oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
A RACIONALIDADE LIMITADA NAS DECIS ES DE INVESTIMENTO EM TECNOLOGIA DA INFORMA O  [cached]
Otávio Próspero Sanchez,Alberto Luiz Albertin
Revista de Administra??o de Empresas , 2009,
Abstract: The literature on Information Technology (IT) investment decisions argues that organizations decide to invest given the expectation of an adequate combination with other internal resources will develop non-imitable organizational characteristics. However, it seems to be much more ease to state than accomplish. Some emblematic non-success cases of implementation involving organizations proficient in the IT best practices stimulate a more careful analysis on the real mechanisms behind this achievement. In this article, we present the results of a multiple embedded case study research conducted in organizations knowledgeable in managing IT to generate business value and discuss why some organizations achieve results better than others do. Our analysis indicates that IT investment decisions effectiveness, in fact, is related to the ability of managers to identify previous economic inefficiencies in business dynamics and mitigate them by applying the TI, something that is not achieved by using the current techniques.
ANáLISE DO COMPORTAMENTO DECISóRIO DE PROFISSIONAIS DE CONTABILIDADE SOB A PERSPECTIVA DA RACIONALIDADE LIMITADA: UM ESTUDO SOBRE OS IMPACTOS DA TEORIA DOS PROSPECTOS E DAS HEURíSTICAS DE JULGAMENTO  [cached]
Marcelo Alvaro da Silva Macedo,Manuela Moura Dantas,Rafael Fernandes da Silva de Oliveira
Revista Ambiente Contábil , 2012,
Abstract: Este artigo tem como objetivo analisar o comportamento decisório de profissionais de contabilidade, tendo como base a Teoria da Racionalidade Limitada, proposta por Simon (1955), por meio do estudo dos vieses de decis o, oriundos do uso da Teoria dos Prospectos (KAHNEMAN; TVERSKY, 1979) e das Heurísticas da Representatividade e da Disponibilidade (TVERSKY; KAHNEMAN, 1974), presentes no processo de tomada de decis o. Para tanto, neste estudo de natureza descritiva, aplicou-se um questionário com quatro perguntas fechadas, onde 73 alunos de pós-gradua o lato sensu em Ciências Contábeis eram convidados a tomar uma decis o ou emitir uma opini o acerca dos aspectos abordados em cada uma das quest es. De maneira geral, em rela o à teoria dos prospectos, os resultados mostram que o fato de apresentar as alternativas de maneira diferente faz com que os profissionais de contabilidade da amostra sistematicamente contrariem o princípio da invariancia. Além disso, quando um problema foi enquadrado sobre a forma de ganhos, os respondentes optaram pela op o menos arriscada e quando apresentada sobre a forma de perda, escolheram a alternativa mais propensa ao risco. Já em rela o às heurísticas de julgamento, observou-se a presen a dos vieses relativos ao uso da falácia da conjun o, da concep o err nea do acaso e da tendência a ignorar informa es.
Incerteza, racionalidade limitada e comportamento oportunista: um estudo na indústria brasileira.
