oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
A temática cultura organizacional nos estudos na área da saúde e da enfermagem
Bastos Marisa Antonini Ribeiro
Revista Latino-Americana de Enfermagem , 2001,
Abstract: O objetivo deste artigo é apresentar uma revis o da literatura sobre a temática cultura organizacional apontando os pressupostos subjacentes às diferentes concep es teórico-metodológicas. Focaliza os estudos na área da saúde a da enfermagem.
A cultura como obstáculo: percep es da enfermagem no cuidado às famílias em alojamento conjunto  [cached]
Marisa Monticelli,Ingrid Elsen
Texto & Contexto - Enfermagem , 2006,
Abstract: El presente trabajo se trata de una investigación cualitativa que tuvo como objetivo identificar las representaciones que las trabajadoras de enfermería poseen acerca de la cultura, al desarrollar el proceso de cuidar de las familias en una unidad de alojamiento conjunto. Para la fundamentación del estudio se adoptó las definiciones y los significados extraidos de la Antropología de la Salud y de la Antropología Simbólica. Para la recolección de los datos fueron utilizados las técnicas de la observación participante y la entrevista temática, siendo estas mismas analizadas para el análisis de sus contenidos, de donde emergieron tres categorías: las creencias de las familias son bien interesantes ; la irrelevancia y la desvalorización de la cultura de las familias ; y el lugar de la creencia está allá afuera . Los resultados apuntaron que, para las trabajadoras, la cultura de las familias es interpretada como algo residual, irrelevante y como un obstáculo a ser superado. Se presenta, así mismo, como un conocimiento que tiene poco o talvéz ningún status, principalmente, si éste se compara con el conocimiento biomédico necesario para cuidar de las mujeres y de los recién nacidos durante el nacimiento.
“Lutar contra o cancer é lutar pela vida”: análise poliocular da solidariedade do voluntariado contra o cancer infantil piauiense
Silva, Lourdes Karoline Almeida
Textos & Contextos (Porto Alegre) , 2007,
Abstract: O argumento desenvolvido é de que o terceiro setor é uma constru o políticoecon mica do Estado para a implanta o do programa neoliberal de redu o da a o social estatal, e o voluntariado uma constru o (re)valorizada socioculturalmente, nos últimos dez anos, no Brasil. E, nesse processo, o voluntariado como identidade social, é uma das ferramentas de legitima o da nova postura do Estado brasileiro. Com a redu o da a o social do Estado brasileiro, houve a sua desresponsabiliza o com o social e a conseqüente responsabiliza o da sociedade pela gerência de políticas sociais pontuais e focalistas. Assim, a cultura dos voluntariados promoveu a constru o das identidades voluntárias, que legitimam o processo de publiciza o. Nesse processo, os direitos sociais e a solidariedade social foram transformados em deveres sociais para com os(as) excluídos(as) e solidariedade voluntária e local.
Cultura, saúde e enfermagem: o saber, o direito e o fazer crítico-humano  [cached]
Rose Mary Costa Rosa Andrade Silva,Eliane Ramos Pereira,Fátima Helena do Espírito Santo,Marcos Andrade Silva
Revista Eletr?nica de Enfermagem , 2008,
Abstract: Trata-se de um trabalho que apresenta uma reflex o teórico-filosófica acerca da cultura, saúde e enfermagem. Selecionamos autores que entendem a filosofia como um saber que coloca os problemas do pensar e do agir como quest o ou processo. Focalizamos três instancias, a saber: a cultura, a saúde e a enfermagem como saber, direito e fazer crítico. A cultura é compreendida como resposta do homem ao desafio da existência onde o humano se realiza. A enfermagem é um fazer crítico humano e ao fazer, o enfermeiro se faz. O enfermeiro percebe-se como capaz de transformar a natureza e a si mesmo no trabalho. A saúde é um direito a ser conquistado e historicamente esta perspectiva passa a ganhar corpo, ainda que lentamente, na cidade moderna. Conclui-se que a cultura aparece como “seiva” que nutre a a o humana, a forma através da qual a humanidade se configura no triangulo: cultura, trabalho/enfermagem e saúde.
A solidariedade por meio da jurisdi o ambiental
Zenildo Bodnar
Revista Espa?o Acadêmico , 2011,
Abstract: Neste artigo, analisa-se a solidariedade enquanto valor fundamental e irradiante, numa perspectiva filosófica, sociológica e principalmente jurídica. Defende-se a necessidade de ampla juridiciza o deste princípio, inclusive por intermédio das decis es do Poder Judiciário. Conclui-se que a solidariedade, enquanto princípio jurídico estruturante da jurisdi o ambiental, deve ser o marco referencial axiológico para a consolida o de uma nova ética para o homem tecnológico insensível.
