oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Produ o Científica dos Congressos Brasileiros de Enfermagem nos anos 70: Contribui o para a Enfermagem Pediátrica  [cached]
Renata Oliveira da Costa,Isabel Cristina dos Santos Oliveira
Revista Eletr?nica de Enfermagem , 2006,
Abstract: Trata-se de um estudo histórico, que enfoca a produ o científica acerca da temática “Saúde da Crian a” dos Congressos Brasileiros de Enfermagem nos anos 70, destacando os temas oficiais e livres dos referidos eventos. Os objetivos s o: verificar o número de temas oficiais e livres apresentados nos CBEn e identificar as temáticas relacionadas à saúde da crian a. Constata-se que a referida temática foi pouco abordada, sendo que o XXVII CBEn, em 1975, e o XXX CBEn, em 1978, apresentaram os maiores percentuais, ou seja, 1,53% de temas oficiais e 3,08% de temas livres relacionados à temática respectivamente.
Autorrepresenta o e liberdade  [PDF]
Souza Filho, Edson Alves de,Coêlho, Ana Carolina Falc?o,Scardua, Anderson
Psico , 2010,
Abstract: Investigamos as rela es entre autorrepresenta o e concep es de liberdade. Perguntamos “Quem é você? Apresen- te-se como quiser” e “O que é liberdade para você?” a 117 participantes jovens de 19 a 34 anos. Os dados sobre a autoapresenta o foram organizados em eu-Afirmativo, eu-Adaptativo e Intermediário, já sobre a liberdade foram categorizados em cinco temas: “liberdade afirmativa”; “liberdade condicionada”; “liberdade reivindicatória”; “liberdade como n o a o/pensamento”; “liberdade negada”. Todos os grupos formados de acordo com a autoapresenta o tenderam à “liberdade afirmativa” e, simultaneamente, a referir-se à “liberdade condicionada”. Mas, os que se autoapresentaram como Afirmativos, manifestaram mais “liberdade reivindicatória”, assim como os Adaptativos e Intermediários também ressaltaram “liberdade como n o a o/pensamento” e “liberdade negada”. A compara o entre homens e mulheres a respeito das representa es da liberdade, indicou que os primeiros mostraram mais “liberdade afirmativa” associada à “liberdade reivindicatória”, enquanto as últimas manifestaram mais “liberdade como n o a o/pensamento” e “liberdade negada”.
Estimativa das cargas dinamicas dos veículos rodoviários que atuam sobre os pavimentos e pontes
José Leomar Fernandes Júnior,Rone Evaldo Barbosa
Transportes , 2009,
Abstract: Este trabalho tem por objetivo avaliar os efeitos de diversos fatores de tráfego e da irregularidade longitudinal sobre as cargas dinamicas dos veículos rodoviários, que efetivamente atuam nos pavimentos e pontes. Para este propósito, foram realizadas simula es com o programa computacional Truck Sim, que é baseado em modelos matemáticos de veículos e perfil longitudinal dos pavimentos. Com base em parametros de veículos de carga brasileiros, foram avaliados os seguintes fatores: tipo de veículo, cargas por eixo, velocidade, tipo de suspens o, tipo de eixo e condi o dos pavimentos (irregularidade longitudinal).
Os congressos brasileiros de geografia entre 1909 e 1944
Cardoso, Luciene Pereira Carris;
História, Ciências, Saúde-Manguinhos , 2011, DOI: 10.1590/S0104-59702011000100006
Abstract: this analysis of the brazilian geography congresses sponsored by the geography society of rio de janeiro between 1909 and 1944 identifies commonalities as well as differences over the years. given how these scientific events focused on both the state of the art within the field as well as on its overall development, such an analysis serves as a good thermometer for measuring the social, economic, and political changes underway in brazil.
A liberdade de imprensa e a liberdade na publicidade  [cached]
Eugenio Bucci,Silvio Nunes Augusto Junior
Comunica??o, Mídia e Consumo , 2012,
Abstract: O presente artigo procura discutir e problematizar as quest es que permeiam o debate entre a liberdade e a censura da informa o, esclarecendo as principais diferen as entre a liberdade de imprensa e a liberdade no contexto da publicidade. Esclarecendo o papel e a importancia da informa o na esfera pública, espera-se contribuir para o entendimento de que o jornalismo e a publicidade est o em dimens es distintas e que, portanto, a liberdade n o pode ser a mesma para ambos
RETROSPECTIVA DOS ENCONTROS E CONGRESSOS DA ANPET
Walter Porto Jr
Transportes , 2010,
Abstract: A Associa o Nacional de Pesquisa e Ensino em Transportes - ANPET - foi criada em 1986, com o objetivo básico de estabelecer um fórum de debates para a comunidade cientifica e técnica do setor de transportes. Desde 1987, s o realizados encontros anuais de ambito nacional, nos quais todos os pesquisadores, profissionais e especialistas no assunto têm oportunidade de participar das apresenta es e discuss es sobre os diversos temas de interesse geral ou especifico. No período de 18 a 22 de novembro de 1996, terá lugar em Brasília o X ANPET - Congresso de Pesquisa e Ensino em Transportes. Portanto, apos uma década de existência, seria proveitoso iniciar uma reflex o sobre a atua o e as perspectivas futuras da ANPET, com o intuito de vislumbrar os novos horizontes e contribuir para seu maior destaque no cenário nacional. A inten o deste artigo é justamente contribuir para esta reflex o, apresentando uma vis o geral dos temas tratados nos nove primeiros encontros e congressos realizados de 87 a 95.
