oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
The path of demands: popular dwelling movements in S o Paulo and struggle for urban reform in the Constitutional Assembly (1980-1988) Na trilha das reivindica es: movimentos populares de moradia em S o Paulo e a luta pela reforma urbana na constituinte (1980-1988)
Robson Laverdi
Diálogos , 2010, DOI: 10.4025/dialogos.v3i1.296
Abstract: This article discusses the demands for better living conditions in big cities especially those presented by popular dwelling movements in S o Paulo in the early 1980s. The analysis of these popular movements identifies them as the social focus of demands for urban rights and urban reform, being responsible for the inclusion of a popular amendment into the Constitution by the Constitutional Assembly (1985-1988). These experiences of political participation were crucial to the so-called urban question in Brazil. Moreover, they have contributed to the definition, urderstanding and even politicization of Brazilian city planning. Este artigo prop e recuperar e discutir as reivindica es por melhorias nas condi es de vida urbana apresentadas pelos movimentos populares de moradia no início da década de 80. A perspectiva é perceber a constru o de um campo social de luta por direitos urbanos, destacada principalmente pela emergência da bandeira de Reforma Urbana e encampada sob forma de Emenda Popular junto ao processo Constituinte entre os anos 85-88. Parte-se da compreens o de que essas experiências de participa o política atribuíram novos significados à chamada “quest o urbana” brasileira e contornos sociais na defini o e entendimento do planejamento urbano, passando também a reivindicar a sua politiza o.
POR UMA GEOGRAFIA DOS OUTSIDERS: INTERPRETA O E APLICA O DA LEI 10.639 NA REDE MUNICIPAL DE ARMA O DOS BúZIOS EM SUA RELA O COM A COMUNIDADE REMANESCENTE DO QUILOMBO DA RASA  [cached]
Thyago Faria de Araújo
Revista Tamoios , 2013,
Abstract: Reconhecer que as rela es raciais marcam o espa o é colocar em discuss o que há toda uma trama social a desenvolver um padr o de rela es de poder que tem na ra a um princípio de organiza o sócio-espacial. Talvez a escola seja um dos espa os primordiais para o desenrolar desta prática, uma vez que é nela que o indivíduo aprende a con-viver com o outro, a ver o outro e se ver no outro. Por isso torna-se importante analisar como o negro e “seus espa os” s o representados no mundo da educa o, pois o que se ensina (ou se deixa de ensinar) sobre os espa os grafados pela popula o negra contribui para cria o de subjetividades sobre a mesma. é nesse sentido que o ensino sobre Quilombo se configura como importante estratégia, principalmente nas escolas situadas próximas às comunidades remanescentes, para uma educa o que atenda às demandas destas, onde a escola passa a ser um instrumento de luta pelo território, apontando para a valoriza o da identidade, dos modos de vida, costumes, tradi es, lutas e saberes quilombolas. Pretende-se neste trabalho, portanto, analisar a experiência de aplica o da Lei Federal 10.639/03 nas escolas municipais que atendem as crian as e jovens da comunidade remanescente do quilombo da Rasa, no município de Arma o dos Búzios, cuja rede é a única no Estado do Rio de Janeiro a criar uma disciplina, intitulada “Estudos Afro”, para aplicar a referida Lei. Para isso analisei duas escolas situadas no bairro da Rasa, área periférica, com popula o predominantemente negra e onde está presente a comunidade remanescente de quilombo. Portanto o interesse é analisar qual o rebatimento desta experiência nos múltiplos atores inseridos nesse processo: Secretaria de Educa o, equipe pedagógica das escolas, professores, alunos e a comunidade quilombola. A metodologia se desdobra em três dimens es apontadas por André (1995) sobre a complexidade do cotidiano da escola: i) a institucional ou organizacional, verificando as formas de organiza o do trabalho pedagógico; ii) a instrucional ou pedagógica, através da compara o da matriz curricular e do currículo praticado da disciplina criada e da análise do posicionamento dos professores de Geografia diante deste processo; iii) a sociopolítica/cultural, apontando a configura o sócio-espacial em que as escolas est o inseridas. Nesse sentido, se faz necessário para isto uma discuss o sobre a realidade sócio-espacial e a história local do bairro, para entender como processos pretéritos contribuíram para uma série de transforma es no lócus, configurando embates em torno do território, os quais consti
