oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Atua o fisioterapêutica na capacidade funcional do idoso institucionalizado
Jaqueline Colombo Ely,Aline Fernandes Fermino,Gabriela Rech Bassani,Henrique Sulzbach de Oliveira
Revista Brasileira de Ciências do Envelhecimento Humano , 2006,
Abstract: A dependência funcional vem se destacando como um importante problema de Saúde Pública. A Fisioterapia é essencial para uma aten o ampla da saúde do idoso institucionalizado. A atua o fisioterapêutica pode ser realizada no ambito da aten o primária, secundária ou terciária à saúde. O objetivo desta revis o bibliográfica foi descrever os argumentos da literatura sobre a atua o da Fisioterapia na Capacidade Funcional de idosos institucionalizados. Este estudo de revis o abordou estudos publicados nos bancos de dados eletr nicos Scielo e Bireme e acervo bibliográfico do Centro Universitário Univates.
Gerontotecnologia educativa voltada ao idoso estomizado à luz da complexidade
Barros, Edaiane Joana Lima;Santos, Silvana Sidney Costa;Gomes, Giovana Calcagno;Erdmann, Alacoque Lorenzini;
Revista Gaúcha de Enfermagem , 2012, DOI: 10.1590/S1983-14472012000200014
Abstract: we aimed to present the educational booklet as a geronto-technological product for caring for ostomized seniors from a complexity perspective. this was accomplished in the second semester of 2007 in a hospital in the south of brazil. the data were collected through interviews and presented in the form of an educational booklet. the booklet was validated by ostomized seniors and by a nurse who had been working with these elderly patients. the booklet was presented as a geronto-technology able to help ostomized seniors and their families understand the rights of ostomized people; concepts and types of stomas; care of ostomy; and the importance of the family and the support group for care. in conclusion, the educational booklet is presented as a health promotion tool which makes the health educative process easier.
Ser humano idoso estomizado e ambientes de cuidado: reflex o sob a ótica da complexidade Ser humano anciano con estomia y entornos de cuidado: reflexión en la perspectiva de la complejidad Elderly human being with ostomy and environments of care: reflection on the perspective of complexity  [cached]
Edaiane Joana Lima Barros,Silvana Sidney Costa Santos,Valéria Lerch Lunardi,Wilson Danilo Lunardi Filho
Revista Brasileira de Enfermagem , 2012,
Abstract: Trata-se de discuss o acerca da rela o ser humano idoso estomizado e seus ambientes de cuidado sob o olhar da Complexidade de Edgar Morin. Um eixo sustenta a reflex o: ambientes de cuidado para o ser humano idoso com estomia. Nesse sentido, apresentam-se três tipos de ambiente que circundam o contexto de estomiza o do ser humano idoso: ambiente domiciliar, ambiente grupal e ambiente hospitalar. A reflex o traz como contribui o social um novo olhar acerca do redimensionamento do cuidado ao ser humano idoso estomizado em seu ambiente. Considera-se que o ambiente que abriga esse ser humano comporta uma diversidade de sentimentos, emo es, experiências, vincula múltiplos significados da rela o do ambiente e o processo de cuidado a partir da Complexidade. Esta es una discusión sobre la relación entre los seres humanos ancianos con estomia y sus ambientes de cuidado, desde la perspectiva de la complejidad de Edgar Morin. Un eje sostiene la reflexión: los entornos de atención de los seres humanos ancianos con estomia. En este sentido, se presentan tres tipos de entorno que rodean el contexto de estomización de los seres humanos ancianos: ambiente familiar, ambiente de grupo y el entorno hospitalario. La reflexión tras, como una contribución social, una nueva mirada sobre el cuidado a los seres humanos ancianos estomizados en su entorno. Se considera que el entorno que hospeda este ser humano contiene una diversidad de sentimientos, emociones, experiencias, se une múltiples significados de la relación entre el ambiente y el proceso de atención de la Complejidad. This is discussion about the relationship between elderly human beings with ostomy and their environments care, under the perspective of Complexity Edgar Morin. An axis holds the reflection: environments of care for elderly humans with ostomy. In this sense, we present three types of environment that surround the context of elderly humans with ostomy: home environment, group environment and hospital environment. This brings, as a social contribution, a new look about resizing caring of elderly humans with ostomy in their environment. It is considered that the environment hosting this human being contains a diversity of feelings, emotions, experiences; it binds multiple meanings, from the Complexity perspective, about the relationship between the environment and the caring process.
