oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Construtivismo: desdobramentos teóricos e no campo da educa o. Constructivism: theoretical developments and in the education area  [PDF]
Sanchis, Isabelle de Paiva,Mahfoud, Miguel
Revista Eletr?nica de Educa??o , 2010,
Abstract: O construtivismo, que tem como principal referência Jean Piaget, designa hoje um conjunto teórico e de práticas que abrange a obra de muitos autores e desdobramentos práticos diversificados. No campo educacional, a teoria construtivista foi muitas vezes transformada em métodos pedagógicos, a partir da escolha de partes ou conceitos da teoria a serem tomados para aplica o em determinados aspectos da aprendizagem escolar. O objetivo deste trabalho é o de resgatar alguns dos importantes desdobramentos da teoria piagetiana, tanto no campo teórico como no desenvolvimento de práticas pedagógicas, e apontar os riscos de reducionismo presentes em alguns deles, principalmente no que diz respeito à no o de sujeito. O artigo é composto por uma breve passagem pelos principais conceitos da teoria piagetiana referentes à constitui o do sujeito através da intera o, que é o que permite também, e ao mesmo tempo, a constru o do conhecimento. Em um segundo momento s o apresentados alguns pesquisadores que seguiram as ideias mais fundamentais de Piaget, embora com focos distintos; além de diferentes enfoques e interpreta es do próprio construtivismo piagetiano. Por fim, s o explicitadas algumas possibilidades de rela o entre a teoria construtivista e a prática pedagógica, levando-se em conta as consequências, para o sujeito, da redu o da teoria a apenas uma técnica metodológica.The constructivism, that has as main reference Jean Piaget, covers nowadays a diverse array of theories and practices that it encloses the workmanship of many authors and practical implications. In the educational field, the constructivist theory was many times transformed into pedagogical methods, based on the choice of parts or concepts of the theory to be taken for application in some aspects of the school learning. The objective of this work is to rescue some of the important implications of the theory of Piaget, as much in the theoretical field as in the development of pedagogical practices, and to point some risks of reduction, especially of the notion of subject. This article contains a brief passage of the main concepts of the theory of Piaget regarding the constitution of the subject through the interaction, which also make possible, and at the same time, the construction of the knowledge. After that, it introduces some researchers that had followed the most basic ideas of Piaget, although with distinct focus; and also different approaches and interpretations of the constructivism of Piaget itself. Finally, some possibilities of relation between the constructivist theory and the ped
Estilo cognitivo y logro académico Estilo cognitivo e rendimento escolar Cognitive Style and Academic Achievement  [cached]
Omar López-Vargas,Christian Hederich-Martínez,ángela Camargo-Uribe
Educación y Educadores , 2011,
Abstract: El presente trabajo tiene como objetivo explorar las relaciones entre el estilo cognitivo, el aprendizaje autorregulado y el logro académico, en diferentes niveles del proceso de aprendizaje. La revisión de la literatura especializada indica que existe una estrecha relación entre el estilo cognitivo del estudiante y la capacidad de regulación de su aprendizaje con el desempe o académico en general. Este artigo explora as rela es entre estilo cognitivo, aprendizagem auto-regulada e rendimento escolar com diferentes níveis de aprendizagem. A revis o da literatura mostra uma rela o estreita entre o estilo cognitivo do aluno e a capacidade de regular a sua aprendizagem com o desempenho acadêmico. The aim of this article is to explore the relationships that exist between cognitive style, self-regulated learning and academic achievement at different levels in the learning process. The review of specialized literature suggests there is a close relationship between academic performance in general and a student's cognitive style and ability to regulate learning.
CONSTRUTIVISMO, CONHECIMENTO CIENTíFICO E HABILIDADE DIDáTICA NO ENSINO DE CIêNCIAS
VILLANI Alberto,PACCA Jesuina Lopes de Almeida
Revista da Faculdade de Educa??o , 1997,
Abstract: Uma vis o construtivista do ensino e aprendizagem nos meios didáticos recoloca o problema da forma o do professor, ressaltando a importancia do seu conhecimento científico e da natureza de sua competência profissional. O trabalho pretende discutir a interferência mútua entre conhecimento científico e habilidade didática na elabora o e execu o de um planejamento pedagógico. As considera es baseiam-se em reflex es sobre diferentes situa es de ensino, planejadas e conduzidas por nós, que incluem aperfei oamento de professores e forma o de multiplicadores desse processo, entre outras. Assim, s o relacionadas algumas a es concretas, organizadas para contemplar a competência científica e a habilidade didática do professor; ao mesmo tempo s o apontadas conseqüências práticas para a forma o regular de professores e para a forma o continuada.