Adilson Aderito da Silva,Eliane Pereira Zamith Brito
Revista de Administra??o Mackenzie , 2013,
Abstract: A proposta deste estudo foi entender o comportamento oportunista a partir dos conceitos incerteza, racionalidade limitada e especificidade de ativos. Para tal, um modelo teórico foi proposto e testado, em que se operacionalizou a especificidade segundo os ativos dedicados, os ativos físicos e os ativos humanos, em conformidade com os trabalhos Anderson e Schmittlein (1984), Carson, Madhok e Wu (2006) e Skarmeas, Katsikeas e Schlegelmilch (2002), ancorados na teoria dos custos de transa o (TCT). O comportamento oportunista foi operacionalizado a partir dos indicadores propostos por Carson, Madhok e Wu (2006). A racionalidade limitada foi estudada na perspectiva de Simon (1957, 1980), e a operacionaliza o do constructo incerteza se amparou nos trabalhos de Knight (2002), Duncan (1972), Gordon e Narayanan (1984), Milliken (1987) e Milliken (1990). Os dados coletados junto a 111 gestores da indústria de transforma o no Brasil, selecionados na base da Federa o das Indústrias do Estado de S o Paulo (Fiesp), foram submetidos à modelagem por equa es estruturais. Os resultados apontam que a racionalidade limitada e a especificidade dos ativos influenciam positivamente o comportamento oportunista dos agentes econ micos, confirmando os argumentos da teoria dos custos de transa o, ou seja, quanto maior a especificidade dos ativos, menores as possibilidades de reaproveitamento do investimento, tornando a continuidade do relacionamento valiosa e alvo potencial de a es oportunistas. Os resultados também confirmaram a multidimensionalidade do constructo incerteza, refor ando os argumentos teóricos da perspectiva da incerteza da informa o. Tal constata o, aliada às defini es de Simon (1957, 1980), possibilitou a operacionaliza o do constructo racionalidade limitada a partir da incerteza de efeito e da incerteza de resposta, bem como a constata o da importancia dessa premissa na explica o da existência dos custos de transa o. Nesse sentido, os resultados abrem um leque de possibilidades e contribuem significativamente para o avan o dos estudos empíricos no campo da TCT.
Uncertainty and Bounded Rationality: An Empirical Study in Financial Sector Incerteza e Racionalidade Limitada: Um Estudo Empírico no Setor Financeiro
Adilson Aderito da Silva,Vanessa Boni Naldis
Revista Organiza??es em Contexto , 2012,
Abstract: The levels of uncertainty perceived by managers as having the perspective of the theoretical support of the Information Uncertainty, focusing on the multidimensional approach proposed by Milliken (1987), which supports the existence of three types of uncertainty: uncertainty of state, uncertainty effect and response uncertainty. The levels of rationality of managers were estimated to construct a second order from the uncertainties of effect and response uncertainty, with the theoretical support in the definitions of the concept of bounded rationality proposed by Simon (1957). The data collected from the 118 employees of the banking sector in the State of S o Paulo were analyzed using Structural Equation Modeling with the Software Smart PLS. The results indicated a significant influence of the state uncertainty on the level of rationality of managers and bring important methodological and conceptual contributions to the advancement of studies on the subject of uncertainty in decision making Esta pesquisa foi desenvolvida com o objetivo de avaliar o impacto da incerteza percebida no ambiente sobre os níveis de racionalidade dos gestores do setor financeiro. Para tal, foram estimados os níveis de incerteza percebidos pelos gestores tendo como suporte teórico a perspectiva da Incerteza da Informa o, com foco na abordagem multidimensional proposta por Milliken (1987), que defende a existência de três tipos de incerteza: incerteza de estado, incerteza de efeito e incerteza de resposta. Os níveis de racionalidade dos gestores foram estimados como um construto de segunda ordem a partir das incertezas de efeito e da incerteza de resposta, com o suporte teórico nas defini es do conceito de racionalidade limitada propostas por Simon (1957). Os dados coletados junto aos 118 funcionários do setor bancário no Estado de S o Paulo foram analisados por meio de Modelagem por Equa es Estruturais com o Software Smart PLS. Os resultados indicaram uma influência significativa da incerteza de estado sobre os níveis de racionalidade dos gestores e trazem contribui es conceituais e metodológicas importantes para o avan o dos estudos sobre o tema da incerteza no processo decisório.
PERCEP O DO RISCO NA DECIS O DE INVESTIMENTO  [cached]
Afonso Carneiro Lima,José Augusto Giesbrecht Silveira
Revista PRETEXTO , 2009,
Abstract: O trabalho, dentro do campo das finan as comportamentais, teve como objetivo investigar a atitude gerencial em rela o ao risco, no ambito de um grupo de empresas algodoeiras localizadas na regi o central do Estado do Ceará. A pesquisa qualitativa e exploratória examinou a atitude de gestores quanto ao risco, por meio de um questionário fechado e entrevistas n o-estruturadas. Influências psicológicas se evidenciaram de algumas formas: os gestores pesquisados associaram risco a resultados negativos, relativos a eventos, n o aplicando a abordagem financeira, em especial a considera o da variancia nas medidas de probabilidade de risco; entenderam que informa es adicionais seriam irrelevantes no que se refere à mitiga o da incerteza e do risco associado à decis o de investimento. A pesquisa revelou que estariam propensos a ignorar tanto dados estatísticos quanto oportunidades promissoras; a partir dessas decis es, interpretam o risco de maneira determinista e, assim, negligenciam decis es que possam se firmar como oportunidades futuras.
