oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Uso de computador e ergonomia: um estudo sobre as escolas de ensino fundamental e médio de S o Paulo  [cached]
Rocha Lys Esther,Casarotto Raquel Aparecida,Sznelwar Laerte
Educa??o e Pesquisa , 2003,
Abstract: A utiliza o da informática como instrumento de ensino tem se disseminado na educa o. Este estudo teve como objetivo verificar como o computador está sendo usado em escolas da regi o metropolitana de S o Paulo, avaliando o grau de considera es sobre ergonomia na introdu o dessa ferramenta. A ergonomia compreende o conjunto de conhecimentos científicos visando o conforto, seguran a e eficácia dos produtos. Participaram 126 escolas, 37 delas do ensino fundamental, de 1a à 4a série, com 21.824 alunos; 49 escolas do ensino fundamental, de 5aà 8a série, com 29.851 alunos e 40 escolas do ensino médio com 31.516 alunos. A maioria das escolas informou utilizar o computador como ferramenta auxiliar das matérias curriculares a partir de 1995. O uso do computador predominou, no período de 5a à 8a série, nas escolas particulares; com um computador para cada 2 ou 3 alunos e com a dura o semanal das aulas de até 1h59min. Nas salas de informática instaladas nas escolas, predominou a ausência de mesas e cadeiras com ajustes de altura para as características antropométricas dos alunos. As orienta es sobre ergonomia da computa o foram fornecidas em 30% das escolas. Na maioria das escolas n o se observou queixa de desconforto visual ou muscular sofridos pelos alunos durante a utiliza o do computador. Esse fato pode estar relacionado ao pequeno número de horas de utiliza o do computador. Concluímos que a aquisi o de mobiliário e equipamentos para as salas de informática deve incluir a consulta a banco de dados antropométricos e à percep o de conforto dos estudantes.
O uso de cole es zoológicas como ferramenta didática no ensino superior: um relato de caso  [cached]
Hugo José C. C. Azevedo,Ronaldo Figueiró,Dimitri Ramos Alves,Valéria Vieira
Revista Práxis , 2012,
Abstract: Este artigo fala sobre a utiliza o de cole es zoológicas como recurso didático para o processo de ensino e aprendizagem em nível de gradua o, nos cursos de Ciências Biológicas e Engenharia Ambiental, em uma Institui o de Ensino Superior (IES) da regi o sul Fluminense, Estado do Rio de Janeiro. Diferentes estratégias metodológicas s o necessárias e utilizadas para o ensino da biologia e da zoologia, lan ando-se m o da utiliza o de espa os formais e/ ou informais. Relata-se aqui a experiência de atualiza o e curadoria de uma cole o didática de zoologia, em moldes similares aos de uma cole o científica. O objetivo desse projeto foi trazer aos estudantes uma maior compreens o sobre a diversidade biológica, assim como um melhor entendimento sobre as rela es de parentesco entre as espécies, táxons supra-específicos, e o ser humano, além do conhecimento sobre a composi o faunística dos mais diversos ecossistemas, sejam eles, terrestres, marinhos ou límnicos.
Instrumenta o Tecnológica e Realimenta o no Processo de Avalia o para o Ensino de Matemática na Universidade: um método baseado na Engenharia Didática Technological Instrumentation and Feedback in the Assessment Process in University-level Mathematics Teaching: a method based on Didactics Engineering  [cached]
Natália Maria Cordeiro Barroso,José Marques Soares,Jo?o Cesar Moura Mota,Hermínio Borges Neto
Bolema: Boletim de Educa??o Matemática , 2009,
Abstract: O uso de ferramentas automatizadas no processo de avalia o imp e mudan as de paradigmas que se devem aos mecanismos usados na elabora o de exercícios e análise de resultados. Prop e-se, neste trabalho, um método de realimenta o para o processo de avalia o com o apoio de ferramentas computacionais. Apresenta-se uma aplica o deste método em sala de aula, na qual as atividades propostas aos alunos s o fundamentadas em teorias da Didática da Matemática e s o elaboradas em um programa de computador que faz o rastreamento das atividades dos estudantes. A partir da análise do comportamento do professor nesta experimenta o, onde ficam expostas as suas dificuldades naturais em modificar os seus hábitos de ensino, destaca-se a necessidade de um trabalho de educa o em conjunto, envolvendo também a participa o de pesquisadores da área de Educa o Matemática e de profissionais da área de Informática como suporte ao trabalho do professor. Palavras-chave: Avalia o Automatizada. Avalia o Formativa. Engenharia Didática. With the use of automated tools, a change in paradigms in the student assessment process is necessary. This is due to the different mechanisms used to elaborate assessments and to analyze their results. An assessment method with continuous feedback is proposed. An application of this method is presented in which the activities proposed to the students in the classroom are based on Mathematical Didactic theories. To elaborate and apply this assessment, software was used that tracks the students’activities. Based on analysis of the teacher’s behavior during the experiment, which showed his natural difficulty in modifying his teaching habits, it is emphasized that this type of educational work needs to involve the participation of professionals from the fields of mathematical education and technology to help improve the teacher’s work. Keywords: Automated Evaluation. Formative Evaluation. Didactic Engineering.
