oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
A economia solidária e a necessidade da supera o da lei do valor
Daniel Hanke,Bruna Raquel Winck
Revista Espa?o Acadêmico , 2010,
Abstract: Esse artigo busca desenvolver um olhar mais complexo sobre a Lei do Valor, utilizando-se dos argumentos e raciocínios expostos pelo autor Jo o Machado Borges Neto em seu artigo As várias dimens es da Lei do Valor, e relacionando as limita es e perigos dessa Lei entendida enquanto Lei Universal responsável pelo regimento de todos os modos de produ o sócio-historicamente estabelecidos. Dessa forma, a Lei do Valor apresenta-se enquanto um paradigma a ser superado na consolida o do amplo e diverso instrumento da Economia Solidária. Buscamos argumentar qual é a influência que a forma mercadoria possuí enquanto forma de relacionamento indireto entre os trabalhadores e como a combina o das distintas formas de concorrência podem gerar um desequilíbrio da distribui o do trabalho social, existindo uma clara necessidade de supera o dessas condi es, na constru o de uma alternativa à organiza o do trabalho social, de relacionamento verdadeiramente direto e solidário.
Dilemas da economia paranaense  [cached]
Maria Lucia de Paula Urban
Revista Paranaense de Desenvolvimento , 1995,
Abstract: Embora a economia paranaense venha apresentando taxas de crescimento elevadas, se considerarmos as taxas do conjunto do País, ela se encontra hoje em um momento crítico, uma vez que suas perspectivas est o longe de ser claras. Para esclarecer essa afirma o, recuperemos algo da trajetória recente dessa economia, especialmente de sua indústria.
DIMENS O AMBIENTAL DA URBANIZA O LATINO-AMERICANA  [cached]
Amália Inés Geraiges de Lemos
Revista do Departamento de Geografia , 1994, DOI: 10.7154/rdg.v0i8.227
Abstract: DIMENS O AMBIENTAL DA URBANIZA O LATINO-AMERICANA
O lugar do direito na ontologia marxiana / The place of Law on Marxian ontology  [cached]
Rafael Oliveira dos Santos
Revista Direito e Práxis , 2012,
Abstract: RESUMO O presente artigo procura realizar uma exposi o sobre o direito à luz da crítica de Karl Marx e Friedrich Engels. Textos como O socialismo jurídico (1887), Sobre a quest o judaica e Crítica da filosofia do direito de Hegel (ambos de 1843) nos servir o de base para tal. Pretendemos aqui recompor dimens es fundantes da crítica marxiana em rela o ao direito para pensarmos as formas efetivas de articula o entre estas raz es. Palavras-chave: Filosofia Política; Marxismo; Direito. ABSTRACT The present article seeks to accomplish an exposition of the philosophy of right as criticized by Karl Marx and Friedrich Engels, in texts such as 'Juridical Socialism' (1887), 'On the Jewish Questio'n and the 'Critique of Hegel's Philosophy of Right' (both from 1843). We intend here to recompose the founding dimensions of the Marxian critique of right in order to think the effective forms of articulation between these two rationalities. KeyWords: Political Theory; Marxism; Right.
Uma análise da satisfa o dos consumidores da feira de economia solidária de Santa Maria
Leoni Pentiado Godoy,Jonathan Mendes Ferreira,Silvana Gon?alves de Almeida,Taís Pentiado Godoy
Iberoamericana de Engenharia Industrial , 2011,
Abstract: As feiras de economia solidária se destacam cada vez mais no setor econ mico mundial. O grande desafio é oferecer produtos e servi os com qualidade aos consumidores, que se tornam mais exigentes e críticos. Este trabalho tem como objetivo avaliar a qualidade dos produtos e servi os oferecidos pela feira de economia solidária de Santa Maria, RS, bem como identificar as variáveis das dimens es da qualidade que superam as expectativas dos clientes e aquelas que deixam a desejar. Para a coleta de dados foi elaborado um questionário adaptado do modelo SERVQUAL, para mensurar a satisfa o dos consumidores, no qual avaliam as dimens es de qualidade: aspectos físicos, confiabilidade, responsividade, empatia, credibilidade e acesso, por meio de perguntas fechadas na escala de Likert com 5 classifica es. Para análise dos dados utilizou-se o Teste de Wilcoxon e Correla o de Spearman. Os dados foram tratados por meio do Software Statistic 7.0. Os resultaram mostraram que, no geral, a feira de economia solidária de Santa Maria apresenta resultados satisfatórios na percep o e expectativa dos consumidores, porém apresentando oportunidades de melhoria.
John Locke e o argumento da economia para a tolerancia John Locke and argument from economy for tolerance
Ant?nio Carlos dos Santos
Trans/Form/A??o , 2013,
Abstract: O objetivo deste texto é analisar o argumento da economia que justificaria a tolerancia como um dos maiores fatores para o desenvolvimento dos povos, no século XVII, segundo a interpreta o de Locke. Expressando de outro modo, este texto pretende responder a seguinte quest o: qual o lugar da dimens o econ mica na teoria lockiana sobre a tolerancia? The objective of this text is to analyze the economic argument that justifies tolerance as a major contributor to the development of peoples in the seventeenth century, according to the interpretation of Locke. Put another way, this paper aims to answer the following question: What is the place of the economic dimension in the Lockean theory of tolerance?
