oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Sustentabilidade socioambiental: um estudo bibliométrico da evolu o do conceito na área de gest o de opera es Environmental sustainability: a bibliometric study of its evolution in operations management
Gustavo Menoncin de Carvalho Pereira,Chen Yen-Tsang,Reinaldo Belickas Manzini,Nádia Vernes Almeida
Produ??o , 2011,
Abstract: A Sustentabilidade Socioambiental (SS) apresenta desafios para organiza es, governos e sociedade, tanto para a compreens o de seus conceitos teóricos quanto para a transforma o de seus pressupostos em práticas operacionais e administrativas. Pesquisadores e organiza es têm procurado conceitos, modelos e ferramentas, num esfor o de adapta o ao novo paradigma, inclusive Gest o de Opera es (GO). Neste artigo, é apresentada uma pesquisa bibliométrica, com o objetivo de investigar a presen a do tema SS nos artigos do International Journal of Operations & Production Management e tra ar um paralelo da pesquisa realizada com artigos publicados em periódicos brasileiros relevantes de GO. Os resultados deste trabalho apontam a evolu o de SS em GO e identificam os principais temas abordados em SS. A principal conclus o é de que as cocita es envolvendo SS vêm crescendo em GO, posicionando o tema próximo à discuss o de Estratégia de Manufatura. Sustainability and sustainable development have offered a great challenge for organizations, governments and society, in order to make the new paradigm effective in managerial and operational practices. In the field of Operations Management (OM), researchers and organizations have been trying to develop and incorporate new concepts, models and tools in an effort to adjust their management procedures to this new paradigm. This article presents a bibliometric study and proposes to investigate the frequency of the sustainability theme in academic research, within the scope of OM, analyzing articles published in the International Journal of Operations & Production Management and making a parallel with relevant OM Brazilian Journals. Main results presented the evolution of sustainability in Operations Management and the identified themes within. The main conclusion, ranking its themes by co-citation, is that sustainability was identified as an emerging theme and it is closely related to Manufacturing Strategy discussions in the OM field.
Sustentabilidade socioambiental: um estudo bibliométrico da evolu??o do conceito na área de gest?o de opera??es
Pereira, Gustavo Menoncin de Carvalho;Yen-Tsang, Chen;Manzini, Reinaldo Belickas;Almeida, Nádia Vernes;
Produ??o , 2011, DOI: 10.1590/S0103-65132011005000053
Abstract: sustainability and sustainable development have offered a great challenge for organizations, governments and society, in order to make the new paradigm effective in managerial and operational practices. in the field of operations management (om), researchers and organizations have been trying to develop and incorporate new concepts, models and tools in an effort to adjust their management procedures to this new paradigm. this article presents a bibliometric study and proposes to investigate the frequency of the sustainability theme in academic research, within the scope of om, analyzing articles published in the international journal of operations & production management and making a parallel with relevant om brazilian journals. main results presented the evolution of sustainability in operations management and the identified themes within. the main conclusion, ranking its themes by co-citation, is that sustainability was identified as an emerging theme and it is closely related to manufacturing strategy discussions in the om field.
Uma compreens o da sustentabilidade por meio dos níveis de complexidade das decis es organizacionais.
Andrei Giovani Maia,Paulo dos Santos Pires
Revista de Administra??o Mackenzie , 2011,
Abstract: Em uma sociedade capitalista, as decis es organizacionais, geralmente voltadas à dimens o econ mica, desencadearam ou agravaram os problemas socioambientais em muitos países. Na busca por solu es de tais problemas, surge, na década de 1980, o conceito de desenvolvimento sustentável, propondo o atendimento das necessidades das gera es atuais sem comprometer o atendimento das necessidades das futuras gera es (COMISS O MUNDIAL SOBRE MEIO AMBIENTE E DESENVOLVIMENTO, 1988). Considerado um conceito subjetivo e passível de interpreta o, o desenvolvimento sustentável prop e o atendimento de três dimens es essenciais: econ mica, social e ambiental. Assim, sob a ótica organizacional, tomar decis es que contribuam para a sustentabilidade tornou-se, no mínimo, um grande desafio, pois, além da dimens o econ mica, os decisores dever o lidar simultaneamente com as dimens es sociais e ambientais. Isso mostra a existência de níveis de decis es definidos como simples, medianos e complexos, os quais tendem a comprometer ou influenciar de forma distinta o alcance da sustentabilidade, conforme o atendimento satisfatório ou n o das dimens es. Diante desse desafio, como ensaio teórico-metodológico, este artigo tem como objetivo apresentar uma compreens o da sustentabilidade por meio dos níveis de complexidade das decis es organizacionais. Para alcan ar esse objetivo, prop em-se critérios relevantes que comp em cada uma das dimens es da sustentabilidade, identificando as rela es (sistêmicas) que podem ocorrer entre os critérios durante a tomada de decis es organizacionais. Como resultado do cruzamento entre níveis de complexidade de decis es e as dimens es da sustentabilidade, obteve-se a estrutura de uma matriz de complexidade das decis es direcionadas à sustentabilidade. De caráter qualitativo, a matriz visa mostrar como o decisor ou pesquisador pode classificar as decis es consideradas relevantes e como poderá tomar decis es complexas que integrem satisfatoriamente as três dimens es da sustentabilidade.