Perdig?o: o processo decisório estratégico no investimento em tecnologia da informa??o
Bataglia, Walter;Hirosawa, Adhemar Hisashi;
Revista de Administra??o Contemporanea , 2006, DOI: 10.1590/S1415-65552006000200012
Abstract: in 1995, after perdig?o's shareholder control change, the new administration council established as organizational strategic positioning its insertion in the global market of meats. as it was established the strategic goal of increase of 50% of the productive capacity and of 60% of the turnover for the 1995-1998 period, the directive committee of the organization started to think about feasible actions to be taken in order to guarantee the growth strategy. one of the logical tracks to be taken appeared to be assuring the optimization and the integration of both organizational processes and information systems. nevertheless, the decision-making process, involving the diagnosis of the actual situation, the development and choice of alternatives for their improvement, and the management of the risk associated to their implementation, would demand the consideration and the evaluation of several factors.
HIATOS DE RACIONALIDADE E DECIS ES GERENCIAIS: PERSPECTIVAS SOBRE A “CAIXA PRETA” DO PROFISSIONAL DE CONTROLADORIA
Antonio Gualberto Pereira,Adriano Leal Bruni,José Bernardo Cordeiro Filho
Revista de Contabilidade do Mestrado em Ciências Contábeis da UERJ , 2012,
Abstract: Com base no entendimento do homo economicus se desenvolveu a concep o de que os agentes econ micos buscam maximizar sua utilidade. Esta concep o acabou gerando um reducionismo exacerbado dos mecanismos psicológicos dos indivíduos, sendo estes representados como engrenagens pré-programadas a tomarem decis es maximizadoras de utilidade. O presente ensaio se prop e a analisar como os hiatos de racionalidade afetam as decis es gerenciais empreendidas pelo profissional de controladoria. A partir dos trabalhos de Simon e, posteriormente, dos estudos empíricos desenvolvidos por Kahneman e Tversky passa-se a questionar esta suposta racionalidade e a própria figura do homo economicus. Diversos trabalhos publicados em periódicos internacionais destacam como as heurísticas eos vieses cognitivos contribuem para que os agentes econ micos nem sempre tomem decis es racionais. Oprofissional de controladoria ao se defrontar com decis es relativas à escolha de artefatos gerenciais pode ser impelido a tomar decis es n o maximizadoras de utilidade por vieses cognitivos gerados pela assimetria de informa o; a presen a do efeito framing na escolha de custos de transa o ou; a ocorrência de heurísticas quando do reconhecimento de custos irrecuperáveis (sunk costs).