Constructivism, methodological pluralism, and teacher formation for natural sciences teaching Construtivismo, pluralismo metodológico e forma o de professores para o ensino de ciências naturais  [cached]
Marcelo de Carvalho
Semina : Ciências Biológicas e da Saúde , 2005,
Abstract: Based on renowned authors of the Science Education area, this work intends to show that the constructivist background is not a unanimity in Natural Sciences teaching, both in the epistemological and ontological scopes. Thus, the following question was defined as the problem to be investigated: Would the Science Education authors’ criticism against the epistemological and ontological presuppositions and their pedagogical consequences, indicate that the knowledge for natural sciences teaching is supposed to be originated not only from strategies centered on the student, but also from a methodological pluralism? In order to answer this question, the following objectives were delineated: 1) to survey, analyze and complement several authors’ objections to constructivism in Science Education in the epistemological, ontological and pedagogical fields; 2) in possession of these criticism, and as a consequence of them, to propose Paul Feyerabend’s “methodological pluralism”. The methodological procedure of this work consisted of an exhaustive search for documents in the available literature, mainly books and scientific papers, and in the possession of these material, to carry out a theoretical reflection with the purpose of reaching the proposed goals. As a result, a science education is recommended along with its associated teaching methods, not connected to rigid and limited systems but ones that are open to criticism as well as to all new discoveries and innovative experiences in this area. Com base em renomados autores da área de educa o científica, este trabalho procura mostrar que o ideário construtivista n o é uma unanimidade no ensino de Ciências Naturais, nos ambitos epistemológico e ontológico. Assim sendo, definiu-se como problema a ser investigado a seguinte quest o: as críticas feitas pelos autores de educa o científica aos pressupostos epistemológicos e ontológicos construtivistas, e às suas conseqüências pedagógicas, seria um indicador de que o conhecimento para o ensino de ciências naturais está propenso a ser oriundo n o apenas de estratégias centradas no aluno, mas, sim, de um pluralismo metodológico? No sentido de dar uma resposta ao problema, tra aram-se os seguintes objetivos: 1) levantar, analisar e complementar as obje es feitas por vários autores ao construtivismo em educa o científica, no campo da epistemologia, ontologia e pedagogia e, 2) de posse dessas críticas, e como conseqüência delas, propor o “pluralismo metodológico” para o ensino das ciências, tomando por base aspectos do “anarquismo epistemológico” de Paul Feyerabend. O pr
Metáfora e argumenta o: uma abordagem cognitivo-discursiva
Solange Coelho Vereza
Linguagem em (Dis)curso , 2007,
Abstract: O paradigma cognitivista no estudo da metáfora ressalta a natureza desse tropo como figura essencialmente de pensamento e n o apenas de linguagem. Como resultado desse novo enfoque, a linguagem passou a ter um papel relativamente secundário como lócus da metáfora e, conseqüentemente, como foco da pesquisa em metáfora. No entanto, vários teóricos vêm, mais recentemente, destacando a dimens o discursiva da metáfora, propondo uma articula o entre discurso e cogni o. Este trabalho afilia-se a esta tendência, tendo como objetivo explorar a dimens o argumentativa da metáfora, em especial a metáfora nova, como um recurso de natureza cognitivo-pragmática. Express es metafóricas, discursivamente inter-relacionadas, que formam “nichos metafóricos” em textos persuasivos, ser o examinadas.
