oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Tomografia computadorizada sem contraste intravenoso no abdome agudo: quando e por que usar  [cached]
Freire Filho Edison de Oliveira,Jesus Paulo Eduardo Marinho de,D'Ippolito Giuseppe,Szejnfeld Jacob
Radiologia Brasileira , 2006,
Abstract: A tomografia computadorizada sem contraste intravenoso tem sido freqüentemente proposta na avalia o inicial de pacientes com suspeita de abdome agudo, ocupando o espa o de outros métodos diagnósticos. Os autores apresentam uma revis o bibliográfica dos principais aspectos e eficácia da tomografia computadorizada sem contraste intravenoso no diagnóstico de apendicite aguda, cólica nefrética, diverticulite, pancreatite aguda, apendicite epiplóica, pneumoperit nio e obstru o intestinal. Discutem quais as vantagens e limita es desta técnica de exame, bem como seus aspectos práticos.
Doen a cística medular do rim: relato de um caso diagnosticado por ultra-sonografia e tomografia computadorizada  [cached]
Carvalho Tarcísio Nunes,Araújo Jr. Cyrillo Rodrigues de,Fraguas Filho Sérgio Roberto,Costa Marlos Augusto Bittencourt
Radiologia Brasileira , 2003,
Abstract: Doen a cística medular, nefronofitíase juvenil familiar ou complexo de doen a cística medular referem-se a um grupo de doen as similares cuja les o básica é uma progressiva atrofia tubular renal com esclerose glomerular e forma o cística medular. é importante causa de insuficiência renal em pacientes adolescentes. Estudos de imagem têm papel principal no diagnóstico desta enfermidade, com cistos caracteristicamente individualizados na medula renal e jun o córtico-medular e tamanho renal normal ou reduzido. Neste artigo demonstramos os achados de imagem da doen a cística medular renal em uma adolescente com quadro clínico característico, por meio de ultra-sonografia e tomografia computadorizada.
Apendicite aguda: achados na tomografia computadorizada - ensaio iconográfico
Montandon Júnior, Marcelo Eustáquio;Montandon, Cristiano;Fiori, Gustavo Ribeiro;Ximenes Filho, Carlos Alberto;Cruz, Fernanda Coelho Barbosa da;
Radiologia Brasileira , 2007, DOI: 10.1590/S0100-39842007000300012
Abstract: acute appendicitis is the most important cause of abdominal pain requiring surgical intervention in the western world. the early diagnosis of this disease is of paramount relevance for minimizing its morbidity. imaging methods have represented a huge progress in the diagnosis of this entity, which used to be based essentially on clinical history, physical examination and laboratory tests results, considering that 20% to 33% of patients present with atypical symptoms. diagnostic difficulty is higher in children, the elderly, and women in childbearing age. the main imaging methods for evaluation of acute appendicitis are ultrasound and computed tomography. the present study is aimed at describing the disease physiopathology, commenting main computed tomography technical aspects, demonstrating and illustrating tomographic findings, and describing main differential diagnoses.
Paniculite mesentérica: aspectos na tomografia computadorizada  [cached]
Moreira Luiza Beatriz Melo,Pinheiro Ricardo Andrade,Melo Alessandro Severo Alves de,Alves José Ricardo Duarte
Radiologia Brasileira , 2001,
Abstract: A paniculite mesentérica é um processo inflamatório que constitui o segundo estádio de uma doen a rara e progressiva que envolve o tecido adiposo do mesentério. Entre os métodos radiológicos utilizados no diagnóstico est o os estudos baritados, a ultra-sonografia, a tomografia computadorizada e a ressonancia magnética do abdome. A tomografia computadorizada tem importancia tanto no diagnóstico e avalia o da extens o da doen a quanto no planejamento do tratamento, e os aspectos tomográficos variam de acordo com o estádio da doen a e se o componente predominante é inflamatório ou fibroso, tendo boa correla o com os achados da anatomopatologia. Os autores estudaram dez casos de paniculite mesentérica submetidos a tomografia computadorizada, sendo que em um deles foi realizada ressonancia magnética. Em todos os casos o aspecto tomográfico era o de forma o expansiva heterogênea, com densidade predominantemente adiposa, apresentando vasos ectasiados e bandas lineares com densidade de partes moles de permeio, localizada no mesentério.
Ruptura traumática do diafragma: aspectos na tomografia computadorizada  [cached]
Melo Alessandro Severo Alves de,Moreira Luiza Beatriz Melo,Damato Simone Duarte,Martins Erick Malheiro Le?ncio
Radiologia Brasileira , 2002,
Abstract: A ruptura traumática do diafragma é uma condi o incomum, porém cada vez mais freqüentemente diagnosticada pela tomografia computadorizada, especialmente pela técnica helicoidal associada às reconstru es multiplanares, possibilitando a ado o de conduta terapêutica cirúrgica rápida e eficiente. Os autores estudaram seis pacientes com ruptura traumática do diafragma submetidos a tomografia computadorizada, que demonstrou hernia o de estruturas abdominais para o interior do tórax através de área de ruptura na hemicúpula frênica esquerda em quatro casos; os outros dois pacientes foram submetidos a procedimento cirúrgico por trauma abdominal associado, que demonstrou les es diafragmáticas, sem evidência de hernia o na tomografia computadorizada.
