oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Percep o de homens e mulheres acerca de quem entrega um filho para ado o  [cached]
Ivana Suely Paiva Bezerra de Mello,Cristina Maria de Souza Brito Dias
Psicologia: Ciência e Profiss?o , 2003, DOI: 10.1590/s1414-98932003000100011
Abstract: Este trabalho tem como objetivo investigar como os indivíduos percebem a pessoa que entrega um filho para ado o e as circunstancias que envolvem este ato. Para tal, foram entrevistados 10 adultos e, após a categoriza o das respostas por temas afins, foi montado um questionário que foi aplicado a 60 pessoas de diferentes idades e profiss es, sendo 30 de cada sexo. As variáveis analisadas foram as seguintes: características de quem doa um filho, motivos que levam à doa o, pontos positivos na doa o de um filho, repercuss es da doa o na vida de quem doa e na vida da crian a, justificativas para a doa o de um filho e direito ao reencontro entre doador e o filho. Concluímos por uma maior abertura para com o tema, embora ainda permeado de contradi es e ambivalências, tendo as mulheres se mostrado um pouco mais severas na percep o sobre os doadores e sobre a possibilidade do reencontro com o filho. Os homens, por sua vez, destacaram-se ao assinalar que a doa o se dá por falta de preocupa o com o filho, sendo tal resultado significativo. The objective of the present paper is to investigate how people see the attitude of those who give away his/her child for adoption and what circumstances this action involves. In order to do that 10 adults were interviewed and their answers classified by similar themes. So, we made up a questionnaire containing these themes which were applied to 60 (30 males and 30 females) people of different ages and professions. The following variables were analyzed: the personal characteristics of the parents, their motivations, the positives aspects of this donation, the consequences of this act in the life of the one who made the donation and also in the child’s life himself, the justification for the donation of a child and the right of a future meeting between the parents and the child. Although many ambivalences and contradictions were found, we concluded by a wider view of this problem. Specifically we observed that women tend to be more severe in their perception about the donors and the possibility of future meeting. On the other hand, men significantly pointed out that the donation takes place due to the lack of concern with a child.
As percep es do Enfermeiro acerca da integralidade da assistência  [cached]
IIka Chediak Pinho,Josilucy Cristine Brito Aguiar Siqueira,Lícia Maria Oliveira Pinho
Revista Eletr?nica de Enfermagem , 2006,
Abstract: O presente estudo teve o objetivo de conhecer os significados acerca da integralidade por enfermeiros de Unidades de Saúde da cidade de Goiania, Goiás. Trata-se de um estudo descritivo com abordagem qualitativa. Por meio das falas das enfermeiras entrevistadas emergiram duas categorias: “Integralidade: entre o conhecer e o aplicar” e “Integralidade: o despreparo para lidar com a subjetividade do outro”. O tema que emergiu foi a percep o do enfermeiro acerca da integralidade da assistência. Este tema desvela o relato das enfermeiras que conhecem, desconhecem e/ou confundem o significado de integralidade, aplicando-os ou n o em seu cotidiano. O envolvimento e respeito com os usuários, entretanto, revela a precária intera o e despreparo para lidar com a dimens o subjetiva nas práticas de aten o por parte de algumas enfermeiras. A integralidade n o deve ser transformada em um conceito, mas sim numa prática do cuidado que trata da valoriza o da vida, do respeito ao outro e das diferen as entre os seres humanos.
A percep??o das enfermeiras acerca da sua atua??o ante os direitos dos clientes
Alves, Patrícia Chaves;Lunardi, Valéria Lerch;Lunardi, Guilherme Lerch;Lunardi Filho, Wilson Danilo;
Revista da Escola de Enfermagem da USP , 2008, DOI: 10.1590/S0080-62342008000200005
Abstract: this exploratory-descriptive survey was carried out with a sample consisting of 73 nurses from two hospitals in order to know the perception they have of their work via-a-vis patients' rights and develop an instrument capable of measuring such perception. four constructs referring to the nurses' performance via-a-vis patients' rights were identified and validated, based on questions the nurses answered: preservation of individuality; respect for the patient's autonomy; personal identification; and information for decision-taking. preservation of individuality was the construct with the best performance. respect for the patient's autonomy and personal identification appear in an intermediate level, whereas the construct information for decision-taking was the least used. in general, preservation of individuality and respect for the patient's autonomy are the constructs that influenced the most nurses' perception on patients' rights.
