oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Produ o de leite, consumo e digestibilidade aparente dos nutrientes, pH e concentra o de am nia ruminal em vacas lactantes recebendo ra es contendo silagem de milho e fenos de alfafa e de capim-coastcross
Moreira Andréia Luciane,Pereira Odilon Gomes,Garcia Rasmo,Valadares Filho Sebasti?o de Campos
Revista Brasileira de Zootecnia , 2001,
Abstract: Utilizaram-se 10 vacas lactantes HPC e mesti as H*Z, com 55 dias de pari o, peso médio de 540 kg, distribuídas em um delineamento em switch-back com o objetivo de avaliar a produ o e a composi o do leite, o consumo e a digestibilidade aparente de matéria seca (MS), matéria organica (MO), fibra em detergente neutro (FDN), proteína bruta (PB), carboidratos totais (CT) e extrato etéreo (EE), e o pH e a concentra o de am nia ruminal. Os animais foram alimentados ad libitum com cinco dietas contendo silagem de milho (SM), feno de alfafa (FA), feno de capim-coastcross (FCC), FA+ SM, FCC+1/2 SM, na propor o de 60%, da ra o total (base de matéria seca). Os consumos dos nutrientes n o foram influenciados pelas dietas. As digestibilidades aparentes de MS, PB e FDN foram maiores para as dietas contendo silagem de milho. O pH e a concentra o de am nia do líquido ruminal n o foram influenciados pelas dietas, porém observou-se resposta quadrática para o tempo de coletas. Registrou-se maior produ o de leite para os animais que receberam silagem de milho. Os teores de proteína bruta e gordura do leite n o foram influenciados pelas dietas.
Produ??o de leite, consumo e digestibilidade aparente dos nutrientes, pH e concentra??o de am?nia ruminal em vacas lactantes recebendo ra??es contendo silagem de milho e fenos de alfafa e de capim-coastcross
Moreira, Andréia Luciane;Pereira, Odilon Gomes;Garcia, Rasmo;Valadares Filho, Sebasti?o de Campos;Campos, José Maurício de Souza;Souza, Viviane Glaucia de;Zervoudakis, Joanis Tilemahos;
Revista Brasileira de Zootecnia , 2001, DOI: 10.1590/S1516-35982001000400025
Abstract: ten lactating cows (holtein and h*z crossbreed) after 55d calving, with average weigth of 540 kg alloted to a switch-back design, were used in order to evaluate the intake and apparent digestibilities of dry matter (dm), organic matter (om), neutral detergent fiber (ndf), crude protein (cp), total carbohydrates (tc) and ether extract (ee), the ph and ruminal ammonia concentration and milk yield and composition. the animals were fed ad libitum with diets containing alfalfa hay (ah), coastcross bermudagrass hay (cch), corn silage (cs), ? ah + ? cs and and ? cch + ? cs in 60% of the total diet (dry matter basis). the nutrients intake were not affected by the diets. the dry matter, crude protein and neutral detergent fiber apparent digestibilities were higher for diets with corn silage. the experimental diets did not affect ph and the ruminal ammonia concentration, however quadratic effect was observed for collection time. the highest milk productions were observed for the animals that received cs and ? ah + ? cs diets. the diets did not affect the crude protein and fat milk contents.
Kinetics of ruminal degradation of alfalfa and Tifton-85 hays, and of corn Silage Cinética de degrada o ruminal dos fenos de alfafa e Tifton-85 e da silagem de milho  [cached]
Clóves Cabreira Jobim,Gilberto Alves Ferreira,Valter Harry Bumbieris Junior,Moysés Calixto Junior
Semina : Ciências Agrárias , 2011,
Abstract: The shunt portosystemic or portosystemic deviation (PSD) are unique or multiples vascular communications between the systemic circulaton and the portal circulation, that permit blood flow reaches the circulatory system without first passing trhought the hepatic metabolization. May be acquired or congenital and can also be classified as intrahepatic located within the liver or extrahepatic located outside the liver parenquima. The acquired form is usually associated with intra-hepatic disorders. They usually suggest tortuous vessels that communicate with the caudal vena cava in the region of the left kidney. The congenital form is associated with genetic lineage and one of the most affected is Maltese breed. This case report describes the diagnostis and treatment of a eight year-old female Maltese dog presenting extrahepatic Portosystemic Shunt. The patient showed signs of hepatic encephalopathy, such as restlessnees, weakness, deambulation, head tremor and impaired visual. Complementary exam demonstrated: postprandial glicemia near the lower limit of reference, alkaline phosphatase (ALP) and alanine aminotransferase (ALT) increased and hipoalbuminemia. Ultrasonography revealed the presence of vesical calculus and bilateral kidney, liver decreases and increased echogenicity, gallbladder with anechoic content and high cellularity may suggest liver/ colangiohepatopatia and extrahepatic DPS was detected. The use of Doppler assisted in identifying the location of the bypass communication and the turbulence detecting the extrahepatic DPS. Protein-restricted diet and antibiotic therapy with amoxicillin