ANáLISE UNIVARIADA E MULTIVARIADA DE CARACTERíSTICAS REPRODUTIVAS E PRODUTIVAS DE CABRAS LEITEIRAS UTILIZANDO INFERêNCIA BAYESIANA
Natanael Pereira da Silva Santos,José Lindenberg Rocha Sarmento,Edgard Cavalcanti Pimenta Filho,José Elivalto Guimar?es Campelo
Nucleus Animalium , 2012,
Abstract: This research aimed to study environmental and genetic effects on reproductive and productive traits of goats exploited for milk production. (Co)Variance components and genetic trait parameters for age at first calving, calving interval, and milk production in univariate and multivariate analysis, using Bayesian statistics under animal model, were estimated. Genetic analyses were performed with chains of 1,000,000 cycles. The burn-in of the 100,000 baseline values was considered and these ones were taken every 300 cycles to obtain a posteriori distribution with 3,000 samples. The averages obtained for age at first calving, calving interval, and milk production were 581.68 ± 79.44; 322.89 ± 132.02 days, and 226.99 ± 89.72 kg of milk respectively. All the effects included in the model were significant, except the type of birth one for calving interval, and milk production. The univariate analyses showed heritability values around 0.14, 0.05, and 0.10 for age at first calving, calving interval, and milk production respectively. In the same order, in multivariate analysis, the heritabilities were 0.16, 0.06, and 0.11. Repeatability estimates for the calving interval, and milk production traits were 0.10 and 0.20 respectively. The traits analyzes showed to be strongly influenced by the environment. The multivariate analysis led to slightly higher estimates of heritability.Esta pesquisa objetivou estudar efeitos ambientais e genéticos sobre características reprodutivas e produtivas de cabras mesti as exploradas para a produ o leiteira. Foram estimados componentes de (co)variancia e parametros genéticos das características idade ao primeiro parto, intervalo de partos e produ o de leite em análises unicaracterística e multicaracterística, utilizando-se a estatística Bayesiana sob modelo animal. As análises genéticas foram realizadas com cadeias de 1.000.000 de ciclos. Considerou-se o burn-in dos 100.000 valores iniciais sendo tomados valores a cada 300 ciclos, para se obter a distribui o a posteriori com 3.000 amostras. As médias obtidas para idade ao primeiro parto, intervalo de partos e produ o de leite foram 581,68 79,44; 322,89 132,02 dias e 226,99 89,72 kg de leite, respectivamente. Todos os efeitos fixos incluídos no modelo foram significativos, exceto o tipo de nascimento para o intervalo de partos e produ o de leite. As herdabilidade em análise unicaracterística foram 0,14; 0,05 e 0,10 para idade ao primeiro parto, intervalo de partos e produ o de leite, respectivamente. Na mesma ordem, em análise multicaracterística, as herdabilidades foram de 0,
Plantinga and the bayesian justification of beliefs =Plantinga e a justifica o bayesiana de cren as  [PDF]
Portugal, Agnaldo Cuoco
Veritas , 2012,
Abstract: O artigo pretende mostrar que a crítica que Alvin Plantinga faz contra o bayesianismo como descri o do que está envolvido na no o de racionalidade n o se aplica a toda forma de bayesianismo. A abordagem de Swinburne, baseada em uma teoria lógica da probabilidade, é um exemplo de bayesianismo n o atingido pela crítica de Plantinga. Além disso, o artigo defende que, em uma abordagem bayesiana, desaparece o problema da probabilidade decrescente, apontado por Plantinga em Warranted Christian Belief (2000). Assim, mesmo que n o seja uma descri o suficiente da no o de racionalidade, o bayesianismo ajuda a entender importantes elementos presentes no raciocínio indutivo, especialmente os relativos aos argumentos cumulativos. This article intends to show that Plantinga’s criticism against Bayesianism as an account of what is involved in rationality does not apply to all forms of Bayesianism. Swinburne’s version, based on a logical theory of probability, is an example of Bayesianism not hit by Plantinga’s criticism. In addition, the article argues that the problem of dwindling probabilities – pointed out by Plantinga in Warranted Christian Belief (2000) – vanishes in a Bayesian approach. So, even if it is not a sufficient account of rationality, Bayesianism helps to understand important elements of inductive reasoning, especially those relative to cumulative cases.
Linguagem e atividade no desenvolvimento cognitivo: algumas reflex es sobre as contribui es de Vygotsky e Leontiev  [cached]
Lampreia Carolina
Psicologia: Reflex?o e Crítica , 1999,
Abstract: As no es de linguagem e atividade foram consideradas centrais para o estudo do desenvolvimento cognitivo por Vygotsky e Leontiev. Vygotsky queria analisar como a atividade prática contribui para a forma o da consciência. Contudo, suas pesquisas permaneceram centradas na linguagem. Conseqüentemente, n o ficou clara, em seu trabalho, a rela o existente entre linguagem e atividade. Leontiev desenvolveu uma teoria cuja unidade de análise passou a ser a atividade. Mas n o desenvolveu a análise do papel da linguagem. Assim, embora ambos tenham considerado a relevancia desses dois aspectos do desenvolvimento cognitivo, nenhum dos dois os abordou simultaneamente. Por outro lado, as reflex es filosóficas do `segundo' Wittgenstein a respeito da linguagem permitiram-lhe concebê-la como uma forma de a o n o sendo possível separar atividade e linguagem. Juntando-se a autores com preocupa es similares, esta perspectiva pode permitir elaborar uma abordagem eminentemente contextualista do desenvolvimento cognitivo inspirada nas formula es de Vygotsky e Leontiev. Mas é preciso analisar e discutir suas no es de linguagem e atividade no contexto da perspectiva wittgensteiniana.
