oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Representa es Sociais e Forma o do Professor Pré-Escolar  [cached]
Célia Maria Guimar?es
Nuances : Estudos sobre Educa??o , 2009,
Abstract: Representa es Sociais e Forma o do Professor Pré-Escolar
Representa es sociais do envelhecimento  [cached]
Veloz Maria Cristina Triguero,Nascimento-Schulze Clélia Maria,Camargo Brigido Vizeu
Psicologia: Reflex?o e Crítica , 1999,
Abstract: A presente pesquisa visou a estudar as representa es sociais das pessoas sobre a velhice, o idoso e o envelhecimento enquanto processo. Foram entrevistadas 37 pessoas (idade mínima de 52 anos e máxima de 92 anos). Estas pertenciam a três grupos residentes na cidade de Florianópolis: professores aposentados da UFSC; participantes de um programa da universidade da terceira idade (NETI) e residentes num centro para idosos. As entrevistas foram analisadas com ajuda de um software de análise quantitativa de dados textuais (Alceste). Os resultados apontam para três tipos de representa o social do envelhecimento: a primeira é uma representa o doméstica e feminina onde a perda dos la os familiares é central, a segunda tipicamente masculina apoia-se na no o de atividade, caracterizando o envelhecimento como perda do ritmo de trabalho, e a última mais utilitarista apresenta o envelhecimento como desgaste da máquina humana. A variável sexo esclareceu aspectos relevantes sobre as diferentes representa es encontradas.
Representa es sociais do desenvolvimento humano  [cached]
Almeida Angela Maria de Oliveira,Cunha Gleicimar Gon?alves
Psicologia: Reflex?o e Crítica , 2003,
Abstract: Nesse estudo, interessou-nos conhecer os elementos das representa es sociais do desenvolvimento humano em suas diferentes fases. Foi realizado um estudo orientado metodologicamente pela Teoria do Núcleo Central. Um questionário de categoriza o foi preenchido por 210 educadores distribuídos em quatro subgrupos (60 educadores de crian as, 60 de adolescentes, 60 de adultos e 30 de idosos). Além dos elementos constituintes das representa es de desenvolvimento, esse estudo permitiu-nos identificar sua organiza o interna. Nossos resultados mostram que a crian a foi associada com brincadeiras, inocência e dependência; o adolescente com transforma es no corpo, crises existenciais e sexualidade; o adulto com produtividade, trabalho, estabilidade e, o idoso com sabedoria e experiência.
O SIGNIFICADO DO PROJETO PEDAGóGICO A PARTIR DAS REPRESENTA ES SOCIAIS DOS PROFESSORES  [cached]
Alberto Cervellini Filho
Nuances : Estudos sobre Educa??o , 2010,
Abstract: O SIGNIFICADO DO PROJETO PEDAGóGICO A PARTIR DAS REPRESENTA ES SOCIAIS DOS PROFESSORES
Representa es Sociais de Lei, Crime e Injusti a em Adolescentes  [cached]
Maria Suzana De Stefano Menin
Nuances : Estudos sobre Educa??o , 2009,
Abstract: Representa es Sociais de Lei, Crime e Injusti a em Adolescentes
Desmame precoce: representa es sociais de m es  [cached]
Maria Bruno de Carvalho Silva,Maria Eliéte Batista Moura,Antonia Oliveira Silva
Revista Eletr?nica de Enfermagem , 2007,
Abstract: Este estudo tem como objetivo apreender as representa es sociais sobre o desmame precoce segundo m es que desmamaram os filhos e explorar os aspectos psicossociais capazes de determinar um diagnóstico sobre o que influencia o ato do desmame. Trata-se de um estudo exploratório orientado pela Teoria das Representa es Sociais, realizado em Teresina – Pi. Fizeram parte da amostra 60 mulheres atendidas no pré-natal, por uma equipe de Saúde da Família, que foram submetidos ao Teste de Associa o Livre de Palavras e feito a Análise Fatorial de Correspondência. Destas, 20 responderam à entrevista em profundidade. Os dados das entrevistas foram submetidos à análise de conteúdo. O desmame precoce surge com representa es ambíguas e complexas onde é possível perceber as contradi es entre sentimentos negativos e positivos sobre o ato de amamentar e as implica es na vida e nas rela es interpessoais. é necessário, pois, que os programas de incentivo ao aleitamento materno sejam desenvolvidos em consonancia com os grupos sociais, visto que n o se pode falar em políticas de incentivo ao aleitamento materno eficazes, sem considerar os determinantes do desmame precoce, os quais encontram atrelados às cren as, valores, normas sociais, dentre outros.
