oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
EMBRIOGêNESE SOMáTICA DE VARIEDADES SUPERIORES DE CANA-DEA úCAR (Saccharum spp.)  [cached]
MENEZES, T. S. A.,SANTOS, T. C.,ARRIGONI, M. F.,BLANK, A. F.
Revista GEINTEC : Gest?o, Inova??o e Tecnologias , 2012,
Abstract: A cana-de-a úcar (Saccharum ssp.) é uma planta da família Poaceae, cultivada em países das regi es tropical e subtropical. Seu cultivo in vitro já foi descrito para diversos clones através da cultura de calos, meristemas e embri es somáticos. O delineamento foi o inteiramente casualizadocom cinco repeti es e quatro frascos por repeti o com quatro explantes cada frasco. Nos ensaios de indu o e multiplica o de calos testou-se concentra es de 2,4-D que variaram entre zero e 6,0 mg.L-1. No ensaio de regenera o de brota es os tratamentos constaram de um controle e combina es de 0,1 a 0,4 mg.L-1de cinetina e 0,2 a 0,8 mg.L-1 de BAP. Para o enraizamento testouse MS e MS/2. Na aclimatiza o testou-se substratos contendo pó de coco e/ou vermiculita suplementado com calcário, fertilizante NPK (3-12-6) e sais do meio MS. Para a indu o e amultiplica o dos calos recomenda-se a utiliza o de 6 mg.L-1de 2,4-D, para a regenera o das brota es 0,2 mg.L-1de cinetina e 0,4 mg.L-1de BAP (9,5 brota es/calo), e para o enraizamento o uso de MS/2. A aclimatiza o pode ser realizada com pó de coco e vermiculita (2:1 v/v) + 1 g.L-1de calcário + 12 g.L-1de NPK (3-12-6).
Avalia o da divergência nutricional de genótipos de cana-de-a úcar (Saccharum spp.)  [cached]
Freitas Acyr Wanderley de Paula,Pereira José Carlos,Rocha Fernanda Cipriano,Detmann Edenio
Revista Brasileira de Zootecnia , 2006,
Abstract: Objetivou-se neste trabalho avaliar a divergência nutricional de genótipos de cana-de-a úcar para uso na alimenta o de animais ruminantes. Foram avaliados os genótipos: RB72454, RB835486, SP80-1842, IAC86-2480, RB977512, RB867515, RB935566, RB925345, RB977625, SP79-1011, SP80-1816, SP81-3250 e SP91-1049, colhidos em soca aos 11 meses de idade, quanto às variáveis FDN, hemicelulose, lignina, rela o FDN x carboidratos solúveis, fra o indegradável da FDN, taxa de degrada o da FDN e taxa de degrada o da matéria seca. A aplica o da análise de agrupamento segundo o método de Tocher, utilizando a matriz de distancias euclidiana média, permitiu o estabelecimento de três grupos de genótipos. A FDN e a taxa de degrada o da MS foram as variáveis de maior importancia para a discrimina o dos grupos, contribuindo cada uma com 25,64% do poder de discrimina o total. A fra o indegradável da FDN foi a variável que apresentou a menor contribui o para discrimina o dos grupos (11,54%). A variáveis FDN, fra o indegradável da FDN, hemicelulose, taxa de degrada o da MS e taxa de degrada o da FDN mostraram-se eficazes para o estudo da diversidade nutricional da cana-de-a úcar. O grupo III, constituído pelo clone RB977512, apresentou as melhores médias para as variáveis avaliadas e, portanto, pode ser considerado de melhor qualidade nutricional para alimenta o de ruminantes.
