oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Implanta o do Repositório Digital do projeto ‘Memória Científica da FAED’ com DSpace: Relato de Experiência
Divino Ignacio Ribeiro Junior,Glaucia de Oliveira Assis,Ana Maria Pereira
Revista ACB , 2012,
Abstract: [PORTUGUESE] O desenvolvimento sócioecon mico baseado no conhecimento científico e tecnológico depende de planejamento e investimentos para realizar-se de forma sustentável e efetiva. Tal desenvolvimento depende especialmente, se n o mais, das políticas e da forma como o conhecimento é disseminado, e para isso, a cria o de canais de dissemina o é algo indispensável nesse contexto. No Centro de Ciências Humanas e da Educa o – FAED, os discentes e docentes dos cursos de gradua o e pós-gradua o, bem como seus egressos, tem demandas reprimidas para a disponibiliza o e acesso de sua produ o técnica e científica de maneira consolidada (relatórios, mapas, artigos, entre outros). Assim, foi criado o Programa de Extens o ‘Memória Científica da FAED’, numa parceria interdepartamental que objetivou implantar um Repositório Temático de Documentos Digitais usando DSpace (http://www.labtecgc.udesc.br:8081/memorial/), oferecendo um Servi o de acesso a Documentos da produ o técnica e científica para a comunidade acadêmica, tanto da FAED como ao público externo. Metodologicamente, é um projeto com caráter de inova o tecnológica, pois converge tecnologias pesquisadas no LabTecGCI – FAED, o conhecimento teórico-metodológico e prático relacionado à cria o de Repositórios Institucionais aplicados nas práticas de ensino e pesquisa pelos integrantes do Projeto e a implanta o das políticas para dissemina o da produ o científica da FAED. Com essa experiência, foi possível consolidar conhecimento tecnológico sobre o uso da plataforma DSpace como recurso para cria o do Repositório, e também, acerca da prática de trabalho de uma equipe multidisciplinar na sua realiza o. [ENGLISH] The social and economic development based on scientific and technological knowledge depends on planning and investment to take place in a sustainable and effective. Such a development depends primarily, if not more, of policies and of the way knowledge is disseminated, and for this, the creation of dissemination channels is something indispensable in this context. At the Center for Humanities and Education - 'FAED', the students and teachers of undergraduate and postgraduate, as well as its graduates, have a repressed demands for the provision and access to technical and scientific production on a consolidated forms (reports, maps , articles, etc.). Thus was created the 'Scientific Memory of FAED' Outreach Program, an interdepartmental partnership that aimed, among other things, create an Thematic Repository of Digital Documents using DSpace (http://www.labtecgc.udesc.br:8081/memorial/), as
Comunica o como diferencial estratégico na gest o do conhecimento das organiza es  [cached]
Tassiara Baldissera Camatti,Ana Cristina Fachinelli
Conex?o : Comunica??o e Cultura , 2010,
Abstract: Este artigo visa a explicitar, com base em revis o bibliográfica, os conceitos de comunica o, estratégia e gest o do conhecimento, buscando verificar como a comunica o auxilia na implanta o da gest o do conhecimento nas organiza es e se pode ser entendida como um diferencial estratégico para esse processo. Também objetiva definir como acontecem a cria o e a gest o do conhecimento nos ambientes organizacionais, a fim de construir um cenário real para a aplica o da gest o estratégica que envolva, além do planejamento, a vis o e a intera o humanas, por meio da comunica o. Nesse cenário, onde tudo é único, e cada pessoa é múltipla, acredita-se que a gest o do conhecimento é uma ciência que tem como grande aliada a comunica o.
