oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Colabora??o nas atividades de pesquisa desenvolvimento e inova??o: o que nos ensina o Modelo de Centros e Redes de Excelência Petrobras / COPPE UFRJ?
Pires, Ana Maria de Britto;Teixeira, Francisco Lima Cruz;Hastenreiter Filho, Horacio Nelson;
Organiza??es & Sociedade , 2012, DOI: 10.1590/S1984-92302012000300008
Abstract: the complexity of the technological innovation process in knowledge intensive activities has led to the emergence of new collaborative arrangements and new business models to deal with research, development and innovation (rd) activities. this article presents an evaluation of the prática centros e redes de excelência petrobras/coppe (pcrex) in the light of the following research topics: triple helix, open innovation, university-industry relations and innovation networks. the pcrex model proposes the establishment of new permanent interorganizational agencies aimed at the development of specific knowledge areas. the study of the method is based on the case study of the petrobras center of excellence in geochemistry (cegeq), the prototype of the application of the method set up in 1996. the research revealed the fine alignment of the pcrex with the triple helix and the open innovation models of innovation, which confirms its high potential to leverage the innovation process. however, it also highlighted cegeq's difficulties to fully realize this potential. the case study identified the need to improve the capacity of engaging and coordinating networks and to advance in the development of an institutional environment which favors the practice of collaboration in the pcrex mode. the research also revealed that the adoption of the pcrex model for the management of rd activities is a strategic decision and therefore must the aligned with the corporate strategy.
Empreendedorismo Acadêmico na COPPE/UFRJ: Reflex es Sobre Empresas Criadas com a Participa o de Professores  [cached]
Thiago Borges Renault,Marcus Vinicius de Araujo Fonseca,Robson Moreira Cunha,Rodrigo da Silva Carvalho
Revista Organiza??es em Contexto , 2011,
Abstract: O presente trabalho analisa o processo de cria o e desenvolvimento de quatro empresas de base tecnológica criadas por professores e alunos da Coordena o de Programas de Pós-Gradua o em Engenharia (COPPE), da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Os quatro estudos de caso foram desenvolvidos de maneira a enfatizar os recursos e os modelos de negócios utilizados por essas empresas ao longo de sua trajetória. Os dados apresentados no trabalho foram coletados por meio de entrevistas presenciais, e, por telefone, realizadas com os gestores da Incubadora de Empresas da COPPE/UFRJ e da Agência UFRJ de Inova o e com os sócios fundadores das empresas. A análise realizada mostra que as quatro empresas seguem padr es similares de recursos e modelos de negócio adotados ao longo de sua trajetória.
Inova??o em petróleo e gás no Brasil: a parceria Cenpes-Petrobras e Coppe-UFRJ
Lima, Marcos Ferreira da Costa;Silva, Marconi Aurélio e;
Sociedade e Estado , 2012, DOI: 10.1590/S0102-69922012000100007
Abstract: the leopoldo americo miguêz de mello research and development center, of petrobras, and the alberto luiz coimbra institute for post-graduation studies and research in engineering (coppe), of ufrj, have an extensive history of cooperation. technology partnerships developed between them over the past four decades were responsible for much of the advanced technologically stage reached by brazil in terms of exploration and production oil and gas, under the known adverse and remote conditions of our reserves, mostly found in deep and ultra deep sea waters. this article examines the historical evolution of the sector, the role of both institutions and about government incentives granted to enable this partnership, which suggests that the sectoral system of innovation in oil and gas is one of the best examples of innovative effort, that aimed to reach technological change in brazil. it focuses to look on the successful example of cooperative synergy between academia and the productive sector, analyzing qualitative and quantitative data collected from: anp, capes, cenpes-petrobras, cnpq, finep and coppe-ufrj. thus, we seek to understand how the new r&d centers that emerge in brazil in the current decade, stimulated by the industry for the development of pre-salt, can be reflected on this experience, as well as identify challenges that can be overcome.
