oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Uso de marcadores RAPD na classifica o de isolados de Phytophthora spp. causadores da podrid o parda do cacaueiro no Brasil  [cached]
Faleiro Fábio G.,Luz Edna Dora M.N.,Cerqueira Ademildes O.,Rocha Cenilda S.S.
Fitopatologia Brasileira , 2003,
Abstract: Objetivou-se neste trabalho propor uma metodologia para a utiliza o de marcadores RAPD como uma ferramenta auxiliar na classifica o de isolados de Phytophthora spp. causadores da podrid o-parda do cacaueiro (Theobroma cacao) no Brasil. Existe uma necessidade constante de monitorar popula es de Phytophthora spp. nas regi es cacaueiras do Brasil e a tarefa de classifica o dos isolados é difícil e demorada. Com base em estudos de diversidade genética de isolados de Phytophthora capsici, P. palmivora e P. citrophthora por meio de marcadores RAPD, foram escolhidos três isolados de cada espécie como padr es e dois "primers" decameros mais informativos na diferencia o das espécies (OPA 13 e OPH 18). O DNA gen mico dos isolados padr es e de três isolados n o classificados foi extraído e amplificado, utilizando-se os dois "primers" decameros mais informativos. Os padr es de marcadores RAPD obtidos permitiram uma diferencia o visual clara dos isolados de cada espécie e mostraram-se úteis na classifica o de isolados de Phytophthora spp. A metodologia proposta já está sendo utilizada no Centro de Pesquisas do Cacau, solucionando eventuais dúvidas resultantes da caracteriza o morfológica dos isolados.
Influência da migra o na prevalência de marcadores sorológicos de hepatite B em comunidade rural: 1- Análise da prevalência segundo local de nascimento  [cached]
Passos Afonso D. C.,Gomes Uilho A.,Figueiredo José F. de C.,Nascimento Margarida M. P. do
Revista de Saúde Pública , 1993,
Abstract: Como parte de uma investiga o epidemiológica de campo sobre hepatite B num município de características rurais do Estado de S o Paulo, Brasil, foi estudada a distribui o de marcadores sorológicos dessa doen a segundo à área de residência e o local de nascimento dos indivíduos. Para o município estudado como um todo, a prevalência encontrada para um ou mais dos marcadores sorológicos de hepatite B foi de 7,7%, com os habitantes rurais apresentando risco mais elevado que os urbanos (9,8% e 4,9%, respectivamente). A análise da positividade, de acordo com o local de nascimento, mostrou valores mais altos entre os migrantes provenientes de outros Estados do País (15,8%), seguidos dos oriundos de outros municípios de S o Paulo (9,2%): entre os nascidos no município estudado e, particularmente em Ribeir o Preto, centro urbano de localiza o próxima ao mesmo, observaram-se as menores prevalências (5,2% e 2,5%, respectivamente). Discute-se a importancia de se analisar em estudos epidemiológicos, a procedência dos indivíduos, variável capaz de influir na história natural da hepatite B numa comunidade, e, eventualmente, explicar diferen as nas distribui es de marcadores dessa infec o em popula es aparentemente semelhantes.
Tratamento da insuficiência cardíaca terminal através da corre o da insuficiência mitral secundária e remodela o ventricular
BUFFOLO Enio,PAULA Ivan Machado de,BRANCO Jo?o Nelson R.,CARVALHO Ant?nio Carlos C.
Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular , 2001,
Abstract: INTRODU O: A sobrevida de pacientes com miocardiopatia e insuficiência mitral secundária em classe funcional IV é muito pequena em curtos períodos de observa o, apesar dos progressos consideráveis obtidos com o tratamento médico. Tem sido demonstrado que o aparecimento de insuficiência mitral secundária piora o prognóstico e a qualidade de vida e que a corre o da insuficiência mitral permite melhor controle do paciente. OBJETIVO: O presente trabalho prop e o implante de uma prótese em posi o mitral que elimina a insuficiência mitral e remodela a base do ventrículo esquerdo e o seu eixo longitudinal. CASUíSTICA E MéTODOS: Analisamos 33 pacientes com insuficiência cardíaca refratária sob terapêutica máxima operados entre dezembro/95 e setembro/99. O grupo etário variou de 25 a 78 anos (mediana 58) sendo 57,7% do sexo masculino. O período de observa o variou de 4 meses a 4 anos (mediana 22 meses). Quanto à etiologia, em 15 pacientes era isquêmica, em 13 dilatada, em 3 chagásica, em 1 pós-parto e em 1 viral. RESULTADOS: Ocorreram 3 óbitos na fase hospitalar (3/33) e 2 na tardia (2/30), estando 28 pacientes em observa o. Neste intervalo de seguimento, 88% dos pacientes melhoraram 1 ou 2 classes funcionais, a fra o de eje o subiu de 20 a 36%, apesar da elimina o da fra o regurgitante, o volume efetivo melhorou consideravelmente (58 para 80 ml) entre a aferi o pré-operatória e a última evolu o. CONCLUS O: A insuficiência cardíaca refratária com insuficiência secundária moderada a severa pode sofrer efetiva palia o com a elimina o de regurgita o e remodela o do ventrículo esquerdo, implantando-se prótese valvar no anel atrioventricular esquerdo.