achieved good results. The clinical treatment was decided make only the clinical and maintain the quality of life of the patient. Objetivou-se avaliar a degradabilidade ruminal e a taxa de degrada o in situ da matéria seca (MS), da proteína bruta (PB) e da fibra em detergente neutro (FDN), dos fenos de alfafa e Tifton-85 e da silagem de milho. Foram utilizadas três vacas fistuladas no rúmen, adaptadas às dietas por um período de 15 dias e incubadas com as amostras em sacos de náilon por três dias. Os tempos de incuba o utilizados foram: 0, 2, 6, 12, 24, 48 e 72 horas. Após a remo o, os sacos foram lavados ligeiramente em água corrente e em seguida congelados até a completa remo o dos demais. A degradabilidade efetiva (DE) da matéria seca, da proteína bruta e da fibra em detergente neutro do feno de alfafa mostrou-se (P<0,05) superior ao feno de Tifton-85 e a silagem de milho. As degradabilidades potenciais (DP) e efetivas (DE), para taxa de passagem de 5 e 8
íNDICE DE VALOR NUTRITIVO E BALAN O NITROGENADO DOS FENOS DE Brachiaria decumbens Stapf cv. australiana E Brachiaria ruziziensis Germain & Evrard EM DIFERENTES IDADES DE CORTE THE VALUE INDEX AND THE NITROGEN BALANCE OF Brachiaria decumbens AND Brachiaria ruziziensis AT DIFFERENT GROWTH STAGES
Beneval Rosa,Gudesteu Porto Rocha
Pesquisa Agropecuária Tropical , 2007, DOI: 10.5216/pat.v18i1.2541
Abstract: O presente trabalho foi realizado no Departamento de Zootecnia da Escola Superior de Agricultura de Lavras, no período de julho de 1980 a outubro de 1981. O objetivo foi comparar o índice de valor nutritivo e o balan o nitrogenado dos fenos de Brachiaria decumbens Stapf cv. Australiana e Brachiaria ruziziensis Germain & Evrard em três idades de corte (60, 90 e 120 dias). Para o estudo do índice de valor nutritivo e balan o nitrogenado dos fenos, foram utilizados 12 carneiros mantidos em gaiolas de metabolismo, num experimento dividido em três ensaios, cada um em esquema fatorial 3 X 2, em delineamento inteiramente casualizado, com duas repeti es. No final, fez-se uma análise conjunta dos ensaios. Pelos resultados obtidos concluiu-se que a idade ideal para se fenar variou entre 60 e 90 dias, em ambas as espécies, nas condi es do presente trabalho. This work was conducted at the Department of Animal Science, Escola Superior de Agricultura de Lavras, Lavras, Minas Gerais, from July, 1980, to October, 1981. It was designed to compare the nutritive value index and the nitrogen balance of their hays at three different growth stages (60, 90 and 120 days). The nutritive value index and nitrogen balance was determined using 12 (twelve) sheep in metabolic cages. The experiment was divided into three parts. Each part was statistically analyzed on a 3 x 2 factorial scheme with two repetitions within a completely random experimental design. At the end, the collected data were statistically analyzed as a single experiment. Results permitted the following conclusion: the age more indicated for production of hay was between 60 to 90 days of growth in both species analyzed.
Efeito do emurchecimento e da adi o de fubá na degradabilidade in situ da silagem de alfafa (Medicago sativa L.)  [cached]
Ruggieri A.C.,Tonani F.L.,Andrade P.,Silveira A.C.
Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia , 2001,
Abstract: O objetivo deste ensaio foi avaliar o efeito do emurchecimento e da adi o de fubá durante o processo de ensilagem da alfafa sobre a degradabilidade in situ da matéria seca (MS), da fibra em detergente neutro (FDN) e da proteína bruta (PB). Foram utilizados três bovinos adultos mesti os fistulados no rúmen, nos quais foram incubados seis tipos de silagens (1-alfafa fresca; 2-alfafa fresca +5% de fubá; 3-alfafa fresca +10% de fubá; 4-alfafa emurchecida; 5-alfafa emurchecida + 5% de fubá ; 6-alfafa emurchecida + 10% de fubá) durante três tempos de incuba o (6, 24, 96 horas). O delineamento experimental foi em parcelas subdivididas, com tratamentos em parcelas, tempos em subparcelas e animais como blocos. A adi o de fubá à silagem aumentou (P<0,05) a degrada o da MS e FDN com o tempo de incuba o. O emurchecimento proporcionou diminui o (P<0,05) na degradabilidade dos nutrientes, entretanto esse efeito foi ligeiramente contornado pela adi o de 10% de fubá. Os tratamentos com a adi o de fubá e o emurchecimento proporcionaram maior taxa de degradabilidade da MS de fra o b, entretanto o emurchecimento diminuiu o potencial de degrada o a, enquanto que a adi o de níveis de fubá n o alterou a degradabilidade da MS dessa fra o. A degrada o da fra o b da FDN aumentou com a adi o de fubá e diminuiu com o emurchecimento, entretanto houve aumento dessa fra o quando se adicionou fubá à forragem emurchecida. A degrada o da fra o a da PB aumentou com a adi o de fubá e diminuiu com o emurchecimento; para a fra o b ocorreu o inverso. Concluiu-se que a prática do emurchecimento, por reduzir a fra o solúvel da forragem, diminui a degradabilidade dos nutrientes da silagem de alfafa, que no entanto pode ser melhorada com a adi o de fubá.
