oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Compósitos de matriz termofixa fenólica refor ada com fibras vegetais
Paiva Jane M. F.,Trindade Wanderson G.,Frollini Elisabete
Polímeros , 1999,
Abstract: Neste trabalho, pré-polímeros do tipo fenólico ( resóis ) e lignina - fenol ( 40% w/w ) foram sintetizados e usados na prepara o de matrizes em compósitos refor ados com diversas fibras vegetais : sisal, curaua e baga o de cana-de a úcar, sendo as fibras previamente extraídas com cicloexano/etanol. Os compósitos refor ados com sisal apresentaram um aumento significativo na resistência ao impacto, quando comparados com a matriz termofixa. As fibras de curaua foram submetidas a um tratamento adicional com NaOH 10%, tendo os respectivos compósitos apresentado também resistência ao impacto superior ao da matriz fenólica n o refor ada., enquanto que os compósitos refor ados com baga o de cana de a úcar apresentaram pequena altera o nesta propriedade.
Desenvolvimento de compósitos poliméricos com fibras vegetais naturais da biodiversidade: uma contribui??o para a sustentabilidade amaz?nica
Marinelli, Alessandra L.;Monteiro, Marcos R.;Ambrósio, José D.;Branciforti, Márcia C.;Kobayashi, Márcio;Nobre, Antonio Donato;
Polímeros , 2008, DOI: 10.1590/S0104-14282008000200005
Abstract: this paper presents the research on polymeric composites with natural fibers in the amazon fenix project. two research and development fields based on polymeric composites with natural vegetable fibers are proposed: the first one considers production systems with simple, cheap machinery to facilitate technology assimilation by rural communities in the amazon; the second one aims at developing composite materials with advanced production technology. it is hoped to raise awareness for scientific and technological development for the recovery of degraded areas in amazon.
Efeito de extratos naturais de folhas vegetais em Leucoagaricus gongylophorus (M ller) Singer, (Agaricales: Agaricaceae) / Effect of natural extracts of vegetable leaves in Leucoagaricus gongylophorus (M ller) Singer, (Agaricales: Agaricaceae)  [cached]
Marcelo Dias Souza,Otávio Peres Filho,Alberto Dorval
Ambiência , 2011,
Abstract: O estudo teve como objetivo avaliar os efeitos dos extratos naturais, à base de folhas de diferentes espécies vegetais, em Leucoagaricus gongylophorus, fungo simbionte de formigas cortadeiras. O experimento foi realizado no Laboratório de Prote o Florestal, da Faculdade de Engenharia Florestal, da Universidade Federal de Mato Grosso, sob temperatura média 26 ± 2oC, e umidade relativa de 70 ± 10%. Os tratamentos avaliados foram os extratos aquosos a 10% (peso/volume) de dez diferentes espécies vegetais. Foram realizados onze tratamentos, sendo que para cada um foi utilizado um recipiente de 1,5 l de volume, colocado na parte central contendo fungo e formigas, no qual era interligado com mais dois recipientes, de igual volume, interligados entre si por um tubo plástico, propiciando condi es necessárias para que as formigas desenvolvessem suas atividades normais. O fungo e as formigas cortadeiras, após coletados, foram transferidos para os recipientes em laboratório. Assim que os formigueiros artificiais apresentavam atividades normais, os extratos foram adicionados diretamente sobre o fungo, com exce o da testemunha. Os tratamentos que tiveram efeito deletério sobre o fungo, em ordem decrescente foram os à base de Tabebuia vellosoi (ipê-amarelo-liso), Azadirachta indica (Nim), Magonia pubescens (Timbó), Annona reticulata (Pinha) e Amburana acreana (cerejeira).AbstractThe objective of this study was to evaluate the effects of natural extracts of leaves of different plant species, in Leucoagaricus gongylophorus, symbiotic fungus of leaf-cutting ants. The experiment was conducted at the Laboratory of Forest Protection, Federal University from Mato Grosso, on average temperature 26 ± 2o C and relative humidity of 70 ± 10%. The treatments evaluated were the aqueous extracts of 10% (weight/volume) of ten different plant species. It was carried out 11 treatments, and for each one a container of 1.5 l volume was used, placed in the central part containing fungus and ants, and it was linked with two more containers with the same volume, interconnected by a plastic tube, providing necessary conditions for the ants to develop their common activities. The fungus and the leaf-cutting ants, after collected, were transferred to the containers in the laboratory. Once the artificial ant nests showed common activities, the extracts were added directly on the fungus, with except of the stands. The treatment that had effect deleterious on the fungus, in descending order were the base of Tabebuia vellosoi (ipe-yellow-flat), Azadirachta indica (Neem), Magonia pubescens (Tim
Fontes vegetais naturais de antioxidantes
Oliveira, Alane Cabral de;Valentim, Iara Barros;Goulart, Marília Oliveira Fonseca;Silva, Cícero Alexandre;Bechara, Etelvino José Henriques;Trevisan, Maria Teresa Salles;
Química Nova , 2009, DOI: 10.1590/S0100-40422009000300013
Abstract: growing knowledge on the health-promoting impact of antioxidants in everyday foods, combined with the assumption that a number of common synthetic preservatives may have hazardous side effects has led to increased investigations in the field of natural antioxidants, principally those found in plants. food industries normally discard plant residues that could benefit the human health and diminish undesirable environmental impact. once estimated the content of antioxidants in these residues, advantageous economical and social alternatives to the discard are possible, for example, their use for preparation of nutraceuticals to be offered to low-income populations. we present here a broad, although not complete, account of the continuously growing knowledge on the antioxidant capacity of whole fruits, seeds and peels, cereals, vegetal oils and aromatic plants, at several physical forms, as well as a description of the usual methods for evaluating their antioxidant capacity and examples of agroindustrial processes that could be harnessed for the production of antioxidant supplement food, along with research perspectives in the area.
