oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Efeito de elevadas produtividades do vinhedo nas características físico-químicas e sensoriais do vinho Merlot  [cached]
Miele Alberto,Rizzon Luiz Antenor
Ciência Rural , 2006,
Abstract: O objetivo do trabalho foi determinar o efeito de elevadas produtividades dos vinhedos nas características físico-químicas e sensoriais do vinho Merlot jovem produzido em regi o de montanha. O experimento foi realizado durante o ciclo vegetativo da videira de 1999/2000, constando de quatro tratamentos (produtividades do vinhedo - kg ha-1 - 22.400, 27.800, 34.700 e 44.900) e três repeti es; cada parcela foi constituída de cinco plantas. A uva foi colhida em fevereiro de 2000, por ocasi o de sua matura o, e levada ao Laboratório de Microvinifica o onde foi vinificada em recipientes de vidro de 20L. Avaliaram-se as variáveis físico-químicas por processos clássicos e as sensoriais por um grupo de degustadores utilizando-se uma ficha de degusta o n o-paramétrica. Os dados obtidos foram submetidos à análise de regress o polinomial. Os resultados mostram que a produtividade crescente do vinhedo n o teve efeito significativo sobre as variáveis físico-químicas. Entretanto ela foi significativa sobre as variáveis visuais, olfativas e gustativas. Os vinhos elaborados com uvas provenientes de vinhedos com a menor produtividade apresentaram-se visualmente com matiz vermelho-violáceo mais acentuado; mais francos, finos e típicos no olfato; e com gosto mais equilibrado, típicos, frutados e mais encorpados. Os vinhos de média produtividade tiveram cor mais intensa; olfato também mais intenso, mas com notas vegetais e de piment o verde mais acentuadas; gosto mais intenso. As demais variáveis sensoriais n o foram afetadas pela produtividade do vinhedo.
Mudan as globais: a problemática do oz nio e algumas de suas implica es  [cached]
Marco Ant?nio Tomasoni
Geotextos : Revista da Pós-Gradua??o em Geografia da Universidade Federal da Bahia , 2012,
Abstract: O presente trabalho é uma reflex o sobre quest es tratadas no ambito das mudan as globais referentes ao clima e, mais especificamente, sobre a problemática dos CFC′s e da camada de oz nio e alguns de seus aspectos teóricos e técnicos. S o avaliadas as implica es de ordem diversa como as quest es políticas e econ micas resultantes das a es de resposta aos problemas atribuídos a sua produ o e suas conota es a partir do Protocolo de Montreal e de Viena. é discutido, também, a efetividade destas a es e seus impactos no sistema ambiental, fazendo refletir sobre o papel da ciência e seus enlaces com a economia bem como suas correla es com os índices de radia o, entre outros aspectos, para o oeste da Bahia.
GEOMORFOLOGIA E MUDAN AS GLOBAIS: ALGUMAS CONSIDERA ES  [cached]
Lylian Coltrinari
Revista do Departamento de Geografia , 1997, DOI: 10.7154/rdg.v0i11.175
Abstract: GEOMORFOLOGIA E MUDAN AS GLOBAIS: ALGUMAS CONSIDERA ES
ALIAN AS ESTRATéGICAS E CADEIAS PRODUTIVAS GLOBAIS EM CONFECCIONADOS TêXTEIS: UM ESTUDO DE MúLTIPLOS CASOS
Eduardo Armando,Adalberto Américo Fischmann,Neila C. Viana da Cunha
Gest?o & Regionalidade , 2010,
Abstract: O artigo tem por objetivo examinar a inser o das empresas de confeccionados têxteis estudadas nas cadeias produtivas globais, à luz desta teoria e da teoria de alian as estratégicas. Foi realizado um estudo de múltiplos casos com sete empresas de confeccionados. A sele o das empresas foi realizada em visitas a varejistas internacionais na regi o metropolitana de S o Paulo. Os instrumentos de coleta de dados foram entrevistas e observa o. Os resultados da pesquisa indicaram, dentre outros fatos interessantes, os seguintes aspectos: (1) com rela o à dinamica das cadeias produtivas globais e respectiva inser o nestas das empresas estudadas, foi observado que há influência positiva na competitividade destas organiza es; (2) os grandes varejistas com marcas fortes, que desempenham o papel da empresa de grande porte neste estudo, têm papel fundamental na montagem e nas opera es das cadeias de valor global nas quais as empresas estudadas est o inseridas; (3) ainda nas rela es entre empresas, n o se confirmou, nem mesmo nas multinacionais, ao menos completamente, a coopera o entre organiza es empresariais como uma estratégia competitiva internacional. Portanto, pode-se afirmar que esta op o n o tem sido privilegiada pelas organiza es estudadas, o que pode levá-las à perda de oportunidades internacionais; (4) os arranjos cooperativos s o importantes para as empresas pesquisadas ganharem acesso a mercados e a novas tecnologias; (5) quanto à evolu o da alian a, salvo uma exce o, em todos os casos a mesma parece estar se dirigindo para alcan ar maior significado estratégico, em uma primeira fase rumo à globaliza o das opera es.
