oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Produ o, caracteriza o nutricional e fermentativa de silagens de sorgo forrageiro e sorgo duplo propósito = Production, fermentation and nutritional characteristics of forage and double purpose sorghum silages
Fernando Reimann Skonieski,José Laerte Nornberg,Eduardo Bohrer de Azevedo,Diego Bitencourt de David
Acta Scientiarum : Animal Sciences , 2010,
Abstract: Objetivou-se com o trabalho avaliar a produtividade de cinco híbridos de sorgo forrageiro e cinco híbridos de sorgo duplo propósito, bem como caracterizar os parametros fermentativos e nutricionais das silagens confeccionadas a partir desses materiais. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso, com três repeti es portratamento. Os resultados foram submetidos à análise de variancia e as médias dos híbridos, submetidas ao estudo de contrastes ortogonais, sorgo forrageiro “versus” sorgo duplo propósito. Todos os híbridos apresentam condi es de ensilagem por meio da avalia o dos parametros fermentativos. As silagens elaboradas a partir de sorgoforrageiro apresentam menor teor de MS (33,01%) e pH (3,86), contra 38,32% de MS e 3,97 de pH das silagens de sorgo duplo propósito. Silagens de sorgo forrageiro e sorgo duplo propósito apresentam valor nutricional semelhantes, porém, as silagens de sorgo duplo propósito apresentam maior teor de CEL (25,30%) e K (1,16%). Os híbridos desorgo forrageiro produziram em média 17.527 kg ha-1 de MS, superior à produtividade média dos híbridos de sorgo duplo propósito de 13.006 kg ha-1 de MS. This work was set out to evaluate productivity, nutritional and fermentation characteristics of different sorghum cultivar silages. The experimental design was randomized blocks with three replications. The results were submitted to ANOVA and mean values of each cultivar were used for an orthogonal contrasts study (forage sorghum vs. double purpose sorghum silages). Results of fermentative characteristics showed that all cultivars presented potential forensilage. Double purpose sorghum silages showed higher (p < 0.05) dry matter content (38.32%) when compared to forage sorghum silage (33.01%), as well as for pH values. Likewise, double purpose sorghum silages showed significant, increased levels of CEL (25.30%) and K (1.16%). Forage sorghum cultivars showed higher (p < 0.05) productivity (17527 kg ha-1 of dry matter) when compared to double purpose sorghum productivity (13006 kg ha-1 of dry matter).
EFEITOS GêNICOS, HETEROSE E DEPRESS O ENDOG MICA EM CARACTERES DE SORGO FORRAGEIRO  [cached]
SCAPIM CARLOS ALBERTO,RODRIGUES JOSé AVELINO SANTOS,CRUZ COSME DAMI?O,CECON PAULO ROBERTO
Bragantia , 1998,
Abstract: Dois cruzamentos envolvendo três linhagens de sorgo (Sorghum bicolor L. Moench): BR 007A x BR 501R e BR 008A x BR 501R originaram dois híbridos forrageiros: BR 601 e BR 602. Estes, em conjunto com suas gera es avan adas por autofecunda o F2 e F3, constituindo nove genótipos, foram avaliados em duas épocas de plantio (normal e sucess o), em diversos caracteres de rendimento e qualidade da forragem, obtendo-se as estimativas dos efeitos gênicos, heterose média, heterobeltiose e depress o endogamica nas gera es F2 e F3. Os resultados permitiram as seguintes conclus es: (a) no plantio em sucess o, comparativamente ao normal, os híbridos forrageiros apresentaram menor altura de planta, florescimento precoce, redu o na matéria verde e no rendimento da massa seca e maior porcentagem protéica, além de maior propor o do colmo e menor de panícula; (b) para os dois híbridos forrageiros, as estimativas da heterose foram positivas para rendimento de massa seca e negativas para proteína, nas duas épocas de plantio; (c) n o houve, em geral, depress o endogamica, com exce o da altera o do rendimento de gr os, na gera o F2 do híbrido BR 602, no plantio normal, inviabilizando a utiliza o comercial das sementes F2's; (d) os efeitos aditivos predominaram para a maioria dos caracteres, no cruzamento forrageiro BR 007A x BR 501R, ao passo que os efeitos aditivos e dominantes foram igualmente importantes para a determina o dos caracteres de rendimento, para o cruzamento forrageiro BR 008A x BR 501R; (e) os desvios de dominancia explicaram as heteroses significativas de vários caracteres.