Uma proposta para o ensino de mecanica quantica
Greca Ileana Maria,Moreira Marco Antonio,Herscovitz Victoria E.
Revista Brasileira de Ensino de Física , 2001,
Abstract: Em decorrência dos avan os da tecnologia quantica, como fazer para que estudantes de cursos de Ciências Exatas e Engenharia compreendam melhor conceitos centrais da Mecanica Quantica tem-se convertido em um tema atual de pesquisa na área de ensino de Ciências em nível internacional. Neste trabalho apresentamos a fundamenta o teórica de uma proposta didática que aponta neste sentido e os resultados da sua implementa o em cursos de Engenharia.
UMA PROPOSTA PARA O ENSINO DE GRADUA O EM ENGENHARIA DE TRANSPORTES
Antonio Ribeiro Santana Filho
Transportes , 2010,
Abstract: Devido a inviabilidade de transmitir, no espa o de tempo disponível, a vasta gama de conhecimentos específicos pertinentes à hierarquia de atividades percorrida quando da busca de solu es dos problemas de transporte, é proposta essa comunica o visando debater o tema sobre a implanta o de um curso voltado ao ensino de Engenharia de Transportes.
O perfil epidemiológico do uso de drogas entre estudantes de 1o e 2o graus da rede estadual de ensino de Cuiabá, Brasil, 1995  [cached]
Souza Delma Perpétua Oliveira de,Martins Domingos Tabajara de Oliveira
Cadernos de Saúde Pública , 1998,
Abstract: Em 1995, um estudo transversal de uma amostra de 1.061 estudantes foi realizado para configurar o perfil epidemiológico do uso de drogas entre estudantes de 1o e 2o graus da rede estadual de ensino na zona urbana de Cuiabá, Estado de Mato Grosso. Os resultados mostraram uso de drogas tanto no sexo masculino (27,2%), como no feminino (24,1%) maior propor o de usuários com idade acima de 18 anos (27,1%), com defasagem escolar de série/idade (70,7%), com maior número de faltas às aulas (44,6%) e nível sócio-econ mico de melhor poder aquisitivo (A + B = 34,5%). Observou-se maior preferência pelo uso de álcool (81,8%), solventes (18,6%) e maconha (6,0%) por parte do sexo masculino, uso mais precoce do álcool (12,1 ±3,6 anos). Excetuando-se o álcool (78,6%) e o tabaco (29,0%), as substancias mais consumidas pelos estudantes foram os solventes (14,9%), os ansiolíticos (6,0%) e as anfetaminas (4,8%). Concluiu-se que o perfil epidemiológico do uso de drogas entre os estudantes de 1o e 2o graus da rede estadual de ensino de Cuiabá - 1995 assemelhou-se aos obtidos em levantamentos realizados em nível nacional nos anos de 1987, 1989 e 1993.
A geometria descritiva nas disciplinas do curso de engenharia: um contexto para aprendizagem
Oliveira Vanderlí Fava de,Borges Marcos Martins
Rem: Revista Escola de Minas , 2001,
Abstract: Esse trabalho tem por objetivo apresentar uma experiência realizada na disciplina Geometria Descritiva I, oferecida para o 1masculine período do curso de Engenharia Civil da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). A experiência envolveu aspectos relacionados a métodos de ensino/aprendizagem e de abordagem do conteúdo, além da inclus o de um trabalho de campo. No que se refere aos aspectos metodológicos, buscaram-se formas de aumentar a participa o do aluno em sala de aula e, em termos de abordagem do conteúdo, procurou-se vincular os conceitos e elementos da disciplina a situa es de aplica o real em Engenharia. O trabalho de campo, realizado junto aos departamentos da Faculdade de Engenharia, permitiu que os alunos tivessem uma vis o geral do curso e da rela o da Geometria Descritiva com as disciplinas do mesmo.