A inser o de empresas prestadoras de servi os de tecnologia da informa o (TI) Instaladas em parques tecnológicos: uma análise no contexto de cadeias globais  [PDF]
Nunes, Moema Pereira et al.
Análise , 2010,
Abstract: O incremento da internacionaliza o de empresas nos últimos anos revelou oportunidades para a inser o de empresas brasileiras em cadeias globais. Uma das áreas que se desenvolveu dentro do conceito de mercado global foi a de empresas prestadoras de servi os de TI. Neste mesmo período, os parques tecnológicos desenvolveram um ambiente caracterizado por empresas inovadoras da área de TI e com amplo potencial de internacionaliza o. A partir desta constata o, surge a oportunidade de investigar como as empresas brasileiras prestadoras de servi os de TI est o se inserindo em cadeias globais. Para o desenvolvimento deste estudo, foram analisadas as empresas instaladas em um Parque Científico e Tecnológico localizado no sul do Brasil. A partir da constru o do referencial teórico, foi proposto um método de trabalho, que pautou a condu o da presente pesquisa junto a nove empresas que compuseram a amostra para a elabora o do estudo. As conclus es do trabalho apontam para o fato de que a inser o destas empresas ainda decorre, majoritariamente, através de envolvimentos de cunho pessoal. No entanto, é razoável supor que as a es institucionais a partir do Parque possam contribuir efetivamente para aprimorar a inser o das empresas, especialmente as nascentes, neste amplo processo de internacionaliza o de empresas.
Future ecological studies of Brazilian headwater streams under global-changes Estudos ecológicos futuros em riachos de cabeceira na perspectiva de mudan as globais  [cached]
Marcos Callisto,Adriano Sanches Melo,Darcilio Fernandes Baptista,José Francisco Gon?alves Junior
Acta Limnologica Brasiliensia , 2012,
Abstract: This paper results from discussions triggered during the "Stream Ecology Symposium" that took place at the XIII Congress of the Brazilian Society of Limnology in September of 2011 in Natal, Brazil. Based on our experiences, we have raised several questions regarding ecological studies of headwater streams facing threats under global-changes and proposed numerous subjects to be addressed in future studies in Brazil. These studies deal with the necessity of knowing species biology and the elaboration of models to assess changes (which implies the availability of time-series or large-scale data sets); the ecology of riparian zones and the interchange of materials and energy across the land-water boundaries; forest conversions and standardized sampling strategies and data treatment to assess global change. Este artigo resulta de discuss es ocorridas durante o Simpósio de Ecologia de Riachos que aconteceu durante o XIII Congresso da Sociedade Brasileira de Limnologia em setembro de 2011 em Natal, Brasil. Baseados em nossa experiência, propomos algumas perguntas sobre ecologia de riachos na perspectiva de mudan as globais e sugerimos alguns aspectos a serem abordados em futuros estudos no país. Esses estudos est o relacionados à necessidade de se conhecer a biologia das espécies; à elabora o de modelos para avaliar as mudan as (o que implica a necessidade de um grande volume de dados em larga escala temporal e espacial); a ecologia das zonas ribeirinhas e o intercambio de materiais e energia através das interfaces terra-água; as altera es na cobertura florestal e estratégias de amostragem e tratamento de dados padronizados para avaliar as mudan as globais.
Considera es sobre as mudan as climáticas globais  [cached]
José Bueno Conti
Revista do Departamento de Geografia , 2005, DOI: 10.7154/rdg.v0i16.53
Abstract: A quest o das mudan as climáticas globais vem sendo estudada com especial interesse pelos que se dedicam às ciências da natureza e da sociedade. Este artigo procura situar o assunto no limite entre essas duas esferas, assinalando a preocupa o mundial em torno do problema, mas, ao mesmo tempo, mostrando as incertezas que o cercam e a necessidade de se aprofundar as pesquisas visando aprimorar, cada vez mais, o debate.