Programa de Pós Gradua o em Ciências Atmosféricas em Engenharia - 2005 -Teses Defendidas - Doutorado - Instituto de Geociências - UFRJ
Anuário do Instituto de Geociências , 2005,
Abstract: 213 Anuário do Instituto de Geociências - UFRJ ISSN 0101-9759 Vol. 28-2 / 2005 p. 213-216 Programa de Pós Gradua o em Ciências Atmosféricas em Engenharia Teses Defendidas - Doutorado Autora: Célia Maria Paiva Orientadores: Otto Corrêa Rotunno Filho, Gutemberg Borges Fran a e William Tse Liu Horng Título: Estimativa do balan o de energia e da temperatura da superfície via satélite Noaa-Avhrr. No de páginas: 218 Resumo Neste trabalho s o discutidas as estimativas do balan o de energia (ECB) e da temperatura da superfície terrestre (TST) obtidas por meio de dados de sensoriamento remoto, bem como os experimentos de valida o das metodologias utilizadas. Para a estimativa das componentes do balan o de energia (CBE) e da TST foram utilizados dados NOAA-AVHRR. As CBE foram estimadas pelo algoritmo SEBAL proposto por Bastiaanssen (1995) e as estimativas da TST foram geradas pelas metodologias sugeridas por Bastiaanssen (1995) (saídas de TST do SEBAL), Fran a (1994), Coll et al. (1994a) e Sobrino et al. (1991) e seus resultados foram comparados entre si. Para valida o dos resultados, dois experimentos de campo foram organizados em Londrina e Dourados durante o inverno e o ver o de 1999, respectivamente. Devido a problemas operacionais durante o experimento de Londrina, apenas os dados de Dourados puderam ser usados neste trabalho. Nesses experimentos, simultaneamente às passagens dos satélite, foram realizados lan amentos de radiossondas, medidas de emissividade e temperatura da superfície e medidas de fluxos em superfície. Os resultados do modelo SEBAL apresentaram erros de estimativa inferiores a 4%, 6% e 7% para a radia o líquida, fluxo de calor sensível e fluxo de calor latente, respectivamente, quando 214 Programa de Pós Gradua o em Ciências Atmosféricas em Engenharia Teses Defendidas - Doutorado Anuário do Instituto de Geociências - UFRJ ISSN 0101-9759 - Vol. 28-2 /2005 p. 213-216 comparados com as medidas de campo. As metodologias para a estimativa da TST s o apresentadas e seus resultados discutidos. Os melhores resultados foram obtidos pelas metodologias de Fran a (1994) e de Bastiaanssen (1995) que apresentaram erros médios de estimativa iguais a 0,2oC e 0,6oC, respectivamente. Autor: Audalio Rebelo Torres Junior Orientadores: Claudio Freitas Neves (COPPE) e Affonso da Silveira Mascarenhas Junior Título: Estudo numérico sobre tele-conex o atmosférica entre fen menos oceanicos do Pacífico Equatorial e do Atlantico Sul No de páginas: 147 Resumo Neste trabalho é demonstrado como, nas escalas sazonal e interanual, a Alta Subtropical do Atlantico Sul em
Normas para colabora o  [cached]
Helmut Renders
Caminhando , 2009,
Abstract: A Caminhando é uma revista acadêmica publicada semestralmentepela Faculdade de Teologia da Universidade Metodista de S o Paulo. Ela está aberta para pesquisadores/as e docentes/as da área da Teologia e das Ciências da Religi o que possuam o grau de doutor ou mestre ou estejam prestes a obtê-lo.Apresenta o de artigosO texto poderá ter no máximo 25.000 caracteres com espa os (digitadas em espa o duplo, fonte Times New Roman Times 12 ou equivalente, margem 2,5 cm) incluindo-se notas e bibliografia. Os artigos submetidos à revista Caminhando dever o ser nacionalmente inéditos e n o estar, no momento, sendo objeto de aprecia o por quaisquer outros meios de publica o impressa. A página de rosto deverá conter o título do artigo,nome do autor, um resumo em português e, se for possível, também em inglês e espanhol (no máximo 250 caracteres com espa os). Como informa es sobre o/a autor/a solicitamos a titula o, a ocupa o e o e-mail do/ a autor/a. Os artigos ser o encaminhados para um/a parecerista, com basenos quais o editor tomará a sua decis o. A remessa do artigo poderá ser feita via Internet para o e-mail helmut.renders@metodista.br, ou em CD enviado pelo correio para o endere o: Universidade Metodista – Faculdade de Teologia Helmut Renders, Editor da Revista Caminhando – Prédio Alfa – Sala 222 – Rua do Sacramento, 230 – 09640-000, S o Bernardo do Campo/SP, Brasil.Normas para rodapé e referências bibliográficasAs cita es devem ser inseridas no corpo do texto, seguindo as formas(Autor, ano) ou (Autor, ano, página) como no exemplo (WEBER, 1991, p. 95).Se houver, do mesmo autor, mais do que um título citado, deve-se acrescentar uma letra após a data, tal como no exemplo: (WEBER, 1991b, p. 32). As notas de rodapé est o reservadas para informa es complementares.A bibliografia ou referências bibliográficas, quando houverem, devemser colocadas no final do texto e obedecer à norma NBR 6023 da ABNT,2002. Seguem alguns exemplos:Livro:SOBRENOME DO/A AUTOR/A, prenome. Título da obra: subtítulo. Númeroda edi o se n o for a primeira, Local de publica o, estado: editora, data.RIBEIRO, Claudio de Oliveira et all. (orgs.). Teologia e prática na tradi o wesleyena: Uma leitura a partir da América Latina e Caribe. S o Bernardo do Campo, SP: Editeo, 2005.Artigo:SOBRENOME DO/A AUTOR/A, prenome. “Título do artigo”. In: Título doperiódico, número da edi o, páginas (data).PAULA, Blanches de. “Luto e existência”. In: Caminhando, vol. 11, n. 17, p. 105-114 (2006).Coletanea:SOBRENOME DO/A AUTOR/A, prenome. “Título do capítulo”. In: iniciais do nome seguidas do sobrenome do o
O processo de moderniza??o da universidade: casos USP e UFRJ
Paula, Maria De Fátima De;
Tempo Social , 2000, DOI: 10.1590/S0103-20702000000200013
Abstract: the article deals with the modernization process of the university and the consequent transformation of the profile of the university intelligentsia based on two case studies: the university of s?o paulo (usp) and the federal university of rio de janeiro (ufrj). the study covers the `70s, `80s and `90s, thereby emphasizing the changes that took place in the respective universities, after the 1968 reform. the analysis focuses on the faculty of philosophy, letters and human sciences of usp and on the institute of philosophy and social sciences of ufrj, highlighting the human sciences area. since the 1968 reform, these university units have been inserted in the bureaucratic and rationalizing logic of the capital, which has led to their dilution as privileged loci for critical, political and cultural resistance.
