oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Produ??o de alimentos tradicionais: valorizando o produto pecuário por meio de certifi ca??es de indica??o de procedência
Soares Zuin,Luís Fernando; Zuin,Poliana Bruno;
Revista Colombiana de Ciencias Pecuarias , 2009,
Abstract: esse artigo objetiva descrever um método gerencial composto de atividades e tarefas para o desenvolvimento de produtos tradicionais pecuários com certifica??o de procedência, como uma das formas de agregar valor às commodities agrícolas. além da agrega??o de valor, essa certifica??o de procedência se constitui em uma importante ferramenta mercadológica, pois inibe uma possível fraude que esses produtos possam vir a sofrer quando ofertados ao mercado. para a realiza??o desse trabalho foi feita uma revis?o da literatura a respeito da temática, bem como a coleta de informa??es dos principais programas de certifica??o de indica??o de procedência brasileiros. a fim de elaborar o método gerencial, escopo desse trabalho, foi realizado alguns estudos de caso que junto com a pesquisa bibliográfica permitiu tecer reflex?es sobre um possível método para a valoriza??o de produtos agropecuários. para a ilustra??o do método proposto, apresentamos dois tipos de produtos tradicionais brasileiros que já possuem esse tipo de certifica??o: a "carne do pampa gaúcho" e o "queijo da serra da canastra de minas gerais". por meio do estudo realizado, fica evidente a necessidade de um método produtivo que englobe as técnicas produtivas aos saberes gerenciais.
Produ o de alimentos tradicionais: valorizando o produto pecuário por meio de certifi ca es de indica o de procedência
Luís Fernando Soares Zuin,Poliana Bruno Zuin
Revista Colombiana de Ciencias Pecuarias , 2009,
Abstract: Esse artigo objetiva descrever um método gerencial composto de atividades e tarefas para o desenvolvimento de produtos tradicionais pecuários com certifica o de procedência, como uma das formas de agregar valor às commodities agrícolas. Além da agrega o de valor, essa certifica o de procedência se constitui em uma importante ferramenta mercadológica, pois inibe uma possível fraude que esses produtos possam vir a sofrer quando ofertados ao mercado. Para a realiza o desse trabalho foi feita uma revis o da literatura a respeito da temática, bem como a coleta de informa es dos principais programas de certifica o de indica o de procedência brasileiros. A fim de elaborar o método gerencial, escopo desse trabalho, foi realizado alguns estudos de caso que junto com a pesquisa bibliográfica permitiu tecer reflex es sobre um possível método para a valoriza o de produtos agropecuários. Para a ilustra o do método proposto, apresentamos dois tipos de produtos tradicionais brasileiros que já possuem esse tipo de certifica o: a "carne do pampa gaúcho" e o "queijo da serra da canastra de Minas Gerais". Por meio do estudo realizado, fica evidente a necessidade de um método produtivo que englobe as técnicas produtivas aos saberes gerenciais. Este artículo tiene por objeto describir un método consiste en la gestión de actividades y tareas para el desarrollo de los productos pecuarios con la certificación de origen, como una forma de agregar valor a las commoditys pecuarias. Además del valor a adido, la certificación de origen es una importante herramienta de marketing, que inhibe un posible fraude que estos productos son susceptibles de sufrir cuando el mercado ofrece. Para este trabajo fue realizado una revisión de la literatura sobre el tema, y la recopilación de información de los principales programas de certificación de la declaración de origen brasile o. Con el fin de establecer el método de gestión, el ámbito de trabajo se ha hecho algunos estudios de caso que con la literatura de investigación ha hecho de los debates sobre un posible método para la recuperación de los productos agrícolas. Para ilustración del método propuesto, se presentan dos tipos de productos tradicionales brasile os ya tienen este tipo de certificación: la "carne de la pampa gaucha" y "la monta a de la cesta de queso de Minas Gerais. A través del estudio, es evidente la necesidad de un método de producción implican las técnicas de producción para la gestión del conocimiento.
As li es interculturais de contos tradicionais “vertidos” em literatura infantil  [cached]
Margarida Morgado,Natividade Carvalho Pires
álabe , 2012,
Abstract: Os contos tradicionais, na sua, por vezes, dupla dimens o de contos denacionalidades particulares mas também de ‘contos do mundo’, tendem a preservar elementos inalterados, em geral no que diz respeito a rea es negativas ao diálogo intercultural, de rea o à diferen a eà diversidade e de representa o do que constitui a justi a e injusti a social. As autoras apresentam alguns dados sobre umprojeto que desenvolveram no livro Literatura Infantil e Educa o Intercultural: Vivemos num Mundo Sem Esconderijos, no qual analisamformas de negocia o de situa es críticas em contos ‘nacionais’ de Portugal contidas em obras dirigidas a um público infantil e juvenil. Analisam-se os textos Histórias Tradicionais Portuguesas Contadasde Novo, A Machadinha e a Menina Tonta e o Cord o Dourado, e Fiz das Pernas Cora o no quadro da literatura ‘tradicional’ portuguesa e das press es culturais da lusofonia.