época de semeadura do sorgo forrageiro em duas localidades do estado de Minas Gerais
Carlos Juliano Brant Albuquerque,Marcelo Cruz Mendes
Pesquisa Aplicada & Agrotecnologia , 2011, DOI: 10.5777/1449
Abstract: Objetivou-se com a realiza o deste trabalho avaliar o efeito da época de semeadura de cultivares de sorgo forrageiro em duas localidades do Estado de Minas Gerais na severidade do Colletotrichum graminicola bem como produtividade de matéria seca da forragem. Os experimentos foram conduzidos sob o delineamento experimental de blocos casualizados em esquema fatorial 5 x 5 x 2, com quatro repeti es, sendo cinco cultivares, cinco épocas de semeadura e duas localidades. As primeiras semeaduras foram realizadas no início da segunda quinzena de outubro, a segunda, a terceira, a quarta e a quinta foram aos 15, 30, 45 e 60 dias após a primeira. As cultivares SHS500 e Volumax apresentam maior tolerancia a antracnose independente dos municípios de Francisco Sá, e Jaíba, MG. O atraso na época de semeadura aumenta a severidade da antracnose do sorgo, em fun o da cultivar e local. A produtividade de matéria seca do sorgo forrageiro é afetada pela época de semeadura e municípios de Francisco Sá, MG e Jaíba, MG.
Potencial forrageiro de híbridos de sorgo com capim-sud o
Tomich T.R.,Rodrigues J.A.S.,Tomich R.G.P.,Gon?alves L.C.
Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia , 2004,
Abstract: Avaliou-se o comportamento forrageiro de 23 genótipos experimentais e dois cultivares controle (AG2501C e BRS800) de híbridos de sorgo (Sorghum bicolor cv. Bicolor) com capim-sud o (Sorghum bicolor cv. Sudanense), utilizados em regime de corte. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso com três repeti es por tratamento e a compara o das médias foi feita pelo teste de Scott-Knott. A produ o de matéria verde colhida 57 dias após o plantio variou de 24,8 a 37,8 t/ha, e a produ o de matéria seca de 3,5 a 5,8 t/ha, mas n o houve diferen a significativa entre híbridos. Houve grande varia o quanto à rela o folha/colmo, com diferen a significativa entre os híbridos. A altura das plantas apresentou varia es (P<0,05) entre híbridos e foi positivamente correlacionada (P<0,01) com as características de produ o. A produtividade observada revela o potencial dos híbridos de sorgo com capim-sud o como alternativa para a produ o de forragem. A diferen a na rela o colmo/folha pode servir como critério de sele o dos genótipos.
