oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Viabilidad de un aislado de Escherichia coli O157:H7 en queso tipo Guayanés usando separación inmunomagnética como herramienta de recuperación
Rojas,Tomás; Pe?uela,Ana; Pernía,Giliana; Perdomo,Mónica; Gil,Marielsa; Reyes,Doris;
Kasmera , 2009,
Abstract: the viability of an escherichia coli o157:h7 strain in cottage-industry guayanes cheese was determined by evaluating several isolation protocols based on immunomagnetic separation (ims). cheese units (25 g) were inoculated with 25 and 250 cel/g of this pathogen and stored at 4°c. the pieces were analized at 0, 2, 6, 8 and 10 days post-inoculation through several ims protocols including two enrichment broths: buffered peptone water without inhibitors (bpw-wi) and buffered peptone water with vancomicyn, cefixime and telurite (bpw-vct) and two immunoseparation isolation agars: macconkey-sorbitol agar (msa) and macconkey-sorbitol agar with cefixime and telurite (msa-ct). results demonstrated the viability of the pathogen for up to 10 days post-inoculation, and during this time, for some of the schemes applied on the ims base, an increase in recovery percentages was achieved, indicating that the number of inoculated cells increased with time. in terms of the utility of ims for recovering the pathogen, variations in the isolation percentages were observed in terms of the enrichment broth and the level of inoculated cells. the biggest recovery percentages were obtained in pieces inoculated with 250 cel/g, with ranges between 35 and 85% (days 0 and 10 respectively) in the best ims scheme (bpw-wi/ims/msa), while, at levels of 25 cel/g, in the best case (bpw-wi/ims/msa), 15% was not surpassed during the first six days. the best performing enrichment broth was bpw-wi (p<0.05) and differences in the recovery percentages (p>0.05) were not observed in relation to the agars (msa and msa-ct) used for sowing the immunoseparator.
Condi es históricas e sociais que regulam o acesso a terra no espa o agrário brasileiro  [cached]
Guiomar Inez Germani
Geotextos : Revista da Pós-Gradua??o em Geografia da Universidade Federal da Bahia , 2008,
Abstract: Este artigo tem como objetivo tra ar a trajetória histórica e social que forjou as bases para o estabelecimento da estrutura e organiza o do espa o rural no Brasil. Destaca as condi es históricas e sociais que regulam o acesso a terra e como estas orientaram o processo de apropria o privada das terras livres em muito poucas m os desde o período inicial da coloniza o portuguesa. Analisa, também, como este processo teve continuidade nos períodos posteriores, garantindo e fortalecendo a concentra o da estrutura fundiária, como monopólio de classe, enquanto o número de trabalhadores rurais sem terra continua a crescer. é uma tentativa de entender como, em diferentes momentos da história, as rela es sociais estabelecidas foram conformando a apropria o privada da natureza e, ao mesmo tempo, a organiza o do espa o rural, sendo legitimada pelo poder político através de uma legisla o que é sempre usada para por obstáculos e dificultar o acesso a terra a amplas camadas da popula o. Em tempos mais recentes, os trabalhadores rurais sem terra op em resistência a esta situa o. De forma organizada, agem em todo o território nacional tentando por um fim a esta pesada heran a e a escrever uma história em novas bases e com novas regras para o acesso a terra.
DIVERSIFICATION AND EFFICIENCY: ASSESSING THE EXPERIENCE OF A PUBLIC ORGANIZATION WITH INTEGRATED ACTION PROGRAMS CRECER CON DIVERSIFICACIóN Y EFICIENCIA: EVALUACIóN DE LA ESTRATEGIA APOYADA EN PROGRAMAS INTEGRADOS EN UNA ORGANIZACIóN PúBLICA CRESCER COM DIVERSIFICA O E EFICIêNCIA: AVALIA O DA ESTRATéGIA APOIADA EM PROGRAMAS INTEGRADOS EM UMA ORGANIZA O PúBLICA  [cached]
Marcelino José Jorge,Frederico A. de Carvalho,Cristina Almeida Cunha Filgueiras,Daniela de Souza Ferreira
Rege : Revista de Gest?o , 2013,
