oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
A gênese da favela carioca. A produ o anterior às ciências sociais
Valladares Licia
Revista Brasileira de Ciências Sociais , 2000,
Abstract: O artigo mostra o lugar ocupado pela favela e seus moradores no debate político e social da primeira metade do século XX, ressaltando a produ o de conhecimento que foi gerada por jornalistas, médicos, engenheiros e assistentes sociais no período que antecede o desenvolvimento das ciências sociais e da universidade no Brasil. Prop e que o processo de constru o social da representa o da favela, que ent o se inicia, deve ser analisado a partir de uma periodiza o distinta daquela já consagrada e que tem como marco de referência a rela o do Estado com a favela e desta com o tipo de regime político vigente em diferentes momentos históricos. A periodiza o sugerida pela autora compreende um momento inicial, marcado por um mito de origem, a vis o de Euclides da Cunha do arraial de Canudos em sua obra Os sert es, período em que a favela carioca é descoberta e descrita transpondo-se a dualidade litoral versus sert o para a cena urbana, pela oposi o da cidade à favela. Segue-se a este período de descoberta um período de transforma o da favela em problema social e urbano, seguido de um terceiro momento, quando a idéia de administrar o problema toma a forma de medidas e políticas concretas. Um quarto momento inclui a produ o de dados oficiais através de censos de favelas e a transforma o de um fen meno local em realidade nacional. O artigo mostra que à favela centenária corresponde uma representa o social que já é praticamente centenária também, um legado importante que as ciências sociais de hoje n o podem descartar.
A gênese da favela carioca. A produ??o anterior às ciências sociais
Valladares, Licia;
Revista Brasileira de Ciências Sociais , 2000, DOI: 10.1590/S0102-69092000000300001
Abstract: the article shows the role occupied by the favela and its residents in political and social debate during the first half of the 20th century. it highlights the production of knowledge generated by journalists, physicians, engineers and social workers in the period preceding the development of social sciences and the university in brazil. it proposes that the process of construction of social representation of the favela, begun at that time, should be analyzed as a periodization beginning at a different moment than the periodization which is traditionally accepted based on the relation of the favela to the state and the type of political regime in power at different historical moments. the author suggests a periodization that has its initial moment marked by a myth of origin, euclides da cunha's vision of the settlement of canudos in his book os sert?es. in this period the favela of rio de janeiro is discovered and described by transposing the duality of coastal versus bush country (sert?es) to the urban scene, through the opposition of city to favela. following the discovery period is a second period when the favela is transformed into a social and urban problem, followed by a third period, when the idea of administrating the problem takes the form of concrete policies and measures. a fourth period includes the production of official data and the transformation of a local phenomenon into a national reality. the article shows that the centenary favela corresponds to an almost centennial social representation, an important legacy that today's social science can not disregard.
As Ciências Sociais em Saúde: reflex?es sobre as origens e a constru??o de um campo de conhecimento
Nunes, Everardo Duarte;
Saúde e Sociedade , 1992, DOI: 10.1590/S0104-12901992000100007
Abstract: o trabalho aborda as origens, desenvolvimento e perspectivas das ciências sociais em saúde. procura situar alguns pontos fundamentais relacionados a incorpora??o de um pensamento social em saúde no brasil e faz parte de um amplo movimento que ocorreu no pós 2a guerra, principalmente junto aos departamentos de medicina preventiva e social. trata da constru??o desse campo do conhecimento, apontando alguns trabalhos da literatura. conclui apresentando algumas perspectivas em rela??o à investiga??o nessa área.