A interpreta o dos fatos no direito.  [cached]
Eduardo Ramalho Rabenhorst
Prim@ Facie , 2003,
Abstract: O principal escopo do presente artigo é mostrar,tomando por base a proposta formulada pelo filósofo francêsPaul Ricoeur, que a interpreta o jurídica n o pode serreduzida apenas aos momentos de compreens o de um textolegal e de sua aplica o aos concretos, mas que ela exige umterceiro momento, a saber, o da interpreta o dos fatos.
O REGISTRO CARTOGRáFICO DOS FATOS GEOMORFOLóGICOS E A QUEST O DA TAXONOMIA DO RELEVO  [cached]
Jurandyr Luciano Sanches Ross
Revista do Departamento de Geografia , 1992, DOI: 10.7154/rdg.v0i6.245
Abstract: O REGISTRO CARTOGRáFICO DOS FATOS GEOMORFOLóGICOS E A QUEST O DA TAXONOMIA DO RELEVO
Efeitos da corre o cirúrgica de estenose mitral sobre o ritmo cardíaco
SCHMIDLIN Carlos Augusto,LOURES Danton R. da Rocha,CARVALHO Roberto Gomes de,MULINARI Leonardo Andrade
Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular , 2001,
Abstract: Objetivo: Determinar a freqüência de revers o de fibrila o atrial (FA) ao ritmo sinusal (SA) em pacientes com estenose mitral (EM) submetidos a tratamento cirúrgico e identificar prováveis fatores favoráveis ou desfavoráveis a este evento. Casuística e Métodos: Estudo de caso-controle, envolvendo 53 pacientes com EM, sem acometimento de outras valvas, submetidos a corre o cirúrgica. A popula o estudada apresentou as seguintes características: mulheres: 71,7%; idade média: 42,4 anos; classe funcional III: 67,9%; área mitral média: 0,92 cm2; átrio esquerdo médio: 56,0 mm; ritmo antes da opera o: SA: 51,0% e FA: 49,0%. Os pacientes foram divididos em dois grupos de acordo com o ritmo apresentado no período pós-operatório tardio: grupo I, formado pelos pacientes que, após a opera o, apresentavam ritmo SA e grupo II, constituído por aqueles que, no pós-operatório, estavam em FA. Resultados: Dez (18,9%) pacientes (em rela o ao total; 38,5% em rela o àqueles com FA) apresentavam FA no período pré-operatório e sofreram revers o para o ritmo SA no pós-operatório e em 2 pacientes (3,8% em rela o ao total; 7,4% em rela o àqueles em ritmo SA) houve degenera o do ritmo SA para FA. Houve diferen a estatisticamente significativa (p < 0,05) entre os dois grupos apenas em rela o a variável idade (p = 0,0456). Conclus es: A opera o de corre o de EM apresenta resultados insatisfatórios em rela o à revers o da FA para ritmo SA, sugerindo a necessidade de associa o de outro procedimento cirúrgico para restaurar o ritmo normal. Vários estudos tentaram identificar os fatores predisponentes à permanência e ao desenvolvimento de FA após a opera o, porém foram obtidos resultados contraditórios. No presente estudo, a única variável que apresentou associa o com a FA foi a idade avan ada.
Entre normas e fatos: desafios e dilemas da ordem internacional  [cached]
Cruz Sebasti?o C. Velasco e
Lua Nova: Revista de Cultura e Política , 2003,
Abstract: Examinam-se os limites e o significado da controvérsia entre "realistas" que invocam fatos e "cosmopolitas" que invocam normas, com referência às perspectivas da ordem internacional após 11 de setembro de 2001. Contra a idéia da retomada pelos EUA do multilateralismo, ou do seu oposto, a idéia dos EUA como sede de um verdadeiro império mundial, prop e-se um "cenário de transi o", marcado por turbulências inter- e intra-estatais, sem prejuízo da possibilidade real de uma configura o mais equilibrada no futuro.
Desigualdade e pobreza: fatos estilizados e simula es  [cached]
Nelson Ferreira Souza Sobrinho
Revista Paranaense de Desenvolvimento , 2001,
Abstract: This paper analyses the relations between poverty, inequality and economic growth in Brazil. First of all, based on recent research, it shows characteristics and historical evolution of inequality and poverty. These characteristics are not novelty to specialized research, but drawing them as stylized facts gives a comprehensive idea of the matter. Then the work builds simulations based on Mendon a & Paes de Barros’s methodology (1997). These simulations depict the impact of economic growth and inequality on poverty and agree with both empirical evidences from recent papers and results found by those authors. The exercise shows an inverse relation between growth and poverty, and a positive one between inequality and poverty. Finally, the paper criticizes the recent Brazilian research. Este trabalho explora as rela es entre pobreza, desigualdade e crescimento econ mico no Brasil. Inicialmente s o apresentados, com base em literatura recente, o perfil, a natureza e a evolu o histórica da desigualdade e da pobreza, na forma de fatos estilizados, que apesar de n o serem novidades, s o úteis para entender a realidade. Em seguida, com base na metodologia de MENDON A e BARROS (1997), simula-se como o crescimento econ mico e a desigualdade afetam a pobreza. Os exercícios de simula o est o de acordo com as evidências empíricas de trabalhos recentes e com os próprios resultados simulados por aqueles autores, apontando uma rela o negativa entre crescimento e pobreza, e positiva entre desigualdade e pobreza. Ao final, s o feitas algumas críticas à literatura analisada.
