oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Catadores de materiais recicláveis: representa es sociais de coleta seletiva  [cached]
Daniele de Andrade Ferrazza,Fernanda Yamamoto,Ana Maria Rodrigues de Carvalho,Carlos Rodrigues Ladeia
Revista Ciência em Extens?o , 2010,
Abstract: Introdu o: A atividade de cata o de materiais recicláveis tornou-se uma disputada fonte de renda de grande contingente de trabalhadores colocados na informalidade e na miséria decorrente das profundas altera es políticas e econ micas ocorridas nestas últimas décadas. Neste contexto, procurando responder à quest o da marginaliza o social, da gera o de trabalho e renda e do resgate da cidadania desses trabalhadores, em meados de 2001, foi constituída em Assis uma cooperativa de catadores, apoiada pela Cáritas Diocesana e pela UNESP, por meio do Núcleo de Assessoria à Forma o e Desenvolvimento de Cooperativas Populares e pela Prefeitura Municipal. A Cooperativa em convênio com a Prefeitura está implantando a Coleta Seletiva Solidária, em 60% dos domicílios, uma alternativa para a melhoria das condi es de trabalho e de renda desses trabalhadores. Conseqüentemente, a quantidade de recicláveis disponíveis nas ruas ou para doa es aos catadores que trabalham individualmente, vem reduzindo acentuadamente. Preocupada, a Cooperativa vem convidando os catadores que ainda trabalham individualmente a integrarem o grupo da Coleta Seletiva. No entanto, sob alega es diversas, muitos n o têm aceitado. Tem sido possível observar que neste novo modo de trabalho coletivo, com várias regras presentes, como horário de trabalho fixo e rendimentos divididos igualmente, muitos catadores, consideram ter perdido sua autonomia de decidirem sobre seu trabalho e renda. Objetivos: Identificar as Representa es Sociais de Coleta Seletiva construídas pelos cooperados que ainda n o aderiram ao projeto e, paralelamente, desencadear a es que viabilizem novas ades es. Métodos: Esta pesquisa-a o, em andamento, vem ocorrendo em espa os formais de reuni es na Cooperativa com a participa o da Diretoria, cooperados e Assessoria. Preliminarmente, foram levantados dados em observa es diretas e contatos informais, pois os pesquisadores já estavam inseridos neste contexto. Tomando-se como referência a Teoria das Representa es Sociais, tem sido possível contribuir para a compreens o dos conhecimentos construídos no cotidiano, acerca da Coleta Seletiva. Resultados: Por meio da análise de conteúdo, os dados levantados até o momento apontam para: a resistência em trabalhar em grupo decorrente da pré-concep o individualista vigente, a compreens o de que, devido ao convênio com a Prefeitura, os cooperados se tornar o seus funcionários, a hipótese da Prefeitura n o cumprir o contrato e a cooperativa ter que acolher a todos de volta, a cren a de que Deus é provedor e n o os deixará sem renda.
A articula o entre trabalhadores, universidade e poder público na constitui o de um empreendimento econ mico solidário
Lucas Bittencourt Alves,Carlos André Coelho da Rocha,Carlos Rodrigues Ladeia,Ana Maria Rodrigues de Carvalho
Revista Ciência em Extens?o , 2010,
Abstract: Introdu o: A organiza o coletiva em empreendimentos econ micos solidários é uma alternativa de enfrentamento ao desemprego, gerado pela globaliza o e políticas neoliberais. Essa forma de organiza o, baseada em valores democráticos, cooperativos e solidários, estimula os trabalhadores a realizarem n o somente as atividades de trabalho, mas também a desenvolver opini es críticas e rela es éticas no empreendimento. A produ o de novas rela es sociais, orientadas pelo estímulo à participa o ativa e à valoriza o humana, conjuga-se com a capacidade de produ o e sustenta o do empreendimento, provendo o sustento dos trabalhadores. Objetivos: Este trabalho tem por objetivo relatar e refletir sobre a experiência de constitui o da Associa o Quataense de Catadores de Materiais Recicláveis - ASQUARE, em Quatá - SP, enfocando a articula o entre esses trabalhadores, a Incubadora de Cooperativas Populares da Unesp – Núcleo de Assis e o poder público local. Métodos: O processo de constitui o do empreendimento contou com a participa o direta da equipe da Incop Unesp, projeto apoiado pela Pró-Reitoria de Extens o – PROEX. As estratégias participativas adotadas baseiam-se nos princípios da Educa o Popular e na perspectiva da Psicologia Sócio-Histórica. Além dos encontros sistemáticos desenvolvidos com o grupo para a sua organiza o, a equipe prestou assessoria ao poder público local na implementa o de políticas públicas, visando à implanta o da coleta seletiva solidária com a inclus o de catadores. Outra participa o fundamental no processo foi a de representantes do Comitê Regional dos Catadores, compartilhando experiências e divulgando os princípios do Movimento Nacional de Catadores. Resultados: O trabalho desenvolvido surgiu da demanda apresentada à Incubadora, pelo CRAS – Centro de Referência de Assistência Social, visando à gera o de trabalho e renda aos catadores. A articula o entre as institui es referidas e os catadores resultou na implanta o da Coleta Seletiva Solidária em toda a área urbana e na constitui o e formaliza o da ASQUARE, gerando catorze postos de trabalhos. Além dos benefícios ambientais, possibilitou aos catadores melhores condi es de trabalho, pois passaram a ter acesso direto aos recicláveis, recolhidos nos domicílios, sem ter contato com o lixo. Com a infra-estrutura garantida pela Prefeitura, o grupo também passou a enfardar seus materiais, melhorando as comercializa es e a renda do grupo. Outro resultado importante refere-se à valoriza o que aqueles catadores vêm dando ao trabalho coletivo, sentindo-se mais fortalecid
Religiosidades em Machado de Assis  [cached]
Valdeci Rezende Borges
OPSIS : Revista do Departamento de História e Ciências Sociais , 2002,
Abstract: This Articlhe focuses on some forms and religious experiences in Machado de Assis works. / Este artigo focaliza algumas formas e experiências religiosas presentes na obra de Machado de Assis.