Criptococose pulmonar: aspectos na tomografia computadorizada  [cached]
Silva Ana Carina Gamboa da,Marchiori Edson,Souza Jr. Arthur Soares,Irion Klaus L.
Radiologia Brasileira , 2003,
Abstract: A criptococose pulmonar é uma doen a causada pelo Criptococcus neoformans, um fungo unimórfico que possui distribui o mundial, existindo na mesma forma tanto no seu habitat natural quanto em animais e humanos. A doen a possui apresenta es clínica e patológica variáveis e pode manifestar-se tanto em pacientes com a imunidade normal como em imunocomprometidos, que representam a maioria dos casos. Neste trabalho s o analisados os aspectos encontrados nas tomografias computadorizadas do tórax de 14 pacientes com criptococose pulmonar confirmada. Os achados mais freqüentes na tomografia do tórax foram as massas e os nódulos pulmonares. Outros aspectos observados foram as áreas de escava o, as consolida es, o espessamento do interstício peribroncovascular e o reticulado difuso. Massa pulmonar foi o achado isolado mais comum (64,2%), seguido dos nódulos isolados ou múltiplos (35,7%). Doen a pulmonar difusa foi vista em apenas 14,2% dos casos. Os lobos superiores foram os mais comprometidos, sendo a doen a mais comum nas regi es anteriores. A tomografia do tórax permitiu avaliar com precis o o grau de comprometimento do parênquima pulmonar.
Determina o das coordenadas na tomografia computadorizada estereotáxica: simplifica o do método convencional
Gusm?o Sebasti?o Silva
Arquivos de Neuro-Psiquiatria , 2002,
Abstract: Apresenta-se uma simplifica o dos métodos gráfico e aritmético usualmente utilizados para determina o das coordenadas estereotáxicas de um alvo na tomografia computadorizada. O cálculo aritmético, além de mais simples, é teoricamente mais preciso por medir as coordenadas do alvo a partir de um ponto real do espa o estereotáxico. O diagrama (método gráfico) proposto apresenta a vantagem de permitir a determina o das coordenadas estereotáxicas do alvo independentemente do tamanho das imagens da tomografia computadorizada.
Contribui o da ultra-sonografia intra-operatória (USIO) no estudo das características anátomo-sonográficas do leiomiossarcoma primário de pancreas: nota prévia  [cached]
Machado Márcio Martins,Rosa Ana Cláudia Ferreira,Machado Marcel Cerqueira César,Penteado Sonia
Radiologia Brasileira , 2001,
Abstract: Os autores apresentam um caso de leiomiossarcoma primário de pancreas que teve seus aspectos ultra-sonográficos estudados pela ultra-sonografia intra-operatória. Embora os aspectos à ultra-sonografia abdominal, tomografia computadorizada e ressonancia magnética já tenham sido descritos, as características à ultra-sonografia intra-operatória do leiomiossarcoma primário de pancreas ainda n o haviam sido relatadas na literatura. Os autores ressaltam, ainda, a importancia deste método de imagem na determina o da invas o vascular pelo tumor.
Paracoccidioidomicose pulmonar: aspectos na tomografia computadorizada de alta resolu o  [cached]
Muniz Maria Angélica Soares,Marchiori Edson,Magnago Marcelo,Moreira Luiza Beatriz Melo
Radiologia Brasileira , 2002,
Abstract: O comprometimento pulmonar na paracoccidioidomicose é muito freqüente, podendo até ser a única manifesta o da doen a. Neste trabalho s o analisados os aspectos encontrados nas tomografias computadorizadas de alta resolu o do tórax de 30 pacientes com paracoccidioidomicose confirmada. Por meio desta análise foram determinados os achados mais comuns e suas formas de apresenta o e distribui o nos pulm es. Os aspectos mais freqüentemente observados foram: espessamento esparso de septos interlobulares (96,7%), opacidades em vidro fosco (66,7%), nódulos (60%), aumento irregular do espa o aéreo (enfisema paracicatricial) (56,7%), espessamento de paredes br nquicas (46,7%), espessamento pleural (36,7%), cavidades (36,7%), dilata o da traquéia (33,3%), distor o arquitetural (30%), consolida o do espa o aéreo (30%), bandas parenquimatosas (23,3%), reticulado intralobular (13,3%) e espessamento irregular do interstício axial peri-hilar (10%). A radiografia do tórax apresenta limitada capacidade de avaliar doen as pulmonares difusas, tornando a tomografia computadorizada de alta resolu o do tórax essencial para avalia o dos pacientes com paracoccidioidomicose pulmonar.
Leucocoria na infancia: diagnóstico diferencial por ultra-sonografia, tomografia computadorizada e ressonancia magnética
Montandon Júnior, Marcelo Eustáquio;Figueirêdo, Sizenildo da Silva;Jacob, Beatriz Mahmud;Montandon, Cristiano;Ribeiro, Flávia Aparecida de Souza;Nóbrega, Bruno Barcelos da;L?bo, Leonardo Valadares Barbosa;Teixeira, Kim-Ir-Sen Santos;
Radiologia Brasileira , 2004, DOI: 10.1590/S0100-39842004000200011
Abstract: leukokoria is an abnormal pupillary reflex most commonly seen in children that usually results from an intra-ocular abnormality. the evaluation of a child with leukokoria should be performed particularly to rule out a retinoblastoma (the cause of leukokoria in half of the cases). the authors present the main clinical and imaging features for the diagnosis of the most common causes of leukokoria.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.