Medicina popular em um trecho de mata atlantica: a importancia da revaloriza o de práticas tradicionais
Mariana Martins da Costa Quinteiro,Moemy Gomes de Moraes
Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade , 2012, DOI: 10.5712/rbmfc7(1)605
Abstract: Introdu o: Visconde de Mauá situa-se em um trecho de Floresta Atlantica montana, com poucos estudos sobre sua biodiversidade. As práticas tradicionais e culturais de comunidades de montanha est o em seu processo inicial de estudos. Objetivo: O trabalho teve como objetivo realizar o levantamento das características etnológicas de especialistas em plantas medicinais na comunidade de Visconde de Mauá, observando como vem sendo dada a transmiss o desse conhecimento. Método: Foram entrevistados 13 especialistas locais, entre “erveiros”, “mateiros”, “benzedeiros”, “curandeiras” e pequenos produtores, entre os anos de 2008 e 2010. Entre estes, 9 eram mulheres, principais mantenedoras dos cultivos de “exóticas” em quintais, enquanto os homens buscavam a caminhadas,em zonas ecológicas distintas, como brejos, campos de altitude, mata de beira de rio e floresta climáxica, preferencialmente as plantas medicinais nativas. A maioria (10) possui mais do que 50 anos, oito sendo analfabetos ou com estudo até o primário incompleto. Resultados: O aumento do acesso à educa o formal parece estar negativamente correlacionado com o conhecimento empírico sobre plantas medicinais. Todos relataram a forma oral de recebimento e transmiss o do saber sobre as plantas como a principal. Desses, 11 estavam envolvidos em atividades de baixa renda, na maioria das vezes, relacionadas às atividades turísticas locais como “ro a”, “faxina”, “limpeza” e “obra”. Os baixos recursos financeiros podem estimular esses “medicamentos de gra a”, entretanto, a prática dessas profiss es afasta esses conhecedores da “lida com a terra”, além de mudar o uso e ocupa o do solo, com menos plantios na regi o. A caracteriza o etnológica dos informantes-chave, no contexto histórico da regi o, caracteriza esse grupo como um resquício da popula o tradicional nativa local ou descendentes diretos desta. Encontram-se ligados à preserva o de valores e culturas tradicionais sobre as plantas, podendo guardar saberes de diferentes etnias, ao longo das gera es. O maior fator de amea a ao conhecimento e existência de plantas medicinais em regi es tropicais aparenta ser as mudan as culturais, especialmente influenciadas pelo processo de globaliza o. Parece haver pouco ou nenhum interesse entre os membros jovens das comunidades tradicionais em assimilar e transmitir o conhecimento sobre plantas medicinais das gera es passadas. Conclus o: A liga o cognitiva com a natureza sustentada por habitantes tradicionais e suas tradi es orais talvez estejam em maior risco de extin o do que a flora medicinal.
Os limites do sentido no ensino da matemática  [cached]
Fonseca Maria da Concei??o Ferreira
Educa??o e Pesquisa , 1999,
Abstract: Em Os Limites do Sentido (1995), Eduardo Guimar es analisa os esfor os de se resgatar a quest o da significa o nos estudos lingüísticos como gestos de incluir, no seu objeto, elementos que Saussure deliberadamente excluiu: o sujeito, o mundo e a história. Já no artigo As possibilidades de inova o no ensino-aprendizagem da matemática elementar, Manuela David (1995) faz um apanhado das tendências do ensino de Matemática que lhe parecem mais expressivas, no Brasil, observando que todas elas, na busca de um sentido, ultrapassam os conteúdos matemáticos. Neste trabalho, parodiando o texto de Guimar es, tomaremos tais tendências atuais do ensino da Matemática (a resolu o de problemas, a modelagem, o construtivismo, a etnomatemática e o que David chama de um ensino comprometido com as transforma es sociais), visando identificar nelas esse movimento de busca de um sentido para o ensinar matemática, por meio da re-inclus o daqueles mesmos elementos excluídos por Saussure da Lingüística, e negligenciados por abordagens mais tradicionais da matemática escolar. A análise procura apontar como essa busca de sentido no ensino da matemática trilha um percurso análogo ao que Guimar es identifica nos estudos da linguagem: o esfor o de re-incluir na abordagem da matemática escolar aquilo que dela foi tradicionalmente excluído: o objeto, o sujeito e a história.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.