Machado de Assis adverte:
Couri, Celina Ramos;
Psicologia USP , 2000, DOI: 10.1590/S0103-65642000000200010
Abstract: the present essay analyses some prefaces by the great brazilian writer machado de assis. entitled "warning," it accomplishes the conventional function of presenting a literary piece in a peculiar way.
Machado de Assis adverte:  [cached]
Couri Celina Ramos
Psicologia USP , 2000,
Abstract: O presente ensaio estuda alguns prefácios do grande escritor brasileiro Machado de Assis, que, sob o título "Advertência," cumprem peculiarmente a fun o convencional de apresentar uma obra literária.
Raymundo Faoro leitor de Machado de Assis
Bosi, Alfredo;
Estudos Avan?ados , 2004, DOI: 10.1590/S0103-40142004000200022
Abstract: raymundo faoro's work, machado de assis: the pyramid and the trapeze, studied the relationship between the narrator's situations and characters and the mindset of the social classes and status groups in imperial brazil. the framework of his interpretation of machado de assis resembles the structure of his own masterpiece, os donos do poder, which was strongly influenced by max weber's thought. according to faoro, we find in the work of assis both guilds (the trapeze) and classes (the pyramid). in addition, the novelist distances himself in values and from the bourgeoisification of the elites in the second empire. this article also points to a universalizing dimension of classical "moralism", which faoro identifies as one of the pivots of assis' fictional perspective.
Assessoria: processo de trabalho do Servi o Social  [PDF]
Goerck, Caroline,Viccari, Eunice Maria
Textos & Contextos (Porto Alegre) , 2004,
Abstract: O presente trabalho está baseado numa sinopse de uma experiência vivenciada durante o estágio quatro, realizado no curso de Servi o Social. A experiência vivenciada resultou num Trabalho de Conclus o de Curso quando se descreveu e analisou a assessoria como uma das possibilidades de trabalho do Servi o Social junto às express es da quest o social. Neste trabalho, haverá um relato de uma das atividades de assessorias realizadas durante o estágio, a uma prefeitura municipal da regi o que desenvolve o Programa de Erradica o do Trabalho Infantil – PETI. A assessoria, na atualidade, pode ser utilizada como mais uma das formas de inser o do Servi o Social no mercado de trabalho. Esta experiência teórico-prática abre espa os para refletir a inser o do Assistente Social no processo de assessoria.
"The raven", by Machado de Assis "The raven", by Machado de Assis
Sérgio Luiz Prado Bellei
Ilha do Desterro , 2008,
Abstract: The Brazilian critic José Guilherme Merquior once claimed that Machado de Assis's translation of "The Raven" should not be considered inferior to the well known translation of the Portuguese poet Fernando Pessoa. 1 Unfortunately Merquior does not seem to find necessary to give reasons for this evaluation. And yet even the most cursory reading of the two translations will show that some sort of explanation is necessary because Machado and Pessoa are obviously doing something radically different with Poe's poem. Consider, for example, the two renderings of the first stanza in relation to Poe's original: The Brazilian critic José Guilherme Merquior once claimed that Machado de Assis's translation of "The Raven" should not be considered inferior to the well known translation of the Portuguese poet Fernando Pessoa. 1 Unfortunately Merquior does not seem to find necessary to give reasons for this evaluation. And yet even the most cursory reading of the two translations will show that some sort of explanation is necessary because Machado and Pessoa are obviously doing something radically different with Poe's poem. Consider, for example, the two renderings of the first stanza in relation to Poe's original:
Machado de Assis, o outsider estabelecido
Miskolci, Richard;
Sociologias , 2006, DOI: 10.1590/S1517-45222006000100013
Abstract: the article debates twenty distinct views on the role of intellectuals in brazilian society in the late 19th century after the controversy between machado de assis and silvio romero. the emphasis falls on the conditions of our thinkers among the absence of an autonomous intellectual field and especially machado de assis' view on intellectuals. we conclude with an analysis of his condition as an established outsider - a position that marked his criticism to "men of science" and his resistance to the hegemonic ideas of hi times.
Machado de assis's epilepsy
Guerreiro, Carlos A. M.;
Arquivos de Neuro-Psiquiatria , 1992, DOI: 10.1590/S0004-282X1992000300020
Abstract: machado de assis (1839-1908) is considered the most important brazilian writer and a great universal literary figure. little is know about his medical, personal and family history. he hid his ?disease? as much as possible. machado referred to ?strange things? having happened to him in his childhood. he described seizures as ?nervous phenomena?, ?absenses?, ?my illness?. laet observed a seizure and described it as: ?... when machado approached us and spoke to me in disconnected words. i looked at him in surprise and found his features altered. knowing that from time to time he had nervous problems,... and only permitted machado take the laranjeiras street car, when i saw that he was completely well?. a photographically documented seizure is shown. alencar wrote, ?the preoccupation with health was frequent: either he was having the consequences of a fit or was foreboding one?. it is clear that machado presented localized symptomatic epilepsy with complex partial seizures secondarily generalized of unknown etiology. the seizures which began in infancy or childhood had remission in adolescence and then recurred in his thirties and became more frequent in his later years. his depression got markedly worse with age. in our opinion, the greatest consequence of machado's epilepsy, was his psychological suffering due to the prejudice of the times. despite this machado showed all his genius, which is still actual and universal.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.