Integra o do framework manakin com a plataforma dspace para múltiplas apresenta es visuais de informa es nos repositórios digitais / Integration of the framework manakin with the dspace platform for multiple information visual presentation in digital repositories
José Eduardo Santarem Segundo,Liriane Soares de Araújo de Camargo,Milton Shintaku,Silvana Aparecida Borsetti Gregorio Vidotti
Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informa??o , 2010,
Abstract: Os repositórios digitais têm sido utilizados atualmente pelas institui es de ensino e pesquisa no Brasil como alternativa para divulga o de seus resultados científicos e acadêmicos, visando principalmente manter a memória e visibilidade institucional. Contudo, a forma de apresenta o desses resultados pode influenciar na utiliza o do mesmo, impactando na intera o usuário-sistema por meio dos componentes de interface. Assim, pode-se afirmar que um único ambiente informacional digital pode disponibilizar diversas formas de apresenta o visual, customizando componentes informacionais e visuais para comunidades de usuários específicas. Nesse contexto, ferramentas est o sendo desenvolvidas como recurso facilitador ao acesso e uso de informa es com o intuito de aumentar a usabilidade de ambientes informacionais digitais. Sendo assim, uma dessas ferramentas é apresentada neste artigo, a qual denomina-se Manakin, bem como sua integra o com a plataforma DSpace para possibilitar múltiplas apresenta es visuais, visando à importancia da diferencia o e direcionamento de interfaces por um mesmo repositório para diversas áreas de conhecimento. Para isso s o apresentados resultados e exemplos de repositórios com múltiplas apresenta es visuais com o intuito de facilitar a utiliza o da ferramenta apresentada, bem como refor ar a importancia de uma identidade visual diferenciada por área do conhecimento em um mesmo repositório por meio de análise literária e exploratória.
WIKIPéDIA COMO UM SISTEMA ADAPTATIVO COMPLEXO: AUTO-ORGANIZA O E EMERGêNCIA NA PRODU O POR PARES  [cached]
D’ANDRéA, Carlos
Contemporanea : Revista de Comunica??o e Cultura , 2012,
Abstract: No artigo discutimos e analisamos a edi o colaborativa da Wikipédia à luz de duas características fundamentais dos sistemas adaptativos complexos: auto-organiza o e emergência. Iniciamos com uma aproxima o conceitual entre a produsage por pares em rede na internet e a teoria da complexidade, que ressalta a interdependência entre as partes que atuam ou influenciam um sistema em busca de um equilíbrio dinamico. Em seguida, discutimos a edi o de cinco “Biografias de Pessoas Vivas” de personalidades brasileiras na Wikipédia em português, visando entender como os processos editoriais potencialmente auto-organizados e emergentes se desenrolaram a partir das intera es entre os agentes. Após a apresenta o e discuss o dos dados, discutimos os desafios de se conciliar a ordem e a abertura no desenvolvimento da “enciclopédia que todos podem editar”.
Design Digital Information Preserve and Serlice System about Minority in Gansu and Qinghai Province with Dspace
基于Dspace构建甘青特有少数民族数字资源保存与服务系统*

Ma Jianxia Zhu Zhongming Wang Yuanming Chang Ning Yang Yi Liu Shude,
马建霞
,祝忠明 王渊命 常宁 杨裔 刘树德

现代图书情报技术 , 2007,
Abstract: This paper introduces the project, Information System for Digital Information of Minority in Gansu and Qinghai Province. Based on the requirement analysis of the project and the characters of Dspace, the paper expounds the resean for choosing Dspace. Then, it presents the framework of the project, and discusses major issues involving in the process of implementing the framework using DSpace and some improvement.
