oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Fermenta o ruminal e eficiência microbiana em bezerros holandeses alimentados com dietas contendo diferentes níveis de concentrado
Bürger Peter Johann,Pereira José Carlos,Valadares Filho Sebasti?o de Campos,Coelho da Silva José Fernando
Revista Brasileira de Zootecnia , 2000,
Abstract: RESUMO - Este trabalho foi realizado para avaliar os efeitos de diferentes níveis de concentrado sobre os parametros da fermenta o ruminal, as digestibilidades aparente, total, ruminal e intestinal de N, a eficiência microbiana e o balan o de N. Cinco bezerros holandeses, inteiros, fistulados no rúmen e abomaso, com idade média inicial de 5,8±0,7 meses e 107,4±11,0 kg PV médio inicial, foram distribuídos em quadrado latino 5x5 (tratamento x período). Os animais foram alojados em baias individuais e alimentados à vontade com dietas contendo 30,0; 45,0; 60;0; 75,0; e 90,0% de concentrado, com base na MS, em ra es contendo como volumoso, o feno de capim coast-cross e no concentrado, o farelo de soja, fubá de milho. Os valores de pH foram influenciados pelos níveis de concentrado das ra es, e , 11,3 horas após a alimenta o, foram estimandos os valores mínimos de 6,10; 5,89; 5,67; 5,46; e 5,24, para as ra es com níveis de 30,0; 45,0; 60,0; 75,0; e 90,0%de concentrado nas ra es, respectivamente. A concentra o de am nia ruminal reduziu linearmente, em fun o dos tempos pós-alimenta o, apresentando comportamento quadrático, com valores mínimos de 6,84; 7,14; 7,63; 7,82; 8,09; e 8,00 mg/dL, para 86,31; 84,86; 83,41; 81,95; 77,59; e 68,86% de concentrado nas ra es. O numero de protozoários ruminais reduziu linearmente com o aumento dos níveis de concentrado nas ra es. A eficiência de síntese de compostos nitrogenados microbianos aumentou linearmente com os níveis de concentrado nas ra es.
Consumo e digestibilidade aparente total e parcial em bezerros holandeses alimentados com dietas contendo diferentes níveis de concentrado
Bürger Peter Johann,Pereira José Carlos,Coelho da Silva José Fernando,Valadares Filho Sebasti?o de Campos
Revista Brasileira de Zootecnia , 2000,
Abstract: RESUMO - Este trabalho foi realizado para avaliar os efeitos de diferentes níveis de concentrado sobre o consumo voluntário e as digestibilidades aparentes, total e parcial de matéria seca (MS), matéria organica (MO), extrato etéreo (EE), fibra em detergente neutro (FDN) e carboidratos totais (CHT), no rúmen e nos intestinos. Cinco bezerros holandeses, inteiros, fistulados no rúmen e abomaso, com idade média inicial de 5,8±0,7 meses e 107,4±11,0 kg PV médio inicial foram distribuídos em quadrado latino 5x5 (tratamento vs. período). Os animais foram alojados em baias individuais e alimentados à vontade com dietas contendo 30,0; 45,0; 60;0; 75,0; e 90,0% de concentrado, com base na MS, em ra es contendo, como volumoso, o feno de capim coast-cross e no concentrado, o farelo de soja e fubá de milho. O óxido cr mico foi usado como indicador para se estimarem os fluxos de MS fecal e abomasal. Os consumos de MS, MO, PB e CHT, em kg/dia, n o foram influenciados pelas dietas, enquanto o de EE aumentou e o de FDN diminuiu linearmente, quando expressos em %PV e g/kg0,75, com a eleva o dos níveis de concentrado na ra o. As digestibilidades aparentes totais de MS, MO, EE e CHT aumentaram linearmente com a inclus o de concentrado nas dietas, mas a digestibilidade da FDN n o foi influenciada. As digestibilidades ruminais de MS, FDN e CHT n o variaram com a inclus o de concentrado nas dietas, porém a digestibilidade de MO diminuiu e a do EE aumentou linearmente, com o aumento no nível de concentrado das dietas. A digestibilidade intestinal de MS n o foi influenciada, mas a da MO e a dos CHT aumentaram linearmente. As digestibilidades do EE e da FDN n o foram influenciadas pela inclus o de níveis crescentes de concentrado na ra es.
