oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Soroprevalência da infec o pelo vírus da hepatite B em portadores de doen a mental
Souza Márcia Maria de,Barbosa Maria Alves,Borges Ana Maria Tavares,Daher Roberto Ruhman
Revista Brasileira de Psiquiatria , 2004,
Abstract: OBJETIVOS: O vírus da hepatite B representa um importante problema de saúde pública mundial e é responsável por altos índices de morbidade e mortalidade. Este estudo objetivou a determina o da soroprevalência da infec o pelo vírus da hepatite B (VHB) em pacientes internados em institui es psiquiátricas e em indivíduos com síndrome de Down, a detec o do DNA viral nas amostras positivas para HBsAg e anti-HBc total, e a caracteriza o dos subtipos do HBsAg. MéTODOS: O estudo avaliou 433 indivíduos, sendo que 408 eram portadores de doen a mental e internos em institui es psiquiátricas (71 deles tinham também dependência química) e 25 eram indivíduos com síndrome de Down, n o institucionalizados. Amostras sangüíneas de todos os participantes foram testadas para os marcadores do VHB: HBsAg, anti-HBs e anti-HBc total pelo ensaio imunoenzimático (ELISA). Soros positivos ao HBsAg foram testados também para o anti-HBc IgM, HBeAg, anti-HBe, e subtipadas pela técnica de imunodifus o radial. A detec o do DNA-VHB foi realizada em amostras reagentes ao HBsAg e/ou anti-HBc total, utilizando-se a metodologia da rea o em cadeia pela polimerase (PCR). RESULTADOS: Foi observado um índice global de soropositividade para o VHB de 22,4%, sendo que 1,6% dos indivíduos foram positivos para HBsAg. Dentre as amostras HBsAg positivas, cinco foram subtipáveis pela metodologia de imunodifus o radial, tendo sido observados os subtipos adw2, adw4 e ayw3. O DNA viral foi detectado, pela metodologia da PCR, em três amostras positivas para o HBsAg e em 11 amostras positivas para anti-HBc total/anti-HBs. No grupo de indivíduos com problema mental, com ou sem dependência química (N=408), a admiss o hospitalar múltipla (reinterna o) foi considerada fator de risco para infec o pelo VHB. CONCLUS O: Estes resultados indicam alta prevalência do VHB nesta popula o e refor am a necessidade de medidas profiláticas específicas para reduzir o risco de infec o entre indivíduos com distúrbio mental e retardo mental.
Os nexos entre concep o do processo saúde/doen a mental e as tecnologias de cuidados  [cached]
Silva Ana Luisa Aranha e,Fonseca Rosa Maria Godoy Serpa da
Revista Latino-Americana de Enfermagem , 2003,
Abstract: A história da humanidade vem inscrevendo conven es sobre doen a e tratamento, numa dialética mediada pelas condi es materiais e objetivas onde práticas em saúde podem ser identificadas. No campo da saúde mental, podem ser identificados conceitos de adoecimento psíquico e as terapêuticas operadas nos diferentes períodos de desenvolvimento político e econ mico e da organiza o da sociedade humana, dos primórdios à idade contemporanea. Este artigo prop e uma aproxima o dos nexos entre a compreens o do processo saúde-doen a mental e as formas de tratar, referidos aos dados contextos históricos onde se inscreveram ou se inscrevem, além de buscar o sentido das práticas e sua significa o social atual.
Concep es de saúde e doen a mental na perspectiva de jovens brasileiros Brazilian young people perceptions of mental health and illness  [cached]
Camila Aquino Morais,Deise Matos Amparo,Cláudia Cristina Fukuda,Katia Tarrouquella Brasil
Estudos de Psicologia (Natal) , 2012,
Abstract: O estudo investiga a perspectiva de adolescentes e jovens acerca de suas concep es de saúde e doen a mental. Compreende-se que o processo de constru o da saúde-doen a é influenciado pela perspectiva individual, familiar e sociocultural. Participaram do estudo 1163 jovens de ambos os sexos, com idade média de 15,84 anos. Utilizou-se como instrumento um questionário autoaplicável, formulado em estudo anterior com jovens suí os de língua portuguesa. Investigaram-se as concep es de saúde e doen a mental, dentre outros aspectos do tema. Nos resultados, observaram-se aspectos da vis o holística e do modelo tradicional de saúde mental. A doen a mental foi caracterizada como uma desordem emocional, revelando a influência das experiências internas e relacionais na concep o de adoecimento mental. Diferen as de nível socioecon mico foram observadas nas concep es de saúde e doen a mental. The study investigates young people conceptions of health and mental illness. The theoretical approach understands that the process of construction of health and disease is influenced by individual, family and sociocultural factors. Participants were 1163 young people of both sexes with a mean age of 15.84 years. A Self-administered questionnaire was formulated in a previous study with young Portuguese-speaking Switzerland. Mental health and illness concepts were investigated and also others issues about it. In the results, we found aspects of holist and traditional concepts of mental health. Mental illness was characterized as an emotional disorder, revealing the influence of internal and relational experiences in the design of mental illness. Socioeconomic differences were observed in this concept.