ORGANIZA O DO CONHECIMENTO CIENTíFICO NA UNIVERSIDADE: UM ESTUDO DE CASO  [PDF]
Juliana Rabelo do Carmo,Cláudia Maria Pinho de Abreu Pecegueiro
Brazilian Journal of Information Science , 2011,
Abstract: O conhecimento científico da UFMA fundamenta o processo de organiza o no arquivo do Programa Institucional de Bolsas para Inicia o Científica (PIBIC) na Universidade Federal do Maranh o (UFMA), com a finalidade de disponibilizar os documentos científicos produzidos para a utiliza o do Repositório Institucional. Emprega a metodologia da pesquisa descritiva para a coleta de dados. Aborda o documento como suporte e representa o da informa o. Apresenta os significados, objetivos e fun es do arquivo, expondo a necessidade de disponibilizar os documentos e a sua praticidade em formato digital. Caracteriza o acervo, analisa a sua composi o e descreve o processo de organiza o no arquivo do PIBIC/UFMA. Define memória institucional com base em alguns autores, ressaltando a importancia da preserva o do patrim nio documental da Institui o. Elucida os Repositórios Institucionais como meio de divulga o da produ o científica e conclui, indicando o Repositório Institucional da UFMA, como uma ferramenta eficaz para a disponibiliza o dos arquivos referentes à produ o científica do PIBIC.
Processo de inclus o digital como indutor de estratégia para a sustentabilidade dos negócios  [cached]
Silvia Gattai
Revista Organiza??es em Contexto , 2007,
Abstract: As estratégias empresariais têm como principal fun o garantir a sustentabilidade das organiza es, o que depende, entre outros fatores, a médio e longo prazos, da existência de mercados que sejam capazes economicamente de absorver seus produtos. Por outro lado, a concentra o de riqueza em pequenos grupos econ micos e o aumento da pobreza em muitos países geram riscos para a perpetuidade dos negócios. As empresas, nesse contexto, necessitam de estratégias que considerem o desenvolvimento estrutural dos países onde atuam, e essa compreens o passa pelo entendimento de sua participa o na governan a das cidades nas quais possuem suas unidades de negócios, condi o fundamental nesse processo. Tal vis o é necessária para o desenvolvimento do meio no qual a empresa se insere e, conseqüentemente, à sustentabilidade do negócio. O objetivo deste artigo é buscar compreender o papel de processo de desenvolvimento social, promovido pela empresa, como indutor de estratégias empresariais sustentáveis. Nesse sentido, o artigo aborda os conceitos de prospec o de cenários, a es estratégicas, desenvolvimento empresarial e a agrega o de valor social ao ambiente no qual as organiza es est o inseridas. A título de exemplifica o, relata projeto de inclus o digital envolvendo cadeia de distribui o de empresa cimenteira brasileira de grande porte e o analisa à luz dos conceitos acima referenciados.
Corporate social responsibility as a competitive differential for the organizations success A responsabilidade social corporativa como um fator de diferencia o na competitividade das organiza es
Luiz Valdeci Primolan
Revista Ibero-Americana de Estratégia , 2007, DOI: 10.5585/riae.v3i1.57
Abstract: The success of a company isn’t entailed just to the success of its products or ser-vices. It is the result of a small successes series in a complex of articulations chain, people’s relationships and the way they lead their process inside and outside the company. Everyone, indiscriminately – employees, suppliers, customers, commu-nity and environment – they form an interdependence network which is the sup-port basis for a successful organization. In this context, this study aims a discussion concerning the importance of the corporative social responsibility as a competitive differential for the organizations success, taking it as an item of their strategy. The result of this bibliographically based piece of research show that the organizations that develops social responsibility actions differ from their competitors and arevalued by their clients. O êxito de uma empresa n o está vinculado apenas ao sucesso de seu produto ou servi o. Ele é fruto de uma série de ‘pequenos sucessos’ numa complexa rede de articula es e relacionamentos de pessoas e da forma como elas conduzem os processos dentro e fora da empresa. Todos, indiscriminadamente – funcioná-rios, fornecedores, clientes, comunidade e meio ambiente –, formam uma rede de interdependência que é a base de sustenta o para uma organiza o de suces-so. Nesse contexto, este estudo prop e uma discuss o acerca da importancia da responsabilidade social corporativa como diferencial competitivo para o êxito das organiza es, abordando-a como item de sua estratégia. Os resultados deste es-tudo, de base bibliográfica, apontam que as organiza es que desenvolvem a es de responsabilidade social conseguem diferenciar-se de seus concorrentes e s o valorizadas por seus clientes.
