oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
identidade do Turismo de Base Comunitária no território da Serra do Brigadeiro (MG) reconhecida por meio de indicadores  [cached]
Werter Valentim Moraes,Guido Assun??o Ribeiro
Revista Brasileira de Ecoturismo , 2013,
Abstract: O presente trabalho é fruto do desenvolvimento de parte do Projeto Boas Práticas do Território da Serra do Brigadeiro, apoiado pelo Ministério do Turismo cujo objetivo foi ordenar os atrativos enquanto produto turístico de base comunitária. As Boas Práticas referem- se à concretiza o de núcleos de turismo de base comunitária estabelecidos em 5 regi es do entorno do Território da Serra do Brigadeiro, onde se insere o Parque Estadual da Serra do Brigadeiro - PESB, estado de Minas Gerais. O Núcleo do Boné, por ser o único limítrofe à unidade de conserva o, vem se destacando na gest o do turismo de base comunitária. O Núcleo é organizado por quatro famílias parentes que desenvolvem: a hospedagem domiciliar de montanha, a hospedagem em área de camping, a guiagem e utiliza o de um pequeno restaurante rural. Os parametros pesquisados como atrativos foram: unidade de conserva o, água, mata, cultura, espa o de convivência, produ o associada ao turismo e hospitalidade. Seus principais indicadores foram: potencial de atratividade, grau de uso atual, representatividade, apoio comunitário local, estado de conserva o da paisagem, infraestrutura e acesso. A identidade reconhecida foram as atividades desenvolvidas no núcleo que s o a produ o associada ao turismo com os saberes e fazeres da família agricultora, a hospitalidade retratando a ruralidade, a cultura das festas fomentando grupos folclóricos, a mata e água retratando uma beleza cênica ainda selvagem, os espa o de convivência possibilitando uma convivência entre turistas e anfitri es. Estas atividades propiciam uma experiência enriquecedora com o turismo de base comunitária.
INDICADORES SOCIAIS E QUALIDADE DE VIDA NA MATA PARAIBANA
Maria de Fátima Ferreira Rodrigues,Alecsandra Pereira da Costa Moreira
Cadernos do Logepa , 2003,
Abstract: Neste texto analisamos alguns aspectos sócio-econ micos acerca da biodiversidade da Mata Atlantica, destacando nesta análise o IDH(M) relativo a 1991 e 2000 dos municípios situados na Mesorrregi o da Mata Paraibana. Analisamos também alguns dados referentes a saúde, educa o e reforma agrária e, por conseguinte, os indicadores que dizem respeito a melhoria da qualidade de vida nesta mesorregi o.
Constituintes químicos, avalia??o das atividades citotóxica e antioxidante de Mimosa paraibana Barneby (Mimosaceae)
Nunes, Xirley P.;Mesquita, Rafael F.;Silva, Davi A.;Lira, Daysianne P.;Costa, Vicente C. O.;Silva, Marianna V. B.;Xavier, Aline L.;Diniz, Margareth F. F. M.;Agra, Maria de Fátima;
Revista Brasileira de Farmacognosia , 2008, DOI: 10.1590/S0102-695X2008000500015
Abstract: the phytochemical study of mimosa paraibana barneby led to the isolation of its chemical constituents, through the usual chromatographic methods, and further structural identification, using 1h and 13c nmr spectroscopic methods based on one and two-dimensional techniques, in addition to comparison with literature data. from this pioneering investigation with m. paraibana, five constituents were isolated and identified from the chloroform extract: a mixture of β-sitosterol and stigmasterol, 151-hydroxy-phaeophytin a, 5,7-dihydroxyflavanone, ethyl 3,4,5-trihydroxybenzoate and p-coumaric acid. the antioxidant activity of the hexane, chloroform and ethyl acetate extracts of m. paraibana were measured using the 1,1-diphenyl-2-picryl-hydrazyl (dpph) free radical scavenging assay and the results compared with standard ascorbic acid. the toxicity activity of the extracts were performed using the bioassay of artemia salina.
TURISMO CULTURAL  [cached]
Lluís Mundet i Cerdan
Revista Iberoamericana de Turismo , 2012,
Abstract: Rese a del livro: José Antonio Donaire. Turismo Cultural. Entre la experiencia y el ritual. Bellcaire d’Empordà: Edicions Vitel·la, 2012.
