oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Fertiliza o de mudas de espécies arbóreas nativas e exóticas  [cached]
Moraes Neto Sebasti?o Pires de,Gon?alves José Leonardo de Moraes,Arthur Jr. José Carlos,Ducatti Fabiane
Revista árvore , 2003,
Abstract: Doses crescentes de fertilizante de libera o controlada (FLC) foram comparadas com fertiliza o convencional e tratamento sem fertiliza o. Estes tratamentos foram testados em mudas das pioneiras Guazuma ulmifolia (mutambo), Eucalyptus grandis e Pinus caribaea var. caribaea, da secundária inicial Peltophorum dubium (canafístula) e da clímax Calycophyllum spruceanum (mulateiro), as quais cresceram em casa de vegeta o. As mudas foram cultivadas em tubetes de 50 cm3 de capacidade, tendo como substrato uma mistura contendo 50% de húmus de minhoca, 30% de casca de eucalipto decomposta e 20% de casca de arroz carbonizada, em base volumétrica. Aos 125 dias após a semeadura, as mudas de G. ulmifolia, E. grandis e P. dubium submetidas à fertiliza o convencional apresentaram maior crescimento em altura e biomassa seca da parte aérea comparados aos dos tratamentos que receberam FLC. Contudo, para estas espécies, a biomassa seca da raiz das mudas submetidas ao tratamento convencional foram semelhantes à das mudas produzidas com as duas maiores doses de FLC (4,28 e 6, 42 kg/m3 de substrato), e a raz o entre raiz e parte aérea foi maior para a dose de 6,42 kg/m3 (FLC), comparada à do tratamento convencional para as duas primeiras espécies. O Calycophyllum spruceanum e o Pinus caribaea var. caribaea tiveram pequeno desenvolvimento em todos os tratamentos, aos 125 dias.
Parametros morfológicos na avalia o de qualidade de mudas de Eucalyptus grandis
Gomes José Mauro,Couto Laércio,Leite Helio Garcia,Xavier Aloísio
Revista árvore , 2002,
Abstract: Este experimento foi instalado com o objetivo de estudar os parametros morfológicos nas avalia es da qualidade de mudas de Eucalyptus grandis produzidas em diferentes tamanhos de tubetes. O substrato utilizado foi uma mistura de 80% de composto organico (CO) e de 20% de moinha de carv o (MC), adubados com a presen a e ausência dos elementos N, P e K. Como embalagens foram utilizados quatro tamanhos de tubetes de plástico rígido, com volumes de 50, 110, 200 e 280 cm3. A ado o da altura e da rela o altura/peso de matéria seca da parte aérea deve ser considerada, por terem sido estes os parametros que apresentaram boa contribui o relativa à qualidade das mudas, sem contudo ser um processo destrutivo. A ado o somente da altura para estimar a qualidade de mudas, aos 90 dias de idade no tubete de 110 cm3 de volume, poderá ser utilizada por apresentar boa contribui o relativa e por ser um parametro de fácil determina o e n o ser um método destrutivo, além de sua medi o ser muito fácil.
DEFORMA ES RADICULARES EM PLANTAS DE Pinus taeda L. PRODUZIDAS EM TUBETES QUANDO COMPARADAS COM PLANTAS ORIGINADAS POR SEMEADURA DIRETA
Vilmar Luciano Mattei
Ciência Florestal , 2013,
Abstract: O trabalho analisa a implanta o de povoamentos de Pinus taeda L. por semeadura direta, procurando observar a estrutura o radicular das plantas, comparando-as com mudas de mesma idade produzidas em tubetes. Os resultados mostraram que o sistema radicular das plantas originadas no local apresentou-se bem distribuido horizontalmente e sem deforma es, enquanto aquele originado de mudas produzidas em tubetes, além de apresentar distribui o horizontal deficiente, apresentou uma série de deforma es morfológicas, que poder o comprometer o crescimento da futura árvore.
EFEITO DO VOLUME DE TUBETES E TIPOS DE SUBSTRATOS NA QUALIDADE DE MUDAS DE Cryptomeria japonica (L.F.) D. Don.