Effect of recurrent selection on the genetic variability of the UNB-2U popcorn population using RAPD markers = Efeito da sele o recorrente na popula o UNB-2U de milho pipoca por marcadores RAPD
Felipe Oliveira Vilela,Antonio Teixeira do Amaral Júnior,Messias Gonzaga Pereira,Carlos Alberto Scapim
Acta Scientiarum : Agronomy , 2008,
Abstract: The aim of this research was to study the effects of recurrent selection on the genetic variability of UNB-2U popcorn population after three cycles of recurrent selection (mass selection, full-sib selection and S1 families) based on RAPD markers in 30 progenies from each selection cycle. There was no significant variation between the C0 and C2 cycles based on RAPD, showing that the use of different recurrent selection strategies in the cycles did not decrease genetic variability, due to the size of the population selected in the different cycles. The significant difference observed between mean values of C1 and C2 cycles was attributed to the smaller population size in C1 generation. Individuals were distributed into three large clusters and 20% of the individuals were placed in a groupdifferent from their original cycle. This can be explained by alleles’ transference from one generation to another and by the relationship between cycles. Com o objetivo de averiguar o impacto da sele o recorrente navariabilidade genética de progênies da popula o de milho pipoca UNB-2U, após 3 ciclos de sele o recorrente por diferentes métodos (massal, irm os completos e famílias S1), 30 progênies de cada ciclo foram avaliadas por marcadores RAPD. Constatou-se que n o houve varia o molecular significativa entre os ciclos C0 e C2, revelando que o uso de diferentes estratégias de sele o recorrente n o promoveu estreitamento genético, em raz o do tamanho populacional selecionado nos ciclos. A diferen a significativa na média entre osciclos C1 e C2 é atribuída ao menor tamanho populacional da gera o C1. A distribui o dendrogramica dos indivíduos revelou a forma o de 3 grandes grupos, sendo que 20% dos indivíduos foram alocados em grupo distinto do ciclo a que pertenciam, em raz o da transferência de alelos nas subseqüentes gera es, bem como da própria semelhan a entre os ciclos.
Marcadores moleculares RAPD e descritores morfológicos na avalia o da diversidade genética de goiabeiras (Psidium guajava L.) = RAPD molecular markers and morphological descriptors in the evaluation of genetic diversity of guava (Psidium guajava L.)
Aroldo Gomes Filho,Jurandi Gon?alves de Oliveira,Alexandre Pio Viana,Ana Paula de Oliveira Siqueira
Acta Scientiarum : Agronomy , 2010,
Abstract: O conhecimento da variabilidade genética e fenotípica entre diferentes acessos de goiabeiras é importante para se apoiar programas de melhoramento dessa espécie na regi o Norte Fluminense que carece de novas culturas capazes de gerar renda aos produtores locais. O objetivo deste trabalho foi avaliar a divergência genética entre seis cultivares e 19 acessos de goiabeiras, por meio de marcadores moleculares RAPD e características morfoagron micas. Foram obtidas 117 marcas polimórficas, utilizando-se 28 iniciadores. Os resultados mostraram uma concordancia parcial entre os métodos de agrupamentos estudados, com a forma o de 12 grupos. O acesso Vita 3 e o acesso 6 foram os mais divergentes, apresentando distancia genética de 0,663. A análise comparativa dos agrupamentos revelou que os marcadores RAPD e os descritores morfológicos foram eficientes para discrimina o dos acessos e que houve variabilidade genética potencial para uso em Programa de Melhoramento Genético. The knowledge of the genetic and phenotypic variability among different accessions of guava is important for supporting improvement programs of this specie in northern Rio de Janeiro state, which needs new cultivars able to generate income for local farmers. This work aimed to evaluate the genetic divergence among six cultivars and 19 accessions of guava via RAPD molecular markers and morphologicalcharacteristics. One hundred and seventeen polymorphic markers were obtained from 28 primers. The results showed a partial agreement between the methods of studied groupings, with the formation of 12 groups. The accessions ‘Vita 3’and ‘6’ were the most divergent, showing genetic distance of 0.663. The comparative analysis of groupings showed that RAPD markers and morphological descriptors were effective in discriminating the accessions and to show potentialgenetic variability useful in genetic improvement programs.