Tecnologias n?o invasivas de cuidado no parto realizadas por enfermeiras: a percep??o de mulheres
Nascimento, Natália Magalh?es do;Progianti, Jane Márcia;Novoa, Rachelli Iozzi;Oliveira, Thalita Rocha de;Vargens, Octávio Muniz da Costa;
Escola Anna Nery , 2010, DOI: 10.1590/S1414-81452010000300004
Abstract: the research of qualitative nature, descriptive type had as objective to identify the obstetric nurses' practices and to discuss their effects during the childbirth, under the women's optics. twelve women had been part of the study, having as instrument of collect of data a semi structured interview. data analysis showed that women recognized the affectionate attitude, the corporal movement and the presence of companion as the main non-invasive technologies used during the childbirth work, in the house. as for their effects, the women realized that technologies favored their internal potentials at the time of making their own decisions. besides, they identified the nurses' practices of the house as determinants for them have not discouraged during the childbirth work. the posture and the use by the nurses of non-invasive technologies contribute to a better perception of the women about her childbirth's process.
Percep??es de enfermeiras sobre a assistência prestada a mulheres diante do óbito fetal
Santos, Camila da Silva;Marques, Juliana Freitas;Carvalho, Francisco Herlanio Costa;Fernandes, Ana Fátima Carvalho;Henriques, Ana Ciléia Pinto Teixeira;Moreira, Karla de Abreu Peixoto;
Escola Anna Nery , 2012, DOI: 10.1590/S1414-81452012000200010
Abstract: this study aimed to assess the nurses' perception on the nursing care provided to women facing the diagnosis of fetal death. research with qualitative approach carried out in a maternity school in fortaleza-ce , brazil, from september to october 2009. the sample was composed of nine nurses who worked in the service of high-risk pregnancy.the results showed that the focus of assistance offered was the provision of psychological support, through the permission given to women or family members to see the dead fetus. the difficulties most frequently mentioned were associated with the structural issue of motherhood that did not have a specific ward for mothers with a diagnosis of fetal death. they also mentioned the heavy workload, once they had functions that were not part of the procedures of praxis. thus, we emphasize the need for a different assistance to women facing fetal death covering, in addition to human resources, structural issues of health services.
PERCEP ES ACERCA DO INVESTIMENTO SOCIAL EMPRESARIAL  [cached]
Djair Pereira,Antonio Carlos Gil
Revista PRETEXTO , 2009,
Abstract: Esta pesquisa tem como objetivo verificar percep es de dirigentes de organiza es sem fins lucrativos, da Regi o do Grande ABC Paulista, acerca do investimento social empresarial. Trata-se de um levantamento de cunho exploratório, realizado com 25 dirigentes. Para esses dirigentes, as empresas da regi o est o se envolvendo com projetos de responsabilidade social, motivadas pela oportunidade de divulga o da sua imagem e do fortalecimento da marca dos seus produtos e servi os. Por essa raz o, tendem a realizar investimentos de responsabilidade social, preferencialmente em projetos que lhes deem visibilidade no mercado. Daí a necessidade do estabelecimento de alian as estratégicas entre as Organiza es Sem Fins Lucrativos e as empresas.
Atendimento pelo SUS na percep o de mulheres com les es de cancer cervicouterino em Goiania-GO  [PDF]
Zair Benedita Pinheiro de Albuquerque,Suelene Brito do Nascimento Tavares,Edna Joana Claudio Manrique,Adenícia Custodio Silva e Souza
Revista Eletr?nica de Enfermagem , 2011,
Abstract: O cancer de colo do útero é prioridade nas políticas de saúde no Brasil. Apesar da existência do fluxo de atendimento estabelecido pelo Sistema único de Saúde (SUS), fragilidades s o observadas na sua operacionaliza o. Objetivou-se analisar a percep o de mulheres com les es de colo do útero acerca do atendimento pelo SUS em Goiania-GO. Estudo descritivo, exploratório de abordagem qualitativa. Os dados foram obtidos por meio de entrevistas, utilizando-se a técnica de incidente crítico e análise de conteúdo. Na percep o das mulheres, o atendimento é permeado por falhas no acolhimento, comunica o, assistência do profissional de saúde, falta de efetividade e pelo desconhecimento do próprio fluxo de atendimento. Evidenciou-se a necessidade de reorienta o do atual modelo assistencial de atendimento, com abordagens conscientizadoras, que permitam aos profissionais e aos gestores desenvolverem habilidades de ouvir, acolher e de se responsabilizar pelo cuidado, a fim de promover a transforma o dessa realidade.