Constancio Bernardo dos Santos,Solon Jonas Longhi,Juarez Martins Hoppe,Fabio Abel Moscovich
Ciência Florestal , 2000,
Abstract: A Cryptomeria japonica (L.F.) D. Don. é uma espécie de grande potencial para plantios nas regi es altas e frias do Brasil. Destaca-se pelo seu rápido crescimento, boa adapta o ao clima e solo do sul do País, e boa resposta às tecnologias silviculturais, associada à qualidade e diversidade de utiliza o de sua matéria-prima para fábricas de celulose e papel, chapas, constru es de casas, móveis, barcos e navios, entre outras. Neste trabalho, buscou-se avaliar o desenvolvimento das mudas produzidas em diferentes tipos de tubetes e de substratos. Usou-se um experimento bifatorial no delineamento inteiramente casualizado com oito tratamentos em cinco repeti es com quarenta mudas por tratamento. Os resultados indicaram que, para a produ o de mudas desta espécie, o substrato de solo + vermiculita foi o que apresentou melhor crescimento das plantas, em recipiente de 120 cm3.
Substratos para Produ o de Mudas de Erva-Mate em Tubetes Plásticos Substracts Formulation for Ilex paraguariensis Seedling Production in Plastic Tubes  [cached]
Ivar Wendling,Daniel Guastala,Danilo Martins Domingos
Pesquisa Florestal Brasileira , 2011, DOI: 10.4336/2012.pfb.52.21
Abstract: O uso de substratos com boa eficiência e baixo custo constitui importante fator para a produ o de mudas de espécies florestais. Neste sentido, o presente trabalho objetivou avaliar diferentes materiais e suas combina es como substratos para a produ o de mudas de erva-mate (Ilex paraguariensis St. Hil.) em tubetes plásticos. O trabalho foi conduzido no viveiro da Empresa Baldo S.A. em S o Mateus do Sul - PR. Foram utilizados seis materiais: esterco bovino curtido, serragem semidecomposta, palito de erva-mate picado, terra de subsolo, substrato comercial à base de casca de pinus e húmus de minhoca, com os quais foram formulados 14 tratamentos. Foram avaliadas a mortalidade das mudas aos 15 e 30 dias após a repicagem e, aos seis meses, o diametro do coleto, a altura, a facilidade de retirada das mudas do tubete e a agrega o das raízes ao substrato. Foi avaliado também o tempo gasto em horas para a limpeza de plantas invasoras nas mudas de cada tratamento até seis meses após a repicagem. Os resultados indicaram que os tratamentos que continham serragem, palito de erva-mate e, principalmente, esterco bovino, além de serem mais econ micos, mostraram bons resultados na qualidade das mudas produzidas. Entretanto, dentre todos os substratos testados, aquele formado por esterco bovino e serragem semidecomposta (propor o 2:3) destaca-se em vista de ter somente dois componentes, resultando em maior facilidade de preparo, aliado ao baixo custo de obten o e boa qualidade das mudas obtidas. The use of substracts with good efficiency and low cost constitutes important factor for seedlings production of forest species. The present work aimed to evaluate different materials and combinations of these, as substracts for seedlings production of Ilex paraguariensis in plastic tubes. The study was led in the nursery of the Baldo S.A. in S o Mateus do Sul - PR. Six materials were used: bovine tanned manure, semi- ecomposed sawdust, pricked Ilex paraguariensis toothpick, underground soil, commercial substracts with pinus peel base and earthworm humus, with which 14 treatments were formulated. They were appraised the mortality of the seedlings at 15 and 30 days after dibbling and, to the six months, the diameter of the collect, the height, the easiness of seedlings retreat of the the plastic tubes and the aggregation of the roots to the substratum. It was also evaluated the time spent in hours for the cleaning of undesirable plants on the seedlings of each treatment up to six months after pealed. The results indicated that the treatments that contained sawdust, Ilex parag
INFLUêNCIA DO VERMICOMPOSTO NA PRODU O DE MUDAS DE Eucalyptus grandis Hill ex Maiden
Mauro Valdir Schumacher,Marcos Vinicius Winckler Caldeira,Elda Raquel Vargas de Oliveira,Edson Luís Piroli
Ciência Florestal , 2001,
Abstract: Considerando a expressiva área de florestas plantadas com espécies do gênero Eucalyptus e o uso dessa madeira para múltiplos propósitos, sua cultura é de grande importancia econ mica para o Brasil. O uso de substratos com boas características físico-químicas constituem importante fator para a qualidade das mudas produzidas. Neste sentido, o objetivo do trabalho foi avaliar o desenvolvimento de diferentes doses de vermicomposto em tubetes com capacidade de receber aproximadamente 50 cm3 de substrato. O estudo foi conduzido em casa de vegeta o com Eucalyptus grandis, no período de janeiro a abril de 1997. O substrato utilizado para produ o das mudas foi o solo coletado no horizonte A (0-20 cm) da Unidade de Mapeamento S o Pedro (Argissolo Vermelho-Amarelo) acrescido de diferentes doses de vermicomposto (0; 5,0; 10,0; 15,0 e 20,0 cm3 por tubete). O vermicomposto utilizado foi proveniente de produ o de minhocas vermelhas da Califórnia (Eisenia foetida Savigny) valendo-se de esterco de bovino. Após 100 dias de desenvolvimento, observou-se que as mudas de Eucalyptus grandis responderam de maneira distinta às doses aplicadas, n o suportando misturas acima 15,0 cm3 (30%) de vermicomposto por tubete.