Identifica o de marcadores RAPD ligados a um gene de resistência ao cancro da haste da soja  [cached]
CARVALHO GERALDO A.,SEDIYAMA TUNEO,MARIN ANA LILIA ALZATE,BARROS EVERALDO G.
Fitopatologia Brasileira , 2002,
Abstract: O cancro da haste da soja (Glycine max) é uma importante doen a causada pelo fungo Diaporthe phaseolorum f. sp. meridionalis/Phomopsis phaseoli f. sp. meridionalis. Visando identificar marcadores RAPD associados a genes de resistência ao cancro da haste, causado pelo isolado CH8, presentes na linhagem UFV 91-61, foi realizado, inicialmente, um estudo sobre a heran a da resistência, por meio do cruzamento desta linhagem com a variedade suscetível Paranaíba. Os resultados indicaram que um gene dominante controla a resistência a este isolado. Através de análises com marcadores moleculares na popula o F2 foram identificados dois marcadores RAPD produzidos pela amplifica o do primer OPAB19. Os dois fragmentos de DNA de aproximadamente 1.150 e 1.320 pb produzidos por este primer est o ligadas em fases de repuls o e acoplamento, respectivamente, a uma distancia de 4,7 cM do gene de resistência da linhagem UFV 91-61. Estes marcadores poder o ser usados para monitorar a introgress o deste gene em cultivares de soja adaptados e abre a possibilidade de uma sistemática procura de marcadores ligados a outros genes de resistência para o cancro da haste da soja, os quais poderiam ser posteriormente piramidados num único background genético.
Remodela o cirúrgica da valva aórtica
FONTES Ronaldo D.,SALERNO Herbert D.,HIJO Alfredo V. E. E.,NAJJAR Alberto
Revista Brasileira de Cirurgia Cardiovascular , 2001,
Abstract: OBJETIVO: Os autores analisam os resultados por eles obtidos com a utiliza o de técnica específica para a preserva o da valva aórtica. CASUíSTICA E MéTODOS: Esse método consiste no emprego habitual da circula o extracorpórea com uso de hipotermia moderada e infus o de solu o cardioplégica nos óstios coronários. Realiza-se ressec o da válvula n o coronariana e une-se as comissuras correspondentes utilizando-se fio de Mersilene 2-0 ancorado em feltro de teflon, tornando a valva "bivalvulada". Procede-se por fim à aortorrafia convencional. Foram operados 15 pacientes, 9 do sexo masculino. A idade variou entre 12 e 78 anos. Quatro pacientes tinham diagnóstico de insuficiência aórtica isolada, 2 com dupla disfun o aórtica associada à insuficiência coronária, 2 com doen a da aorta ascendente, 4 com insuficiência aórtica e mitral, 1 com dupla disfun o aórtica e mitral, e 2 com insuficiência aórtica e insuficiência coronária. RESULTADOS: Em 12 pacientes n o houve insuficiência aórtica residual pós-operatória, e em 3 identificou-se insuficiência aórtica leve ou moderada. Três pacientes foram reoperados no pós-operatório tardio devido a insuficiência aórtica, tendo sido substituída a valva aórtica em 2. Quatro pacientes foram submetidos a estudo hemodinamico e em 1 deles havia gradiente supravalvar de 20 mmHg. Nos outros 3 pacientes, o gradiente sistólico transvalvar foi de 0, 9 e 12 mmHg, respectivamente. Os 11 pacientes restantes foram avaliados somente através de ecocardiografia, a qual n o demonstrou estenose. N o houve óbito imediato e houve 1 óbito tardio, após reopera o. Quatorze pacientes tiveram melhora da classe funcional, tanto imediata quanto tardiamente, e foram acompanhados durante período entre 30 dias e 24 meses, encontrando-se em classe funcional I ou II (NYHA). CONCLUS O: Os autores acreditam que o método seja uma alternativa para o tratamento cirúrgico conservador da doen a valvar aórtica.
Uso de marcadores moleculares na análise da variabilidade genética em acerola (Malpighia emarginata D.C.)