Taxas de passagem e cinética da degrada o ruminal em bezerros holandeses alimentados com dietas contendo diferentes níveis de concentrado
Bürger Peter Johann,Pereira José Carlos,Coelho da Silva José Fernando,Valadares Filho Sebasti?o de Campos
Revista Brasileira de Zootecnia , 2000,
Abstract: RESUMO - Este trabalho foi realizado para avaliar os efeitos de diferentes níveis de concentrado sobre as taxas de passagem de fluidos, usando Co-EDTA, e partículas, usando cloreto de Iterbio e Cr-mordante e, a cinética da degrada o ruminal in situ da matéria seca (MS) e da proteína bruta (PB). Cinco bezerros holandeses, inteiros, fistulados no rúmen e abomaso, com idade de 5,8±0,7 meses e de e 107,4±11,0 kg PV médio inicial, foram distribuídos a um delineamento em quadrado latino 5x5 (tratamento x período). Os animais foram alojados em baias individuais e alimentados à vontade com dietas contendo 30,0; 45,0; 60,0; 75,0; e 90,0% de concentrado, com base na MS, em ra es contendo como volumoso, o feno de capim coast-cross e no concentrado, o farelo de sojae , fubá de milho. A taxa de passagem de fluidos apresentou comportamento quadrático, estimando-se o valor máximo de 9,73%/h, com nível de 61,99% de concentrado na ra o. A taxa de passagem de partículas do farelo de soja no retículo-rúmen- diminuiu linearmente, enquanto no ceco-cólon proximal n o foi influenciada pelos níveis de concentrado na ra es. As taxas de passagem do feno de capim coast-cross no rúmen-retículo e no ceco-cólon proximal n o foram influenciadas pelo aumento no nível de concentrado nas ra es. A degrada o efetiva da MS do farelo de soja n o foi influenciada, enquanto a do fubá de milho aumentou e do feno de capim coast-cross reduziu linearmente, respectivamente. A degrada o efetiva da PB do farelo de soja e do feno de capim coast-cross n o variou, porém a do fubá de milho aumentou linearmente, com o aumento dos níveis de concentrado nas ra es.
Tamanho de órg os e Vísceras de Bezerros Holandeses, para Produ o de Vitelos, Recebendo Dietas com Diferentes Níveis de Concentrado  [cached]
Ribeiro Telma Regina,Pereira José Carlos,Le?o Maria Ignez,Oliveira Marcus Vinícius Morais de
Revista Brasileira de Zootecnia , 2001,
Abstract: O experimento foi realizado com 20 bezerros holandeses puros por cruza, todos machos n o castrados, com 75 dias de idade e peso médio de 76 kg, submetidos ao mesmo sistema de aleitamento antes do experimento. O objetivo foi avaliar o tamanho relativo dos órg os internos e vísceras dos animais alimentados com dietas contendo 45, 60, 75 e 90% de concentrado. As dietas foram constituídas de feno de coastcross, fubá de milho, farelo de soja e mistura mineral, fornecidas à vontade. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com quatro tratamentos e cinco repeti es. O período experimental foi variável para cada tratamento, em que os animais foram abatidos à medida que atingiram o peso vivo médio de 200 kg e, antes do abate, foram submetidos a jejum de 16 horas. à medida que se aumentaram os níveis de concentrado nas dietas, os pesos absolutos do fígado, rins, pulm es, abomaso, mesentério e a gordura presentes nas carca as aumentaram linearmente. N o houve diferen a significativa para o peso dos demais órg os e vísceras, assim como para as partes n o constituintes das carca as como couro, patas, cabe a e cauda, em rela o aos níveis de concentrado estudados.
Influência do Plano Nutricional sobre o Desempenho de Bezerros Holandeses para Produ o de Vitelos
Ribeiro Telma Regina,Pereira José Carlos,Oliveira Marcus Vinícius Morais de,Queiroz Augusto César de
Revista Brasileira de Zootecnia , 2001,
Abstract: O experimento foi realizado com 20 bezerros holandeses, todos machos n o castrados, com 75 dias de idade e peso vivo médio de 76 kg, com o objetivo de avaliar o desempenho e a viabilidade econ mica de produzir vitelos. Os animais foram alimentados com dietas contendo 45, 60, 75 e 90% de concentrado. As dietas foram constituídas de feno de capim-coastcross, fubá de milho, farelo de soja e mistura mineral. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com quatro tratamentos e cinco blocos. Antes do início do experimento, todos os animais foram submetidos a um mesmo sistema de aleitamento. O período experimental foi variável para cada tratamento, em que os animais eram abatidos à medida que atingiam o peso médio de 200 kg. As análises de variancia para consumo de matéria seca, consumo de proteína bruta e convers o alimentar da matéria seca mostraram n o haver efeito significativo dos níveis de concentrado nas dietas. Todavia, as análises de regress o mostraram efeito linear decrescente, com o aumento do nível de concentrado, para o consumo de fibra em detergente neutro, e aumento linear para o ganho de peso diário, proporcionando redu o de 35 dias no confinamento para os animais alimentados com dietas contendo 90% de concentrado. Efeitos significativos devido ao nível de concentrado também foram verificados na convers o alimentar da fibra detergente neutro e da proteína bruta, sendo que a melhora da eficiência alimentar ocorreu com o acréscimo de concentrado na dieta. Os custos de produ o indicaram a viabilidade de produzir vitelos utilizando bezerros holandeses.