Sustainability and competitiveness: new borders from the environmental management Sustentabilidade e competitividade: novas fronteiras a partir da gest o ambiental
Armindo dos Santos de Souza,José Carlos Barbieri,Jo?o Mário Csillag
Revista Ibero-Americana de Estratégia , 2007, DOI: 10.5585/riae.v5i1.95
Abstract: The article discusses the concept of sustainability in the fields of knowledge of the competitive strategies and of the environmental management, pointing rupture and convergence aspects among those theoretical traditions. The evolution of the perspective of sustainability is analyzed under the optics of the competitive strategies. After that, the authors analyze the theoretical-conceptual controversies of that concept in the environmental ield. The analysis is based on the presupposition that there are converging points between these two focuses, even because the practices of environmental management have been considered an object of study of the competitive strategies. However, for certain environmental currents the sustainability is viewed under perspectives that disable the articulation with activities and concepts linked to the business sphere. The article intends to present its more relevant contribution when discussing the impacts of the incorporation of variables of the environmental management to the concept of sustainability of the competitiveness. This procedure aims to enlarge the notion of sustainability in business enterprises. O artigo discute o conceito de sustentabilidade, elaborado pelos campos de conhecimento das estratégias competitivas e da gest o ambiental, apontando pontos de ruptura e convergência entre essas tradi es teóricas. Analisa-se a evolu o da perspectiva de sustentabilidade sob a ótica das estratégias competitivas, para, em seguida, caracterizar as controvérsias teóricas em rela o a esse conceito no campo ambiental. Pressup e-se a existência de pontos de convergência entre esses dois enfoques, até mesmo porque as práticas de gerenciamento ambiental têm sido objeto de estudo das estratégias competitivas. Para determinadas correntes ambientalistas, no entanto, a sustentabilidade é vista sob vieses que impossibilitam a articula o com atividades e conceitos vinculados à esfera empresarial. é nesse ponto que o artigo apresenta sua contribui o mais relevante, ao discutir os impactos da incorpora o de variáveis do gerenciamento ambiental ao conceito de sustentabilidade da competitividade, um procedimento que visa a ampliar a no o de sustentabilidade em empreendimentos empresariais.
Sustentabilidade empresarial e a dimens o da exequibilidade
Waldemar Pacheco Júnior,Márcia do Valle Pereira Loch,Sérgio Luiz da Silva,Ant?nio Sérgio Coelho
Navus : Revista de Gest?o e Tecnologia , 2011,
Abstract: A sustentabilidade é um tema que tem evoluído conceitualmente, porém, em fun o da necessidade de ado o de abordagem sistêmica, também é um paradoxo quando se trata de realiza o de a es práticas nas empresas, uma vez que as áreas que a abrangem apresentam divergências para o alcance de diferentes objetivos. Sob a ótica empresarial, o paradigma de produ o à gera o de riqueza é preponderante e, assim, os referenciais de avalia o s o direcionados para os resultados de seus sistemas produtivos. Neste aspecto, eficiência, eficácia e efetividade s o dimens es que possibilitam gerar indicadores apropriados aos objetivos de produ o, porém, normalmente n o consideram as demandas das sociedades. O presente artigo evidencia conceitualmente tais aspectos diante da imposi o das sociedades quanto ao alcance da sustentabilidade pelas empresas. Sugere, pois, o conceito de exequibilidade, uma dimens o teoricamente apropriada à avalia o dessas responsabilidades referidas a riscos dos impactos das a es. Dessa dimens o, emerge um conceito de desenvolvimento sustentável empresarial.
A evolu o do conceito de operante  [cached]
Todorov Jo?o Cláudio
Psicologia: Teoria e Pesquisa , 2002,
Abstract: O conceito de operante surge nos anos 30 como necessidade, dada a dificuldade encontrada por Skinner para analisar seus dados usando como ferramenta o conceito de reflexo. O presente trabalho apresenta a evolu o do conceito até o presente, quando a unidade de análise n o tem mais a ver com a estrutura do comportamento: a nova ferramenta é o conceito de contingência tríplice.