Poliolefinas refor?adas com fibras vegetais curtas: sisal × curauá
Spinacé, Márcia A. S.;Janeiro, Lea G.;Bernardino, Filippe C.;Grossi, Thais A.;Paoli, Marco-A. De;
Polímeros , 2011, DOI: 10.1590/S0104-14282011005000036
Abstract: there is growing interest in reinforced polymer composites using short vegetal fibers to replace glass fibers for several reasons. the composite fibers are produced from renewable resources, being biodegradable and less abrasive to the processing equipment, in addition to possessing a lower density than the glass fibers. since their thermal degradation onset is at 200 °c, they can be used to reinforce thermoplastics processed below this temperature and thermosets. several vegetal fibers have been used as reinforcing agent, including sisal and cuaruá. however, there is controversy in the literature about the composites final properties. in this work we compare the properties of composites of high density polyethylene or polypropylene with 20 wt. (%) of short sisal or curauá fibers, with or without a coupling agent. all composites were processed by extrusion and molded by injection, under exactly the same conditions, and the mechanical properties were compared. the curauá fibers presented a higher tensile resistance than the sisal fibers, and the composites with curauá fibers had slightly higher tensile and flexural resistance compared to the sisal fiber composites. the situation is opposite in the impact resistance results, with sisal composites displaying higher impact resistance. since sisal fibers are more fragile than curauá fibers, during processing there is a higher fracture of sisal in comparison to curauá, inducing these differences in composites mechanical properties.
PIGMENTOS NATURAIS BIOATIVOS
Ana Carolina Pinheiro VOLP,Isis Rodrigues Toledo RENHE,Paulo César STRINGUETA
Alimentos e Nutri??o , 2009,
Abstract: Os pigmentos naturais est o relacionados com importantes atividades biológicas. Seus efeitos benéficos em rela o à saúde est o relacionados com suas propriedades antioxidantes, prote o contra danos oxidativos a componentes celulares, efeitos antiinfl amatórios e preven o das doen as cr nicas n o transmissíveis. Este artigo de revis o teve como o objetivo descrever os efeitos dos pigmentos naturais clorofi las; cúrcuma e curcumina; carmim; betalaínas; pigmentos de monascus e tagetes em rela o à nutri o e saúde.
Produtos naturais com potencial leishmanicida
E. S. GIL,J. R. PAULA,F. R.F. NASCIMENTO,J. C.B. BEZERRA
Revista de Ciências Farmacêuticas Básica e Aplicada , 2009,
Abstract: A leishmaniose é uma parasitose causada por protozoários do gênero Leishmania. é uma doen a endêmica que abrange mais de 80 países, incluindo alguns do continente europeu e, principalmente, países sub-desenvolvidos ou em desenvolvimento. Nesta revis o discorre-se sobre as op es terapêuticas tradicionais e atuais, cuja atividade leishmanicida pode conduzir ao desenvolvimento racional de novos fármacos. Ressaltando-se o uso de produtos naturais na pesquisa e tratamento de Leishmaniose (ex. quinolonas, chalconas e extratos brutos). Palavras-chave: leishmaniose; leishmanicidas; produtos naturais
EFEITO DA COBERTURA VEGETAL DO SOLO SOBRE A ABUND NCIA E DIVERSIDADE DE INIMIGOS NATURAIS DE PRAGAS EM VINHEDOS
FADINI MARCOS ANT?NIO MATIELLO,REGINA MURILLO DE ALBUQUERQUE,FRáGUAS JOSé CARLOS,LOUZADA JULIO NEIL CASSA
Revista Brasileira de Fruticultura , 2001,
Abstract: O controle de pragas da videira no Brasil restringe-se basicamente ao uso de inseticidas, devido à inexistência de trabalhos que visem a complementar o manejo de pragas através de controle biológico. Neste trabalho, objetivou-se verificar o efeito de diferentes coberturas vegetais nas entrelinhas de plantio de videira sobre a abundancia e diversidade de potenciais inimigos naturais de pragas da videira no município de Caldas, regi o Sul do Estado de Minas Gerais. Foram testadas sete diferentes coberturas de solo (aveia-preta, aveia-preta e ervilhaca, ervilhaca, cobertura morta, uso de herbicida, capina mecanica e mato ro ado). A cobertura vegetal do solo influenciou tanto a diversidade quanto a abundancia de inimigos naturais, sendo o consórcio de aveia-preta e ervilhaca, cultivadas simultaneamente, o tratamento que proporcionou maior diversidade e abundancia de inimigos naturais. Assim, a cobertura vegetal do solo pode, potencialmente, ser um componente importante em programas de manejo integrado de pragas na cultura da videira.
