oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Gest o e Subjetividade: a Fala dos Gerentes (Re)velando Aspectos da Fun o Gerencial Contemporanea  [cached]
Leonardo Torres Teixeira Leite,Kely César Martins de Paiva
Revista Gest?o & Tecnologia , 2009,
Abstract: Este artigo apresenta parte dos resultados de pesquisa, que teve por objetivo analisar como se processam as rela es entre o exercício da fun o gerencial e a subjetividade de determinados gestores, a partir da perspectiva deles próprios, expressa em suas falas. Como metodologia de pesquisa, adotou-se a epistemologia qualitativa proposta por González Rey e, a partir de conversa es com os sujeitos de pesquisa, analisou-se as percep es desses gerentes em rela o às suas histórias individuais e respectivas carreiras. Elaborou-se síntese dos significados comuns e das diferen as percebidas em rela o aos seguintes pontos: motivos para ingresso na organiza o, características relevantes para o exercício da fun o gerencial, cotidiano de trabalho, aspectos positivos e negativos do trabalho e impactos da fun o na vida pessoal dos gerentes. Foram também identificados aspectos relevantes da fun o gerencial que n o emergiram na fala dos entrevistados.
Gest o e Subjetividade: a Fala dos Gerentes (Re)velando Aspectos da Fun o Gerencial Contemporanea
Leonardo Torres Teixeira Leite,Kely César Martins de Paiva
Revista Gest?o & Tecnologia , 2010,
Abstract: Este artigo apresenta parte dos resultados de pesquisa, que teve por objetivo analisar como se processam as rela es entre o exercício da fun o gerencial e a subjetividade de determinados gestores, a partir da perspectiva deles próprios, expressa em suas falas. Como metodologia de pesquisa, adotou-se a epistemologia qualitativa proposta por González Rey e, a partir de conversa es com os sujeitos de pesquisa, analisou-se as percep es desses gerentes em rela o às suas histórias individuais e respectivas carreiras. Elaborou-se síntese dos significados comuns e das diferen as percebidas em rela o aos seguintes pontos: motivos para ingresso na organiza o, características relevantes para o exercício da fun o gerencial, cotidiano de trabalho, aspectos positivos e negativos do trabalho e impactos da fun o na vida pessoal dos gerentes. Foram também identificados aspectos relevantes da fun o gerencial que n o emergiram na fala dos entrevistados.
Revis o dos estudos de interven o do farmacêutico no uso de medicamentos por pacientes idosos  [cached]
Romano-Lieber Nicolina Silvana,Teixeira Jorge Juarez Vieira,Farhat Fatima Cristiane Lopes Goularte,Ribeiro Eliane
Cadernos de Saúde Pública , 2002,
Abstract: No Brasil, os idosos representavam 9,05% em 1999 e, em 2020, poder o totalizar 13% da popula o. Nessa faixa etária as doen as cr nicas e degenerativas s o comuns e freqüentemente se utiliza muitos medicamentos. A prescri o e o uso inadequado dos mesmos podem levar a resultados indesejados, acarretando interna es hospitalares evitáveis e elevando os custos do sistema de saúde. O objetivo deste trabalho foi conhecer os estudos de interven o do farmacêutico e sua influência no uso de medicamentos pelo paciente idoso, listados em cinco bases de dados, no período entre 1970 e 1999. Foram localizados 76 artigos, resultando em 15 trabalhos para análise e discuss o. Os estudos sobre o tema s o escassos e limitados aos países de economia avan ada. De uma forma geral, as interven es apresentaram resultado positivo. A maioria das interven es limitou-se ao aconselhamento ao usuário e/ou ao prescritor, notando-se falta de a es que levem à adequa o do medicamento ao usuário.
Qualidade do uso de medicamentos por idosos: uma revis o dos métodos de avalia o disponíveis
Ribeiro Andréia Queiroz,Araújo Cristiana Martins do Couto,Acurcio Francisco de Assis,Magalh?es Sérgia Maria Starling
Ciência & Saúde Coletiva , 2005,
Abstract: O artigo apresenta diferentes métodos de avalia o da adequa o da terapia farmacológica para idosos, a partir da revis o da literatura no período de 1990 a 2003. Na década de 1990, foi criada uma variedade de métodos os quais s o classificados, de acordo com a utiliza o de critérios, em implícitos, explícitos e aqueles que combinam ambos. S o apresentadas as vantagens e desvantagens de cada método e observa-se que os métodos que utilizam combina o de critérios permitem uma melhor avalia o, uma vez que incorporam um maior número de elementos envolvidos no processo de utiliza o de medicamentos. A adequa o ou adapta o destes métodos à realidade brasileira e a incorpora o dos mesmos às práticas avaliativas em saúde podem se constituir em um passo fundamental na promo o do uso racional de medicamentos no país.
