oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Vigotski e a perspectiva enunciativa da rela o entre linguagem, cogni o e mundo social
Morato Edwiges Maria
Educa??o & Sociedade , 2000,
Abstract: A finalidade deste artigo é, a partir da teoriza o que se projeta na área da Lingüística, discutir alguns aspectos da reflex o vigotskiana sobre a linguagem. Especialmente, interessa-nos refletir acerca das propriedades semiológicas que Vigotski, em seus escritos, estabelece entre linguagem e cogni o. Nesse sentido, o presente trabalho inter-relaciona Vigotski com alguns autores com os quais manteria um "ar de família", como Humboldt, Bakhtin e Benveniste, a fim de explorar sua perspectiva enunciativa da rela o entre linguagem e cogni o.
A anatomia do homem é a chave da anatomia do macaco: a dialética em Vigotski e em Marx e a quest o do saber objetivo na educa o escolar
Duarte Newton
Educa??o & Sociedade , 2000,
Abstract: Vigotski, em seu "Manuscrito de 1929" afirma que a rela o filogênese-ontogênese no desenvolvimento organico é distinta da mesma rela o no desenvolvimento cultural: enquanto que o embri o humano se desenvolve sem interagir com o organismo adulto, o desenvolvimento cultural da crian a só ocorre por meio da intera o com o adulto, isto é, com o ser mais desenvolvido. Partindo dessa afirma o, o artigo analisa as rela es entre a dialética em Vigotski e em Marx, apoiando-se na reflex o metodológica e epistemológica desenvolvida por Marx no texto em que afirmou que "a anatomia do homem é a chave da anatomia do macaco". O artigo conclui com a defesa da tese de que a psicologia vigotskiana fornece apoio a uma pedagogia que valorize a transmiss o das formas mais desenvolvidas do saber objetivo produzido pela humanidade.
PRINCíPIOS éTICOS EM VIGOTSKI: PERSPECTIVAS PARA A PSICOLOGIA E A EDUCA O  [cached]
Achilles Delari Junior
Nuances : Estudos sobre Educa??o , 2013,
Abstract: Este texto explora criticamente princípios éticos pertinentes à psicologia de Vigotski, nem sempre explicitados por outros estudiosos, procurando esbo ar suas consequências para a prática social do psicólogo e do educador, de modo reflexivo e n o normativo. Na primeira se o, explicita-se que o valor fundamental para a perspectiva histórico-cultural é a própria humanidade. Contudo, n o se trata de um humanismo ingênuo, nem liberal, mas crítico de raiz marxista. No interior deste “humanismo crítico”, detalham-se os conceitos de “supera o”, “colabora o” e “emancipa o”, como busca de salto para o “reino da liberdade”. Na segunda se o, s o abordadas contradi es enfrentadas por trabalhadores da psicologia e da educa o que tentem pautar suas práticas em tais valores morais. Alia-se a necessidade de ver a realidade de modo crítico com a de entendê-la em sua historicidade, portanto, no caráter dinamico e conflitivo das lutas que constituem a sociedade e nossos papéis dentro dela. Na terceira se o, coloca-se o “método construtivo” [konstruktivnii metod] como um elo entre os princípios antes discutidos e a prática social do psicólogo e do educador, na constitui o da sua personalidade e a de seus interlocutores. Finalmente, como desafio e pedido de réplica, problematizam-se as possibilidades de supera o da hipocrisia da ética burguesa, com base no princípio da organiza o coletiva classista radical.