Tuberculose no idoso: análise do conceito  [cached]
Vendramini Silvia Helena Figueiredo,Villa Tereza Cristina Scatena,Cardozo Gonzales Roxana Isabel,Monroe Aline Aparecida
Revista Latino-Americana de Enfermagem , 2003,
Abstract: O estudo teve como objetivo definir o conceito de tuberculose no idoso, expresso pela literatura existente na década de 80 e 90. Utilizou-se a análise de conceito, destacando-se os atributos essenciais, eventos antecedentes e conseqüentes do conceito a ser definido. A tuberculose no idoso é expressa como o recrudescimento de infec o longamente inativa. O idoso está mais predisposto à reinfec o, tanto endógena (mais freqüente) como exógena. Dentre os eventos antecedentes, identificou-se a moradia nas institui es para idosos como importante fonte de contagio da doen a. Os eventos conseqüentes mostraram a necessidade de enfoque diferenciado no diagnóstico e tratamento da doen a no idoso, devido às caraterísticas clínicas especificas que o diferenciam dos adultos jovens. Conclui-se a necessidade de realizar novas indaga es sobre a análise do conceito desenvolvido, a fim de contribuir na constru o de conhecimentos que subsidiem no diagnóstico, tratamento e cuidado do doente idoso.
O Direito frente à incerteza: um olhar sobre os avan os biotecnológicos à luz do Biodireito e da teoria da complexidade de Edgar Morin  [PDF]
Angelita Maria Maders
Prisma Jurídico , 2010,
Abstract: Diversas mudan as ocorreram na sociedade mundial nas últimas décadas, muitas delas decorrentes dos avan os biotecnológicos e das certezas oriundas do conhecimento científico. Tais certezas, no entanto, s o questionadas quando consideradas verdades absolutas, inclusive por Edgar Morin, já que carregam em si a factibilidade do erro e da ilus o, além da complexidade. O aumento da complexidade das rela es, assim como os conflitos delas oriundos ensejam a crescente busca progressiva de uma solu o. Nesse contexto, surge o Biodireito como uma resposta condizente à complexidade dos problemas bioéticos.
A dimens o ética do cuidado de enfermagem ao idoso hospitalizado na perspectiva de enfermeiros  [PDF]
Aline Branco Amorim de Almeida,Maria Geralda Gomes Aguiar
Revista Eletr?nica de Enfermagem , 2011,
Abstract: Estudo descritivo de abordagem qualitativa, realizado com oito enfermeiros de um hospital público, por meio de entrevistasemi-estruturada, objetivou compreender como estes percebem a dimens o ética do cuidado ao idoso. Os dados foram analisados conforme o método de análise de conteúdo e organizados nas categorias: Valores éticos no cuidado ao idoso e Problemas éticos no cuidado ao idoso. Revelou-se que os enfermeiros percebem a importancia dos valores, principalmente o respeito e a responsabilidade e identificam problemas éticos, como a viola o dos direitos do idoso e conflitos nas rela es de cuidado. Faz-se necessário que esse tema seja trabalhado no cotidiano dos servi os de saúde; que o Código de ética dos Profissionais de Enfermagem seja mais difundido; que os direitos do paciente hospitalizado e do idoso sejam divulgados entre os pacientes e familiares, a fim de garantir o conhecimento e exercício dos direitos e deveres a todos os atores envolvidos no cuidado.
Cuidado do idoso dependente no contexto familiar: uma revis o de literatura  [cached]
Marina Jede,Mariana Spuldaro
Revista Brasileira de Ciências do Envelhecimento Humano , 2009,
Abstract: A família é considerada o habitat natural da pessoa. é nela que somos conhecidos pelos nossos defeitos, qualidades e necessidades. Nesse sentido, podemos considerar importante o relacionamento do idoso com a família em qualquer fase da vida, em especial quando eles se tornam dependentes física e psicologicamente. Diante disso, objetivou-se verificar de que forma está ocorrendo o cuidado do idoso dependente no contexto da família. Trata-se de um estudo de revis o bibliográfica utilizando os artigos nacionais da base de dados Scielo, empregando-se os descritores cuidado, idoso dependente, família, envelhecimento, saúde do idoso. Também foram usados teses, disserta es e capítulos de livros de gerontologia publicados no período de 1987 a 2007.Emergiram as seguintes categorias temáticas: necessidades do idoso dependente do cuidado familiar, disponibilidade da família para realizar o cuidado do idoso dependente. O grau de dependência influencia diretamente na vida do idoso e de sua família, pois a dificuldade de realizar as atividades da vida diária gera impacto na estrutura familiar. A assistência no domicilio contribui para humaniza o do cuidado de forma mais efetiva e participativa. O apoio ao cuidador e a educa o em saúde s o fundamentais para orientá-lo e auxiliá-lo nas situa es mais difíceis do cuidado.