Limites à liberdade de express o  [cached]
Miguel Reale Júnior
Espa?o Jurídico : Journal of Law , 2011,
Abstract: O artigo analisa dois julgados do Supremo Tribunal Federal como pano de fundo para o debate a respeito dos limites que devam ser impostos à liberdade de express o e de manifesta o de pensamento frente a outros valores constitucionais. Palavras-chave: Liberdade de express o. Lei de imprensa. Pondera o de valores constitucionais.
Liberdade e proximidade em Levinas  [PDF]
Nodari, Paulo César
Veritas , 2006,
Abstract: O objetivo deste artigo é mostrar que a concep o de liberdade situa-se no rol da crítica levinasiana à ontologia ocidental e no cenário da ética como filosofia primeira. Levinas concebe, ent o, a liberdade como acolhimento do Outro. A liberdade deve cessar de manter-se na certeza solitária da supremacia do Mesmo sobre o Outro. Assim, Levinas distancia-se da ontologia e recorre à proximidade n o como estado de consciência que conceitua, mas como rela o proximal que clama por justi a e responsabilidade. The aim of this article is show that the conception of freedom lies in the roll of levinasian’s critique on the occidental ontology and on the scenery of ethics as first philosophy. Levinas conceives freedom as reception of Other. The freedom must cease maintaining on the solitary certainty of the Same’s supremacy above Other. Consequently Levinas distances himself from the ontology and runs over the proximity not as state of conscience that judges but as proximate relation that claims for justice and responsability.
A Liberdade da Imprensa Agrilhoada
Marco Aurelio Peri Guedes
Lex Humana , 2010,
Abstract: O presente trabalho aborda caso decidido no ano de 2009 - MCRecl. no 9.428 - pelo STF, envolvendo possível censura ao jornal O Estado de S o Paulo. O jornal publicou matéria sobre opera o da Polícia Federal designada Boi Barrica, envolvendo entre tantas outras pessoas o empresário Fernando Sarney, filho do ent o presidente do Senado José Sarney. O empresário, ent o, ingressa com a o junto ao T.J.D.F. a fim de tutelar o seu direito fundamental à intimidade, que estaria sendo violado pelo jornal. Medida liminar favorável lhe é concedida por desembargador daquele tribunal, que havia sido anteriormente indicado politicamente pelo Senador José Sarney – pai do empresário. Sem o conhecimento de todos os detalhes, poderíamos dizer que pondera o de interesses foi realizada – liberdade de imprensa e direito à privacidade - e direitos fundamentais foram protegidos, tendo o poder judiciário agido proativamente em sua defesa – sob uma leitura de ativismo judicial. Contudo, o que se observou foi a express o de práticas oligárquicas a influenciar politicamente a composi o do poder judiciário com vistas a dirigir suas decis es, denotando a for a do patrimonialismo na república e a fragilidade de nossa constitui o. Assim, teria se estabelecido uma censura em via oblíqua à liberdade de imprensa em plena vigor de um Estado democrático e social de direito, a ferir mortalmente nossas liberdades públicas e a constitui o. Lembre-se que a constitui o de 1988 veda todas as formas de censuta. Precisamos compreender o significado desta decis o e reverter este quadro de inseguran a à liberdade de imprensa.
PAULO E A éTICA DA LIBERDADE  [cached]
Prof. Dr. Frei Luiz Augusto de Mattos
Revista Eletr?nica Espa?o Teológico , 2008,
Abstract: Frente uma situa o sócio-cultural, eclesial e societária onde vive-se a falta de liberdade criativa e de uma a o ousada, alternativa e esperan osa, Paulo parece apontar caminho, à luz do Evangelho da liberdade, para uma experiência nova e prometedora. O que importa é assumir com responsabilidade a Vida e superar toda "escravid o", vale dizer, o que vale é viver em liberdade na experiência do amor diante do império da impotência e da morte. A experiência da fé tem que levar ao agir ético que revele uma vida livre e construtora de uma nova realidade de vida, relacionamento e compromisso no atual contexto.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.