Moradia estudantil agroecológica  [cached]
André Santachiara Fossaluza,Demétrius Lira Martins,Enio Yoshinori Hayasaka,Sthefan George Ramos
Revista Ciência em Extens?o , 2010,
Abstract: Introdu o: A Moradia Estudantil da Unesp – Botucatu é um alojamento público coletivo oferecido aos estudantes economicamente menos favorecidos. Ao contrário de outras unidades da Unesp, este alojamento foi construído fora dos limites do Campus, em um bairro que apresenta problemas socioecon micos. Na Moradia Estudantil há uma área construída de 2000m2 e uma área n o construída de 4000m2, esta, por n o ter uso produtivo, era motivo de gastos com manuten o para a Administra o Geral do Campus de Botucatu. Objetivos: Cooperar com a manuten o da área e a aliar a a es que visem ao aumento da sustentabilidade no local e que possam ser utilizadas em a es de caráter socioambiental com institui es de ensino público e no entorno. Métodos: Implanta o de um sistema agroflorestal (SAF), horta organica e bioconstru es. Todas as atividades realizadas s o baseadas em Agroecologia e Permacultura, escolhidas por permitirem uma produ o de mais baixo custo, diversificada, saudável, com menor impacto ambiental e que respeitem quest es sociais e ambientais. No atual projeto, o solo foi recuperado com o plantio e ro ada de um coquetel de adubos verdes, houve a instala o de composteiras coletivas para produ o composto organico pelo reaproveitamento do material organico produzido pelos moradores, e o material reciclável é separado e entregue a uma cooperativa de agentes ambientais do município. Também é feito o plantio e manuten o de espécies arbóreas nativas, hortali as e ervas medicinais e condimentares, além da utiliza o de homeopatia no controle de pragas. Resultados: Com a introdu o de adubos verdes, observou-se melhoria na qualidade do solo através de análises químicas realizadas no Departamento de Solos da Faculdade de Ciências Agron micas. Foi realizado o I Curso de Design em Permacultura (PDC) Moradia, em parceria com o Sítio Beira-Serra, o qual permitiu a forma o de 32 permacultores a um valor acessível. A horta organica produziu duas safras de hortali as, as quais foram consumidas pelos moradores. O primeiro plantio foi realizado em um mutir o aberto à comunidade universitária e contou com a participa o de 35 pessoas, enquanto o segundo plantio ocorreu durante o XX Encontro Regional dos Estudantes de Biologia da Regi o Sudeste, na forma de vivência, com a participa o de 25 pessoas. Toda a área do projeto é utilizada em atividades práticas da disciplina de Horticultura Organica, oferecida pela Faculdade de Ciências Agron micas e em oficinas abertas à comunidade. A dificuldade de conseguir a participa o rotineira dos moradores levou ao trabalho em mut
CHANG, HA JOON. CHUTANDO A ESCADA: A ESTRATéGIA DO DESENVOLVIMENTO EM PERSPECTIVA HISTóRICA (S O PAULO: UNESP, 2004)
Luís Rodolfo Cruz e Creuz
Revista da SJRJ , 2012,
Abstract: Resenha da obra "Chutando a Escada: A Estratégia do Desenvolvimento em Perspectiva Histórica", de Ha Joon Chang (S o Paulo: Unesp, 2004. 266 p.). ABSTRACT: Book review: "Chutando a Escada: A Estratégia do Desenvolvimento em Perspectiva Histórica". Author: de Ha Joon Chang (S o Paulo: Unesp, 2004. 266 p.).
Heritage from a critical perspective: the case of the Palmares Quilombo O patrim nio em uma perspectiva crítica: o caso do Quilombo dos Palmares  [cached]
Pedro Paulo A. Funari,Aline Vieira de Carvalho
Diálogos , 2010, DOI: 10.4025/dialogos.v9i1.175
Abstract: Cultural heritage with special reference to the Palmares Quilombo is discussed. The etymological origins of Heritage and its historicity are investigated. An analysis of the Palmares Quilombo is given, highlighting the cultural diversity that existed in the place and which may be investigated through archeological research. Este artigo aborda a quest o do patrim nio cultural tomando como referência o caso de Palmares. Para tanto, inicialmente ocupa-se das origens etimológicas do conceito patrim nio e sua historicidade, e num segundo momento, prop e uma análise do Quilombo dos Palmares de modo a destacar a diversidade cultural aí presente, passível de ser apreendida a partir da pesquisa arqueológica.