PRODU O E COMPOSI O BROMATOLóGICA DE QUATRO HIBRíDOS DE SORGO FORRAGEIRO [Sorghum bicolor (L.) Moench] SUBMETIDOS A TRêS DOSES DE NITROGêNIO  [cached]
Osvaldo Rodrigues Filho,Aldi Fernandes de Souza Fran?a,Regis de Paula Oliveira,Euclides Reuter de Oliveira
Ciência Animal Brasileira , 2006,
Abstract: Este trabalho teve como objetivo avaliar o potencial produtivo e a composi o bromatológica de quatro híbridos de sorgo forrageiro. O experimento foi desenvolvido na Escola de Veterinária/UFG, em um delineamento experimental inteiramente casualizado em esquema fatorial 4x3 (quatro híbridos x três doses de nitrogênio 50, 75 e 100kgN/ha), cuja análise foi realizada através do programa estatístico Sisvar (FERREIRA, 2000), empregando-se o teste de Tukey em nível de 5% de probabilidade para compara o entre as médias. A produ o de MN e a percentagem de MS diferiram (P<0,05) entre os híbridos, com médias de 59,31% t/ha e 26,72%, respectivamente. Apenas os teores de MS diferiram em fun o das doses de nitrogênio aplicadas. Os teores de PB, FDN, FDA e NDT diferiram (P<0,05) para todos os híbridos, com médias de 6,73%; 47,26%; 38,52% e 64,25%, respectivamente. Quantos às doses de nitrogênio, os teores de PB apresentaram diferen a para os híbridos CMSXS 762 e BR 700, com médias de 7,77% e 7,32%. Também houve diferen a (P<0,05) para FDA e NDT, com médiasde 38,52% e 64,76%. Em rela o aos minerais, a concentra o de Ca diferiu apenas para o híbrido BR 700, enquanto para P houve diferen as nos híbridos BRS 610 e BR 506. Quanto aos micronutrientes, constatou-se diferen a (P<0,05)para Zn e Mn entre todos os híbridos, enquanto para o Cu,apenas no híbrido BRS 610. O híbrido BR 506 apresentou melhor potencial produtivo, embora apresentando menor valor protéico. Os híbridos atendem às exigências nutricionais dos bovinos, exceto no que diz respeito a Zn e PB para o BR 506. PALAVRAS-CHAVE: Aduba o nitrogenada, composi o, produ o, sorgo forrageiro.
Physical characterization of soil and operational performance of agricultural machines in the deployment of forage sorghum Caracteriza o física do solo e desempenho operacional de máquinas agrícolas na implanta o da cultura do sorgo forrageiro  [cached]
José Guilherme Lan?a Rodrigues,Jairo Costa Fernandes,Flávia Meinicke Nascimento,Carlos Antonio Gamero
Semina : Ciências Agrárias , 2011,
Abstract: Forage sorghum can be grown in areas presenting dry and hot environmental situations where the yield of other grasses can often be uneconomical. The objective of this study was to analyze the operating performance of agricultural machines in the deployment of sorghum forage in four tillage systems, as follows: no-tillage system, disk harrow + seeding, disk harrow + two light disking + seeding, minimum tillage + seeding and four seeding different speeds, as follows: 3, 5, 6 and 9 km h-1. The study was performed under field conditions in FCA / UNESP, Botucatu County, SP, Brazil. The data were subjected to variance analysis in a simple factorial 4 x 4, and a random block design with split plots. Operational performance of the agricultural machinery, physical characteristics the soil, its water content and the yield of dry matter and green sorghum were determined. The operational performance of agricultural machines in the deployment of sorghum forage is influenced by the sowing speed and the soil tillage system used. Chisel plow was the equipment that required the highest mean traction force, mean traction and slip, as well as the lowest mean speed for the studied tillage system. Forage sorghum showed higher yields in no-tillage systems at a seeding speed of 5 km h-1. O sorgo forrageiro pode ser cultivado em áreas e situa es ambientais secas e quentes, onde a produtividade de outras forrageiras pode ser normalmente antiecon mica. O objetivo