A FUN O SOCIAL DOS IMóVEIS URBANOS à LUZ DA CONSTITUI O FEDERAL DE 1988  [cached]
Fabrício P. Weiblen,Jardel L. Vettorato,Tarso W. Tech,Marcelo S. da Silva
Revista Eletr?nica do Curso de Direito da UFSM , 2012, DOI: 10.5902/198136946861
Abstract: O presente estudo visa a examinar quest es referentes à fun o social da propriedade urbana como cláusula geral de natureza constitucional-principiológica, bem como, a partir da análise da legisla o infra-constitucional e li es da doutrina, apresentar reflex es acerca dos mecanismos existentes para garantir sua efetiva o. Dessa forma, estuda a finalidade social como princípio integrante e condicionante da estrutura do conceito de propriedade, partindo-se dos preceitos constitucionais até sua regulamenta o municipal, evidenciando-se os aspectos atinentes aos imóveis urbanos
Perfil e adequa o dos medicamentos prescritos para idosos internados em hospital de ensino da cidade de Fortaleza - CE  [cached]
Saulo Coelho Cunha,Mirian Parente Monteiro,Jo?o Macedo Coelho Filho
Revista Brasileira de Ciências do Envelhecimento Humano , 2010,
Abstract: O presente trabalho foi desenvolvido entre outubro de 2006 e maio de 2007 em um hospital público de ensino da cidade de Fortaleza onde participaram 50 idosos com idade igual ou superior a 60 anos. O objetivo do estudo foi avaliar o perfil e adequa o dos medicamentos prescritos para pacientes idosos internados tendo como base os Critérios de Beers, Critérios Canadenses e indicadores suecos de qualidade da farmacoterapia em idosos. Do total de 50 pacientes idosos admitidos no estudo, 42% eram homens e 58% eram mulheres. Metade dos idosos se encontravam na faixa etária dos 60 a 69 anos. Considerando-se os Critérios de Beers e Canadenses, 84% dos pacientes tiveram prescri es de medicamentos a serem evitados. Foram contabilizados 17 medicamentos com potencial de inadequa o em idosos e o mais freqüentemente prescrito foi metoclopramida, seguido de óleo mineral e diazepam. Os resultados mostraram que um percentual elevado recebeu prescri o de medicamento inadequado, demonstrando a necessidade de um melhor acompanhamento de prescri es voltadas para o paciente idoso.
Farmacovigilancia no Brasil: a rela o entre polimorfi smo de fármacos, efetividade e seguran a dos medicamentos  [cached]
H. C. CAPUCHO,P. C. MASTROIANNI,S. CUFFINI
Revista de Ciências Farmacêuticas Básica e Aplicada , 2009,
Abstract: Apesar da política nacional de medicamentos propor que os mesmos tenham qualidade, efi cácia e seguran a, os hospitais sentinelas têm recebido notifi ca es de queixa técnica, rea es adversas e suspeita de inefetividade terapêutica de medicamentos. Este estudo prop s identifi car os tipos de medicamentos notifi cados num hospital da Rede Sentinela, durante 18 meses, por suspeita de inefetividade terapêutica e verifi car a possibilidade de existência de polimorfos do fármaco, através de levantamento bibliográfi co. Foram identifi cadas 31 notifi ca es de suspeita de inefetividade terapêutica de medicamentos similares, provenientes de onze fármacos diferentes, dos quais cinco podem apresentar polimorfos. No entanto, n o signifi ca que os demais fármacos n o apresentem polimorfos, sendo necessários estudos mais prolongados sobre o polimorfi smo, priorizando os estudos de fármacos com histórico de notifi ca o de inefetividade terapêutica. Dados do presente estudo sugerem que testes de polimorfos sejam implantados na rotina do controle de qualidade da matéria-prima do fármaco, no desenvolvimento farmacotécnico do medicamento pela indústria farmacêutica e que o órg o sanitário federal exija os testes de polimorfi smo nos estudos de equivalência farmacêutica e estabilidade para o registro e pós-registro de medicamentos similares e genéricos, a fi m de assegurar a reprodutibilidade da qualidade, seguran a e efi cácia comprovadas nos estudos in vivo de bioequivalência e biodisponibilidade relativa. Palavras-chave: polimorfi smo; vigilancia sanitária; medicamento genérico; medicamento similar
