oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Eucalyptus essential oil action on mycorrhizal colonization and the establishment of Eucalyptus grandis in soil contaminated by copper A o do óleo essencial de eucalipto na micorriza o e no estabelecimento de Eucalyptus grandis em solo contaminado por cobre
Ricardo Bemfica Steffen,Zaida Inês Antoniolli,Gerusa Pauli Kist Steffen,Rodrigo Josemar Seminoti Jacques
Pesquisa Florestal Brasileira , 2011, DOI: 10.4336/2012.pfb.67.245
Abstract: The use of eucalyptus essential oil can optimize the growth of ectomycorrhizal isolates, which aid the establishment of forest species in soils contaminated by copper. The study aimed to determine the best application of eucalyptus essential oil in the formation of mycorrhizal seedlings of Eucalyptus grandis and its influence on the establishment of these seedlings in soil contaminated by copper. It was used the ectomycorrhizal fungi (fECM) Pisolithus microcarpus. The application forms of the essential oil were evaluated in a greenhouse, by means of six treatments. Subsequently, the seedlings were transplanted and evaluated in soil contaminated by copper, greenhouse and field. It was determined height, diameter, fresh and dry weight of shoots and roots, copper content in plant, colonization and survival in the field. The essential oil of E. grandis supports the growth of mycorrhizal of eucalyptus seedlings, particularly when applied to the substrate. The application of essential oil increases the colonization, promoting growth and survival of seedlings under greenhouse conditions and field. doi: 10.4336/2011.pfb.31.67.245 A utiliza o do óleo essencial de eucalipto pode otimizar o crescimento de isolados ectomicorrízicos, os quais auxiliam o estabelecimento de essências florestais em solos contaminados por cobre. O trabalho teve por objetivo determinar a melhor forma de aplica o do óleo essencial de eucalipto na forma o de mudas de Eucalyptus grandis micorrizadas e sua influência no estabelecimento dessas mudas em solo contaminado por cobre. Utilizou-se o fungo ectomicorrízico (fECM) Pisolithus microcarpus. As formas de aplica o do óleo essencial foram avaliadas em casa de vegeta o, por meio de seis tratamentos. Posteriormente, as mudas foram transplantadas e avaliadas em solo contaminado por cobre, em condi es de casa de vegeta o e campo. Determinou-se altura, diametro, massa fresca e seca da parte aérea e raízes, teor de cobre na planta, coloniza o micorrízica e sobrevivência no campo. O óleo essencial de E. grandis favorece o crescimento de mudas de eucalipto micorrizadas, principalmente quando aplicado diretamente no substrato. A aplica o do óleo essencial aumenta a coloniza o micorrízica, favorecendo o crescimento e a sobrevivência das mudas em condi es de casa de vegeta o e campo.doi: 10.4336/2011.pfb.31.67.245
Crescimento de mudas de Eucalyptus grandis em diferentes tamanhos de tubetes e fertiliza o N-P-K  [cached]
Gomes José Mauro,Couto Laércio,Leite Helio Garcia,Xavier Aloisio
Revista árvore , 2003,
Abstract: O experimento foi instalado com o objetivo de estudar o crescimento de mudas de Eucalyptus grandis produzidas em diferentes tamanhos de tubetes e fertiliza o N-P-K. O substrato utilizado foi uma mistura de 80% de composto organico (CO) e de 20% de moinha de carv o (MC), adubados com a presen a e ausência dos elementos N, P e K. Como embalagens foram utilizados quatro tamanhos de tubetes de plástico rígido, com volumes de 50, 110, 200 e 280 cm3. Os volumes dos tubetes devem ser considerados para produ o de mudas de Eucalyptus grandis. Apesar de os melhores crescimentos terem sido obtidos nos maiores tubetes, estes n o devem ser utilizados, uma vez que as alturas das mudas est o acima das tecnicamente ótimas para o plantio, além de o custo de produ o ser onerado. Aos 60 dias de idade as mudas ainda est o pequenas e bastante tenras, sem o endurecimento adequado para o plantio no campo. Aos 120 dias após a semeadura a restri o ao crescimento das raízes e da altura das mudas é afetada, mesmo nos tubetes de maiores volumes, n o sendo essa a idade indicada. O tubete de 110 cm3 de volume deve ser considerado para mudas com 90 dias de idade.