SALLA MARIA FERNANDA SPEGIORIN,RUAS CLAUDETE DE FáTIMA,RUAS PAULO MAURíCIO,CARPENTIERI-PíPOLO VALéRIA
Revista Brasileira de Fruticultura , 2002,
Abstract: A acerola (Malpighia emarginata) é uma frutífera tropical encontrada nativa na América Central e no Norte da América do Sul, sendo de grande importancia econ mica e social devido ao seu alto conteúdo de vitamina C (ácido ascórbico). Pomares de acerola têm sido preferencialmente estabelecidos por métodos de propaga o vegetiva. No entanto, a propaga o sexuada por sementes é igualmente utilizada e permite revelar um alto grau de polimorfismo na cultura, possibilitando a identifica o de genótipos portadores de características de interesse agron mico. Vinte e quatro acessos de acerola, pertencentes ao Banco Ativo de Germoplasma da Universidade Estadual de Londrina, foram analisados, usando marcadores RAPD (Random amplified Polymorphic DNA) e obtidos com iniciadores (primers) de seqüência simples repetidas (SSRs). Um total de 164 e 73 marcadores foram obtidos com primers de RAPD e SSR, respectivamente. Os marcadores obtidos foram analisados, usando o método de agrupamentos UPGMA. A análise comparativa dos dendrogramas gerados com os primers de RAPD e com os primers SSR mostrou que, enquanto alguns acessos se associaram em grupos diferentes, outros apresentaram a mesma associa o. Entretanto, maior polimorfismo entre acessos foi detectado com os primers de RAPD. A análise dos resultados revelou a alta variabilidade contida na cole o, permitindo associar o grau de similaridade genética, obtido por marcadores de DNA, com caracteres morfológicos compartilhados entre os acessos.
Remodela o miocárdica na sobrecarga cr nica de press o ou de volume no cora o de ratos  [cached]
Matsubara Luiz Shiguero,Narikawa Silvia,Ferreira Ana Lucia dos Anjos,Paiva Sergio Alberto Rupp de
Arquivos Brasileiros de Cardiologia , 2006,
Abstract: OBJETIVO: Comparar as altera es estruturais cardíacas em modelos experimentais de sobrecarga de press o e de volume. MéTODOS: Foram analisados ratos com hipertens o renovascular (HRV, n = 8), normotensos com sobrecarga de volume por fístula aortocava (FAV, n = 10) e animais controles (CONT, n = 8). Após quatro semanas, registrou-se a press o arterial caudal (PAS) e obtiveram-se os pesos dos ventrículos direito (PVD) e esquerdo (PVE). Em cortes histológicos, foram medidas as áreas seccionais dos miócitos (AM), a espessura da parede do VE (E), o diametro da cavidade (DVE), a rela o E/DVE, e a fra o de colágeno (CVF). As compara es foram feitas pela ANOVA e teste de Tukey para nível de significancia de 5%. RESULTADOS: A PAS (mmHg) foi maior no grupo HRV (HRV = 187 ± 22; CONT = 125 ± 10; FAV = 122 ± 6, p < 0,05). A hipertrofia do VE foi observada nos grupos HRV e FAV. O grupo FAV apresentou aumento significante do DVE, comparado ao CONT e HRV. As espessuras absoluta e normalizada da parede ventricular foram semelhantes entre os grupos. Houve aumento significante do CVF no grupo HRV em rela o aos grupos CONT e FAV. CONCLUS O: A sobrecarga de volume causa padr o distinto de remodela o cardíaca, quando comparada com aquela decorrente da hipertens o arterial, sugerindo que as implica es funcionais de cada padr o n o s o intercambiáveis.
Influência da migra??o na prevalência de marcadores sorológicos de hepatite B em comunidade rural: 1- Análise da prevalência segundo local de nascimento
Passos,Afonso D. C.; Gomes,Uilho A.; Figueiredo,José F. de C.; Nascimento,Margarida M. P. do; Oliveira,Jaqueline M. de; Gaspar,Ana M. C.; Yoshida,Clara F. T.;
Revista de Saúde Pública , 1993, DOI: 10.1590/S0034-89101993000100005
Abstract: distribution of hepatitis b serological markers according to people's birthplaces and area of residence (urban/rural) was studied as a part of a field epidemiological research project carried out in cássia dos coqueiros, a small rural community of s. paulo state, brazil. the total prevalence of hbv markers was 7.7%, with rural showing a higher risk than urban inhabitants (9.8% as against 4.9%, respectively). analysis of prevalence according to people's birthplaces revealed the highest value among those from other brazilian states (15.8%), followed by people from other municipalities of the state of s. paulo (9.2%). those born in cássia dos coqueiros and particularly in ribeir?o preto (the main city of the area, located 80 kilometers away), showed the lowest values of prevalence (5.2% and 2.5%, respectively). the importance of studying people's birthplaces when field epidemiological studies on hepatitis b are carried out is stressed. this variable is considered to be capable of exercising an influence on the natural history of the disease in a community, and may even explain differences in the distribution of markers in apparently similar populations.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.