oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Prevalência e severidade da cárie dentária em escolares de seis e doze anos de idade  [cached]
Traebert Jefferson Luiz,Peres Marco Aurélio,Galesso Ebe Rocha,Zabot Nirbal Eder
Revista de Saúde Pública , 2001,
Abstract: OBJETIVO: Investigar a prevalência e a severidade da cárie dentária e as necessidades de tratamento em escolares de 6 e 12 anos de idade, comparando-se os alunos de escolas públicas com os de privadas. MéTODOS: Foi estudada a popula o de escolares do município de Blumenau, SC, a partir de uma amostra de 1.473 escolares, representativa de quatro estratos: escolares de 6 anos de escolas públicas, de 6 anos de escolas privadas, de 12 anos de escolas públicas e de 12 anos de escolas privadas. Utilizaram-se os critérios de diagnóstico da Organiza o Mundial de Saúde (1997). RESULTADOS: A prevalência de cárie na denti o decídua em escolares de 6 anos foi de 60,9% em escolas públicas e de 34,9% em escolas privadas (p<0,0001). O índice CEO-D aos 6 anos de idade foi de 2,98 em escolas públicas, 1,32 em privadas (p<0,0001) e 2,42 na popula o estudada. A prevalência de cárie na denti o permanente em escolares de 12 anos foi de 54,7%, e o índice CPO-D foi de 1,46 para as escolas públicas. A baixa taxa de resposta em escolas privadas referente ao estrato de 12 anos de idade inviabilizou o relato dos resultados para este estrato. CONCLUS ES: A prevalência de cárie e as necessidades de tratamento em escolares de 6 anos de idade de Blumenau s o baixas, detectando-se diferen as estatisticamente significativas entre crian as de escolas públicas e privadas, favoráveis a estas últimas. Também s o baixas a prevalência e as necessidades de tratamento em crian as de 12 anos de idade de escolas públicas.
Orienta o sexual: conhecimentos e necessidades de professores de um Colégio Público de Goiania-GO  [cached]
Márcia Maria de Souza,Nativa Helena Alves Del-Rios,Denize Bouttelet Munari,Claci Fátima Weirich
Revista Eletr?nica de Enfermagem , 2008,
Abstract: A adolescência é marcada por grandes transforma es organicas, cognitivas, socioculturais e afetivas expondo o adolescente a muitos riscos. Dentre estes, a vulnerabilidade diante das DST como a AIDS é uma realidade. A escola exerce um papel fundamental na forma o do aluno, principalmente quanto às informa es na esfera da educa o sexual e orienta o sexual. O estudo tem como objetivo verificar o conhecimento dos professores sobre educa o sexual e preven o de DST, bem como identificar o nível de dificuldade dos mesmos ao lidar com esta temática no ambiente escolar. Trata-se de uma pesquisa descritiva exploratória com abordagem quantitativa, cujos dados foram obtidos através de um questionário semi-estruturado respondido por 28 professores de um colégio público do município de Goiania/GO. Os resultados demonstram que apesar de considerarem a importancia do tema, a maioria dos professores n o se sente capacitada para trabalhar a temática educa o/orienta o sexual com os alunos adolescentes. 61% dos professores nunca realizaram nenhum trabalho educativo com os alunos no ambiente escolar e somente 39% já trabalharam utilizando diferentes estratégias. Diante dos resultados obtidos torna-se urgente a implementa o de estratégias educativas para a capacita o na temática educa o sexual ao grupo de professores.
Os doze trabalhos de Obama
Henrique Rattner
Revista Espa?o Acadêmico , 2010,
Abstract: A alegoria com o semideus da mitologia latina, filho de Júpiter e de Alcmena, dotado de poderes sobre humanos e chamado a executar doze tarefas impossíveis para um mortal comum n o parece um exagero ao analisar os desafios políticos e econ micos enfrentados pelo atual presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Eleito por maioria expressiva de votos da popula o profundamente decepcionada pelo governo Bush e passados 300 dias desde sua posse, é possível fazer um primeiro balan o de seu governo. Obama herdou o país no meio da pior recess o das últimas décadas e deve enfrentar graves problemas na política interna e externa, sem falar da tremenda responsabilidade de recuperar o prestígio e o respeito pelo país que continua sendo a maior potência econ mica e militar do mundo.