EFEITO DO VOLUME DO TUBETE NO CRESCIMENTO INICIAL DE PL NTULAS DE Cordia trichotoma (Vell.) Arrab. ex Steud E Jacaranda micranta Cham.
Ubirajara Contro Malavasi,Marlene de Matos Malavasi
Ciência Florestal , 2006,
Abstract: O ensaio comparou os efeitos de tubetes de quatro volumes no crescimento de mudas de Cordia trichotoma (Vell.) Arrab. ex Steud e Jacaranda micranta Cham. até 180 dias após o plantio (DAP). Foram utilizados tubetes plásticos de se o circular e volume de 55, 120, 180 e 300 cm3 preenchidos com substrato comercial. Os resultados indicaram que, durante a fase de viveiro na qual n o fora anotada nenhuma mortalidade, os tubetes menores causaram diminui o da massa seca do sistema radicular e do número de radicelas. O crescimento a campo em altura e diametro das mudas das duas espécies utilizadas no ensaio resultou em similaridade estatística entre as originadas de tubetes com volumes de 120, 180 e 300 cm3 ao final de 180 dias após plantio.
Micorriza arbuscular e fertiliza o do solo no desenvolvimento pós-transplante de mudas de sete espécies florestais
Pouyú-Rojas Enrique,Siqueira José Oswaldo
Pesquisa Agropecuária Brasileira , 2000,
Abstract: Mudas de sete espécies florestais foram formadas em substrato de viveiro sem e com inocula o da mistura de fungos micorrízicos arbusculares (Glomus etunicatum, Gigaspora margarita e Acaulospora scrobiculata) e transplantadas para vasos com um solo Latossolo Vermelho-Escuro com alta e baixa fertiliza o com NPK e submetidas, ou n o, a nova inocula o. Verificou-se, após 90 dias, que tanto a inocula o na forma o quanto a inocula o no transplantio garantiu elevada coloniza o micorrízica (>70%), estimulou o crescimento e aumentou os teores de alguns nutrientes nas plantas. Os efeitos no crescimento variaram entre as espécies e tratamentos, atingindo incrementos de matéria seca de até 800% em Colvillea racemosa. Plantas sem inocula o na forma o e no transplantio, apresentaram crescimento reduzido, mesmo no solo com alta fertilidade, enquanto as plantas com inocula o na forma o cresceram mais rapidamente, independentemente da reinocula o. A eleva o da fertilidade n o aumentou a matéria seca da parte aérea de Luehea grandiflora, Senna macranthera e Enterolobium contortisiliquum. Em Cecropia pachystachya aumentou apenas quando as mudas n o foram submetidas a inocula o. Em Senna multijuga e em C. racemosa, a matéria seca da parte aérea aumentou quando as mudas foram submetidas a inocula o e em Sesbania virgata, aumentou em todos os tratamentos. Apenas C. racemosa n o respondeu à inocula o no transplantio.