do trabalho foi analisar o desempenho operacional de máquinas agrícolas na implanta o da cultura do sorgo forrageiro em quatro sistemas de preparo do solo: semeadura direta; gradagem pesada + semeadura; gradagem pesada + duas gradagens leves + semeadura; cultivo reduzido + semeadura e quatro velocidades de semeadura: 3, 5, 6 e 9 km h-1. O experimento foi instalado em condi es de campo, na FCA/UNESP, Campus de Botucatu - SP. Os dados obtidos foram submetidos à análise de variancia em esquema fatorial simples, 4 x 4, sendo o delineamento experimental em blocos ao acaso com parcelas subdivididas. Foram estudados o desempenho operacional das máquinas agrícolas, as características físicas do solo, o teor de água e a produtividade de massa seca e verde do sorgo. Concluiu-se que o desempenho operacional de máquinas agrícolas na implanta o da cultura do sorgo forrageiro é influenciado pela velocidade de semeadura e pelo sistema de preparo do solo. O escarificador foi o equipamento que exigiu do trator a maior for a média de tra o, potência média de tra o, patinagem e apresentou a menor velocidade média de trabalho para os
AVALIA O DOS ESTáGIOS FENOLóGICOS DE CULTIVARES DE SORGO FORRAGEIRO EM DIFERENTES éPOCAS DE SEMEADURA EVALUATION OF PHENOLOGICAL STAGES OF FORAGE SORGHUM CULTIVARS IN DIFFERENT SOWING TIMES
Alessandro Guerra da Silva,Valterley Soares Rocha
Pesquisa Agropecuária Tropical , 2007, DOI: 10.5216/pat.v36i2.2147
Abstract: A fim de obter informa es sobre o comportamento do sorgo forrageiro em diferentes épocas de semeadura, efetuou-se um grupo de ensaios no campo experimental do Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Vi osa, durante o ano agrícola 1999/2000. Oito ensaios foram conduzidos, sendo iniciados na primeira quinzena do mês de outubro de 1999 até maio de 2000. O delineamento experimental utilizado, em cada ensaio, foi o de blocos casualizados com quatro repeti es. As cultivares de sorgo usadas foram: AG 2002, BR 501, BR 506, BR 601, BR 602 e BR 700 (forrageiros), AG 2005E e Massa 03 (duplo propósito) e AG 2501C e BRS 800 (corte e pastejo). Os estágios fenológicos (diferencia o floral, florescimento e matura o) de cada cultivar foram avaliados em cada época de semeadura. Os resultados obtidos permitiram concluir que as cultivares AG 2002, BR 501, BR 601, BR 602 e BR 700 apresentaram sensibilidade ao fotoperíodo, enquanto AG 2005E, AG 2501C, BR 506, BRS 800 e Massa 03 foram insensíveis. O decréscimo da temperatura ocasionou o atraso do desenvolvimento fenológico de todos os cultivares e a eleva o antecipou o ciclo das cultivares. PALAVRAS-CHAVE: Sorghum bicolor; fotoperíodo; cultivar; forragem; temperatura. To obtain information about the behavior of forage sorghum in different sowing times, a group of trials was set up in the experimental field of the Department of Plant Science, Universidade Federal de Vi osa, Minas Gerais State, Brazil during the 1999/2000 growing season. Eight experiments were used, starting in the first fortnight of October 1999 through May 2000. Each experiment was arranged in randomized blocks with four replications. The sorghum cultivars used were: AG 2002, BR 501, BR 506, BR 601, BR 602 and BR 700 (forage), AG 2005E and Massa 03 (dual purpose) and AG 2501C and BR 800 (cutting and grazing). The phenological stages (floral differentiation, flowering and maturation) for each cultivar were evaluated for each sowing time. It was concluded that the cultivars AG 2002, BR 501, BR 601, BR 602, and BR 700 were sensitive to photoperiod, while AG 2005E, AG 2501C, BR 506, BRS 800, and Massa 03 were insensitive. The temperature decrease caused a delay in the phenological development for all cultivars, while the increaseadvanced the cycle. KEY-WORDS: Sorghum bicolor; photoperiod; cultivar; forage; temperature.