Apropria??o cultural e media??o pedagógica: contribui??es de Vigotski na discuss?o do tema
Silva, Silvia Maria Cintra da;Almeida, Célia Maria de Castro;Ferreira, Sueli;
Psicologia em Estudo , 2011, DOI: 10.1590/S1413-73722011000200005
Abstract: this article refers to the research that targeted the understanding of the cultural repertoire of public school teachers in primary and high school of uberaba and uberlandia cities (minas gerais state). based on on vygotsky’s and bourdieu’s theories, the project assumes that the mediation for learning would be better as much as its repertoire of knowledge and experience is wide and varied. data on the aesthetic experiences of teachers were collected through a questionnaire. the results indicate that the majority does not have the habit of visit spaces and cultural events, and that the familiarity with expressions of high culture is weak or virtually nonexistent, mainly due to low wages and intense days of work. considering that the school is, for many, the only possibility of accessing the non mass artistic production, the study identifies the need to expand investigations that deepen the discussion about the topic it addressed, as well as the urgent need of creating a governmental policy to the cultural and aesthetic formation of teachers.
A “PSICOLOGIA PEDAGóGICA” DE VIGOTSKI – CONSIDERA ES INTRODUTóRIAS  [cached]
Gisele Toassa
Nuances : Estudos sobre Educa??o , 2013,
Abstract: Este texto consiste em relato parcial de estudo teórico da “Psicologia Pedagógica” de L. S. Vigotski, em tradu o brasileira da ARTMED e no original em russo, mediada pelo debate de comentadores como G. Blanck, S. M. S. Barroco, M. G. D. Facci, M. G. Danilchenko, R. Van Der Veer e J. Valsiner. Dissertará sobre os objetivos da obra “Psicologia Pedagógica”, as influências presentes no texto (focando especialmente P. P. Blonski e L. Trotski), e, principalmente, sobre a contextualiza o histórica na qual ele se escreveu, acabando por ser marcado pela imaturidade teórica, ecletismo e problemas de composi o – algo decorrentes do seu caráter de compêndio e da crise que atravessava a psicologia nos anos 1920. Analisa-se a tese de que se trata de um texto escolanovista a partir de breve exposi o das rela es dos pedagogos soviéticos com o plano Dalton e a pedagogia dos projetos. Concluiu-se que a preocupa o de Vigotski – bastante subestimada por seus comentadores – com a liberdade, a atividade própria do aprendiz (em detrimento da mera reprodu o de ideias e tarefas n o compreendidas) e outros princípios fundamentais do marxismo convergiu com algumas diretrizes da Escola Nova, alterando-as. Longe de pretender leitura exaustiva de livro t o fértil, este texto procurará abordar suas especificidades e preparar, ainda que parcialmente, o leitor para algumas das principais quest es que envolvem a leitura da “Psicologia Pedagógica”.
El lugar de las emociones en la constitución social de lo psíquico: el aporte de Vigotski
González Rey Fernando L.
Educa??o & Sociedade , 2000,
Abstract: O artigo analisa o lugar das emo es na constitui o social do psíquico, destacando, sobretudo, a contribui o de Vigotski. O texto enfatiza, particularmente, duas das idéias que mais impacto exerceram na reconstru o da psicologia por Vigotski: o desenvolvimento das fun es psíquicas na atividade e a media o dos signos na constitui o dessas fun es. O conceito de "situa o social do desenvolvimento" revela a preocupa o de Vigotski em integrar a riqueza dos processos internos, constituídos na história anterior do sujeito, com as influências que caracterizam cada um dos momentos sociais do desenvolvimento. Destaca-se também a importancia que a "vivência" e a categoria de "necessidade" têm no pensamento de Vigotski. Finalmente, é analisada a quest o da "personalidade" como constru o teórica que reconhece ontologicamente a subjetividade individual, entendida como um processo de um sujeito que existe socialmente.
O valor da cultura: a importancia da obra de arte nas esferas política e econ mica  [cached]
Enio Luiz de Carvalho Biaggi
Revista Tecer , 2011,
Abstract: Estudo acerca do valor da obra de arte na sociedade contemporanea (contexto pós-moderno). Além disso, analisou-se a fun o da crítica e a atividade do artista nesse mesmo contexto, intrinsecamente relacionados à economia capitalista. Por fim, verificou-se também o papel da indústria cultural e a importancia dos recursos tecnológicos e dos meios de comunica o no universo artístico.