INFLUêNCIA DO VERMICOMPOSTO NA PRODU O DE MUDAS DE Eucalyptus grandis Hill ex Maiden
Mauro Valdir Schumacher,Marcos Vinicius Winckler Caldeira,Elda Raquel Vargas de Oliveira,Edson Luís Piroli
Ciência Florestal , 2001,
Abstract: Considerando a expressiva área de florestas plantadas com espécies do gênero Eucalyptus e o uso dessa madeira para múltiplos propósitos, sua cultura é de grande importancia econ mica para o Brasil. O uso de substratos com boas características físico-químicas constituem importante fator para a qualidade das mudas produzidas. Neste sentido, o objetivo do trabalho foi avaliar o desenvolvimento de diferentes doses de vermicomposto em tubetes com capacidade de receber aproximadamente 50 cm3 de substrato. O estudo foi conduzido em casa de vegeta o com Eucalyptus grandis, no período de janeiro a abril de 1997. O substrato utilizado para produ o das mudas foi o solo coletado no horizonte A (0-20 cm) da Unidade de Mapeamento S o Pedro (Argissolo Vermelho-Amarelo) acrescido de diferentes doses de vermicomposto (0; 5,0; 10,0; 15,0 e 20,0 cm3 por tubete). O vermicomposto utilizado foi proveniente de produ o de minhocas vermelhas da Califórnia (Eisenia foetida Savigny) valendo-se de esterco de bovino. Após 100 dias de desenvolvimento, observou-se que as mudas de Eucalyptus grandis responderam de maneira distinta às doses aplicadas, n o suportando misturas acima 15,0 cm3 (30%) de vermicomposto por tubete.
Influência da idade da muda de Eucalyptus grandis no desenvolvimento da lagarta-rosca Nomophila sp.
Zanuncio José Cola,Sossai Marcos Franklin,Zanuncio Teresinha Vinha,Teixeira César Augusto Domingues
Pesquisa Agropecuária Brasileira , 2001,
Abstract: O objetivo deste trabalho foi estudar a influência da idade das mudas de Eucalyptus grandis (Myrtaceae) no desenvolvimento da lagarta-rosca Nomophila sp. (Lepidoptera: Pyralidae). Esse inseto foi alimentado em laboratório (24±2°C, 80±15% de UR e fotofase de 12 horas) com folhas de eucalipto com 20-30 dias ou com 50-60 dias de idade. Os parametros observados foram: número, dura o e caracteriza o dos estádios, largura da cápsula cefálica, comprimento do corpo, dura o da fase larval, rela o entre número de estádios e o sexo, viabilidade e comportamento das lagartas de Nomophila sp. Esse inseto mostrou melhor desenvolvimento em todos os parametros observados, em mudas de eucalipto com 20-30 dias do que em mudas com 50-60 dias de idade, quando o caule está mais enrijecido. Isto refor a a necessidade de se realizar uma aduba o balanceada nas mudas de E. grandis, como forma de acelerar seu desenvolvimento, e torná-las morfologicamente menos favoráveis ao desenvolvimento das lagartas de Nomophila sp.
INFLUêNCIA DA CAMADA DE IMPEDIMENTO NO SOLO SOBRE O CRESCIMENTO DE Eucalyptus grandis (Hill) ex Maiden*
César Augusto Guimar?es Finger,Mauro Valdir Schumacher,Paulo Renato Schneider,Juarez Martins Hoppe
Ciência Florestal , 1996,
Abstract: O objetivo deste trabalho foi avaliar a influência da camada de impedimento no solo, sobre a sobrevivência e o crescimento em diametro a altura do peito e altura de plantas de Eucalyptus grandis (Hill) ex. Maiden. Os tratamentos de preparo do solo foram solo subsolado (T1) e n o subsolado (T2). Após 12, 24, 36 e 43 meses do plantio, os resultados indicaram haver uma diferen a positiva, em todas as variáveis medidas, em prol das mudas plantadas em área subsolada, embora, estatisticamente, n o tenha havido diferen a significativa entre os tratamentos.