CHEMICAL COMPOSITION OF FOUR FORAGE SORGHUM HYBRIDS UNDER COMPOSI O BROMATOLóGICA DE QUATRO HíBRIDOS DE SORGO FORRAGEIRO SOB DOSES DE NITROGêNIO  [cached]
Régis De Paula Oliveira,Aldi Fernandes de Souza Fran?a,Alzira Gabriela Da Silva,Eliane Sayuri Miyagi
Ciência Animal Brasileira , 2009,
Abstract: The chemical composition of four forage sorghum hybrids was evaluated under three doses of nitrogen (N). The experimental design was in randomized blocks in a 4x3 factorial scheme with four repetitions. Dry matter (DM), crude protein (CP), soluble carbohydrates (SCs), neutral detergent fiber (NDF), acid detergent fiber (ADF), hemicellulose (Hem) and lignin (Lig) were determinate through Spectrophotometry of Reflectance in Proximal Infrared. The dates were analysed for SISVAR 4.6 program comparing average by Tukey test 5% probability. The DM contents differed (P<0.05) between N doses and varieties in the first cut (21.1% to 28.7%). The PB tenors (6.4% and 7.5%) and lignin (Lig) didn’t differed (P>0.05) among varieties and N doses, both cuts. The SCs ranged between doses in the first cut and the varieties in the second cut (13.7%). The ADF and NDF tenors didn’t differed (P>0.05) in N doses in both cut, however the varieties showed difference. The Hem differed between varieties and N doses. The hybrids evaluated presented adequate chemical compositions regarding the process of ensilaging. KEY WORDS: Crude protein, nitrogen fertilization, fibers, Shorgum bicolor and soluble carbohydrates. Avaliou-se a composi o bromatológica de quatro híbridos de sorgo forrageiro sob doses de nitrogênio (N). Utilizou-se o delineamento de blocos casualizados em esquema fatorial 4 x 3, com quatro repeti es. Foram determinados os teores de matéria seca (MS), proteína bruta (PB), carboidratos solúveis (CHOs), fibra em detergente neutro (FDN), fibra em detergente ácido (FDA), hemicelulose (Hem) e lignina (Lig), de acordo com a técnica da espectrofotometria de refletancia no infravermelho proximal. Analisaram-se os dados pelo programa SISVAR 4.6, testando-se os fatores pelo teste Tukey a 5% de probabilidade. Os valores de MS diferiram (P<0,05) em fun o das doses de N e entre os híbridos avaliados no primeiro corte (21,1% a 28,7%). Os teores de PB (6,4% e 7,5%) e Lig n o diferiram (P>0,05) entre os híbridos e doses de N, em ambos os cortes. Os CHOs apresentaram varia o entre as doses no primeiro corte e entre os híbridos no segundo corte (13,7%). Os teores de FDN e FDA n o diferiram (P>0,05) em fun o das doses de N em ambos os cortes, entretanto houve diferen a entre os híbridos. A Hem diferiu entre os híbridos e as doses de N. Os híbridos avaliados apresentaram boas composi es bromatológicas, para o processo de ensilagem. PALAVRAS-CHAVES: Aduba o nitrogenada, carboidratos solúveis, fibras, proteína bruta e Shorgum bicolor.