Calcium and potassium silicates and the growth of Eucalyptus grandis seedlings Aplica o de silicatos de cálcio e de potássio e o crescimento de mudas de Eucalyptus grandis
Itamar Antonio Bognola,Lina Avila Clasen,Luziane Franciscon,Jose Luiz Gava
Pesquisa Florestal Brasileira , 2011, DOI: 10.4336/2012.pfb.66.83
Abstract: The use of silicate is a practice that has been frequently adopted in annual crops, although few studies have been conducted in order to verify its efficiency in forest tree species. The main objective of this research was to evaluate the effect of calcium and potassium silicates in the growth of seedlings of Eucalyptus grandis. The experiment was conducted in a greenhouse, in Alambari county, State of S o Paulo. A completely randomized experimental design was adopted, with eight treatments, three replications and 25 plants per plot, maintained at the field capacity moisture level. Seedlings were planted in plastic tubes using local substrate, basic fertilization and silicates. Diameter, height and fresh and dry biomass of the seedlings were determined 150 days after silicates treatments were applied. The use of silicates either in the substrate or through foliar application, in the production of eucalypt seedlings has proven to be inadequate when the substrate presents a balanced basic composition in terms of nutrients and pH. doi: 10.4336/2011.pfb.31.66.83 O uso de silicato é uma prática que vem sendo adotada com frequência em culturas anuais, muito embora poucos trabalhos tenham sido realizados com intuito de verificar sua eficiência em espécies florestais arbóreas. O objetivo principal desta pesquisa foi avaliar o efeito da aplica o de silicatos de cálcio e de potássio no crescimento de mudas de Eucalyptus grandis. O experimento foi conduzido em casa de vegeta o, no Município de Alambari, SP. O delineamento usado foi inteiramente ao acaso, com oito tratamentos, três repeti es e 25 plantas por parcela, sendo mantidas na umidade de capacidade de campo. As mudas foram plantadas em tubetes de plástico, utilizando substrato local, com aduba o básica e silicatos. Diametro de colo, altura e biomassa verde e seca das mudas foram determinados 150 dias após a aplica o dos silicatos. Verificou-se que a aplica o dos silicatos, via substrato ou foliar, em mudas de eucalipto, mostrou-se inadequada quando o substrato utilizado apresentou composi o básica equilibrada em termos de nutrientes e pH. doi: 10.4336/2011.pfb.31.66.83
Influência do desbaste e da fertiliza o nos índices de rachamento após desdobro e secagem em madeira serrada de Eucalyptus grandis Hill ex-Maiden. Influence of thinning and fertilization on the end split rates after sawing and after drying on Eucalyptus grandis Hill ex-Maiden sawn wood.  [PDF]
Israel Luiz de LIMA,José Nivaldo GARCIA
Revista do Instituto Florestal , 2008,
Abstract: O presente trabalho teve como objetivoestudar a influência do manejo florestal norendimento e na qualidade tecnológica da madeiraserrada de uma popula o plantada de Eucalyptusgrandis, de 21 anos de idade, manejada pelosistema de desbastes seletivos, com aplica o defertilizantes na época do início dos desbastes.Os fatores utilizados foram três intensidades dedesbastes seletivos (37, 50 e 75%), presen a ouausência de fertilizantes, duas classes de diametro,duas posi es verticais ao longo da altura do fustecomercial e três posi es radiais. As influênciasdos fatores e de suas combina es nas tens es decrescimento das árvores foram avaliadas de formaindireta por meio da análise das rachaduras deextremidade observadas em tábuas verdes e secas.De acordo com os resultados obtidos, p de-seconcluir que as rachaduras de extremidade de tábuaseca ou verde sofreram influências dos fatores classede diametro e posi o radial. O fator fertilizanteinfluenciou somente as rachaduras de extremidadeseca. O índice de rachadura de tábuas verde ouseca diminuiu da medula para a casca. Foi obtidauma boa rela o positiva entre rachadura de tábuaseca e rachadura de tábua verde.The goal of this work was the study ofthe influence of forest thinning on the some yieldand technological quality indicators of sawn woodfrom a 21 year old grown Eucalyptus grandis standmanaged by selective thinning, with theapplication of fertilizers of the beginning of thethinning. Thinning intensities (37, 50 and 75%),the application or not of fertilizers, two diameterclasses, two vertical positions along the stemcommercial height and three radial positions wereevaluated. The influences of the factors treatmentsand their combinations on tree growth stresseswere evaluate indirectly through green and drylumber end splitting. According with the resultsobtained, it was concluded that the green anddry lumber were influenced by diameter classand longitudinal position along the tree radius.Dry lumber end splitting were influenced byfertilization. The index end splitting of green ordry lumbers decreases of pith to bark. It wasobserved strong relationship between end splittingof dry lumber and green lumber.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.