AS COMPETêNCIAS EMPREENDEDORAS NO MBITO TECNOLóGICO COMO ATIVO ESTRATéGICO DA ORGANIZA O: UM ESTUDO BASEADO NA TEORIA DA VANTAGEM DE RECURSOS
Denis Dayvison Soares da Rocha,Sérgio Carvalho Benício de Mello,Stêvenis Moacir Moura da Fonseca,Ires Ferreira de Fran?a
Revista da Micro e Pequena Empresa , 2011,
Abstract: Em um contexto onde a aquisi o e aplica o dos recursos da empresa constituem-se aspectos estratégicos e de grande influência nos resultados alcan ados pela mesma, torna-se necessário à organiza o encontrar formas de se manter competitiva e se destacar frente à concorrência através de habilidades diversas. Nesse aspecto, ressalta-se a importancia das competências dos membros da organiza o na utiliza o desses recursos. Levando em considera o esse cenário, o presente estudo buscou integrar as competências empreendedoras e a gera o da base de recursos no ambito tecnológico, adotando pressupostos da Teoria da Vantagem de Recursos. Assim, duas unidades de análise foram consideradas: a empresa (de base tecnológica da Regi o Metropolitana do Recife), foco dos questionamentos sobre a base e vantagem de recursos e os atores, que deram subsídios à pesquisa em rela o às competências. Com base nessas competências os atores organizacionais suprimem a divis o formal de papéis e intercalam suas habilidades na execu o de projetos.
A consultoria como oportunidade de aprendizagem para as Organiza es N o Governamentais: um estudo na cidade de Recife/PE THE CONSULTING AS A LEARNING OPPORTUNITY FOR NONGOVERNMENTAL ORGANIZATIONS: A STUDY IN THE CITY OF RECIFE / PE
Fernanda Bruto da Costa Correia,Marcos Gilson Gomes Feitosa,Naldeir dos Santos Vieira
Revista de Administra??o da UFSM , 2010,
Abstract: Non-governmental organizations (NGOs) are active and growing institutions throughout the country, being from the 90s, to suit the environmental contingencies, are starting to professionalize, adopting administrative practices, such as management and evaluation of the impacts of their projects. Thus, part of NGOs started to hire professionals who act as consultants, which are organizational and specialists. In face of the above, the objective was to identify and analyze the learning, which are related to the practice of hiring consultants, obtained by NGOs. For both, there were semi-structured interviews with managers of NGOs that operate in the metropolitan area of Recife / EP and its contracted services of consultants. It appears that NGOs, with the hiring of consultants, learned that it is necessary that these professionals know and have experience of working in social organizations, who understand their specificities and to adopt a methodology which establishes a reflective learning, being regarded as ineffective those who only deploy “packages” managerial pre-prepared. As organiza es n o governamentais (ONGs) s o institui es atuantes e em crescimento por todo o país e, a partir dos anos 1990, para se adequarem às contingências ambientais, come aram a se profissionalizarem, adotando práticas administrativas, como a gest o e a avalia o dos impactos de seus projetos. Assim, parte das ONGs passou a contratar profissionais que atuam como consultores organizacionais ou especialistas. Diante do exposto, o objetivo deste trabalho foi identificar e analisar os aprendizados que est o relacionados à prática de contrata o de consultoria, obtidos pelas ONGs. Para tanto, foram realizadas entrevistas semiestruturadas com gerentes de ONGs que atuam na Regi o Metropolitana de Recife, PE, e que contrataram servi os de consultorias. Conclui-se que as ONGs, com a contrata o de consultores, aprenderam que é necessário que estes profissionais conhe am e que tenham experiência de trabalho em organiza es sociais, que entendam suas especificidades e que adotem uma metodologia que propicie um aprendizado reflexivo, sendo considerados como ineficazes aqueles que apenas implantam “pacotes” gerenciais pré-elaborados.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.