Ruminal degradability of oat (Avena sativum L.), Coast cross (Cynodon dactilon L.), and Esmeralda grass (Joysia japonica) hay pellet or not/ Degradabilidade ruminal dos fenos de aveia (Avena sativum L), Coast cross (Cynodon dactilon L.), e grama Esmeralda (Joysia japonica) peletizado ou n o  [cached]
Ivone Yurika Mizubuti,Fernanda Barros Moreira,Edson Luis de Azambuja Ribeiro,Elzania Sales Pereira
Semina : Ciências Agrárias , 2006,
Abstract: The objective of this work was to evaluate the ruminal degradability of dry matter (DM), crude protein (CP), neutral detergent fiber (NDF) and acid detergent fiber (ADF) of the oat hay (OH), Coast cross hay (CCH), pellet Esmeralda grass hay (PEH) and Esmeralda grass hay (EH). The in situ technique was used, with four bovines, castrated, rumen fistulated, distributed in an Latin square 4x4 experimental design. The material was incubated in the rumen in the times 0, 6, 24, 48, 72 and 144 hours. There was no difference between hays on the degradation rate (c, %/h) for the CP, NDF and ADF. For the DM, the OH and PEH presented higher degradation rate. There was difference on the effective degradability (ED, %) of the hays, and the observed values were: OH, 48.74%; PEH, 42.44%; EH, 35.13%; CCH, 30.24%. It can be concluded that oat hay presented the highest values for the soluble fraction and for the ED of all nutrients evaluated. The pellet process of the Esmeralda grass resulted in higher ED of the DM and of the fiber, with no alteration on the CP ED. O objetivo deste trabalho foi avaliar a degradabilidade ruminal da matéria seca (MS), proteína bruta (PB), fibra em detergente neutro (FDN) e fibra em detergente ácido (FDA) do feno de aveia (FA), feno de Coast cross (FCC), feno de grama Esmeralda peletizado (FEP) e feno de grama Esmeralda (FE). Foi utilizada a técnica in situ com quatro bovinos machos, castrados, fistulados no rúmen, distribuídos em um delineamento experimental em quadrado latino 4x4. O material foi incubado no rúmen nos tempos de 0, 6, 24, 48, 72 e 144 horas. N o houve diferen a entre os fenos na taxa de degrada o (c, %/h) para a PB, FDN e FDA. Para a MS, o FA e FEP apresentaram maior taxa de degrada o. Houve diferen a na degradabilidade efetiva (DE) da MS dos fenos sendo os valores observados: FA, 48,74%; FEP, 42,44%; FE, 35,13%; FCC, 30,24%. Conclui-se que o feno de aveia obteve maiores valores para a fra o solúvel e maior degradabilidade efetiva para todos os nutrientes avaliados e a peletiza o da grama Esmeralda promoveu maior DE da MS e da fibra, sem alterar a DE da PB.
Silagem de alfafa colhida no início do florescimento e submetida ao emurchecimento e à a o de aditivos biológicos  [cached]
Rangrab Luis Henrique,Mühlbach Paulo Roberto Frenzel,Berto Jorge Luiz
Revista Brasileira de Zootecnia , 2000,
Abstract: A alfafa (Medicago sativa L.) foi segada no ver o com 40 dias de rebrote no estádio de início de florescimento (26,3% MS; 18,94% PB; 8,9% de carboidratos solúveis na MS; e 43,35 meqOH-/100 g de MS de poder tamp o). Parte do material foi ensilada fresca (26,30% MS) e parte, emurchecida por 20 horas (44,12% MS). Ambas as silagens, emurchecidas e n o-emurchecidas, foram submetidas a quatro tratamentos, Controle, Enzimas, Lactobacilos e Lactobacilos mais Enzimas, e ensiladas em silos de laboratório (3,6 L), com quatro repeti es por tratamento, por um período de 60 dias. O emurchecimento propiciou silagens de melhor qualidade com menor pH, maior rela o ácido lático/ácido acético, menores níveis de N amoniacal (N - NH3) e menor solubiliza o das fra es nitrogenadas, com maior teor de carboidratos solúveis residuais. A a o dos aditivos na silagem de alfafa n o-emurchecida determinou valores mais baixos de pH e N-NH3 nos tratamentos com Enzimas e Lactobacilos mais Enzimas, quando comparados com o tratamento Lactobacilos, mas que n o diferiram do Controle. Em ambas as silagens fresca e emurchecida, houve diminui o do nível de FDN no tratamento Lactobacilos mais Enzimas.