Cultural history and Roger Chartier’s contribution A história cultural e a contribui o de Roger Chartier  [cached]
José D'assun??o Barros
Diálogos , 2010, DOI: 10.4025/dialogos.v9i1.173
Abstract: This article attempts to clarify and discuss some aspects related to the modality of Cultural History, emphasizing the perspective of Cultural History of Roger Chartier, and discussing various concepts concerning the Cultural History. The article refers to a recently publicized work of the author of this text, witch principal subject was to elaborate a panoramic view of the various fields in which ones the historical knowledge is divided nowadays. Este artigo busca esclarecer e discutir alguns aspectos relacionados à modalidade da História Cultural, enfatizando mais especificamente a perspectiva da História Cultural proposta por Roger Chartier. Discute, ainda, diversos dos conceitos envolvidos na perspectiva de História Cultural. O artigo remete a uma obra recentemente publicada pelo autor deste texto, cujo principal objetivo é o de elaborar uma vis o panoramica das diversas modalidades da História nos dias de hoje.
A forma o do indivíduo nas rela es sociais: contribui es teóricas de Lev Vigotski e Pierre Janet
Góes Maria Cecília Rafael de
Educa??o & Sociedade , 2000,
Abstract: Este trabalho examina o Manuscrito "Psicologia Humana Concreta", de Lev Vigotski, com o propósito de assinalar o vigor dos argumentos do autor sobre o papel fundante das rela es sociais na forma o do indivíduo. O foco é posto nas passagens do texto que s o mais pertinentes à constru o recíproca do "eu" e do "outro". Na abordagem desse tema, s o exploradas algumas proposi es de Pierre Janet, já que ele é uma das importantes referências que Vigotski inclui no Manuscrito. Em seguida, as contribui es desses teóricos s o ilustradas através de análises de um estudo de elabora es sobre o eu e o outro, no jogo imaginário em crian as. Finalmente, s o destacadas as perspectivas profícuas que o Manuscrito oferece para a investiga o atual, bem como as complexas quest es que ele deixa em aberto.
Apropria o sociocognitiva da escrita: uma discuss o sobre a dimens o intrassubjetiva da linguagem
Rizzatti, Mary Elizabeth Cerutti
Letras de Hoje , 2009,
Abstract: Este estudo tematiza a apropria o sociocognitiva da escrita, à luz do conceito de intersubjetividade vigotskiano, propondo uma ressignifica o do conceito de intrassubjetividade delineado pelo teórico russo. Tal proposta de ressignifica o dá-se com base no modelo conexionista, em busca de aproxima o com as neurociências, dada a compreens o de que Vigotski, no início do século XX, ao tratar do universo intrassubjetivo, trouxe importantes elementos que, de algum modo, podem evocar o processamento neural da aprendizagem que subjaz às teoriza es conexionistas. Sob esse enquadramento teórico, a pesquisa buscou responder ao seguinte problema: Que imbricamentos é possível depreender entre a configura o das rela es intersubjetivas mantidas pela crian a e a apropria o sociocognitiva da língua escrita no que diz respeito à configura o formal e aos usos sociais a que se presta essa mesma escrita? O estudo foi desenvolvido em uma comunidade de desprivilegiamento socioecon mico e estigmatiza o cultural, na periferia da cidade de Florianópolis/SC/BR, em 2008. Analisaram-se as características do universo intersubjetivo da crian a e suas concep es sobre a língua escrita. As categorias de análise contemplaram delineamento familiar e escolar em se tratando dos usos da escrita e habilidades cognitivas das crian as para lidar com a escrita enquanto instrumento de relacionamento intersubjetivo. A base teórica s o estudos de Vigotski sobre rela es entre desenvolvimento e aprendizagem, linguagem e pensamento e forma o de conceitos, bem como fundamentos das neurociências cognitivas e o modelo conexionista.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.