Use of vermicompost as a substrate for the production of Eucalyptus grandis and Corymbia citriodora seedlings Utiliza o de vermicomposto como substrato na produ o de mudas de Eucalyptus grandis e Corymbia citriodora
Gerusa Pauli Kist Steffen,Zaida Inês Antoniolli,Ricardo Bemfica Steffen,Gustavo Schiedeck
Pesquisa Florestal Brasileira , 2011, DOI: 10.4336/2012.pfb.66.75
Abstract: The aim of this work was to evaluate the vermicompost efficiency in the seedlings of two eucalyptus species production. The experiment was developed in greenhouse conditions, substrate constituted by different vermicompost proportions and peat for the E. grandis and C. citriodora seedling production. The experimental design was entirely casualized with seven treatments and eight repetitions. After 100 days of experiment were evaluated: seedling height, fresh and dry biomass of aerial part, root volume, dry biomass of the root and Dickson quality index (DQI). The treatment constituted by 80% vermicompost and 20% peat presented the highest results in height, root volume and dry mass of the aerial part and roots. For the species C. citriodora was observed that the vermicompost addition to the peat in the proportions from 40% to 80% was shown efficient in the seedlings growth. The treatment constituted by 80% vermicompost and 20% peat provided highest height and dry mass of the aerial part seedlings and the treatment constituted by 60% vermicompost and 40% peat provided highest root volume. The proportions 60% and 80% vermicompost added to the peat increase the E. grandis and C. citriodora seedlings production. doi: 10.4336/2011.pfb.31.66.75 Avaliou-se a eficiência do vermicomposto na produ o de mudas de duas espécies de eucalipto. O experimento foi conduzido em casa de vegeta o, utilizando-se substratos constituídos por diferentes propor es de vermicomposto e turfa para a produ o de mudas de E. grandis e C. citriodora. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com sete tratamentos e oito repeti es. Decorridos 100 dias após sua implanta o, avaliaram-se os parametros: altura da planta, biomassa da parte aérea fresca e seca, volume radicular, biomassa das raízes secas e o índice de qualidade de Dickson (IQD). O tratamento constituído por 80% de vermicomposto apresentou os melhores resultados nos parametros altura das mudas, volume radicular e biomassa seca da parte aérea e de raízes. Para a espécie C. citriodora, a adi o de vermicomposto à turfa nas propor es de 40% a 80% mostrou-se eficiente no crescimento das mudas, sendo que a primeira propor o proporcionou maior altura e massa seca da parte aérea das mudas, e a segunda, maior volume radicular. As propor es 60% e 80% de vermicomposto adicionadas à turfa favorecem a produ o de mudas de E. grandis e C. citriodora. doi: 10.4336/2011.pfb.31.66.75
Eficiência das minicepas e microcepas na produ o de propágulos de clones de Eucalyptus grandis  [cached]
Titon Miranda,Xavier Aloisio,Reis Geraldo Gon?alves dos,Otoni Wagner Campos
Revista árvore , 2003,
Abstract: No presente estudo objetivou-se avaliar a eficiência dos jardins clonais nas técnicas de microestaquia e miniestaquia de quatro clones de Eucalyptus grandis, quanto a sobrevivência, vigor e capacidade produtiva das microcepas e minicepas em coletas sucessivas de microestacas e miniestacas. As microcepas utilizadas foram oriundas de mudas rejuvenescidas por micropropaga o, mediante subcultivos in vitro, e as minicepas, de miniestacas oriundas de plantas propagadas pelo método da estaquia convencional (macroestaquia). As minicepas e as microcepas apresentaram desempenho similar, tendo sido observado, para ambas, elevada taxa de sobrevivência, vigor e capacidade produtiva de material para propaga o vegetativa.
Dinamica do enraizamento de microestacas e miniestacas de clones de Eucalyptus grandis  [cached]
Titon Miranda,Xavier Aloisio,Otoni Wagner Campos
Revista árvore , 2002,
Abstract: O presente estudo teve por objetivo avaliar a dinamica de enraizamento de microestacas e miniestacas, mediante o acompanhamento da emiss o e do desenvolvimento de raízes de quatro clones de Eucalyptus grandis. Foram utilizadas microestacas provenientes de brota es coletadas em plantas rejuvenescidas por micropropaga o e miniestacas oriundas de brota es coletadas de miniestacas enraizadas originadas de mudas propagadas pelo processo de estaquia convencional. Os resultados indicaram a maior habilidade de enraizamento das microestacas em rela o às miniestacas, evidenciada através do número de raízes/estaca, comprimento total de raiz/estaca, comprimento da maior raiz/estaca, comprimento médio de raízes/estaca e peso de matéria seca de raízes.