Reten o do fósforo de fenos de gramíneas tropicais em ovinos  [cached]
Reis R.A.,Gra?a D.S.,Maurício R.M.
Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia , 1999,
Abstract: Mediu-se a reten o do fósforo de quatro gramíneas tropicais, capim-gordura (Melinis minutiflora), capim-braquiária (Brachiaria decumbens), capim-coastcross (Cynodon dactilon) e capim-coloni o (Panicum maximum), em cinco ovinos por meio de ensaios de balan o de fósforo. O experimento constou de quatro fases, cada uma com dura o de 21 dias (14 dias de adapta o à dieta e sete dias de colheita de fezes), totalizando 20 observa es. A análise dos dados foi feita por polin mios ortogonais, testando-se os efeitos de tratamento, de período e de animal, e os contrastes foram comparados pelo teste F. A reten o de fósforo foi negativa nos fenos dos capins gordura, braquiária e coastcross e positiva no feno do capim-coloni o. Por análise de regress o, a perda fecal do fósforo endógeno foi estimada em 15,5mg/kg PV/dia e o coeficiente médio de reten o foi de 0,37. Pela raz o entre o balan o e a ingest o, estimou-se que o consumo de fósforo necessário para alcan ar o equilíbrio foi de 44mg/kg PV/dia.
Inocula o Microbiana da Alfafa para Ensilagem sobre a Digestibilidade Aparente em Carneiros  [cached]
Rodrigues Paulo Henrique Mazza,Andrade Stefano Juliano Tavares de,Almeida Luis Fernando Sim?es de,Meyer Paula Marques
Revista Brasileira de Zootecnia , 2001,
Abstract: Foram objetivos do presente estudo avaliar os efeitos da inocula o microbiana da silagem de alfafa sobre a digestibilidade total em carneiros. Doze carneiros machos e castrados foram distribuídos em um delineamento inteiramente casualizado e os tratamentos corresponderam a silagem pré-secada de alfafa (média de 35,7% de MS e 19,6% de PB) controle ou inoculada com o produto Silobac (Lactobacillus plantarum e Pediococcus pentosaceus). O experimento teve dura o total de 21 dias, sendo os cinco últimos destinados à coleta de fezes e urina. A inocula o aumentou a digestibilidade total da MS (inoculado = 62,5% vs. controle = 59,5%), dos ENN (70,9% vs. 65,7%), da FDN (53,8% vs. 48,8%), da FDA (52,5% vs. 44,7%), do amido (84,0% vs. 80,2%), o NDT (59,5% vs. 56,7%) e o consumo de MS (2,82 vs. 2,48% do PV), mas n o alterou a digestibilidade total da PB (73,9% vs. 73,2%), EE (50,7% vs. 54,3%), FB (47,1% vs. 43,9%) ou a reten o nitrogenada (3,27 vs. 2,86 g de N/animal/dia).
Composi o química e digestibilidade de fenos tratados com am nia anidra ou uréia  [cached]
Reis Ricardo Andrade,Rodrigues Luis Roberto de Andrade,Pereira Jo?o Ricardo Alves,Ruggieri Ana Cláudia
Revista Brasileira de Zootecnia , 2001,
Abstract: O experimento foi conduzido para se avaliarem as altera es na composi o química e na digestibilidade in vitro da matéria seca (DIVMS) dos fenos de Brachiaria decumbens Stapf, Brachiaria brizantha (Hochst ex. A. Rich) Stapf e jaraguá (Hyparrhenia rufa Ness Stapf), colhidos no estádio de matura o das sementes e tratados com am nia anidra (3,0% MS) ou uréia (5,4% MS). A análise dos dados demonstra que a amoniza o diminuiu os conteúdos de FDN e hemicelulose com a mesma eficiência. Os tratamentos químicos n o alteraram os teores de FDA, celulose e lignina. Observou-se aumento nos teores de compostos nitrogenados, como N total e N insolúvel em detergente ácido (NIDA) em resposta à amoniza o. A rela o NIDA/NT diminuiu com a amoniza o, aumentando a quantidade de N disponível para a digest o. A DIVMS aumentou em resposta às altera es observadas na composi o química da fra o fibrosa e incremento no conteúdo de N prontamente digestível dos fenos tratados.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.