PERCEP ES DOS ESTUDANTES DO ENSINO MéDIO SOBRE O CURSO DE CIêNCIAS CONTáBEIS E AS ATIVIDADES DO PROFISSIONAL CONTADOR.  [cached]
Claudio de Souza Miranda,Raissa Alvares de Matos Miranda,Adriana Maria Procópio de Araújo
Revista de Gest?o, Finan?as e Contabilidade , 2013,
Abstract: O objetivo da pesquisa é analisar a percep o dos estudantes do ensino médio com rela o à profiss o contábil e a forma o do profissional contador. Embora os cursos de gradua o de Ciências Contábeis tenham se expandido de forma ampla pelo país, é perceptível que mitos e estereótipos em rela o à profiss o e ao profissional de contabilidade, e muitas atividades, principalmente as mais contemporaneas ainda s o desconhecidas pelo público em geral. Os estudos internacionais (Vaivio e Kokko, 2006; Schlee et al, 2007) apontam, baixa percep o da popula o acerca da profiss o contábil, principalmente entre os estudantes do ensino médio. Para avaliar a percep o dos estudantes em rela o a esses aspectos, elaborou-se um questionário veiculado em um website, sendo amplamente divulgado. A metodologia da pesquisa é do tipo survey, com 1.046 questionários considerados válidos, abrangendo o território nacional. A pesquisa avaliou as percep es dos pesquisados em rela o aos conteúdos ministrados no curso de Ciências Contábeis, as atividades dos profissionais, o mercado de trabalho, a ética nas atividades e a valoriza o da profiss o. Os resultados obtidos demonstram que certas situa es relacionadas à profiss o, ainda s o desconhecidas, e algunsmitos e estereótipos apontados pelos estudos internacionais foram encontrados na amostra analisada.
Prevalência e fatores associados ao consumo de cigarros entre estudantes de escolas estaduais do ensino médio de Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil, 2002  [cached]
Zanini Roselaine Ruviaro,Moraes Anaelena Bragan?a de,Trindade Ana Cláudia Antunes,Riboldi Jo?o
Cadernos de Saúde Pública , 2006,
Abstract: O tabagismo é a segunda principal causa mundial de morte, sendo responsável pela morte de um a cada dez adultos (5 milh es por ano). Se os padr es atuais se mantiverem, em 2020 o tabagismo será a causa de 10 milh es de óbitos anuais, segundo a Organiza o Mundial da Saúde. Realizou-se um estudo transversal, em 2002, no qual foram entrevistados 459 estudantes de oito escolas do ensino médio estadual em Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil, para determinar a prevalência e os fatores associados ao tabagismo, obtendo-se um modelo logístico multivariável descrevendo como as chances de ser fumante est o relacionadas com as variáveis investigadas. A prevalência encontrada para o tabagismo foi de 18% (IC95%: 14,6-21,7), sendo que os estudantes come am a fumar, em média, aos 14 anos. Os resultados permitem concluir que os estudantes das escolas estaduais de Santa Maria come am a fumar precocemente, sendo influenciados pelos amigos fumantes (OR = 4,37; p = 0,000), pela renda familiar mensal (OR = 2,04; p = 0,013) e idade (OR = 1,86; p = 0,031), destacando-se a necessidade de se trabalhar, preventivamente, no grupo de risco observado.
Experiência e competência no ensino: pistas de reflex es sobre a natureza do saber-ensinar na perspectiva da ergonomia do trabalho docente
THERRIEN JACQUES,LOIOLA FRANCISCO ANT?NIO
Educa??o & Sociedade , 2001,
Abstract: O texto prop e-se a desenvolver uma reflex o sobre um campo de investiga o emergente e necessário para a compreens o do significado da experiência no saber-ensinar: o trabalho docente segundo a perspectiva da ergonomia, inspirada na cogni o situada. Contextualizando os novos contornos da política educacional brasileira no cenário das reformas educacionais, o estudo privilegia o debate sobre a forma o docente e suas atuais tendências. A reflex o traz elementos conceituais e teórico-metodológicos destinados à investiga o da natureza do saber-ensinar, focalizando o estudo da competência no ensino no contexto dos saberes na base da prática docente.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.