As necessidades de informa o de mulheres mastectomizadas subsidiando a assistência de enfermagem  [cached]
Regiane Aparecia dos Santos Barreto,Karina Suzuki,Maria Aparecida de Lima,Adriana Alves Moreira
Revista Eletr?nica de Enfermagem , 2008,
Abstract: A mastectomia é um procedimento cirúrgico agressivo acompanhado de conseqüências traumatizantes nas experiências de vida e saúde da mulher, portanto a assistência de enfermagem no período perioperatório é fundamental. Para tanto esse estudo objetiva: verificar junto às mulheres quais as informa es que gostariam de receber no pré-operatório de mastectomia, levantar as necessidades de informa es no pós-operatório e contribuir com a elabora o de um protocolo de assistência de enfermagem perioperatória à mulher mastectomizada. Pesquisa qualitativa realizada por meio de entrevistas gravadas, norteadas por quest es abertas com 16 mulheres atendidas em ambulatório de um hospital público em Goiania-GO, no primeiro semestre de 2006. Os dados foram submetidos a análise. As respostas foram categorizadas em 2 classes de necessidades: a pré e a pós-operatória, e 5 subcategorias: no pré-operatório: ser operada; sentindo o tratamento; o cancer em mim; o adaptar-se a nova vida; estar internada; no pós-operatório: meu pós-operatório; voltando a rotina, aparência e cuidados; continuando o tratamento; prevenindo as complica es. Todas as dúvidas trazidas pelas mulheres foram pertinentes ao tratamento, à cirurgia e à interna o, cabendo à enfermagem e aos demais membros da equipe de saúde, uma assistência focalizada na cliente e em suas necessidades, contribuindo para a qualidade do tratamento.
Prevalência de cárie e necessidades de tratamento em escolares de 6 a 12 anos da rede pública de ensino  [cached]
Freire Maria do Carmo Matias,Pereira Márcio Florentino,Batista Simone Machado de Oliveira,Borges Maria do Rosário Siqueira
Revista de Saúde Pública , 1999,
Abstract: OBJETIVO: Conhecer a prevalência de cárie e necessidades de tratamento em escolares do interior do Estado de Goiás, Brasil. MéTODOS: A amostra foi constituída de 1.419 escolares de 6 a 12 anos de idade, de ambos os sexos, que freqüentavam 25 escolas públicas na zona urbana de 9 municípios. RESULTADOS: A percentagem de escolares livres de cárie foi muito baixa em todas as idades, sendo 4,4% aos 12 anos. O índice CPO-D variou de 0,41 aos 6 anos a 5,19 aos 12 anos. O índice ceo-d nesta faixa etária variou de 4,93 a 0,29. As necessidades de tratamento superaram as necessidades atendidas, tanto na denti o decídua quanto na permanente. CONCLUS O: A alta prevalência de cárie em escolares do interior de Goiás sugere a necessidade de se implantar medidas educativas e preventivas em saúde bucal que intervenham nos reais determinantes da doen a na popula o.
Conhecimentos e necessidades de aprendizagem relacionadas à enfermidade cardíaca para hipertensos revascularizados em reabilita o  [cached]
Natállia Guimar?es Mansano,Vanessa da Silva Carvalho Vila,Lídia Aparecida Rossi
Revista Eletr?nica de Enfermagem , 2009,
Abstract: Estudo de caso qualitativo desenvolvido com o objetivo de identificar os conhecimentos e as necessidades de aprendizagem relacionados à enfermidade cardíaca em hipertensos submetidos à revasculariza o miocárdica. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semi-estruturadas realizadas no domicílio de doze indivíduos. Observou-se que os sujeitos n o imaginavam que o mal-estar, a dor no peito e no est mago pudessem ser um problema no cora o. A maior parte n o percebera o risco de desenvolver a doen a cardíaca associado a fatores com os quais já convivia, como a hipertens o. Ao buscarem explica es para a doen a cardíaca, muitos deles relataram que vivenciavam situa es de estresse, ingeriam comidas gordurosas, fumavam, bebiam, n o praticavam exercícios físicos, n o iam ao médico e se preocupavam apenas com o trabalho e a provis o financeira da família. As necessidades de aprendizagem relacionaram-se à compreens o sobre as causas da coronariopatia e da hipertens o e os cuidados preventivos para lhes assegurar boa saúde e qualidade de vida. Os resultados mostraram a importancia da utiliza o pelos profissionais de estratégias de educa o em saúde que satisfa am as necessidades de conhecimento dos indivíduos acerca do processo saúde e doen a e que contribuam para que, efetivamente, eles incorporem às suas vidas atitudes que promovam saúde.