O efeito da escopolamina na performance mental durante simula o de microgravidade =The effect of scopolamine on mental performance during microgravity simulation
Russomano, Thaís et al.
Scientia Medica , 2005,
Abstract: Objetivos: A otimiza o da performance mental e a minimiza o dos erros podem salvar vidas e reduzir custos de miss es aeroespaciais. Usando o teste de performance mental computadorizado Manikin Test, p de-se avaliar aspectos importantes da performance cognitiva sob a influência da escopolamina, medicamento largamente utilizado para prevenir ou minimizar os efeitos da Doen a da Locomo o Espacial, durante uma simula o de microgravidade. Metodologia: Para simular os efeitos fisiológicos da microgravidade na Terra, utilizou-se a invers o postural parcial, onde o indivíduo é deitado sobre um leito e a parte superior do seu corpo fica abaixo da parte inferior (6o negativos ou – 6o HDT, head-down tilt). Realizou-se um estudo duplo-cego, randomizado, cruzado, no qual foi avaliada a performance mental de 15 voluntários durante simula o de microgravidade com e sem o uso de escopolamina 0,45 mg. Resultados: Constatou-se que, apesar da ocorrência de efeitos adversos inerentes à escopolamina, n o houve diminui o da performance mental dos voluntários. Conclus o: Mais estudos s o necessários para elucidar os reais efeitos da escopolamina sobre a performance mental durante a simula o de microgravidade. Assim, será possível a cria o de medidas medicamentosas efetivas na preven o e/ou na minimiza o dos sintomas provocados pela Doen a da Locomo o Espacial. Objective: The optimization of mental performance and the minimization of errors can save lives and reduce the costs of a space mission. Cognition was evaluated by means of a psychological test, the Manikin Test, under the effect of scopolamine, a drug widely used to prevent or minimize the symptomatology of Space Motion Sickness, during microgravity simulation. Methods: 6o HDT (head-down tilt) was used to simulate some of the effects of microgravity. A double-blind and randomized study evaluated the effect of 0. 45 mg of Scopolamine on mental performance during microgravity simulation (n = 15). Results: Scopolamine failed to decrease mental performance during microgravity simulation when measured by means of a psychological test. Conclusion: Further studies are needed to better clarify the interaction between Scopolamine and HDT, which will allow the development of a more effective way to prevent or to minimize the symptomatology related to space motion sickness.
A produ o de servi os de saúde mental: a concep o de trabalhadores
Campos Célia Maria Sivalli,Soares Cássia Baldini
Ciência & Saúde Coletiva , 2003,
Abstract: Este artigo trata da produ o de servi os de saúde mental. O objetivo foi descrever as concep es de servi os de saúde mental de trabalhadores de diferentes servi os de saúde mental do município de S o Paulo, que fizeram o curso de especializa o em tecnologias em saúde mental. No ambito hospitalar, ambulatorial e da unidade básica de saúde, a concep o de saúde-doen a é multifatorial e centrada no indivíduo. Já no centro de aten o em saúde mental (CAPS), a concep o aproximou-se da teoria da determina o social. Quanto ao processo de trabalho, o objeto recortado foi predominantemente o indivíduo doente e até mesmo o sintoma da doen a, distinguindo-se no CAPS uma concep o que relaciona o usuário à sua "rede social". O desafio é avan ar o entendimento da concep o do processo saúde-doen a e redefinir processos de trabalho, pautados no ambito dos determinantes e n o somente no dos resultados do processo saúde-doen a.
Recovery da doen?a mental: Uma vis?o para os sistemas e servi?os de saúde mental
Duarte,Teresa;
Análise Psicológica , 2007,
Abstract: in the last years, recovery has emerged as a new paradigm in the mental health field. based in the narratives of people with experience of mental illness and in several research studies, recovery has proved to be a more common experience that was traditionally expected and a real possibility for people with mental illness. the recovery concept was also introduced as the guiding vision for mental health services design and provision and for the system reform. considering the contexts? influence on promoting opportunities for recovery processes, this article presents some strategies that mental health services and systems should adopt and integrate in order to develop more recovery oriented practices. recovery oriented services are based in an human rights framework, adopt an ecological approach in terms of analyses and intervention, develop a culture of hope and empowerment, establishes a collaborative and power sharing relationship between all the stakeholders and promotes the effective social integration of people with experience of mental illness.