CORPORATE SOCIAL RESPONSIBILITY: UNDERSTANDING THE COMMUNICATION PROCESS IN BRAZILIAN RETAILING DOI: 10.5585/remark.v9i2.2142 RESPONSABILIDADE SOCIAL CORPORATIVA: UM ESTUDO DO PROCESSO DE COMUNICA O DOS VAREJISTAS BRASILEIROS DOI: 10.5585/remark.v9i2.2142
Lucas Sciencia do Prado,Edgard Monforte Merlo,Harrison Bachion Ceribeli
REMark : Revista Brasileira de Marketing , 2010, DOI: 10.5585/remark.v9i2.2142
Abstract: This study aims to discuss and analyze how the ten largest Brazilian retailers communicate their social responsibility. We developed a theoretical framework on the evolution concept of corporate social responsibility (CSR), discussing the theory of stakeholders and the concept of strategic CSR. The survey was based on an exploratory qualitative examination. We analyzed the ten largest Brazilian retailers in 2008, following the CSR communication actions proposed in the work of Du, Bhattacharya and Sem. Data was collected from websites, companies’ sustainability reports and related media. The results showed that the model proposed by the authors could be considered effective enough to allow for the composition of CSR messages. Moreover, the author recognized that the method to evolve the current structure would be to create a feedback mechanism facilitating in the understanding of the messages by its stakeholders. Este trabalho teve como objetivo principal discutir e analisar como os dez maiores varejistas brasileiros comunicam suas a es de responsabilidade social. Foi desenvolvido um referencial teórico sobre a evolu o do conceito da responsabilidade social corporativa (RSC), discutindo a teoria dos stakeholders e o conceito da RSC estratégica. A pesquisa realizada teve caráter exploratório qualitativo. Foram analisados os dez maiores varejistas brasileiros de 2008, seguindo a estrutura de comunica o de a es de RSC proposta no trabalho de Du, Bhattacharya e Sem, para a análise dos resultados. Os dados foram coletados a partir de sites, relatórios de sustentabilidade das empresas e mídias relacionadas. Os resultados mostraram que o modelo proposto pelos autores pode ser considerado um bom referencial para a constru o de mensagens no tocante a RSC. Uma contribui o para a evolu o da estrutura seria a cria o um mecanismo de feedback, que poderia facilitar a compreens o das mensagens pelos seus diversos públicos.
Sustentabilidade como direcionador de evolu o dos sistemas de medi o de desempenho  [cached]
Luciana Rosa Leite,Juliano Bezerra de Araujo,Roberto Antonio Martins
Navus : Revista de Gest?o e Tecnologia , 2011,
Abstract: Este artigo tem por objetivo discutir como a sustentabilidade pode ser considerada um direcionador de evolu o dos sistemas de medi o de desempenho (SMDs). Historicamente, a evolu o dos SMDs é reativa às mudan as que ocorrem tanto nos ambientes internos, como externos, das organiza es. Foi dessa forma que SMDs tradicionais, evoluíram para modelos mais adequados com a realidade competitiva do final dos anos 1980. O mesmo fen meno pode estar ocorrendo novamente. O indutor desta vez é a necessidade das organiza es de atuarem de maneira mais sustentável. Isso pode estar provocando as mudan as nos SMDs em termos de medidas de desempenho, sistemas de medi o de desempenho, infraestrutura, e uso e formas de dissemina o da informa o
Sustentabilidade e cadeia de suprimentos: uma perspectiva comparada de publica es nacionais e internacionais Sustainability in supply chains: a comparative perspective in domestic and international journals  [cached]
Sylmara Lopes Francelino Gon?alves Dias,Letícia Labegalini,Jo?o Mário Csillag
Produ??o , 2012,
Abstract: O objetivo do artigo é apresentar um quadro de referência de conceitos da Gest o da Sustentabilidade na Cadeia de Suprimentos (GSCS) para auxiliar pesquisas futuras na tentativa de integra o intra e interorganizacional fundamentada em aspectos da sustentabilidade. Trata-se de um artigo teórico, cujo procedimento metodológico adotado foi o desk research em periódicos da área de gest o e opera es, realizado em duas etapas. Na primeira, buscou-se visualizar os estudos da temática em seis importantes periódicos internacionais da área, totalizando 53 artigos entre 1954 e 2009. Esta etapa gerou uma evolu o da temática, contribuindo para apontar tendências. Na segunda, foram revisados seis periódicos nacionais da área de administra o. Selecionaram-se 11 artigos, publicados entre 1961 e 2009, resultando em um panorama da temática no contexto acadêmico brasileiro. O conceito de GSCS apareceu apenas em 2007, o que mostra a atualidade do tema, embora este seja a jun o de temáticas anteriormente estudadas. This article provides a reference frame of concepts in Supply Chain Sustainability Management (SCSM), helping future research in the attempt to integrate intra and interorganizational choices based on the aspects of sustainability in supply chains. It is a theoretical study and the methodological procedure adopted was the desk research, organized in two steps. Firstly, the theme study was analyzed in six international journals, totaling 53 articles between 1954 and 2009. This step generated an evolution of the area, helping to pinpoint trends. Secondly, six domestic journals were reviewed and 11 articles were selected between 1961 and 2009, resulting in an overview of the theme in the Brazilian academic context. The concept of GSCS appeared only in 2007, which shows the relevance of the topic; although this is a gathering of topics previously studied separately.
Multimédia: um conceito em evolu o
Ana Amélia Carvalho Amorim
Revista Portuguesa de Educa??o , 2002,
Abstract: This paper focuses on the multimedia concept and its evolution due to technological development. We refer to three phases in multimedia, and we identify and characterize the components that are relevant to the multimedia concept in the field of education. Then, we describe the theoretical contributions to multimedia in learning. Finally, we distinguish between multimedia and hypermedia, focusing on their scope and convergence.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.