Diferentes matizes da idéia de solidariedade Different notions of solidarity  [cached]
Vera Herweg Westphal
Revista Katálysis , 2008,
Abstract: Este artigo analisa os diferentes sentidos do termo solidariedade, identificando que n o há uma abundancia em teorias sobre este mesmo, mas é tema na sociologia, na filosofia e na política. Resgata a origem do termo quando tinha o sentido de unidade e de auxílio ao próximo. Contextualiza o termo na modernidade, apresentando seu uso no solidarismo francês, na doutrina social da igreja e do movimento de classe dos trabalhadores e na ado o da solidariedade como princípio de Estado, quando fornece suporte à formula o de políticas sociais. Por fim, aborda o termo na economia solidária, constatando seu o uso na forma lingüística de adjetivo, além de sua apresenta o com a conota o de algo a ser construído e vivido entre iguais, quais sejam, entre os excluídos de esfera econ mica dominante. Reflete acerca do uso do termo na economia solidária, tendo em vista sua constru o social e histórica. This article analyzes the different meanings of the term solidarity. There are not many theories about this theme, although it is debated in the fields of sociology, philosophy and political science. The paper looks at the origin of the term when it had the meaning of unity and assistance to others. The term is considered in the context of modernity, presenting its use in the French solidarity movement, in the social doctrine of the church, in the working class movement and in the adoption of solidarity as a Government principle that guides social policies. Finally, it considers the term of solidarity economics, and finds that the use of the linguistic form of the adjective, in addition to its presentation with the connotation of something to be built and lived among equals, whoever they are, and among those excluded from the dominant economic sphere. It reflects on the use of the term solidarity economics, considering its social and historic construction.
Solidariedade, competitividade e reflex o ética nos contextos da nova economia e da economia solidária  [PDF]
Nardi, Henrique Caetano,Rodrigues, Manoela Carpenedo
Psico , 2009,
Abstract: O artigo visa a discutir as implica es éticas da inser o no mercado de trabalho no contexto da nova economia e da Economia Solidária. As análises do contexto sócio-econ mico em voga usualmente contrap em a solidariedade/associativismo à competitividade/individualismo. Buscando problematizar essa suposta oposi o, investigamos como a solidariedade é compreendida por 40 jovens divididos/as em dois grupos: 20 trabalhadores/as inseridos em ocupa es ligadas à telefonia móvel, à informática e internet e ao setor bancário pós-reestrutura o e 20 trabalhadores/as vinculados a projetos de Economia Solidária e associativismo. Por meio de entrevistas inspiradas na abordagem biográfica e da resolu o de um dilema ético buscamos entender quais os acontecimentos que marcam a vida destes/as jovens e influenciam as formas de inser o no la o social, do ponto de vista do trabalho e das rela es sociais.
"Lutar contra o cancer é lutar pela vida": análise poliocular da solidariedade do voluntariado contra o cancer infantil piauiense = "Fight against cancer is to fight for life": a poliocular analysis of the solidarity of the volunteer body against Piaui’s children cancer  [PDF]
Silva, Lourdes Karoline Almeida
Educa??o , 2007,
Abstract: O argumento desenvolvido é de que o terceiro setor é uma constru o políticoecon mica do Estado para a implanta o do programa neoliberal de redu o da a o social estatal, e o voluntariado uma constru o (re)valorizada socioculturalmente, nos últimos dez anos, no Brasil. E, nesse processo, o voluntariado como identidade social, é uma das ferramentas de legitima o da nova postura do Estado brasileiro. Com a redu o da a o social do Estado brasileiro, houve a sua desresponsabiliza o com o social e a conseqüente responsabiliza o da sociedade pela gerência de políticas sociais pontuais e focalistas. Assim, a cultura dos voluntariados promoveu a constru o das identidades voluntárias, que legitimam o processo de publiciza o. Nesse processo, os direitos sociais e a solidariedade social foram transformados em deveres sociais para com os(as) excluídos(as) e solidariedade voluntária e local. The developed argument is that the third sector is an economic political construction of the State for the implantation of a neoliberal program of reduction in State’s social action, and volunteer work as a revalued socio cultural construction in the last ten years in Brazil. So, in this process, the volunteer as a social identity, one of the tools for legitimating a new position of Brazilian State. with the reduction of social action of Brazilian State, there was a desresponsabilization with the social and consequently responsabilization of society for the management of focused social policies. Thus, the culture of voluntarism promoted the construction of volunteer identities who legitimate the process of publicization. In this process, the social rights and social solidarity were transformed into social duties for the excluded and local and voluntary solidarity.
Saberes da enfermagem - a solidariedade como uma categoria essencial do cuidado
Waldow, Vera Regina;Fensterseifer, Lísia Maria;
Escola Anna Nery , 2011, DOI: 10.1590/S1414-81452011000300027
Abstract: this paper aims to reflect on the knowledge of nursing in synthetic and analytical aspects, according to new paradigmatic perspectives and emphasize solidarity as one of the categories of care. the art and science of nursing are consubstantiated by the care given in the present article as its know-how.solidarity, in turn, substantial element of care is emphasized in the text, considering the current reality, because it makes up the moral sense and the exercise of citizenship.
Cultura da Convergência  [cached]
Rogério Christofoletti
Brazilian Journalism Research , 2011,
Abstract: Three ideas would suffice for the reading of “Cultura da Convergência” (Culture of Convergence) by Henry Jenkins to be of interest to journalists and researchers in the area: media convergence as a cultural process; the strengthening of an emotional economy which guides consumers of symbolic goods and media creators; the expansion of trans-media narrative forms.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.