Predi o de valores genéticos utilizando inferência bayesiana e frequentista em dados simulados = Prediction of genetic values using bayesian inference and frequent on simulated data
José Marques Carneiro Júnior,Giselle Mariano Lessa de Assis,Ricardo Frederico Euclydes,Williane Maria de Oliveira Martins
Acta Scientiarum : Animal Sciences , 2010,
Abstract: Dados simulados foram utilizados para comparar as metodologias Eblup eBayesiana, em dados com homogeneidade de variancias, heterogeneidade de variancia genética e heterogeneidade de variancia genética e ambiental. Para obten o dessas estruturas foram feitos descartes estratégicos dos valores genéticos aditivos e ambientais de acordo com o tipo de heterogeneidade e o nível de variabilidade desejada (alta, média ou baixa), sendo utilizados dois tamanhos de popula o (grande e pequena). Para a metodologia Bayesiana foram utilizados três níveis de informa o a priori: n o informativo, pouco informativo e informativo. A presen a da heterogeneidade de variancias causa problemas para a sele o dos melhores indivíduos, principalmente se a heterogeneidade estiver nos componentes de variancia genética e ambiental, sendo os animais selecionadosequivocadamente do ambiente mais variável. Os métodos comparados tiveram resultados semelhantes, quando distribui es a priori n o informativas foram utilizadas, e as popula es de tamanho grande, de modo geral, apresentaram melhores predi es de valores genéticos.Foi observado, para a metodologia Bayesiana, que o aumento no nível de informa o a priori influencia positivamente as predi es dos valores genéticos, principalmente para as popula es pequenas. O método Bayesiano é indicado para popula es de tamanho pequeno quando há disponibilidade de distribui es a priori informativas. Simulated data were used to compare EBLUP and Bayesian methods in datawith homogeneity of variance, heterogeneity of variance and genetic heterogeneity of genetic and environmental variance. For these structures were strategic disposal of additive genetic and environmental values in accordance with the type of heterogeneity and the desired level of variability: high, medium or low. We used two sizes of population: large and small. For the Bayesian methodology was used three levels of a priori information: no information, justinformation and informative. For verification of the introduction of different levels of information they were used the mistake percentage in relation to the true value of the variance components the Spearman correlation and the medium square of the mistake among the real genetic values and predicted them. The presence of heterogeneity of variances cause problems for the selection of the best individuals, especially if the heterogeneity is present in the components of genetic variance and environmental and animals are mistakenly selected the more variable environment. The methods presented similar results when compared not
Heterogeneidade dos déficits cognitivo e motor na esclerose múltipla: um estudo com a MSFC  [PDF]
Lima, Eduardo de Paula et al.
Psico , 2008,
Abstract: As manifesta es neuropsicológicas da esclerose múltipla (EM) s o heterogêneas, dificultando a identifica o de pacientes com EM e de 48 controles demograficamente comparáveis, usando as três medidas que comp em a multiple sclerosis functional composite measure (MSFC): PASAT (cogni o), Nine Hole Peg Test (motricidade manual) e caminhada cronometrada de 25 pés (deambula o). Quatro conglomerados foram observados. No primeiro, agregaram-se apenas participantes sem comprometimentos cognitivos e motor. Tanto pacientes quanto controles mesclaram-se nos dois grupos intermediários, exibindo déficits cognitivos leves e moderados, respectivamente. As diferen as entre os conglomerados foram confirmadas por ANOVA. O desempenho cognitivo covariou com a idade e o nível de escolaridade. A maioria dos pacientes n o se distinguiu dos controles , mas um grupo se destacou pelo comprometimento cognitivo e motor, os quais podem ser dissociáveis no início da doen a.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.