As representa es sociais de "pessoa velha" construídas por idosos Social representations of "old person" built by elderly  [cached]
Ver?nica Braga dos Santos,Luiz Fernando Rangel Tura,Angela Maria Silva Arruda
Saúde e Sociedade , 2013,
Abstract: De forma a contribuir para a compreens o de como as pessoas pensam, elaboram, articulam saberes, e agem acerca dos aspectos relacionados ao envelhecimento humano, o estudo objetivou apreender os sentidos atribuídos à "pessoa velha" construídos por idosos. Com base na teoria das representa es sociais, na abordagem estrutural, realizou-se um teste de evoca o livre de palavras com a express o "pessoa velha"; além disso, aplicou-se um questionário que fez a caracteriza o sociodemográfica e incluía perguntas abertas acerca de cren as, atitudes, normas, valores e práticas relacionadas ao envelhecimento e ao idoso.. Participaram 70 pessoas maiores de 60 anos, ex-alunos de uma institui o federal de ensino do Rio de Janeiro, com idade entre 60 e 83 anos (média de 65,4 anos) e maioria do sexo feminino (51,4%). Experiência comp s o sistema central. O sistema periférico foi constituído por Carinho, Sabedoria, Saúde, Pai-M e-Tia, Dificuldade, Abandono, Alegria, Respeito, Excluída, Aposentado, Cansada, Cuidado e Exercícios; o sistema intermediário foi formado por Doen a, Idoso, Dedica o, Preconceito, Tristeza, Paciência, Av , Discrimina o, Rabugenta, Solid o, Ultrapassada. Foi identificada na representa o construída uma dimens o psicossocial, referindo-se criticamente ao tratamento que os participantes compreendem que a sociedade direciona ou deveria direcionar a pessoa velha, e a forma passiva ou ativa de atua o da pessoa considerada velha. Possivelmente, os idosos construíram uma representa o com a qual n o se identificam ou n o querem se identificar em todos os seus sentidos, representam um outro, a pessoa velha. This study focused on the social representations of "old person" built by elderly, in order to help the understanding of how people think, develop, articulate knowledge and act. Based on a structural approach, a test of words' free evocation was triggered by the expression "old person"; a questionnaire was given to elicit answers regarding beliefs, attitudes, rules, values and practices related to the aging process and to the participants socio-demographic characterization. Took part in the study 70 people above 60 years old , all former students from a federal institution in Rio de Janeiro. Ages ranged between 60 and 83 years old (average 65.4 years old). 51.4% of the subjects were female. Experience was the only component of the central system. The peripheral system consisted of Affection, Wisdom, Health, Father-Mother-Aunt, Difficulties, Abandon, Joy, Respect, Excluded, Retired, Tired, Care and Exercises; an intermediary system comprised: Dise
Estranhos vizinhos. O lugar da favela na cidade brasileira  [cached]
Paulo Cesar Da Costa Gomes
Anuario Americanista Europeo , 2003,
Abstract: No Brasil, os critérios tradicionalmente retidos pelas ciências sociais para distinguir a cidade informal (favela) da cidade formal creditaram a idéia de uma oposi o entre estes dois universos sociais e espaciais. A permanência destas no es e destes conceitos explica a dificuldade de certos discursos atuais, buscando sublinhar a continuidade entre as duas faces da mesma realidade urbana e a dar conta com pertinência de sua articula o. A distancia demasiada entre a inten o e os instrumentos de análise, cria uma distor o nociva. Afim de provar a inadequa o destes critérios, o autor prop e de os utilizar para descrever uma realidade sócio-espacial particular: aquela do departamento de geografia da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Chega-se ent o a constata o de uma similitude da dinamica sócio-espacial entre o departamento de geografia e a favela vizinha.
Qualidade do ar na favela Paraisópolis, SP, e possíveis implica es à saúde  [cached]
Edelci Nunes Silva,Célia Pesquero,Helena Ribeiro,Jo?o Vicente Assun??o
Revista do Departamento de Geografia , 2006, DOI: 10.7154/rdg.v0i18.35
Abstract: O crescimento da popula o favelada no município de S o Paulo, o adensamento das constru es existentes no interior da favela de Paraisópolis e a alta prevalência de doen as respiratórias em crian as ali vivendo, motivaram o presente estudo. Buscou-se verificar se a polui o do ar seria fator agravante. A pesquisa analisou a qualidade do ar na favela de Paraisópolis, situada no distrito de Vila Andrade, ao sul do bairro do Morumbi. Mediram-se parametros de polui o atmosférica (PTS, PI, NO2) na favela, entre 15 e 31 de julho de 2003. Os dados de PI foram comparados com os dados das esta es da CETESB, de Pinheiros e de Santo Amaro, localizadas próximas à área de estudo. Verificou-se que a polui o do ar n o consistiu fator agravante na favela.