Confiabilidade diagnóstica dos transtornos mentais da vers o para cuidados primários da Classifica o Internacional das Doen as
Busnello Ellis D'A,Tannous Leila,Gigante Luciana,Ballester Dinarte
Revista de Saúde Pública , 1999,
Abstract: OBJETIVO: Avaliar a confiabilidade da vers o para teste do capítulo V - "Transtornos Mentais e do Comportamento", da décima revis o da Classifica o Internacional das Doen as, Vers o para Cuidados Primários (CID -10 CP), preparado pela Divis o de Saúde Mental da Organiza o Mundial da Saúde (OMS). MéTODOS: Durante os meses de setembro e outubro de 1994 foram treinados médicos gerais comunitários (MGC) da Secretaria da Saúde e do Meio Ambiente do Estado do Rio Grande do Sul, no uso da citada vers o, preparada para teste de campo, conforme o delineamento proposto pela OMS. RESULTADOS: Os resultados referem-se ao estudo sobre concordancia dos diagnósticos atribuídos por 9 duplas de MGC a 440 pacientes de primeira consulta. O Kappa de Cohen para Transtorno de Saúde Mental, presente ou ausente, foi de 0,79 (IC 95%: 0,69 -- 0,88). CONCLUS O: O uso da CID-10 CP dará maior especificidade às informa es e permitirá maior comunica o entre as equipes de saúde em nível de cuidados primários.
Representa??o da doen?a mental pela família do paciente
Pereira, Maria Alice Ornellas;
Interface - Comunica??o, Saúde, Educa??o , 2003, DOI: 10.1590/S1414-32832003000100006
Abstract: in the paradigm of patient care that the recent brazilian psychiatric reform preconizes, the social reintegration of the patients suffering from mental illnesses is sought through open services (centers or nuclei of psychosocial support, known as caps or naps) in which an interaction with the patient's family is established, in order to foster a communication process that enables the mental health professional to understand the context of the patient's life history and, based on it, to develop educational efforts involving this group. this facilitates the patient's reintegration into the web of social relations that stigmatized him/her or from which he/she was excluded. this study investigates the social representations of the families of psychiatric patients as regards mental illness, relying on interviews and observation as data-collection tools, and was guided by the principles of qualitative research. through concrete experiences, the people investigated developed ideas that point to relationship difficulties with the bearer of mental illness. as a result, aggression, depreciation and abandonment arise within the family, all of which give rise to a need for support from healthcare services. the results attained may be useful as input to expansion projects of the mental healthcare network.
Perfil das atitudes de alunos do curso de enfermagem frente à doen a mental, antes da influência da instru o acadêmica, proveniente de disciplinas de área específica
Pedr?o Luiz Jorge,Avanci Rita de Cássia,Malaguti Silmara Elaine
Revista Latino-Americana de Enfermagem , 2002,
Abstract: Iniciantes no Curso de Enfermagem trazem estereótipos e preconceitos com rela o ao portador de doen a mental, demonstrando desconhecimento sobre suas possibilidades de recupera o e convívio social. Este estudo objetivou elaborar um perfil de atitudes desses alunos frente a essa pessoa, mostrando aspectos que podem influenciar negativamente nas condutas profissionais futuras. Utilizou-se para isso a escala de opini es sobre a doen a mental. Os alunos exibiram um perfil de atitudes negativo, permitindo concluir que a instru o acadêmica, proveniente de disciplinas dessa área deve ser planejada no sentido de favorecer a mudan a do perfil de atitudes apresentado.
Cuidadores familiares de pessoas portadoras de Doen a de Alzheimer: revis o da literatura  [cached]
Katiele dos Santos Almeida,Marinês Tambara Leite,Leila Mariza Hildebrandt
Revista Eletr?nica de Enfermagem , 2009,
Abstract: Estudo de revis o sistemática com o objetivo de analisar os aspectos relativos a cuidadores familiares de pacientes portadores de Doen a de Alzheimer, abordados em periódicos nacionais, disponíveis em meio eletr nico, período de 1999-2008. Os dados foram obtidos, em meio eletr nico, utilizando como descritores: Doen a de Alzheimer/demência x cuidado/cuidadores x familiares x enfermagem. Foram encontrados nove trabalhos nas bases de dados: Scientific Electronic Library Online, Base de Dados de Enfermagem e Literatura Latino–Americana e do Caribe em Ciências da Saúde.A análise seguiu os preceitos da análise temática em que as informa es foram agrupadas em dois temas, analisadas e interpretadas. O primeiro tema versa sobre as repercuss es na vida dos familiares - presen a de estresse físico e mental entre cuidadores; e o segundo discorre acerca da motiva o, conhecimentos e habilidades do familiar para prestar o cuidado. Como resultados, identificamos que há repercuss es na vida dos cuidadores, havendo sobrecarga física e mental. Já, motiva o, conhecimentos e habilidades especiais s o necessários para que o familiar possa realizar o cuidado a quem dele necessita. Conclui-se que os profissionais da saúde devem direcionar seu olhar e assumir a responsabilidade de promover uma assistência qualificada ao idoso dependente de cuidados e aos seus familiares.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.