Abstract: The activities of laboratory diagnosis, clinical care, teaching and research on infectious diseases at theInstitute of Clinical Research Evandro Chagas (IPEC/FIOCRUZ) are organized in Integrated Action Programs(IAP). Considering the complexity of this type of organizational structure, the purpose of this article is to define and calculate management indicators (MI) of major IPEC program to measure the performance of the IAPs,evaluate the e ectiveness of this type of organizational structure and investigate the existence of scale inefficiencies. Mathematical programming models of the type Data Envelopment Analysis were used for the calculation and analysis of MI to quantify nine variables of input and output for the representation of eight IAPs selected as decision making units. The models specified considered both management objectives of optimization oriented to the inputs and products as well as boundaries with constant returns, variables and no growth ofscale. Analysis of results indicate that the IAPs of clinical research in infectious diseases of IPEC operated withincreasing returns of scale for the period 2002-2006 therefore corroborating the choice of IAP model oforganization and the strategy of growth with diversification of Institute program activities. Las actividades de diagnóstico de los laboratorios, de atención clínica, de ense anza y de investigación sobre enfermedades infecciosas del Instituto de Investigación Clínica Evandro Chagas (IPEC/FIOCRUZ) estánorganizadas en Programas de Acción Integrada (PAI). Dada la complejidad de ese tipo de estructura de laorganización, el objetivo de este artículo es definir y calcular indicadores gerenciales (IG) de los principalesprogramas del IPEC, con la intención de medir el desempe o de los PAI, evaluar la eficacia de este tipo deestructura en la organización e investigar la existencia de ineficiencias de escala en los programas. Para elcálculo y análisis de esos IG fueron usados modelos de programación matemática del tipo Data EnvelopmentAnalysis (DEA), cuantificándose nueve variables de input y de output para la representación de los ocho PAIseleccionados como unidades habilitadas para tomar decisiones. Los modelos especificados consideran tanto los objetivos de las gerencias de optimización orientados para insumos y productos, como fronteras con retornosconstantes, variables y no crecientes de escala. El resultado del análisis indica que los PAI de investigaciónclínica de enfermedades infecciosas del IPEC operaron con retornos crecientes de escala en el periodo 2002-2006, corroborando de esa for
Efeito do processamento sobre os níveis de colesterol e 7-cetocolesterol em camar o-rosa  [cached]
Moura Andréa Figueiredo Procópio de,Tenuta-Filho Alfredo
Ciência e Tecnologia de Alimentos , 2002,
Abstract: A oxida o do colesterol leva à forma o de óxidos biologicamente ativos, capazes de desencadear processos citotóxicos, aterogênicos, mutagênicos e cancerígenos. Durante o processamento, os alimentos s o expostos, além do calor, ao oxigênio e a outros fatores desencadeadores da oxida o lipídica, inclusive do colesterol. Os crustáceos, além de possuírem níveis elevados de colesterol, apresentam em sua fra o lipídica ácidos graxos com alto grau de insatura o, o que favorece a oxida o do referido esterol. O 7-cetocolesterol tem sido utilizado como indicador da oxida o do colesterol, por ser o óxido formado nos estágios iniciais e em maior quantidade que os demais. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito do cozimento e da fritura sobre a oxida o do colesterol em camar o-rosa (Penaeus brasiliensis e Penaeus paulensis). O processamento do camar o-rosa, de um modo geral, levou à diminui o das concentra es de colesterol e 7-cetocolesterol livres. A redu o observada foi bem maior na fritura do que no cozimento, e mais acentuada para o 7-cetocolesterol. Enquanto os níveis de colesterol foram 10,7 e 24,7% menores, a diminui o do 7-cetocolesterol atingiu 41,5 e 61% no camar o cozido e frito, respectivamente, em rela o ao controle. A redu o de colesterol e 7-cetocolesterol livres em camar o-rosa processado foi relacionada com a elui o destes compostos nos meios de processamento, água de cozimento e óleo de fritura.
Lenine, ou de como o estado (n o) se desfaz
Diogo Pires Aurélio
Revista Estudos Políticos , 2012,
Abstract: Este artigo trata da teoria revolucionária de Lenine, sobretudo a partir da obra O Estado e a Revolu o, marcada pela tens o entre realismo e utopia. Nela, o líder bolchevique aponta a atualidade e a “oportunidade” da revolu o, a despeito da incerteza e do risco que lhes s o inerentes. Feita estável e constante pelo partido, a insurrei o deverá contornar todo improviso e espontaneísmo. A dúvida maior reside, contudo, no que fazer depois da vitória. à diferen a do que a teoria afirma, o estado n o se extinguiu. O anunciado processo de auto-extin o revelou-se t o-só uma ideologia, como tantas outras, a alimentar a sua continuidade.