Ensina-se corretamente o que se ensina a quem vai ser bibliotecário?
Francisco das Chagas de Souza
Revista ACB , 1996,
Abstract: [Portuguese] Trata-se de questionamento, à luz de uma vis o crítica, com a finalidade de evidenciar a natureza da atividade bibliotecária permitindo demonstrar que o procedimento adotado para a forma o do bacharel em biblioteconomia, especialmente no Brasil, n o o prepara para compreender, tanto a natureza de sua atividade profissional – seu papel social – quanto as formas suficientes para dar maior sentido humanístico à sua atua o na sociedade.
A mídia ensina: a crian a é soberana  [cached]
Maria Simone Vione Schwengber
Comunica??o, Mídia e Consumo , 2012,
Abstract: O presente artigo é parte de uma pesquisa inspirada nos campos dos Estudos de Gênero. Nele discuto a emergência de técnicas de governamento inerentes à modernidade e a cria o de dispositivos educativos do imperativo da maternidade e da paternidade responsáveis. Defino esse processo educativo contemporaneo mais amplo como politiza o da família relacional – o casal. A partir do resultado das análises, focalizo um movimento que ensina – a crian a é soberana.
O que sabe quem ensina áfrica na Geografia? Impactos na implementa o da Lei no 10.639/2003 no IFPA – campus Belém  [cached]
Helena do Socorro Campos da Rocha
Revista Thema , 2011,
Abstract: O estudo tem como locus o campus Belém do Instituto Federal de Educa o, Ciência e Tecnologia do Pará - IFPA. Trata dos saberes docentes acerca da áfrica na Geografia e os impactos na implementa o da Lei no 10.639/2003. Constatou-se pouco reflexo direto nos currículos escolares, cuja efetiva o está comprometida por conta da qualidade dos livros didáticos utilizados e pela deficiência na forma o do professor, no caso da pesquisa, especificamente da disciplina Geografia no IFPA campus Belém. Existem dificuldades conceituais por parte dos professores. Dentre elas se destaca a quest o da forma o inicial no que diz respeito ao conhecimento da realidade africana e afrobrasileira, pois os antigos currículos acadêmicos dos cursos de forma o de professores ignoravam este campo de conhecimento. O que sabe, acerca da áfrica, quem ensina Geografia impacta, sobremaneira em quem aprende essa mesma áfrica.
Fundamenta o teórica para as perguntas primárias: o que é matemática? Por que ensinar? Como se ensina e como se aprende? = Theoretical foundations to answer the primary questions: what’s mathematics? why teach mathematics? how to teach and how people learn it?  [PDF]
Garcia, Vera Clotilde Vanzetto
Educa??o , 2009,
Abstract: O presente artigo oferece suporte teórico para quest es primárias que est o no inicio de qualquer atividade docente em matemática: O que é matemática? Porque ensinar matemática? Como se aprende e como se ensina? O objetivo é contribuir para a forma o do professor pesquisador nas áreas de Educa o Matemática e Ensino de Matemática. O estudo concentrou-se no mundo teórico do Construtivismo Social, proposto pelo educador matemático inglês Paul Ernest, que opta pelos conceitos de "falibilismo" e "conversa o" para conceber Matemática. Ensino para promover o "empowerment" e a "aprecia o da Matemática" desenvolvendo ideias da teoria de aprendizagem de Vygotsky e do ensino segundo a "educa o Matemática Critica".
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.