Productivity and nutritional value varieties of sugarcane under different phosphorus sources Produtividade e valor nutricional de variedades de cana-de-a úcar sob diferentes fontes de fósforo  [cached]
Gustavo Caione,Francisco Maximino Fernandes,Anderson Lange,Antonio Fernando Bergamaschine
Semina : Ciências Agrárias , 2012,
Abstract: Due to the expansion of sugarcane in areas that are not traditional in it’s cultivation, there is need of study the management of fertilizer, mainly phosphorus, since it’s the nutrient that most limits the production in the tropics. The aim of this work was to evaluate the productivity and nutritional value of two varieties of sugarcane grown under different phosphorus sources, for three production cycles in North of Mato Grosso State, Brazil. The experimental design was randomized blocks in factorial scheme 4x2, with four replications. The sources of phosphorus used were bone meal, Arad phosphate and triple superphosphate at a dose of 100 kg P2O5 ha-1, and a control without nutrient application at planting. The varieties of sugarcane were planted IAC86-2480 and SP79-1011. We evaluated the productivity of dry matter, dry matter content, neutral detergent fiber and acid detergent, lignin, cellulose, in vitro digestibility and crude protein of forage. The phosphorus sources provided higher yields during the first cycle of sugarcane and did not cause significant effect on productivity in subsequent cycles. Phosphorus fertilization did not cause significant changes in the nutritional value of sugarcane. The variety IAC86- 2480 showed higher crude protein content in three cycles and higher dry matter yield in the first two cycles, compared to SP79-1011. Regarding the fiber constituents, both showed similar results. Com a expans o da cana-de-a úcar em áreas nas quais n o é tradicional seu cultivo, há a necessidade de se estudar o manejo da aduba o, principalmente do fósforo, que é o nutriente que mais limita a produ o em regi es de clima tropical. O objetivo deste trabalho foi avaliar a produtividade e o valor nutricional de duas variedades de cana-de-a úcar cultivada com diferentes fontes de fósforo, durante três ciclos de produ o no Norte do Mato Grosso. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, em esquema fatorial 4x2, com quatro repeti es. As fontes de fósforo utilizadas foram a farinha de ossos, fosfato de Arad e superfosfato triplo, na dose de 100 kg ha-1 de P2O5 e, um controle, sem aplica o do nutriente no sulco de plantio. As variedades de cana-de-a úcar plantadas foram a IAC86-2480 e a SP79-1011. Avaliou-se a produtividade de matéria seca, teor de matéria seca, fibra em detergente neutro e, em detergente ácido, lignina, celulose, digestibilidade in vitro e proteína bruta da forragem. As fontes de fósforo proporcionaram maiores produtividades durante o primeiro ciclo da cana-de-a úcar e n o causaram efeito significativo na p
Chave analítica para determina??o de dez variedades de cana-de-a?úcar (Saccharum spp.)
Almeida, M.De;Rochelle, L.A.;Crocomo, O.J.;
Scientia Agricola , 1995, DOI: 10.1590/S0103-90161995000100004
Abstract: using the data on organographic and biochemical parameter (isoenzymes, total soluble protein and brix values) characterization, it was possible to establish mi analytical key to taxonomicaly classify the following sugarcane (saccharum spp.) varieties: na 56-79, iac 52-150, iac 64-257, sp 70-1143, sp 71-3146, sp 71-3149, sp 71-1406, sp 71-6163, sp 71-6168 and sp 71-799.
Morfogênese in vitro e susceptibilidade de calos de variedades nacionais de cana-de-a úcar (Saccharum officinarum L.) a agentes seletivos utilizados em sistemas de transforma o genética  [cached]
LIMA MARCELO AGUIAR COSTA,GARCIA RENATA DE OLIVEIRA,MARTINS GILBERTO SACHETTO,MANSUR ELISABETH
Brazilian Journal of Botany , 2001,
Abstract: Foi avaliada a morfogênese in vitro a partir de explantes de folha imatura excisados de plantas de duas variedades nacionais (RB739735 e RB72454) de cana-de-a úcar (Saccharum officinarum L.), mantidas em campo. Os explantes foram obtidos de plantas com 6-9 meses e cultivados em meio MS sólido suplementado com 2,4-D a 9 miM. As culturas foram mantidas no escuro, durante quatro semanas. A eficiência de forma o de calos foi influenciada pelo genótipo. Os calos derivados da variedade RB72454 eram mucilaginosos e n o originaram plantas. Explantes da variedade RB739735 formaram calos amarelos friáveis e embriogênicos (tipo II), que mantiveram sua capacidade proliferativa por, pelo menos, seis meses. Após transferência para meio MS sem reguladores de crescimento e em condi es de ilumina o, 56% desses calos originaram plantas, resultando na produ o de, em média, 50 plantas por calo, após dois meses de cultura. As plantas continuaram a se desenvolver, originando novos brotos após transferência para meio MS0 líquido, n o sendo observadas anormalidades fenotípicas. A inibi o do desenvolvimento dos calos em resposta a diferentes concentra es de antibióticos usados em protocolos de transforma o genética foi também avaliada. Foi observada inibi o na presen a de canamicina a 128,7 miM e de higromicina a 94,8 miM. N o foi obtido nenhum efeito inibidor do antibiótico geneticina (G418), em concentra es entre 43,3 e 86,6 miM.