Identifica o e descri o de rela es comportamentais na economia solidária Identification and description of behavior relations in solidary economy  [cached]
Ana Lucia Cortegoso
Psicologia: Ciência e Profiss?o , 2007, DOI: 10.1590/s1414-98932007000200007
Abstract: Que comportamentos, nas rela es organismo-ambiente, fazem parte da economia solidária como organiza o para o trabalho e repercuss o na sociedade? A partir de observa o e registro de informa es em situa es de trabalho em uma incubadora universitária de empreendimentos solidários, consulta a documentos de atividades realizadas e literatura e entrevistas sobre aspectos da atua o de diferentes tipos de atores nesse campo de atividade humana, foi possível identificar e descrever comportamentos organizacionais e individuais. Tais comportamentos s o considerados relevantes para práticas culturais cooperativas, distribui o eqüitativa dos benefícios do trabalho e rela o menos predatória do homem com seu ambiente, inclusive social, em termos de rela es ambiente-organismo. O produto deste estudo, como sistematiza o de atividades de uma agência universitária destinada a incubar empreendimentos solidários, representa contribui o para a compreens o do papel de diferentes atores sociais no complexo fen meno social que é a economia solidária, a partir do conceito de comportamento como proposto pela análise do comportamento. Which behaviors, in the ambient-organisms relations, are concerned with solidary economy as a form of organization for work that reflects on society? Data accessed by interviews, from documents and permanent register of information in situations of collective work about aspects of performance from actors in that human activity field allowed identifying and describing organizational and individual behaviors. These were considered relevant to cooperative cultural practices, equitable distribution of the benefits of work and a less predatory relation of the human being with his environment, including the social one. The product of this study, as a systematization of activities in an agency that incubates solidary groups, represents a contribution for better understanding about the role of different social actors in the complex social phenomena that is solidary economy, based on the use of concepts as behavior according to the behavior analysis view.
Representa es sociais sobre a deficiência em documentos oficiais
Renata Corcini Carvalho,Reinoldo Marquezan
Educa??o : Revista do Centro de Educa??o UFSM , 2003,
Abstract: O presente artigo prop e verificar as representa es sociais de deficiência que constam na LDB (9.394/96) e no PNE (10.172/01). Utiliza o método de análise de conteúdo. Apresenta indicadores referentes aos documentos oficiais, que se referem ao sujeito da educa o especial, baseado nos modelos de deficiência referenciados por Sassaki (1997) e na teoria das Representa es Sociais elaborada por Moscovici (1961). Os resultados evidenciam vis es antag nicas e dicot micas presentes na atual política educacional, demonstrando a existência de representa es sociais extremas de deficiência referentes ao modelo médico e social de deficiência. Palavras-chave: Educa o, Trabalho, Identidade.
As representa es sociais e a experiência da doen a  [cached]
Gomes Romeu,Mendon?a Eduardo Alves,Pontes Maria Luiza
Cadernos de Saúde Pública , 2002,
Abstract: O artigo objetiva analisar as rela es entre representa es sociais e a experiência da doen a. O estudo é uma revis o crítica sobre a discuss o da doen a. O trabalho é constituído de: (a) resgate da utiliza o do conceito de representa es sociais da doen a; (b) aspectos sobre a experiência da doen a; e (c) princípios para a compreens o do processo do adoecer. Como conclus o, os autores destacam a necessária articula o entre a experiência da doen a e seu contexto de produ o material e simbólica.
AS REPRESENTA ES SOCIAIS DE MORAL DE PROFESSORES DO ENSINO FUNDAMENTAL  [cached]
Alessandra de Morais Shimizu
Nuances : Estudos sobre Educa??o , 2009,
Abstract: Procurou-se, através desta pesquisa, inicialmente identificar as representa es sociais de moral de professores do ensino fundamental da rede oficial. Buscou-se verificar se as representa es encontradas baseavam-se em teorias psicológicas, conteúdos científicos supostamente abordados nos cursos de Habilita o Específica de 2° grau para o Magistério e, em especial, no curso superior de Pedagogia. Entrevistando quarenta professores, verificou-se que suas representa es estavam sustentadas mais em valores convencionais de conformidade as normas e regras sociais, que em teorias psicológicas. Alem disso, constatou-se que a variável possuir curso superior de Pedagogia n o era elemento diferenciador na forma o de suas representa es. A pesquisa sugere um questionamento sobre a forma o de profissionais de ensino, sua repercuss o na prática educativa dos professores do ensino fundamental e, conseqüentemente, na forma o sociomoral das crian as que freqüentam esse nível escolar.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.