O coco de roda no quilombo  [cached]
Gabriela Buonfiglio?Dowling,Sara Melo
Amerika : Mémoires, Identités, Territoires , 2012, DOI: 10.4000/amerika.3164
Abstract: O trabalho atual prop e um estudo etnográfico sobre a tradi o oral contemporanea da comunidade quilombola Caiana dos Crioulos do Estado da Paraíba, no nordeste brasileiro. As bibliotecas e os museus europeus (como também os brasileiros) possuem poucas referências acerca da cultura afro-brasileira, surgida nas comunidades negras descendentes de escravos, e por essa raz o : tal cultura se difunde principalmente pela tradi o oral (oralidade). Nesse contexto, essa pesquisa se baseia na prática do coco de roda e da ciranda, duas formas de dan as e de cantos tradicionais. Como esta cultura e seu patrim nio resistem ou se dinamizam face às tendências sociais atuais, face às press es da sociedade brasileira ? Existe, portanto, uma essência cultural patrimonial, presente no seio da comunidade, t o marcante que persiste ao longo do tempo, após várias gera es. A vis o de mundo e a vitalidade construída sob um núcleo simbólico de rela es sociais, permite à comunidade preservar uma memória coletiva e transmitir uma certa tradi o popular, mesmo diante da globaliza o econ mica e do avan o das novas técnicas de difus o e reinterpreta o dos bens culturais. The current work proposes an ethnographic study about the oral tradition of the contemporary quilombo Caiana dos Crioulos of the Paraiba ‘State, in northeastern of Brazil. Libraries and museums in Europe (as well as the Brazilians) have few references about the African-Brazilian culture, which appeared in black communities descended from slaves, and for this reason : this culture is primarily spread by oral tradition. In this context, this research is based on the practice of the coco de roda and the ciranda : two forms of dances and traditional songs. As this culture and its heritage resist or dynamize in front of the current social trends, given the pressures of Brazilian society ? Therefore, there is a cultural essential patrimony, present within the community, so striking that persists over time, after several generations. The worldview and vitality built on a symbolic core of social relations, which allows the community to preserve a collective memory and convey a certain popular tradition, even in the face of economic globalization and advancement of new techniques for diffusion and reinterpretation of the culture.
A atualiza o do conceito de quilombo: identidade e território nas defini es teóricas
Schmitt Alessandra,Turatti Maria Cecília Manzoli,Carvalho Maria Celina Pereira de
Ambiente & Sociedade , 2002,
Abstract: O presente artigo trata das novas defini es sobre comunidades de quilombo, elaboradas a partir da necessidade de reconhecimento oficial destas para que lhes seja assegurado o direito constitucional de propriedade sobre suas terras. Discute-se aqui o abandono de uma vis o cristalizada pela historiografia clássica baseada no isolamento dos quilombos, bem como de sua forma o única por meio das fugas, em prol de um conceito ampliado que al a o território e a identidade - especialmente ligados à resistência - à condi o de elementos fundamentais na determina o destes agrupamentos sociais denominados remanescentes de quilombo.
Ocupa es de áreas Urbanas em S o Paulo: Trajetórias de Vida: Linguagens e Representa es  [cached]
Souza Jo?o Carlos de
Revista Brasileira de História , 1998,
Abstract: O artigo tem por objetivo analisar algumas experiências de vida de seis ocupantes de terra, na luta por moradia, na cidade de S o Paulo. A partir de rela es sociais conflituosas, estabelecidas por esses ocupantes com os vizinhos às áreas ocupadas, relatada por eles em entrevistas gravadas, pretende-se compreender como foram reelaborando sua linguagem e identidade.
Terra e escola: duas faces da mesma luta
Elison Antonio Paim,Maria K. Schneider,Noeli Candatem
Educa??o : Revista do Centro de Educa??o UFSM , 2008, DOI: 10.5902/1984644425
Abstract: Este artigo é parte da pesquisa historiográfica “Educa o no Assentamento 29 de Outubro”. Procura-se destacar a resistência e exclus o de um grupo de professoras do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra – MST, em assentamento do município de Trindade do Sul, no Rio Grande do Sul; o confronto da Rede Estadual de Ensino e a comunidade de assentados na luta pelo programa de ensino a ser desenvolvido na Escola Estadual de Ensino Fundamental Marli Rissotto Zanchet. Historiciza-se a luta pela conquista da terra e da escola pelo grupo de pais, professores e alunos. Palavras-chave: Luta pela Terra. Conquista da Escola. MST.
Prevalence of hepatitis C virus infection in quilombo remnant communities in Central Brazil
Reis, Nádia R.S.;Motta-Castro, Ana R.C.;Silva, ágabo M.C.;Teles, Sheila A.;Yoshida, Clara F.T.;Martins, Regina M.B.;
Revista do Instituto de Medicina Tropical de S?o Paulo , 2008, DOI: 10.1590/S0036-46652008000600010
Abstract: in order to determine the prevalence of hepatitis c virus (hcv) infection in quilombo remnant communities in central brazil, 1,007 subjects were interviewed in all 12 communities existing in mato grosso do sul state, central brazil. blood samples were collected and sera were tested for anti-hcv by enzyme-linked immunosorbent assay. positive samples were retested for confirmation using a line immunoassay and were also subjected to hcv rna detection. the prevalence of hcv infection was 0.2%. this finding shows a low prevalence of hcv infection in quilombo remnant communities in central brazil.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.