Quedas em idosos institucionalizados no município de Goiania  [cached]
Ruth Losada de Menezes
Revista Eletr?nica de Enfermagem , 2008,
Abstract: As quedas em idosos constituem importante problema de saúde pública e devem ser sempre valorizadas, n o só pelas conseqüências imediatas, como também pelos efeitos cumulativos e repercuss es incapacitantes e onerosas. Vários estudos apontam que em idosos institucionalizados as quedas s o mais freqüentes e apresentam causas multifatoriais. Os objetivos deste estudo foram: identificar a prevalência de quedas e seu contexto de ocorrência em idosos institucionalizados; estudar a rela o da variável dependente (queda) com as variáveis sócio-demográficas; avaliar dados multidimensionais relacionados aos idosos, enquanto fatores predisponentes para futuras quedas e caracterizar o ambiente físico das institui es, avaliando aspectos predisponentes às quedas. Foi realizado um estudo descritivo transversal em seis institui es de longa permanência para idosos existentes na cidade de Goiania. A amostra da investiga o constou de 95 idosos que atenderam aos critérios de inclus o e exclus o. Utilizou-se um questionário contendo dados sócio-demográficos; informa es sobre episódios de queda nos últimos doze meses e seu contexto de ocorrência; dados clínicos relacionados às condi es de saúde-doen a; dados cognitivos (Escala de Depress o Geriátrica abreviada de Yesavage – GDS); avalia o da capacidade para as atividades básicas de vida diária (Escala de atividades básicas de vida diária de Katz); avalia o do equilíbrio e marcha através da escala “Performance – Oriented Mobility Assessment” (POMA) vers o POMA-Brasil e um questionário contendo informa es relacionadas ao ambiente das institui es. Para a análise descritiva e testes de associa o entre a variável dependente e as variáveis sócio-demográficas aplicaram-se o teste de Qui-quadrado – o valor de p utilizado como padr o foi de 0,05 (5%). Os achados mostraram que 34,7% dos idosos relataram quedas nos últimos 12 meses e o fator de risco sócio-demográfico considerado significativo foi o sexo feminino (p=0,045). Os idosos avaliados, no geral, apresentam fatores de risco, apontados pela literatura, para quedas. Da mesma forma todas as institui es de longa permanência para idosos apresentaram riscos ambientais que predisp em às quedas. Os dados desta pesquisa apontam para a necessidade de que providências devem ser tomadas para que futuras quedas possam ser evitadas.
Doze noturnos de Holanda: noite nefasta ou benfazeja noite?  [PDF]
Carrijo, Silvana Augusta Barbosa
Letras de Hoje , 2009,
Abstract: A partir do instrumental teórico formulado por Gilbert Durand (2002), a teoria antropológica do imaginário, realizamos a hermenêutica da obra Doze noturnos de Holanda (1987), de Cecília Meireles, verificando o manejo da escritora na produ o de imagens e símbolos que traduzem predominantemente, por parte do eu-lírico, uma atitude de eufemiza o e aceita o das faces horrendas de Tanatos, a partir de estruturas típicas do regime noturno da imagem, nas suas facetas mística e sintética.
Prevalência e severidade da cárie dentária em escolares de seis e doze anos de idade
Traebert,Jefferson Luiz; Peres,Marco Aurélio; Galesso,Ebe Rocha; Zabot,Nirbal Eder; Marcenes,Wagner;
Revista de Saúde Pública , 2001, DOI: 10.1590/S0034-89102001000300011
Abstract: objective: to determine the prevalence and severity of dental caries and to assess treatment needs among schoolchildren aged 6 and 12 in blumenau, brazil, and to compare the results found for private and public schools. methods: a schoolchildren population of blumenau, sc, brazil, was studied. a random sample of 1,473 schoolchildren from blumenau, brazil, was obtained. four strata were studied: 6 and 12 years old schoolchildren attending public and private schools. who (1997) criteria for caries diagnosis and treatment needs were used. results: the prevalence of caries in the primary dentition of 6-years-old children was 60.9% and 34.9% in public and private schools (p<0.0001), respectively. the mean dmf-t for children aged 6 was 2.98 and 1.32 for public and private schools, respectively, (p<0.0001), and 2.42 for the whole sample. the prevalence of caries in the permanent dentition of 12-years-old children was 54.7% and the mean dmf-t was 1.46 for public schools. the response rate for private schools was low and the results could not be analyzed. forty-two percent and 77.0% of children aged six of public and private schools, respectively, had no treatment needs. for those aged 12, the percentage was 53.0% for public schools. conclusions: the prevalence of caries and the treatment needs among schoolchildren in blumenau was low, but there was a statistically significant higher prevalence and higher severity in public school children aged six. the prevalence of caries and treatment needs at the age of 12 in public schools were also low.
NECESSIDADES FORMATIVAS DOS PROFESSORES ESTADUAIS DE CICLO I DO ENSINO FUNDAMENTAL DE PRESIDENTE PRUDENTE – SP  [cached]
Carla Regina Calone Yamashiro
Nuances : Estudos sobre Educa??o , 2011,
Abstract: NECESSIDADES FORMATIVAS DOS PROFESSORES ESTADUAIS DE CICLO I DO ENSINO FUNDAMENTAL DE PRESIDENTE PRUDENTE – SP
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.