Modelo de jogo e processo de ensino no futebol: princípios globais e específicos  [cached]
Rodrigo Vicenzi Casarin,Riller Silva Reverdito,Dênis de Lima Greboggy,Carlos Alberto Afonso
Movimento , 2011,
Abstract: La dimensión táctica debe ser comprendida como un centro de ense anza y aprendizaje en el fútbol, teniendo su organización del carácter multidimensional, intencional y consciente. Este artículo se centra en la presentación de conceptos y contenidos para apoyar la ense anza y aprendizaje basado en la dimensión táctica y por la interdependencia de los tres aspectos fundamentales: una metodología para la comprensión táctica del fútbol, por los principios y modelos del juego. Fueron descritos y sugeridos principios y modelos específicos del juego de fútbol, apartados por grupos de edad diferentes, que se componen de rasgos comunes a los deportes colectivos de invasión, y la cultura propia del juego.
Três anos de ventriculectomia parcial esquerda: resultados globais e tardios em 41 pacientes  [cached]
FROTA FILHO José Dario,LUCCHESE Fernando A.,BLACHER Celso,HALPERIN Cídio
Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular , 1999,
Abstract: Objetivos: Avaliar a indica o, sobrevida, qualidade de vida e arritmias após Ventriculectomia Parcial Esquerda (VPE) e relatar seu uso como ponte para transplante. Casuística e Métodos: Quarenta e um pacientes (pt) operados no período de dezembro de 1994 a dezembro de 1997,com idades de 32 a 70 anos, com miocardiopatia dilatada, classe funcional IV-92,6% e III-7,3% com contra-indica o para transplante e má qualidade de vida. Ecocardiogramas e estudos eletrofisiológicos (EEF) pré e pós-operatórios foram realizados. Clinicamente, agrupados pela NYHA e pelo Protocolo de Qualidade de Vida (QV). Resultados: Em 15 pacientes examinados aos 30 e 90 dias de pós-operatório por ecocardiograma obtivemos os dados da tabela abaixo: Sobrevida de 66%, 53%, 40% e 36,6% aos 3, 6, 12 e 24 meses, respectivamente. Aos 3 anos a mortalidade imediata e tardia é de 21,5 % e 42,1%,com total de 63,6 %. Menor mortalidade relacionada a arritmia quando n o se conseguiu induzí-la no pós-operatório. A qualidade de vida melhorou (72,7 % em NYHA I e II e 81,8% em QV I e II) e dois foram transplantados posteriormente. Conclus es: Melhoraram a dinamica cardíaca, a QV e a classe funcional (NYHA).O EEF identificou pacientes com maior risco de arritmias pós-operatórias. A sobrevida de 36% em 3 anos é encorajadora, levando-se em conta a gravidade dos casos. A sele o de pacientes n o tem ainda critérios inequívocos.
Tendências da segrega o social em metrópoles globais e desiguais: Paris e Rio de Janeiro nos anos 80  [cached]
Edmond Preteceille,Luiz Cesar de Queiroz Ribeiro
EURE (Santiago) , 1999,
Abstract: La globalización ha sido ampliamente asociada con el crecimiento de las desigualdades, la pobreza y y la segreación urbana. El modelo de ciudad global particularmente ha difundido la idea de que la reestructuración del mercado de trabajo generada por el proceso de globalización económica produce inevitablemente un nuevo tipo de dualización. Los casos de París y Río de Janeiro permiten una comparación de dos ciudades con mercados de trabajos bastante distintos y afectadas diferentemente por la globalización económica. Qué tendencias se observan en la evolución de las estructuras sociales de estas ciudades? Para tanto, examinamos los cambios en el conjunto de la estructura ocupacional y sus efectos sobre los patrones de segregación son comparados sistemáticamente a través del uso de datos de los últimos censos. Una serie de hipótesis son propuestas para interpretar las similitudes y diferencias observadas entre las dos ciudades y el modelo de ciudad global, sus relaciones con las formas específicas de reestructuración económica global, con las características específicas de las relaciones de trabajo, de la política social, de la estructura de clases y de la estratificación Globalization has been widely associated with increasing urban inequality, urban poverty and segregation. The global city model particularly has spread the ideal that the restructuring of the labor market by the economic globalization process inevitably produces a new type of social and spatial dualization. The cases of Paris and Rio de Janeiro allow a comparison of two cities affected differently by economic globalization, and of two structures of labor markets. What are the trends of change of their respective social and urban structures? To answer the question, we examine the changes in overall ocupation structures, and their impacts on urban segregation patterns are compared sistematically using census data. A serie of hypotheses are proposed to interpret the similarities and differences observed between them and with the global cities model, their relations to specific forms of global economic restruturing, to specific features of labor relations, social policy, class structures and social stratification
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.