Consumo e digestibilidade aparente total e parcial em bezerros holandeses alimentados com dietas contendo diferentes níveis de concentrado
Bürger, Peter Johann;Pereira, José Carlos;Coelho da Silva, José Fernando;Valadares Filho, Sebasti?o de Campos;Queiroz, Augusto César de;Cecon, Paulo Roberto;Monteiro, Hélida Christhine de Freitas;
Revista Brasileira de Zootecnia , 2000, DOI: 10.1590/S1516-35982000000100028
Abstract: abstract - this work was conducted to evaluate the effects of different concentrate levels on the voluntary intake and the apparent total and partial digestibilities of dry matter (dm), organic matter (om), ether extract (ee), neutral detergent fiber (ndf) and total carbohydrates (tch), in the rumen and in the intestines. five rumen and abomasum fistulated holstein calves, with initial average age of 5.8±0.7 months and initial average of 107.4±11.0 kg lw were allotted to a 5x5 latin square design (treatment x period). the animals were housed in individual stalls and full fed diets (dm basis) containing 30.0, 45.0, 60.0, 75,0 and 90.0% of concentrate. the diets were based on coast-cross grass hay as forage and soybean meal and ground corn grain in the concentrate. the chromic oxide was used as marker to estimate the fecal and abomasal dm flows. the intakes of dm, om, cp and tch, in kg/day, were not affected by diets, while that of ee intake increased and ndf intake linearly decreased, when expressed in %lw and g/kg.75 as the dietary concentrate levels increased. total apparent digestibilities of dm, om, ee and tch linearly increased as the dietary concentrate levels increased, but ndf digestibility was not affected. ruminal digestibilities of dm, ndf and tch did not vary as the dietary concentrate levels increased, but the om digestibility increased and that of ee linearly decreased as the dietary concentrate levels increased. the intestinal digestibility of dm did not vary, but that of om and tch linearly increased. the ee and ndf digestibilities were not affected by the inclusion of crescent concentrate levels in the diets.
Fermenta??o ruminal e eficiência microbiana em bezerros holandeses alimentados com dietas contendo diferentes níveis de concentrado
Bürger, Peter Johann;Pereira, José Carlos;Valadares Filho, Sebasti?o de Campos;Coelho da Silva, José Fernando;Queiroz, Augusto César de;Cecon, Paulo Roberto;Magiero, Doriedson;
Revista Brasileira de Zootecnia , 2000, DOI: 10.1590/S1516-35982000000100029
Abstract: abstract - this work was conducted to evaluate the effects of different concentrate levels on the parameters of at ruminal fermentation, the apparent, total, ruminal and intestinal n digestibilities, the microbial efficiency and the n balance. five rumen and abomasum fistulated bull holstein calves, with an initial average age of 5.8±0.7 months and initial average of 107.4±11.0 kg lw were allotted to a 5x5 latin square design (treatment x period). the animals were housed in individual stalls and full fed diets (dm basis) containing 30.0, 45.0, 60.0, 75,0 and 90.0% of concentrate.the diets were based on coast-cross grass hay as forage and soybean meal and corn ground grain in the concentrate. the ph values were affected by the concentrate levels of the diets, and , 11.3 hours post-feeding, the minimum values of 6.10, 5.89, 5.67, 5.46, and 5.24, respectively, were estimated for the diets with 30.0, 45.0, 60.0, 75.0 e 90.0% of concentrate in the diets, respectively. the ruminal ammonia concentration linearly decreased, in function of post-feeding time and showing quadratic behavior, with a minimum values of 6.84, 7.14, 7,40, 7.63, 7.82, 8.09, and 8.00 mg/dl, for 86.31, 84.86, 83.41, 80,50, 81.95, 77.59, and 68.86% of concentrate in the diets. the number of ruminal protozoa linearly reduced as the dietary concentrate levels increased. the efficiency of microbial nitrogenous compound synthesis linearly increased, as the concentrate levels in the diets increased.