Imagens e contra imagens da favela  [cached]
Mário Hélio Trindade de Lima,Thiago Zanotti Carminati
Geografares , 2008,
Abstract: O presente artigo aborda as representa es sociais da pobreza urbana no Brasil. O objeto de estudo é, por um lado, o conjunto de discursos e imagens sobre a favela na imprensa e, por outro lado, as auto-representa es visuais de favelas e periferias da cidade do Rio de Janeiro, na virada do século XXI. O objetivo é analisar o uso da categoria favela na forma o do imaginário social da cidade e, ao mesmo tempo, investigar como se constrói o olhar periférico nas representa es fotográficas dos moradores de favelas. O método empregado baseia-se nas contribui es de Pierre Bourdieu e de Roland Barthes para a análise do discurso e nas contribui es da antropologia visual e da história cultural para a análise da fotografia enquanto campo documental na etnografia. Os resultados revelam um movimento de constitui o de novas subjetividades no cenário das grandes cidades dos anos 90, por meio da a o de ONG’s nas favelas, criando um espa o de reflex o sobre si e sobre o outro e de afirma o de novas identidades.
Sur o no Sur: a constru o transnacional da América Latina desde as migra es e os usos sociais da internet  [cached]
Liliane Dutra Brignol
Ciberlegenda , 2010,
Abstract: O objetivo do artigo é explorar as narrativas identitárias em torno da América Latina construídas a partir da experiência de deslocamento de migrantes latino-americanos residentes em Barcelona, Espanha, e Porto Alegre, Brasil. Buscamos entender como modos plurais de experimentar a identidade latino-americana pelos migrantes permitem observar implica es nos usos sociais da internet. Na investiga o empírica, a partir de uma perspectiva etnográfica, percebemos que parte da vivência da latino-americanidade relacionada aos usos da internet se dá pelo consumo e produ o cultural. A diversidade de sites propostos com referência às identidades nacionais e à América Latina também pode ser entendida como manifesta o de um sentido de latino-americanidade percebido como vivência transnacional.
DA NECESSIDADE DE (RE)CONSTRU O DO CONCEITO DE SOBERANIA EM FACE DOS DIREITOS FUNDAMENTAIS SOCIAIS
Ana Carolina Peduti Abujamra,Claudio José Amaral Bahia
Revista da SJRJ , 2010,
Abstract: As transforma es advindas na nova ordem mundial – o processo de globaliza o – n o se restringem aos aspectos econ micos, políticos e sociais, mas podem ser observadas em nível conceitual, no qual se presenciam altera es em diversos conceitos flexibilizados em face desse novo contexto. Dentre esses, é possível verificar uma crise conceitual da soberania, pois, diante das determina es da “mundializa o” do capital, emerge a necessidade de se reformular a concep o clássica do conceito presente na Teoria do Estado. Tal globaliza o ora traz benesses aos direitos fundamentais sociais, ora se entremostra prejudicial a eles, tendo em vista a relativiza o da soberania e a ingerência de outros Estados nos que necessitam. Parar-se-á onde?
Movimentos sociais, democratiza o e a constru o de esferas públicas locais  [cached]
Costa Sergio
Revista Brasileira de Ciências Sociais , 1997,
Abstract: O artigo examina o processo de constru o de esferas públicas locais, em três cidades de Minas Gerais, a partir de quatro campos constitutivos de tais esferas: a mídia, a esfera estatal-parlamentar, os grupos organizados e os espa os comunicativos primários. Os resultados do estudo comparativo orientam a reflex o posterior sobre o papel do espa o público na articula o entre os processos comunicativos de reprodu o sócio-cultural e as formas de consolida o institucional da democracia.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.