Parametros morfológicos na avalia o de qualidade de mudas de Eucalyptus grandis
Gomes José Mauro,Couto Laércio,Leite Helio Garcia,Xavier Aloísio
Revista árvore , 2002,
Abstract: Este experimento foi instalado com o objetivo de estudar os parametros morfológicos nas avalia es da qualidade de mudas de Eucalyptus grandis produzidas em diferentes tamanhos de tubetes. O substrato utilizado foi uma mistura de 80% de composto organico (CO) e de 20% de moinha de carv o (MC), adubados com a presen a e ausência dos elementos N, P e K. Como embalagens foram utilizados quatro tamanhos de tubetes de plástico rígido, com volumes de 50, 110, 200 e 280 cm3. A ado o da altura e da rela o altura/peso de matéria seca da parte aérea deve ser considerada, por terem sido estes os parametros que apresentaram boa contribui o relativa à qualidade das mudas, sem contudo ser um processo destrutivo. A ado o somente da altura para estimar a qualidade de mudas, aos 90 dias de idade no tubete de 110 cm3 de volume, poderá ser utilizada por apresentar boa contribui o relativa e por ser um parametro de fácil determina o e n o ser um método destrutivo, além de sua medi o ser muito fácil.
Stimulatory effect of eucalyptus essential oil on the germination and early growth of Eucalyptus grandis seedlings Efeito estimulante do óleo essencial de eucalipto na germina o e crescimento inicial de mudas de Eucalyptus grandis
Ricardo Bemfica Steffen,Zaida Inês Antoniolli,Gerusa Pauli Kist Steffen
Pesquisa Florestal Brasileira , 2010, DOI: 10.4336/2012.pfb.63.199
Abstract: The use of essential oil and extracts from plants is becoming an efficient alternative in the biostimulation on growth and protection of plants. The aim of this work was to evaluate the use of leaf essential oil of Eucalyptus grandis on the germination and the development of Eucalyptus grandis seedlings in nursery conditions. The eucalyptus seeds were exposed to the concentrations of 0, 10, 25, 50, 75 and 100 μL L-1 of the essential oil in controlled conditions. The eucalyptus seedlings were sprayed with 0, 20, 30, 40, 50 and 60 μL L-1 of the essential oil per plant, at intervals of seven days. The effect of this application on the seedling development were analyzed after 30 and 60 days. The results show that the germination was significantly higher when the seeds were exposed to 25 μL L-1 of the essential oil. The application of essential oil in the concentration of 30 and 40 μL L-1 provided higher growth of the aerial part and of the roots in greenhouse conditions, being an effective alternative to biostimulation the vegetative growth of eucalyptus seedlings. doi: 10.4336/2010.pfb.30.63.199 A utiliza o de extratos e óleos essenciais de plantas vem sendo uma alternativa eficiente no bioestímulo do crescimento e prote o vegetal. O trabalho teve por objetivo avaliar a utiliza o do óleo essencial extraído de folhas de Eucalyptus grandis sobre a germina o e o desenvolvimento inicial de mudas de eucalipto em condi es controladas, em casa de vegeta o. Sementes de eucalipto foram incubadas em concentra es de 0, 10, 25, 50, 75 e 100 μL L-1 do óleo essencial em ambiente controlado. Posteriormente, pulverizou-se plantulas de eucalipto com 0, 20, 30, 40, 50 e 60 μL L-1 do óleo essencial por planta, em intervalos de sete dias. Avaliou-se o efeito do óleo sobre o desenvolvimento vegetal aos 30 e 60 dias após o transplante. Os resultados evidenciam que a germina o foi significativamente maior quando as sementes foram tratadas com 25 μL L-1 do óleo essencial. A aplica o do óleo essencial nas concentra es de 30 e 40 μL L-1 proporcionou maior crescimento das raízes e da parte aérea das mudas de eucalipto em ambiente controlado, sendo uma alternativa eficiente na bioestimula o do crescimento vegetativo de mudas de eucalipto. doi: 10.4336/2010.pfb.30.63.199
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.