Características da Carca a de Bezerros Holandeses para Produ o de Vitelos Recebendo Dietas com Diferentes Níveis de Concentrado  [cached]
Ribeiro Telma Regina,Pereira José Carlos,Oliveira Marcus Vinícius Morais de,Queiroz Augusto César de
Revista Brasileira de Zootecnia , 2001,
Abstract: O experimento foi realizado utilizando 20 bezerros da ra a Holandesa, machos n o castrados, com o objetivo de avaliar as características das carca as desses animais alimentados com dietas contendo 45, 60, 75 e 90% de concentrado. As dietas foram constituídas de feno de capim-coastcross, fubá de milho, farelo de soja e mistura mineral, fornecidas à vontade. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com quatro tratamentos e cinco repeti es. Antes do início do experimento, todos os animais foram submetidos a um mesmo sistema de aleitamento. O período experimental foi variável para cada tratamento, em que os animais eram abatidos, após jejum de 16 horas, à medida que atingiam o peso vivo médio de 200 kg. Nas meias carca as esquerdas foram medidas a área de olho de lombo, o comprimento da carca a e a sua composi o física, enquanto nas meias carca as direitas foram feitos os cortes básicos da carca a. O rendimento das carca as quente e fria com base no peso vivo dos animais, o rendimento da carca a quente com base no peso corporal vazio e a área de olho de lombo dos animais apresentaram diferen as significativas com o acréscimo de concentrado nas dietas. N o houve diferen as significativas para peso vivo final, peso da carca a quente, pesoda carca a fria e rendimento da carca a fria com base no peso corporal vazio, assim como nas perdas de peso nas carca as ocasionadas pelo tempo de jejum ao qual os animais foram submetidos antes do abate, nos cortes básicos e no rendimento do dianteiro e traseiro nas carca as.
Taxas de passagem e cinética da degrada??o ruminal em bezerros holandeses alimentados com dietas contendo diferentes níveis de concentrado
Bürger, Peter Johann;Pereira, José Carlos;Coelho da Silva, José Fernando;Valadares Filho, Sebasti?o de Campos;Cecon, Paulo Roberto;Jord?o, Cláudio Pereira;Braz, Sérgio Pereira;
Revista Brasileira de Zootecnia , 2000, DOI: 10.1590/S1516-35982000000100030
Abstract: abstract - this work was conducted to evaluate the effects of different concentrate levels on the liquid passage rates, using co-edta, and particulate, using ytterbium chloride and cr-mordant, and the in situ ruminal degradation kinetics of dry matter (dm) and crude protein (cp). five rumen and abomasum fistulated bull holstein calves, with an initial average age of 5.8±0.7 months and initial average of 107.4±11.0 kg lw were allotted to a 5x5 latin square design (treatment x period). the animals were housed in individual stalls and full fed diets (dm basis) containing 30.0, 45.0, 60.0, 75,0 and 90.0% of concentrate. the diets were based on coast-cross grass hay as forage and soybean meal an corn ground grain in the concentrate. the passage rate of fluids showed a quadratic behavior, with the maximum value of 9.73%/h, with the 61.69% of concentrate in the diet. the particulate passage rate of the soybean meal in the reticulum-rumen linearly decreased, while the concentrate levels in the diets did not affect the passage rate in proximal cecum-colon. the concentrate levels in the diet did not affect the passage rates of the coast-cross grass hay in the reticulum-rumen and in the proximal cecum-colon. the effective degradation of the dm of the soybean meal was not affected, while those of the corn ground grain increased and coast-cross grass hay linearly decreased, respectively. the effective degradation of the cp of the soybean meal and coast-cross grass hay did not vary, however, that of the corn ground grain linearly increased as the dietary concentrate levels increased.
Substitui o do Milho pela Farinha de Varredura (Manihot esculenta, Crantz) na Ra o de Bezerros Holandeses.: 1. Desempenho e Parametros Sangüíneos  [cached]
Jorge Jo?o Ricardo Vieira,Zeoula Lúcia Maria,Prado Ivanor Nunes do,Geron Luiz Juliano Valério
Revista Brasileira de Zootecnia , 2002,
Abstract: O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de diferentes níveis de substitui o do milho pela farinha de varredura de mandioca (0, 25, 50, 75 e 100%, base da matéria seca), sobre o consumo e convers o alimentar, ganho médio diário e níveis de hematócrito, glicose e uréia sanguíneos. Utilizaram-se 35 bezerros holandeses puros de origem ou puros por cruzamento, n o castrados, com idade aproximada de 80 dias e peso vivo médio de 80 kg, distribuídos em delineamento de blocos casualizados. Os animais foram alimentados à vontade, até atingir o consumo de 4 kg/dia de concentrado. Como volumoso, foi utilizado feno inteiro de capim tifton 85. Os animais terminaram o experimento, com peso médio de 164 kg. A eleva o dos níveis de substitui o ocasionou uma resposta linear decrescente no consumo de matéria seca. A convers o alimentar n o diferiu entre os tratamentos. Os ganhos diários para os dois primeiros períodos de 28 dias reduziram-se linearmente, com a eleva o dos níveis de substitui o, mas n o diferiram no último período de 28 dias, apresentando valores estimados, variando de 0,93 a 0,68, 1,10 a 0,89 e 1,09 kg/dia, respectivamente. Os níveis de hematócrito, glicose e uréia n o foram influenciados pelos níveis de substitui o do milho pela farinha de varredura.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.