As muitas faces da Economia Política da Comunica o no Brasil  [cached]
Luciano Correia dos Santos
Comunica??o, Mídia e Consumo , 2008,
Abstract: A Economia Política da Comunica o (EPC) é ainda uma jovem debutante entre as disciplinas que integram as ciências da comunica o, assim tratadas nos vários eventos científicos que procuram enquadrar os fen menos dessa área para tratá-los com os métodos da pesquisa acadêmica. Jovem que ganhou status de GT (Grupo de Trabalho) próprio na Compós, a Associa o Nacional dos Programas de Pós-gradua o em Comunica o, essa linha conquista cada vez mais terreno, seja pela amplitude das pesquisas desenvolvidas seja pela prolífica produ o dos autores associados. é o caso de Valério Cruz Brittos e Adilson Cabral , que acabam de lan ar Economia política da comunica o: interfaces brasileiras. O livro é uma coletanea de artigos de vários pesquisadores relacionados com a área de estudo, mas que atuam em segmentos distintos, incluindo os dois organizadores, percorrendo trechos que v o desde a própria conceitua o da Economia Política da Comunica o e as tens es exercidas dentro do campo científico, passando por abordagens sobre a indústria cultural, novas tecnologias e as plataformas digitais, além do conflituoso terreno das políticas de comunica o e as legisla es específicas. S o textos baseados nas principais mesas do Encontro da Ulepicc-Brasil, realizado na Universidade Federal Fluminense, em Niterói (RJ), de 18 a 20 de outubro de 2006. No primeiro texto do livro, Suzy dos Santos mostra a que veio a EPC nos estudos da comunica o, lembrando que o servi o prestado pela linha é fruto de consenso: é imprescindível adotar um olhar crítico para retratar empiricamente os objetos das comunica es, sob a luz de um propósito também crítico, o da necessidade emergencial de participa o ativa da pesquisa científica no processo de constru o de um ambiente de comunica es efetivamente democrático (p. 15). Ao analisarem a indústria cultural e sua inser o no capitalismo contemporaneo, Valério Brittos e Jo o Miguel apontam a tendência (lamentável) dos estados de deixar a cultura e o comunicativo entregues às lógicas dessa indústria, ficando, conseqüentemente, sujeitos às invers es do capital. Assim, o capitalismo deixa de ser apenas do domínio econ mico para determinar a política e a cultura, ou seja, penetra em todas as dimens es das pessoas. Por esta via, é cada vez mais do que um modo de produ o, para estabelecer-se como um processo civilizatório, onde a subsun o do simbólico é sucessiva, contínua e inconclusa (p. 41). Os autores discutem os resultados desse processo dentro do ambiente tecnológico, as estratégias adotadas pelas firmas do setor e o predomínio da publicidad
Dimens es da cibercultura no Brasil
Echegaray Fabián
Opini?o Pública , 2003,
Abstract: Este artigo ilustra os efeitos do uso da Internet sobre aspectos atitudinais e comportamentais e descreve diferentes formas nas quais o modo de rela o dos usuários com a Internet podem ser descritas e classificadas para os propósitos da análise de segmenta o, no Brasil. Primeiro, diferen as entre grupos de usuários e n o-usuários s o examinadas baseadas em um conjunto de surveys com a popula o global. Em seguida, uma nova categoriza o de modos de relacionamento com a Internet, é proposta, usando padr es de informa o de uso. Finalmente, o peso relativo desta abordagem, vis-à-vis classifica es padr o, explicando hábitos e posturas dos usuários sobre quest es relacionadas às esferas do consumo e da política.
Dimens es da biblioteca escolar no ensino fundamental
Neiva Helena Ely
Revista ACB , 2003,
Abstract: [Portuguese] Considera aspectos da biblioteca escolar e do bibliotecário escolar. Apresenta as dimens es social, informativa, pedagógica, recreativa e criativa da biblioteca escolar no ensino fundamental. [English] Considers aspects of school library and school librarían. Presents social, informative, pedagogie, recreative and creative dimensions of school library in basic Learning.
Solidariedade, competitividade e reflex o ética nos contextos da nova economia e da economia solidária  [PDF]
Nardi, Henrique Caetano,Rodrigues, Manoela Carpenedo
Psico , 2009,
Abstract: O artigo visa a discutir as implica es éticas da inser o no mercado de trabalho no contexto da nova economia e da Economia Solidária. As análises do contexto sócio-econ mico em voga usualmente contrap em a solidariedade/associativismo à competitividade/individualismo. Buscando problematizar essa suposta oposi o, investigamos como a solidariedade é compreendida por 40 jovens divididos/as em dois grupos: 20 trabalhadores/as inseridos em ocupa es ligadas à telefonia móvel, à informática e internet e ao setor bancário pós-reestrutura o e 20 trabalhadores/as vinculados a projetos de Economia Solidária e associativismo. Por meio de entrevistas inspiradas na abordagem biográfica e da resolu o de um dilema ético buscamos entender quais os acontecimentos que marcam a vida destes/as jovens e influenciam as formas de inser o no la o social, do ponto de vista do trabalho e das rela es sociais.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.