O DESEMPENHO DA ECONOMIA PARAIBANA NO CONTEXTO NACIONAL: A DéCADA DE 2000
Ivan Targino
Cadernos do Logepa , 2011,
Abstract: Este trabalho apresenta um panorama geral dos principais aspectos socioecon micos do estado da Paraíba na década de 2000, tendo como elementos de compara o o contexto da economia nacional e da regional. A metodologia da pesquisa compreende: levantamento bibliográfico, obten o e tratamento de dados secundários. Inicialmente é feito um embasamento teórico sobre desenvolvimento econ mico. Em seguida é analisado o desempenho da economia paraibana frente à economia nacional, para logo se passar à compara o com a economia nordestina. Estuda-se a evolu o do PIB estadual e a sua composi o setorial. Analisase, também, a distribui o espacial da produ o paraibana. Ao final, s o esbo adas algumas notas conclusivas sobre o desenvolvimento do trabalho.
RITUR: IDENTIDADE EM PROCESSO
Silvana Pirillo Ramos,Lluís Mundet i Cerdan
Revista Iberoamericana de Turismo , 2012,
Abstract: Editorial do Vol. 2, N. 1 (jan./jun.) de 2012 da Revista Iberoamericana de Turismo - RITUR.
Memria e identidade segundo Candau Memory and identity according to Candau
Leticia Cantarela Matheus
Galáxia , 2012,
Abstract: A identidade como um estado psquico e social e a memria como uma faculdade individual e um conjunto de representaes coletivas so o foco geral desta obra. O autor colabora para o estudo das relaes entre memrias individuais e coletivas. Ele decompe o conceito de memria em trs nveis: protomemria, memria de evocao e metamemria, alm de diferenciar as memrias fortes e fracas. A memria forte aquela estruturante de identidade, capaz de organizar sentido. J a debilidade da memria se deve gradativa transformao dos grupos e diluio de seus quadros sociais de memria. Identity as a mental and social state and memory as an individual faculty and a set of collective representations compose the general focus of this work. The author collaborates for the study of relations between individual and collective memories. He decomposes the concept of memory in three levels: protomemory, evocation memory and metamemory, and distinguishes strong from weak memories. The strong memory is the one that structures identity and that is able to organize sense. The memory weakness is due to the gradual transformation of the groups and gradual dilution of their memory social frames.
A PROCISS O DO FOGARéU NA CIDADE DE GOIáS – IDENTIDADE, CULTURA E TERRITóRIO: O TURISMO E AS NOVAS TENDêNCIAS - DOI 10.5216/bgg.v32i1.18960  [cached]
Luana Nunes Martins de Lima
Boletim Goiano de Geografia , 2012,
Abstract: O objetivo deste artigo é analisar a dinamica socioespacial instalada na Cidade de Goiás por meio da festa religiosa da Prociss o do Fogaréu. Há uma breve discuss o sobre a contribui o da festa na constru o da identidade local e na forma o de um sentimento de pertencimento que estabelece a existência de território. Também analisam-se as transforma es e persistências nas práticas socioespaciais dos sujeitos, enfocando a “reinven o” da festa, sua espetaculariza o e mercadifica o, que op em-se à verdadeira valora o e representatividade dos signos e símbolos que comp em a cultura da cidade.
GEOGRAFIA E TURISMO - NOTAS INTRODUTóRIAS  [cached]
Adyr Balastreri Rodrigues
Revista do Departamento de Geografia , 1992, DOI: 10.7154/rdg.v0i6.249
Abstract: GEOGRAFIA E TURISMO - NOTAS INTRODUTóRIAS
ZONA DA MATA PARAIBANA: REESTRUTURA O DO SETOR SUCROALCOOLEIRO, REFORMA AGRáRIA E PAISAGEM RURAL
Emilia Moreira,Ivan Targino,Utaiguara da N. Borges,Vamberto José F. de Medeiros
Cadernos do Logepa , 2003,
Abstract: Esse trabalho faz parte do projeto “O ensino de Geografia da Paraíba: espa o agrário, uso do solo e difus o da informa o”. O recorte apresentado focaliza a reestrutura o do setor sucro-alcooleiro, o avan o da reforma agrária e seus impactos sobre a paisagem na Zona da Mata Paraibana. Trata-se de um estudo analítico-descritivo baseado na pesquisa bibliográfica, na análise de dados secundários e na pesquisa direta. A fonte estatística básica é o IBGE, através dos censos agropecuários de 1985 e 1995 e das publica es da produ o agrícola e da produ o pecuária municipal.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.