Conserva o de recursos naturais e práticas turísticas sustentáveis em Vargem (SP)  [cached]
S?nia Regina da Cal Seixas,Cristiane Ferraz e Silva Suarez,Giovana Dominicci Silva,Almerinda Antonia Barbosa Fadini
Revista Brasileira de Ecoturismo , 2010,
Abstract: O crescimento acelerado do turismo em áreas protegidas tem gerado debates quanto às dificuldades de integrar a es sustentáveis no planejamento turistico-ambiental dos municípios. Neste contexto, este artigo busca discutir a conserva o dos recursos naturais através de práticas turísticas - ambientais sustentáveis no município de Vargem/SP – pertencente à área de Prote o Ambiental do Sistema Cantareira, Regi o Bragantina, utilizando o diagnóstico ambiental e a identifica o dos atrativos naturais reais e potenciais como instrumento de planejamento local. Além de fortalecer a educa o ambiental aliada a práticas sustentáveis, sempre envolvendo os turistas nesses processos, visando proporcionar a sustentabilidade dos recursos naturais e a melhoria da qualidade de vida dos envolvidos. Esta APA possui várias nascentes e pontos de capta o de importancia regional e remanescentes significativos de Mata Atlantica, apresentando uma problemática ambiental centrada na conserva o de recursos hídricos gerados, principalmente, a partir das altera es decorrentes da constru o do Sistema Cantareira e da duplica o da Rodovia Fern o Dias. Ambos foram determinantes nos processos de expans o industrial e urbana e de incremento turístico na regi o. Assim, o município de Vargem vem passando por transforma es socioambientais e de urbaniza o, prejudicando a qualidade dos recursos naturais locais. Mesmo possuindo alguns remanescentes vegetais e uma variada fauna, as consequências dos usos e ocupa o do solo, a es predatórias e antrópicas vêm dificultando a conserva o da biodiversidade e dos recursos hídricos. Esta realidade tem exigido a elabora o e implanta o de estudos, projetos e planos de a o, que visem minimizar os impactos negativos gerados a partir da atividade turística e maximizar os positivos, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida dos moradores e na conserva o dos recursos naturais da regi o. Este artigo é fruto da pesquisa Qualidade de vida, turismo e sustentabilidade na APA do Sistema Cantareira: um estudo de caso em Vargem / SP (conta com apoio financeiro da FAPESP - Processo 2007/59833-0), que e é parte integrante da tese de doutorado da pesquisadora Cristiane Ferraz e Silva Suarez no Programa de Doutorado em Ambiente e Sociedade do Núcleo de Pesquisas Ambientais – NEPAM da Universidade Estadual de Campinas - SP/ Brasil.
Tratamento de epilepsia: consenso dos especialistas brasileiros  [cached]
Betting Luiz Eduardo,Kobayashi Eliane,Montenegro Maria Augusta,Min Li Li
Arquivos de Neuro-Psiquiatria , 2003,
Abstract: Epilepsia é uma condi o muito freqüente em todo o mundo. Na última década, várias op es terapêuticas surgiram ou foram aprimoradas. O principal método utilizado para decis o terapêutica baseia-se nos estudos randomizados, que representam o maior nível de evidência. Entretanto, mesmo estes estudos s o passíveis de críticas e em alguns casos o tratamento de escolha permanece controverso. Nestas situa es, a opini o dos especialistas, na área da epileptologia, com maior experiência clínica, passa a ter grande valor. O presente estudo tem como principal objetivo elaborar um consenso de tratamento das epilepsias, através da opini o de experts brasileiros no assunto. Este consenso poderá auxiliar na cria o de manuais e estratégias para o tratamento de determinadas síndromes epilépticas, de acordo com os padr es socioecon micos brasileiros.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.