imagens e contra imagens da favela  [cached]
Mário Hélio Trindade de Lima,Thiago Zanotti Carminati
Geografares , 2008,
Abstract: O presente artigo aborda as representa es sociais da pobreza urbana no Brasil. O objeto de estudo é, por um lado, o conjunto de discursos e imagens sobre a favela na imprensa e, por outro lado, as auto-representa es visuais de favelas e periferias da cidade do Rio de Janeiro, na virada do século XXI. O objetivo é analisar o uso da categoria favela na forma o do imaginário social da cidade e, ao mesmo tempo, investigar como se constrói o olhar periférico nas representa es fotográficas dos moradores de favelas. O método empregado baseia-se nas contribui es de Pierre Bourdieu e de Roland Barthes para a análise do discurso e nas contribui es da antropologia visual e da história cultural para a análise da fotografia enquanto campo documental na etnografia. Os resultados revelam um movimento de constitui o de novas subjetividades no cenário das grandes cidades dos anos 90, por meio da a o de ONG’s nas favelas, criando um espa o de reflex o sobre si e sobre o outro e de afirma o de novas identidades.
Políticas públicas e espa?o urbano desigual: favela Jardim Maravilha (SP)
Souza, M?nica Virginia de;
Estudos Avan?ados , 2009, DOI: 10.1590/S0103-40142009000200019
Abstract: the present work aims to introduce part of the studies that are being developed on the interventions of municipal public policies on the outskirts of s?o paulo city. in this context, specifically, we will deal with the case of favela jardim maravilha, located in the district of cidade tiradentes, on the city's far east, which presents peculiar situations - at first for the immense contingent of residents, around 350,000 (according to the local city hall department), living in housing projects (cohab), built by the municipal government, slums or irregular occupations in inactive lands.
Aspira o de corpos estranhos  [cached]
Bittencourt Paulo F.S.,Camargos Paulo A.M.
Jornal de Pediatria , 2002,
Abstract: Objetivo: o presente trabalho tem por objetivo rever as principais publica es sobre aspira o de corpos estranhos em pediatria.Fontes dos dados: a pesquisa bibliográfica foi realizada nas bases de dados Medline, de 1966 a 2000, e no Lilacs, de 1979 a 1999, em português, espanhol e inglês, utilizando-se as palavras-chave aspira o, corpo estranho, crian as e adolescentes.Síntese dos dados: constatou-se uma distribui o universal desses acidentes. Foi também observado predomínio desta afec o no sexo masculino (51,0% a 73,0% dos casos) e entre crian as abaixo de 3 anos, faixa etária em que se concentraram 65,8% a 85,0% dos acidentes. Juntos, a história clínica e o exame físico apresentaram sensibilidade e especificidade em torno de 80% e 40%, respectivamente. O estudo radiológico mostrou-se de grande valia no diagnóstico, demonstrando uma sensibilidade de 57,9% a 100%. Corpos estranhos de natureza alimentar contribuíram com cerca de 70% dos episódios. Conclus es: ficou evidente que a broncoscopia rígida é o procedimento de elei o e requer forma o profissional especializada e servi os bem estruturados. Contudo, os aspectos preventivos destes acidentes n o receberam a necessária ênfase no contexto destas afec es, sendo a eles dedicada uma se o específica na presente revis o.
Corpos estranhos animados em otorrinolaringologia  [cached]
Figueiredo Ricardo R.,Dorf Sandro,Couri Márcia S.,Azevedo Andréia A.
Revista Brasileira de Otorrinolaringologia , 2002,
Abstract: Forma de estudo: Clínico retrospectivo. Material e método: Foram reportados 56 casos de corpos estranhos animados em orelhas (55 insetos e 1 aracnídeo) e 1 caso (inseto) em fossas nasais. O material foi coletado no setor de Emergência do servi o de ORL do Hospital Municipal Souza Aguiar, no centro do Rio de Janeiro, entre os anos de 1998 e 2000, e identificado por zoólogos do Museu Nacional, Rio de Janeiro. A maior parte dos casos ocorreu em Nova Igua u e Campo Grande, sendo analisados os quadros clínicos e as complica es ocorridas. Resultado: Os insetos s o: 30,35% Blattaria (baratas); 25% Diptera (moscas e mosquitos); 12,5% Lepidoptera (borboletas e mariposas); 10,7% Coleoptera (besouros); 7,15% Hemiptera (percevejos, cigarras, afídeos, etc.), 5,35% Hymenoptera (vespas, abelhas, formigas, marimbondos) e 5,31 % outros.