Storage of sorghum seeds harvested with different moisture levels / Armazenamento de sementes de sorgo submetidas a diferentes graus de umidade de colheita  [cached]
Glaucia de Fátima Moreira Vieira e Souza,Carlos Machado dos Santos,Denise Garcia de Santana,Adílio de Sá Júnior
Semina : Ciências Agrárias , 2009,
Abstract: The aim of this research work was to study the effect of storage in a climatized environment on the physiologic quality of hybrid of sorghum seeds harvested with different moisture contents and submitted to storage, in Uberlandia-MG. The seeds used were collected in a commercial seed production field of Monsanto Brasil Ltd., in the cropping season 2002/2003. The samples were placed in multi-layer paper bags, stored in a climatized warehouse at the processing unit of Monsanto Brasil Ltd. The experimental design was randomized blocks with split plots on time. The experiment had seed samples harvested with four moisture contents (20%, 18%, 14% and 11%) and four storage times (beginning of storage, 10, 22 and 28 months). The changes on seed physiologic quality were evaluated by germination test (normal or abnormal seedlings), cold test (vigour). Also, the moisture content of the seeds was analyzed during storage. From the results, it can be concluded that: a) as harvest proceeded with greater moisture contents, the physiologic quality of these seeds decreased; b) seed physiologic quality decreased significantly; however, the germination percentage remained within the commercialization standard until 28 months. Sementes híbridas de sorgo foram colhidas com diferentes graus de umidade e armazenadas em ambiente climatizado por 28 meses, em Uberlandia-MG. Utilizaram-se sementes obtidas de um experimento conduzido em campo de produ o comercial da Monsanto do Brasil Ltda., safra 2002/2003. As amostras das parcelas foram acondicionadas em sacos de papel multifoliados e armazenadas em armazém climatizado (temperatura de 10oC e umidade relativa de 50%) na unidade de beneficiamento da Monsanto do Brasil Ltda. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados com parcelas subdivididas no tempo. Na parcela os tratamentos constituíram-se por amostras de sementes colhidas com quatro graus de umidade (20%, 18%, 14% e 11%), e nas subparcelas avaliou-se quatro tempos de armazenamento (início, 10, 22 e 28 meses). Estudou-se a umidade das sementes durante o armazenamento e as altera es na qualidade fisiológica das sementes, utilizando-se os testes de germina o e de frio. Concluiu-se que: a) o grau de umidade das sementes de sorgo aumentou com o do tempo de armazenamento; b) a qualidade fisiológica das sementes reduziu com o aumento da umidade programada para colheita e do tempo de armazenamento, porém, a porcentagem de germina o se manteve dentro dos padr es para comercializa o até aos 28 meses.
Crescimento micelial in vitro de cinco linhagens de Agaricus bisporus submetidas a diferentes condi es de temperatura = In vitro mycelium growth of five Agaricus bisporus strains submitted to different temperature conditions
Meire Cristina Nogueira de Andrade,Jo?o Lucas Chavari,Marli Teixeira de Almeida Minhon,Diego Cunha Zied
Acta Scientiarum : Agronomy , 2010,
Abstract: Avaliou-se o crescimento micelial in vitro das linhagens ABI-05/03, ABI-06/04, ABI-04/02, ABI-06/05 e ABI-01/01 de Agaricus bisporus em meios de cultura sólidos à base de composto. As avalia es foram realizadas por meio de medi es de quatro diametros das col nias, a cada 48h, durante 12 dias de incuba o, no escuro, a 20 e 25oC. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados, com uso do teste de Tukey para a compara o das médias. Com base nos resultados obtidos, verificou-se que: o crescimento micelial de A. bisporus é influenciado pela temperatura de incuba o; a temperatura de 25°C foi mais favorável para o crescimento micelial de todas as linhagens de A. bisporus; na temperatura de 20°C, o melhor crescimento foi obtido com as linhagens ABI-06/05 e ABI-01/01; na temperatura de 25°C, a linhagem ABI-01/01 apresentou crescimento significativamente maior que todas as demais. The in vitro mycelium growth of Agaricus bisporus strains ABI-05/03, ABI-06/04, ABI-04/02, ABI-06/05 and ABI-01/01 was evaluated in solidculture media made up of compost. Evaluations were performed by means of measurements of four diameters of the colonies, every 48 hours, during 12 days of incubation in darkness under 20 and 25oC. The experimental design consisted of randomized blocks, using the Tukey test to compare averages. Based on the obtained results, it was verified that: mycelium growth of A. bisporus is influenced by the temperature of incubation; the temperature of 25°C was more favorable to the mycelium growth of all A. bisporus strains; under the temperature of 20°C, the best growth was obtained with strainsABI-06/05 and ABI-01/01 and, under the temperature of 25°C, strain ABI-01/01 showed significantly higher growth than all other strains.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.