ácidos organicos de folhas de três variedades de cana-de-a?úcar (Saccharum spp) em quatro estádios de maturidade
Gutierrez, L.E.;Ferrari, S.E.;
Anais da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz , 1988, DOI: 10.1590/S0071-12761988000100028
Abstract: leaves of sugarcane (saccharum spp) from three different varieties (na-56-79, rb 73-5275 and iac 58-480) at four maturity stages (11, 12, 13 and 14 months) were analysed for organic acids and potassium content. trans-aconitic acid represented about 60% of total organic acids followed by malic, glutaric, succinic, alpha-ketoglutaric, malonic and fumaric acids. there were significant differences among varieties and maturity stages for all acids studied. there were no significant correlations between potassium and organic acids content.
Composi o químico-bromatológica, fracionamento de carboidratos e cinética da degrada o in vitro da fibra de três variedades de cana-de-a úcar (Saccharum spp.)
Azevêdo José Augusto Gomes,Pereira José Carlos,Queiroz Augusto César de,Carneiro Pedro Crescêncio Souza
Revista Brasileira de Zootecnia , 2003,
Abstract: Os objetivos do trabalho foram quantificar a composi o químico-bromatológica; determinar as fra es de carboidratos; e estimar as variáveis de cinética de degrada o dos carboidratos fibrosos (CF) e n o-fibrosos (CNF) de três variedades de cana-de-a úcar divergentes nutricionalmente. As variedades utilizadas foram SP80-1842, SP79-1011 e RB845257. As variedades de ciclo de produ o intermediário apresentaram maiores valores de FDN e FDA comparadas à variedade de ciclo precoce. As rela es FDN/Pol (polariza o do caldo) encontradas foram, respectivamente, 2,7; 2,8; e 2,3 para as variedades SP80-1842, RB845257 e SP79-1011. A variedade SP79-1011 apresentou menor fra o C e maior fra o B2 dos carboidratos (27,8 e 33,3%). Houve diferen as, por meio da técnica gravimétrica, para o tempo de coloniza o e a degradabilidade efetiva da FDN, com superioridade para a variedade SP79-1011, que apresentou valores respectivos de 7,9 h e 10,3%. Houve efeito apenas para o volume máximo de gás dos CNF, com superioridade das variedades de ciclo intermediário SP79-1011 e RB845257. A variedade SP79-1011 foi a que apresentou melhores características produtivas, composi o químico-bromatológica, além de melhores valores das variáveis de cinética de degrada o dos carboidratos fibrosos (CF) e n o-fibrosos (CNF). A técnica de produ o de gás apresentou melhores resultados que aqueles apresentados pela técnica gravimétrica.
Composi o químico-bromatológica de variedades de cana-de-a úcar (Saccharum spp L.) com diferentes ciclos de produ o (precoce e intermediário) em três idades de corte
Fernandes Alberto Magno,Queiroz Augusto César de,Pereira José Carlos,Lana Rogério de Paula
Revista Brasileira de Zootecnia , 2003,
Abstract: Foram objetivos deste trabalho determinar a composi o químico- bromatológica, as fra es potencialmente degradável (B2) e indegradável (C) da FDN dos carboidratos totais e estimar a reple o ruminal da cana-de-a úcar com diferentes ciclos de produ o (precoce e intermediário), em três idades de corte (426, 487 e 549 dias). As análises laboratoriais consistiram na determina o da matéria seca (MS), matéria organica, matéria mineral, proteína bruta (PB), extrato etéreo, lignina, fibra em detergente neutro (FDN), FDN corrigida para cinzas e proteína, fibra em detergente ácido (FDA), proteína insolúvel em detergente neutro, proteína insolúvel em detergente ácido e proteína solúvel em detergente neutro. Os nutrientes digestíveis totais (NDT) foram calculados por intermédio da composi o química. As fra es B2, C e a taxa de digest o da fibra, bem como a reple o ruminal, foram estimadas através de parametros cinéticos obtidos a partir da incuba o in situ. O avan o da idade de corte propiciou aumento nos teores de MS em 9,5%. As variedades intermediárias apresentaram NDT superiores às precoces, as quais destacaram-se pelos mais elevados teores de FDN e FDA, cujos respectivos valores foram 487,56 e 471,03, e 287,87 e 247,54 g/kg MS para as variedades precoces e intermediárias, respectivamente. O NDT aumentou linearmente com a idade de corte, variando de 62,45 a 63,50%; contudo, os teores de FDN e FDA apresentaram comportamento quadrático. As variedades precoces apresentaram maior teor de PB que as intermediárias somente na idade ao corte de 549 dias, contrariamente, o teor de brix foi superior para as variedades intermediárias no último corte. As variedades precoces apresentaram maior reple o ruminal total e menor taxa de digest o da fibra. A fra o B2 da fibra, foi reduzida e a C foi linearmente aumentada com a idade das plantas.