O que influencia a mente do investidor ao tomar suas decis es de investimento
Larissa Ayres Maluf
Revista de Finan?as Aplicadas , 2010,
Abstract: Discute-se os aspectos comportamentais do que passa na mente de investidores e profissionais de institui es financeiras. Em particular, é feita uma revis o dos vieses comportamentais do ponto de vista das decis es tomadas por investidores no mercado financeiro. Os vieses comportamentais podem levá-los a decis es inadequadas, com graves prejuízos para os tomadores da decis o e seus clientes. Palavras chave: finan as comportamentais, viés comportamental
A tecnologia da informa o aplicada à tomada de decis o em consultórios médicos
Bianca Smith Pilla,Nereu Adilar Passaia
Estudos do CEPE , 2010,
Abstract: A Tecnologia de Informa o (TI) é uma ferramenta que tende a gerar qualidade da informa o, diminuindo as incertezas no processo de tomada de decis o. Este estudo buscou identificar quais tipos de tecnologia s o empregados; de que forma atecnologia da informa o é utilizada e quais as principais decis es tomadas, bem como descrever as vantagens e limita es do uso da tecnologia junto aos consultórios médicos. A pesquisa, que se caracteriza como uma survey, foi aplicada junto a 426 médicos de uma cooperativa médica através de questionários estruturados, cujos dados foram tratados através de análises univariada e bivariada. O médico percebe na tecnologia um importante valor agregado; no entanto, a grande maioria dos médicos n o a utiliza em seus consultórios. Dentre as vantagens da utiliza o da TI, segundo os médicos, está uma melhor capacidade de organiza o do consultório. Porém, uma das principais desvantagens é a “despersonifica o do atendimento”. Abstract The Information Technology (IT) is a tool that tends to generate quality of the information, reducing the uncertainties in the processes of decisions making. This research tried to identify which technology types are used; which forms the information technology is used; which are the main taken decisions and it describedthe advantages and limitations of the use of the technology close to the medical clinics. The research, which is characterized as a survey, was applied to doctors of a medical cooperative through structured questionnaires, which data were treated through varied analysis. The research was accomplished with 426 doctors and thestudy presented important conclusions regarding to the doctor's perception in relation to the use of the technology in the clinics. The doctors notice in the technology an important joined value; however the doctors' great majority doesn’t use them in theirclinics. Between the advantages and disadvantages of the use of the IT, according to the doctors, are the high capacity of the organization and the dispersonification of the attendance.
Racionalidade substantiva no processo decisório: um estudo em institui es que lidam com o tratamento oncológico infantojuvenil na cidade de Natal (RN) Substantive rationality on decision making process: a study in institutions that deal with children and teenager cancer treatment in the city of Natal (RN)
Miriam Soares de Oliveira e Silva,Ant?nio Sérgio Araújo Fernandes
Revista de Administra??o Pública , 2011, DOI: 10.1590/s0034-76122011000500005
Abstract: O presente trabalho trata de um estudo sobre a racionalidade substantiva no processo decisório em duas institui es que lidam com o tratamento oncológico em crian as e adolescentes na cidade de Natal, no estado do Rio Grande Norte. A partir de uma revis o de literatura sobre a racionalidade substantiva, o objetivo da pesquisa é perceber aspectos relacionados ao processo decisório que possam servir de base para elaborar as categorias de análise do processo Tomada de Decis o, agregando-as a um novo estudo que possa proporcionar o avan o do tema na ciência administrativa. Serviram de base para o aprofundamento do tema os trabalhos acadêmicos que seguiram o modelo de análise elaborado por Maurício Serva, cujo quadro verifica a racionalidade predominante em 11 processos administrativos internos em organiza es produtivas. Tendo como base teórica a obra de Guerreiro Ramos, que constata a existência de um tipo de organiza o ideal, o estudo recorre ao pensamento de Karl Polanyi, que procura compreender o fen meno econ mico independente do valor que permite considerar economias n o mercantis. Para melhor compreender a racionalidade resgatam-se os estudos de Max Weber, que investiga o significado de a o social, e com Jürgen Habermas se tem uma concep o mais abrangente de raz o através da teoria da a o comunicativa. Como resultado da revis o do tema foi elaborado um quadro com sete categorias de análise que, aplicadas nas institui es pesquisadas, tornou possível conhecer a racionalidade predominante no processo decisório. Os resultados da pesquisa confirmam que, embora a decis o envolva elementos racionais, existem também valores específicos de cada indivíduo ligados à sua experiência de vis o de mundo, permeados n o só pela racionalidade instrumental como também pela racionalidade substantiva. O estudo comprovou que duas institui es pertencentes ao mesmo setor podem apresentar diferentes tipos de racionalidade na tomada de decis o, quando fatores decisórios podem tender para a racionalidade instrumental, de acordo com o pensamento clássico da administra o, como também podem emergir da racionalidade substantiva, contribuindo para o processo de emancipa o do ser humano na esfera do trabalho. This work approaches a study about the substantive rationality on decision making process in two institutions dealing with children and teenagers cancer treatment in the city of Natal, state of Rio Grande do Norte. As of a literature review on substantive rationality, the goal of the research is to bring to knowledge aspects related to decision making process which may s
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.