Mudan as sociais e saberes: o papel da educa o na terceira idade
Rita de Cássia Oliveira,Paola Andressa Scortegagna,Flávia da Silva Oliveira
Revista Brasileira de Ciências do Envelhecimento Humano , 2006,
Abstract: O segmento da Terceira Idade apresenta-se em destaque no Brasil, sendo uma temática relevante no contexto social atualmente. Assim, a educa o destinada à essa faixa etária volta-se para um ambito diferenciado, n o sendo um meio de assistencialismo ou compensa o. O idoso n o é apenas uma pessoa que necessita de atividades recreativas para ocupar seu tempo, mas sim, precisa de espa o para crescer e aprender cada vez mais, pois n o é a idade que define a capacidade de aprendizagem. Observa-se que as pessoas na Terceira Idade têm muito para ensinar, porém ainda tem muito a aprender, demonstrando a necessidade em estarem em contato com novos conhecimentos e também, novas experiências. Os idosos possuem o direito à educa o, previsto no Capítulo V, nos Artigos 20 a 25 do Estatuto do Idoso (Lei 10741/03). Desta maneira, a presente pesquisa, tem por objetivo, identificar o papel da educa o como possibilidade de mudan as para os idosos; analisar as diferentes formas de inser o e integra o do idoso no contexto educativo; analisar as políticas públicas destinadas ao direito do idoso à educa o. A pesquisa é quanti-qualitativa, utilizou a observa o e aplica o de questionários com alunos da Universidade Aberta para a Terceira Idade da UEPG para coleta de dados. Como resultados, foi possível observar que uma a o educacional consciente permite mudan as e transforma es na vida dos idosos, possibilitando uma melhor qualidade de vida. Como também, as políticas públicas voltadas para esse segmento devem propiciar direitos nos diferentes ambitos, como a saúde, lazer, esporte e a educa o.
Competencia comunicativa en ni os de 4o. a 7o. grado de educación básica: (informe de investigación)  [cached]
Polo Figueroa Nicolás,Pardo Abril Neyla Graciela,Moya Pardo Myriam Constanza,Gómez Prieto Ana Cristina
Forma y Función , 1995,
Abstract: En este informe parcial se consignan los resultados obtenidos en la primera etapa de investigación durante el período comprendido entre julio de 1991 y diciembre de 1994, cuyo objeto de indagación es conocer el grado de desarrollo de la competencia comunicativa de los ni os de educación básica, grados 4o a 7o, a través de su actuación comunicativa; faltan por establecer los resultados de los análisis realizados durante los tres últimos meses de trabajo. En este informe se presentan los resultados concretos obtenidos, la manera como se seleccionaron los informantes, los observadores, y como se elaboraron los instrumentos; se describen brevemente los conceptos básicos y las hipótesis que orientan este trabajo; al final se presentan algunas observaciones.
DETECCIóN DE Escherichia coli O157: H7 y Salmonella spp., EN CERDOS DEL DEPARTAMENTO DE CORDOBA
Jaime Vargas,Nimia Clavo,Salim Máttar
Revista MVZ Córdoba , 2004,
Abstract: E. coli O157:H7 y Salmonella spp., son bacterias de distribución mundial causantes de enfermedades intestinales queafectan tanto al hombre como a LOS animales. ESTE estudio tuvo como objetivo determinar la presencia y frecuenciade aparición de E. coli O157:H7 y Salmonella spp., en los diferentes sistemas de producción porcina que se empleanen el departamento de Córdoba. Se realizó un estudio de corte descriptivo prospectivo, con un muestreo al azar enlos sistemas de explotación porcina intensiva y extensiva. Se procesaron 500 muestras de materia fecal de porcinos,250 provenientes del sistema extensivo y 250 del sistema intensivo. Para la detección E. coli y Salmonella spp., sellevaron a cabo procedimientos estándares microbiológicos. Los resultados mostraron una frecuencia de aparición deSalmonella spp., del 1%, el 0.2% en el sistema intensivo y el 0.8% en el sistema extensivo; no se aisló Escherichia coliO157:H7. Los resultados de resistencia y sensibilidad a los antibióticos en las cepas aisladas de Salmonella spp.,mostraron una sensibilidad del 100% al trimetoprim sulfametozasol, a la amikacina, al ceftriaxona, a la ciprofloxacina,a la gentamicina y al aztreonam y un 20% a la ampicilina y al sulbactam. Se concluye que la frecuencia de apariciónde Salmonella spp., en muestras coprológicas porcinas es baja, y nula para E. coli O157:H7, sin embargo, se debemantener la vigilancia sobre estos patógenos, por lo que se recomienda continuar los estudios epidemiológicos.
A corti a como sonda ambiental de metais pesados: um servi o sócio-ambiental prestado por montados de sobro e sobreirais The cork as environmental probe of heavy metals: a socio- environmental service done by “montados” with cork oaks and cork oak stands (Quercus suber L.)