Morfogênese in vitro e susceptibilidade de calos de variedades nacionais de cana-de-a?úcar (Saccharum officinarum L.) a agentes seletivos utilizados em sistemas de transforma??o genética
LIMA, MARCELO AGUIAR COSTA;GARCIA, RENATA DE OLIVEIRA;MARTINS, GILBERTO SACHETTO;MANSUR, ELISABETH;
Brazilian Journal of Botany , 2001, DOI: 10.1590/S0100-84042001000100008
Abstract: in vitro morphogenesis from immature leaf explants excised from field-grown plants of two brazilian sugarcane (saccharum officinarum l.) cultivars (rb739735 and rb72454) was evaluated. explants were obtained from 6-9 month-old plants and cultured on solid ms medium supplemented with 9 mm 2,4-dichlorophenoxyacetic acid (2,4-d). cultures were maintained in the dark for four weeks. the efficiency of callus formation was influenced by the genotype. calli derived from cv. rb72454 were mucilagenous and did not originate plants. explants from cv. rb739735 formed yellow, friable embryogenic (type ii) calli, which kept their proliferative capacity for at least six months. upon transfer to hormone-free medium and light conditions, 56% of these calli regenerated plants, resulting in an average recovery of 50 plants per callus, after two months of culture. plants developed further and originated lateral shoots in liquid ms0 medium. no phenotypic abnormalities were observed. growth inhibition of calli in response to different concentrations of antibiotics used in genetic transformation protocols was also evaluated. inhibition was observed in the presence of 128.7 mm kanamycin and 94.8 mm hygromycin. no inhibitory effect of geneticin (g418) was obtained at concentrations between 43.3 and 86.6 mm.
USO DOS MATURADORES QUíMICOS NA CULTURA DA CANA-DE-A úCAR (Saccharum Spp)
GOMIDE, Ana Lúcia Oliveira,LAVANHOLI, Maria das Gra?as D. Prado,VELOSO, Luciana Araújo
Nucleus , 2008,
Abstract: This study has been consummated as a purpose of finding out the appling if vegetable maturersin sugar-cane plantation, that has turned na usual practice, trying to anticipate the maturity and whwn applied,during inducing period, the florishing control and, in this way, to adjust good quality raw material for advancedindustrialization, besides to help the producers in the use of diversities. The most used products as maturers areinserted in the growth in hibition group, emphasizing: Diquat, glyfoste, fluazifop-butil. The maturers use is animportant instrument to project the sugar-cane harvest, giving to the producers the possibility of antecipating or delaying of sugar beginning.Este estudo foi realizado com o objetivo de verificar a aplica o de maturadores vegetais na culturada cana-de-a úcar (Saccharum spp), que tem-se tornado uma prática comum, visando a antecipar a matura o e,quando aplicado no período de indu o, o controle do florescimento e, assim, disponibilizar matéria-prima de boaqualidade para industrializa o antecipada, além de auxiliar os produtores no manejo das variedades. Os produtosmais utilizados como maturadores est o inseridos no grupo dos inibidores de crescimento, dando destaque ao:Diquat, glyfosate, fluazifop-butil. O uso de maturadores é uma importante ferramenta para se planejar a safra de cana-de-a úcar, possibilitando aos produtores antecipar ou adiar o início do a úcar.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.