Um estudo sobre os processos de aprendizagem dos trabalhadores que n o exercem fun o gerencial
Patricia Kinast de Camillis,Claudia Simone Antonello
Revista de Administra??o Mackenzie , 2010,
Abstract: Os processos de aprendizagem que ocorrem no local de trabalho constituem o foco deste estudo. O objetivo é identificar e analisar os processos de aprendizagem no local de trabalho de indivíduos que n o exercem a fun o gerencial. No plano teórico, adota-se a abordagem social da aprendizagem organizacional. No plano metodológico, realiza-se um estudo qualitativo básico junto a duas equipes administrativas pertencentes a uma empresa de fertilizantes químicos. Os resultados evidenciam a importancia dos processos informais de aprendizagem a partir das contribui es das experiências obtidas no contexto de trabalho dos pesquisados. Identificaram-se os objetivos, aspectos facilitadores, obstáculos e resultados dos processos de aprendizagem. A relevancia da intera o social, do aprender pela prática e do contexto organizacional foi destaque nos processos de aprendizagem. O estudo adiciona subsídios aos profissionais de recursos humanos na elabora o de uma análise crítica sobre as atuais práticas e políticas de desenvolvimento dos indivíduos nas organiza es.
A FUN O SOCIAL DO MAGISTRADO FRENTE à INTERNACIONALIZA O DO DIREITO: um desafio à concretiza o dos direitos humanos?  [cached]
Mateus Tiago Führ Müller
Revista Eletr?nica do Curso de Direito da UFSM , 2012, DOI: 10.5902/198136947044
Abstract: Com a promulga o da Constitui o Federal de 1988, o Brasil incorporou à sociedade nacional os princípios inerentes ao Estado de Direito e à Democracia, reconfigurando o modo de ver e entender o cidad o nacional. Essa reconfigura o representou n o só um alargamento do rol de direitos e garantias fundamentais, como também criou novos deveres e fun es ao cidad o, que se viu impelido a tomar postura ativa na resolu o dos conflitos de uma sociedade que a cada dia que passa se torna mais complexa e plural. Em conseqüência disso, houve, além de um incremento no número de a es, uma for osa necessidade de o Judiciário dar resposta a esses novos e diversos conflitos resultantes da complexidade social, reconfigurando também a fun o social do magistrado, notadamente no ambito de um processo constitucional.
Arquivos públicos estaduais do Brasil: avalia o das fun es – conteúdo dos sites
Maria Lourdes Blatt Ohira,Viviane Carolina de Paula,Noêmia Schoffen Prado
Revista ACB , 2005,
Abstract: [Portuguese]Com a utiliza o crescente das tecnologias de informa o, os Arquivos Públicos Estaduais do Brasil têm procurado se fazer presentes além de suas fronteiras físicas com a cria o de sites na Internet. Em levantamento preliminar, identificou-se que, dos 27 estados brasileiros, incluindo-se o Distrito Federal, 14 arquivos públicos estaduais (52%) possuem site na Internet. O objetivo da pesquisa foi analisar e avaliar os sites dos Arquivos Públicos Estaduais, para verificar como os mesmos têm se utilizado da web como canal de comunica o e divulga o de suas estruturas informacionais. Os resultados revelam que os arquivos públicos estaduais brasileiros est o utilizando seus sites, basicamente, como meio de informar sobre seus aspectos físicos e seus servi os, assim como da forma de se comunicar com a institui o. A fun o de pesquisa revela que as institui es arquivísticas est o come ando a mostrar interesse por novas ferramentas de pesquisa, no sentido de ampliar seus servi os aos usuários. A Internet é um meio de comunica o de rápido acesso, e deveria ser melhor aproveitada pelos arquivos pesquisados, principalmente no sentido de aumentar o nível de interatividade e de relacionamento com os usuários.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.