J. Ponte-e-Sousa,Jorge Ginja Teixeira,António Neto Vaz
Revista de Ciências Agrárias , 2007,
Abstract: A longevidade do sobreiro e a capacidade que a corti a amadia tem de crescer construindo camadas anuais extremamente bem individualizáveis permitiu criar a hipótese de correla o entre as marcas químicas deixadas em cada camada de crescimento e as características ambientais do local onde o sobreiro vegeta. Isto permitiria a constru o de séries de novénios de distribui o espacial e temporal da característica que se pretenda estudar. Há nisto algumas semelhan as com abordagens dendrométricas, sendo que estas tendem a ser muito mais agressivas. Foi objectivo deste trabalho que numa fase inicial do estudo se procedesse à cria o de uma maneira credível de fazer a quantifica o de chumbo (II) no felema da corti a recorrendo a uma técnica de análise química nunca antes utilizada para este efeito – a voltametria. A escolha deste método da análise química moderna resulta do conhecimento das vantagens competitivas que tem sobre outros, quando aquele é aplicável, como se demonstra ser o caso. A metodologia utilizada come ou por exigir a recolha de uma por o de corti a de um sobreiro escolhido ao acaso, de maneira a encontrar o material corti a como se encontra na árvore. No momento n o se consideram possíveis correla es biogeográficas mas t o somente o material propriamente dito. Tendo sido possível fazer a quantifica o indicada, est o em curso os estudos necessários à verifica o da hipótese que dá o mote a este trabalho de investiga o centrado no sobreiro do montado e do sobreiral, sendo que a principal conclus o a retirar é que a possibilidade de utiliza o do sobreiro como indicador da qualidade ambiental do local, neste caso quanto ao teor em Pb(II), é mais um servi o prestável (pelo ecossistema que orbita em torno do sobreiro) às popula es humanas da área da bacia mediterranica ocidental. O futuro uso da voltametria como forma de, determinando a concentra o do metal em causa em cada camada da corti a de sobreiros dispersos na área onde vegetam, poder obter-se uma estimativa dos teores médios desses metais nos locais frequentemente caracterizados pela presen a daquela árvore, poderá vir a ser muito interessante para um conhecimento mais profundo desta realidade. The long term life of cork oak and the capacity that “amadia” cork has to build annual layers (highly separable) allowed to create the hypothesis of correlation between the chemical marks made in each growing layer and the environmental characteristics of the place where the cork oak grows. This would allow to build space and time distribution series every nine years, about the characteristic
Produ o de serapilheira na Caatinga da regi o semi-árida do Rio Grande do Norte, Brasil Litterfal in the Caatinga of the semi-arid region of Rio Grande do Norte, Brazil
José Augusto da Silva Santana,Jacob Silva Souto
IDESIA , 2011,
Abstract: RESUMO O processo de produ o de serapilheira e a conseqüente libera o de nutrientes é considerado como um dos mais importantes processos de transferência de energia dentro do ecossistema, e seu conhecimento é necessidade básica para o manejo e conserva o de ecossistemas terrestres. Pesquisas com ciclagem de nutrientes na Caatinga s o escassas, assim, este trabalho objetivou estudar a dinamica da deposi o de serapilheira pela vegeta o da Caatinga da Esta o Ecológica do Seridó-RN. O material decíduo foi coletado mensalmente em 30 bandejas durante um ano, sendo seco e separado em folhas, galhos e cascas, material reprodutivo e miscelanea. A Caatinga depositou 2.068,55 kg ha-1 de material, sendo 79,90% de folhas; 9,27% de galhos e cascas; 7,91% de miscelanea e 2,92% de material reprodutivo. O pico de deposi o da fra o material reprodutivo ocorreu em mar o, enquanto para as demais fra es ocorreu em maio, que coincidiu com o início da esta o seca durante o período estudado, reduzindo durante o período de menor precipita o (julho-dezembro) e voltando a crescer após as chuvas de janeiro, mostrando marcante sazonalidade. ABSTRACT The production of litter and the consequent liberation of nutrients is considered as one of the most important processes of energy transfer in ecosystems, and its knowledge is basic for the management and conservation of natural and artificial forests. Nutrient cycling research in the Caatinga is scarce; this study analyzes the dynamics of the litterfall in Caatinga shrub-trees at Seridó Ecological Station-RN. The deciduous material was collected monthly in 30 wooden litter traps for one year, oven-dried, separated into leaves, bark and branches, reproductive structures and miscellany, and then weighed. After twelve months the Caatinga deposited 2068.55 kg ha-1 of deciduous material; 79.90% was leaves, 9.27% was branches and bark, 7.91% was miscellany and 2.92% was reproductive structures. The deposition peak of reproductive material occurred in March, while for the other fractions it happened in May, which coincided with the beginning of the dry season during the studied period. Deposition was reduced during the time of low precipitation (July-December) and increased after the rains of January, showing a marked seasonal pattern.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.