Virtual learning environments in the light of the Complexity Paradigm: interface, affordances and equifinality Ambientes virtuais de aprendizagem à luz do Paradigma da Complexidade: interface, affordances e equifinalidade  [cached]
Valeska Virginia Soares Souza
Revista Brasileira de Linguística Aplicada , 2013,
Abstract: I have investigated, through the lens of the Complexity Paradigm, aligned with the premises of the Theory of General Systems and the concept of affordances, two virtual learning environments (VLEs), defining them as systems composed of digital genres, regarding a VLE as a complex adaptive system. These VLEs were reconfigured from the platforms TelEduc and Moodle and used to teach the discipline "Digital Literacy", in the course of Languages and Literature Teaching degree at the Federal University of Minas Gerais (UFMG), during the second semester of 2007 and the second semester of 2008, respectively. The analyses have indicated that the textual production of the emerging online discourse communities was influenced by the coupling of different layers of the interface, the textual genres and the communicative and pedagogical purposes and, also, by the affordances which were perceived and acted upon by teachers and learners. The analyzed VLEs have portrayed the characteristic of equifinality, regardless of the possibilities and constraints offered by the platforms TelEduc and Moodle. Investigo, através da lente do Paradigma da Complexidade, juntamente com os pressupostos da Teoria Geral dos Sistemas e do conceito de affordances, dois ambientes virtuais de aprendizagem (AVAs), definindo-os como sistemas compostos por gêneros digitais, partindo do pressuposto de que um AVA é um sistema adaptativo complexo. Esses AVAs foram reconfigurados a partir das plataformas TelEduc e Moodle e utilizados para ministrar a disciplina "Letramento Digital", no curso de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), nos semestres 2007-2 e 2008-2, respectivamente. As análises indicam que a produ o textual das comunidades discursivas on-line emergentes nos AVAs foi influenciada pelo acoplamento aninhado de camadas distintas da interface, dos gêneros textuais e dos propósitos comunicativos e pedagógicos, e, ainda, pelas affordances percebidas e efetivadas por professoras e aprendizes. Os AVAs analisados apresentaram a característica de equifinalidade, independentemente das possibilidades e restri es oferecidas pelas plataformas TelEduc e Moodle.
Trauma no idoso
SOUZA JOSé ANTONIO GOMES DE,IGLESIAS ANTONIO CARLOS R.G.
Revista da Associa??o Médica Brasileira , 2002,
Abstract: O crescimento populacional de idosos, associado a uma forma de vida mais saudável e mais ativa, deixa este grupo de pessoas mais exposto ao risco de acidentes. Em alguns países, o trauma do idoso responde por uma elevada taxa de mortalidade, a qual se apresenta de forma desproporcionalmente maior do que a observada entre a popula o de adultos jovens. Tal fato acarreta um grande consumo de recursos financeiros destinados à assistência da saúde e um elevado custo social. As características fisiológicas próprias do idoso, assim como a presen a freqüente de doen as associadas, faz com que estes pacientes se comportem diferentemente e de forma mais complexa do que os demais grupos etários. Estas particularidades fazem com que o atendimento ao idoso vítima de trauma se fa a de forma diferenciada. A presente revis o aborda aspectos da epidemiologia, da preven o, da fisiologia, do atendimento e da reabilita o do idoso vítima de trauma.
Significado do cuidado no idoso de 80 anos ou mais  [cached]
Tania Maria de Oliva Menezes,Regina Lúcia Mendon?a Lopes
Revista Eletr?nica de Enfermagem , 2012,
Abstract: Este estudo trata-se de pesquisa qualitativa, à luz da fenomenologia de Heidegger que objetivou compreender o significado do cuidado no idoso de 80 anos ou mais. Foi realizado com dezesseis idosos, ambos os sexos, integrantes de um Centro de Convivência, em Salvador-BA. A coleta dos depoimentos aconteceu entre janeiro e mar o de 2009. Obtiveram-se as seguintes temáticas: 1. Vivenciando o cuidado de si; 2. Compreendendo a necessidade de cuidado do outro; 3. Experimentando ser cuidado pelo outro, possibilitando a constru o da Unidade de Significado: nos modos de ser do idoso de 80 anos ou mais, o cuidado está presente. Conclui-se que, frente ao novo panorama do envelhecimento no Brasil, a enfermagem poderá focar suas a es n o só na recupera o e reabilita o da saúde, como também na promo o e preven o de agravos pautados na educa o em saúde, respeitando a independência e permeando com sua participa o o processo de cuidado.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.