Violência intrafamiliar contra crian as e adolescentes na percep o de m es agressoras  [PDF]
Daniela Borges Bittar,Ana Márcia Spanó Nakano,Marta Angélica Iossi Silva,Eliana Mendes de Souza Teixeira Roque
Revista Eletr?nica de Enfermagem , 2012,
Abstract: A violência intrafamiliar afeta todos os membros da família, porém, crian as/adolescentes s o as principais vítimas. Este estudo objetivou compreender os significados atribuídos por m es usuárias de drogas sobre a violência perpetrada junto a seus filhos, tendo por base seu contexto histórico-social. Utilizou-se uma abordagem qualitativa e para a coleta de dados foram realizadas entrevistas abertas com dez mulheres. A análise temática de conteúdo foi adotada, constatando-se que o contexto familiar e sociocultural em que viveram as mulheres, durante seu processo de socializa o na família de origem, reunia fatores contribuintes para dissocia es importantes no desempenho dos papéis maternos, destacando-se: perdas de entes queridos, situa es de afetos/desafetos, alcoolismo, pobreza e violência, que n o se modificaram em suas famílias atuais. Enfatiza-se a essencialidade da família no trabalho de prote o integral a crian as/adolescentes; além de um trabalho junto aos agressores, que também requerem cuidados, a fim de minimizar e combater este tipo de violência.
Idosos e sua percep o acerca da sexualidade na velhice
Izaura de Moura,Marinês Tambara Leite,Leila Mariza Hildebrandt
Revista Brasileira de Ciências do Envelhecimento Humano , 2008,
Abstract: O envelhecimento populacional tem motivado o desenvolvimento de estudos acerca dos diferentes aspectos que envolvem a velhice, incluindo a sexualidade e espa os de socializa o. As atividades de natureza grupal podem favorecer a express o da sexualidade em idosos. Este estudo tem por objetivo apreender e analisar a percep o de idosos que freqüentam grupos acerca da sexualidade na velhice. O estudo se caracteriza como uma pesquisa qualitativa e analítica, para o qual participaram 12 idosos, com idade entre 62 e 86 anos. Para a coleta de dados foi utilizada a entrevista aberta. Para a análise das informa es seguiu-se os passos preconizados para análise temática. Os resultados mostram que a participa o de idosos em atividades grupais favorece o encontro e a forma o de novos casais. Essa condi o faz com que eles desfrutem novas emo es, aflorando sua sexualidade. Embora existam tabus acerca da sexualidade na velhice, os participantes explanam que sexualidade é um conjunto de atitudes e sentimentos para com o parceiro: express o de carinho, beijo, abra o, toque, olhar, ouvir e compreender o que o outro fala, mesmo que n o diga nenhuma palavra. Sexualidade é estar com o outro, estar de bem com a vida, poder se divertir e ser feliz, incluindo aí a rela o sexual. Conclui-se que os idosos possuem bom entendimento acerca desta temática, demonstrando arrefecimento de idéias permeadas por preconceito em rela o a sexualidade na velhice.
Percep??o das mulheres acerca do contato precoce e da amamenta??o em sala de parto
Monteiro, Juliana Cristina dos Santos;Gomes, Flávia Azevedo;Nakano, Ana Márcia Spanó;
Acta Paulista de Enfermagem , 2006, DOI: 10.1590/S0103-21002006000400010
Abstract: objective: to describe women's experiences with the fourth step of the hospital baby friendly initiative. methods: a qualitative study was undertaken to collect data from 23 women admitted to a maternity hospital, in ribeir?o preto, brazil. data were collected through semi-structured interviews and submitted to content analysis. results: women stated that earlier contact and breastfeeding the newborn in the delivery room was very important for the newborn. in addition, women stated that receiving the newborn for the first time made them surprised and emotional. final considerations: there are several limitations in the application of the fourth step in clinical practice. health care providers must be sensitive to women's feelings, and must develop empathy and therapeutic communication.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.