A gênese da favela carioca. A produ o anterior às ciências sociais
Valladares Licia
Revista Brasileira de Ciências Sociais , 2000,
Abstract: O artigo mostra o lugar ocupado pela favela e seus moradores no debate político e social da primeira metade do século XX, ressaltando a produ o de conhecimento que foi gerada por jornalistas, médicos, engenheiros e assistentes sociais no período que antecede o desenvolvimento das ciências sociais e da universidade no Brasil. Prop e que o processo de constru o social da representa o da favela, que ent o se inicia, deve ser analisado a partir de uma periodiza o distinta daquela já consagrada e que tem como marco de referência a rela o do Estado com a favela e desta com o tipo de regime político vigente em diferentes momentos históricos. A periodiza o sugerida pela autora compreende um momento inicial, marcado por um mito de origem, a vis o de Euclides da Cunha do arraial de Canudos em sua obra Os sert es, período em que a favela carioca é descoberta e descrita transpondo-se a dualidade litoral versus sert o para a cena urbana, pela oposi o da cidade à favela. Segue-se a este período de descoberta um período de transforma o da favela em problema social e urbano, seguido de um terceiro momento, quando a idéia de administrar o problema toma a forma de medidas e políticas concretas. Um quarto momento inclui a produ o de dados oficiais através de censos de favelas e a transforma o de um fen meno local em realidade nacional. O artigo mostra que à favela centenária corresponde uma representa o social que já é praticamente centenária também, um legado importante que as ciências sociais de hoje n o podem descartar.
Corpos estranhos em otorrinolaringologia: um estudo de 128 casos
Silva, Breno Sim?es Ribeiro da,Souza, Leandro Oliveira,Camera, Marcela Gon?alves,Tamiso, Arnaldo G. Braga
Arquivos Internacionais de Otorrinolaringologia , 2009,
Abstract: Introdu o: A ocorrência de corpos estranhos em otorrinolaringologia é motivo de frequentes consultas no servi o de urgência. Objetivo: O objetivo deste trabalho é descrever uma série de pacientes com corpos estranhos, bem com avaliar o quadro clínico e o tratamento nestes casos. Método: Foi realizado estudo prospectivo de 128 pacientes com diagnóstico de corpo estranho de nariz, orelha e orofaringe, atendidos no pronto-socorro do Hospital Paulista de Otorrinolaringologia, S o Paulo, no período de agosto de 2005 a agosto de 2007. Resultados: Foram 67,18% casos de corpo estranho de orelha; 18,75% casos de cavidade nasal e 14,07% de orofaringe. Destes pacientes 55,47% foram do sexo masculino e 44,53% do sexo feminino. A idade mediana foi de 17 anos. A média do tempo de evolu o foi de 12,2 dias, sendo que 57,03% dos casos foram atendidos com menos de 24 horas de evolu o. Do total de pacientes, 64,85% receberam atendimento inicial no PS do Hospital, e 35,15% vieram encaminhados de outro servi o após alguma tentativa de remo o prévia. O sintoma mais comum dos casos de corpo estranho de orofaringe foi a odinofagia, presente em 88,88% dos casos; dos corpos estranhos de nariz, a rinorreia unilateral esteve presente em 37,5% dos casos e cacosmia em 25% dos casos; e nos corpos estranhos de orelha 39,53% evoluíram com hipoacusia. Conclus o: A maioria dos casos com manipula o prévia para remo o dos corpos estranhos por profissional n o habilitado ou por leigos evoluiu com complica es.
Favela: representa o e exclus o  [cached]
José Henrique Mendes Crizostomo,Natalia dos Santos Silveira
Vértices , 2010,
Abstract: O presente artigo é fruto de uma pesquisa sócio-urbana desenvolvida no município de Bom Jesus do Itabapoana, situado no noroeste do Estado do Rio de Janeiro. Partindo do conceito de favela buscamos, na localidade conhecida como Volta d’Areia, identificar se esta se caracteriza como favela ou apenas bairro pobre. Expomos os problemas identificados no campo de pesquisa e a forma como os moradores dessa localidade s o percebidos e caracterizados pelos cidad os que n o vivem nesta localidade. Shanty towns: representation and exclusion This article presents a study carried in the town of Bom Jesus do Itabapoana, located in the nortwestern area of the State of Rio de Janeiro. Starting with the concept of “shanty towns”, we aimed at verifying whether residents in the location known as “Volta d’Areia” consider it to be a shanty town or just a poor neighborhood. Problems identified in the observation are discussed as well as how these residents are perceived and characterized by people living in other areas of the city.
A CIDADE NO CAPITALISMO: O LUGAR DO HOMEM  [cached]
Marcia Eliane Ramos
Boletim Goiano de Geografia , 1997,
Abstract: .
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.