oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Efeitos na fun o pulmonar após utiliza o de surfactante pulmonar exógeno na síndrome do desconforto respiratório agudo na crian a
Carvalho W.B. de,Mangia C.M.F.
Revista da Associa??o Médica Brasileira , 1997,
Abstract: A síndrome do desconforto respiratório agudo (SDRA) é uma les o pulmonar de causa multifatorial em que o sistema surfactante se apresenta alterado por causa da sua inativa o e comprometimento da composi o e metabolismo. A utiliza o do surfactante pulmonar exógeno é uma op o terapêutica que visa manter a estabilidade alveolar, propiciando, dessa forma, a melhora da complacência pulmonar (aumentando a capacidade residual funcional), da oxigena o e da mecanica respiratória. Os autores relatam o estudo realizado com a utiliza o de uma dose de surfactante pulmonar exógeno em dois pacientes pediátricos com SDRA submetidos a ventila o pulmonar mecanica. Avaliam os pacientes com gasometria arterial e venosa pré e pós-utiliza o de surfactante, sendo observada melhora na oxigena o, redu o do shunt intrapulmonar, melhora da ventila o imediatamente após a instila o da prepara o na canula orotraqueal e retorno à situa o pré-administra o após 240 minutos, no caso 1, e após 120 minutos, no caso 2. Concluem que ainda s o necessários vários estudos clínicos prospectivos e randomizados para avaliar, de forma eficaz, essa modalidade terapêutica na SDRA.
Compara o entre um escore de desconforto e a endoscopia respiratória para detec o de les es de via aérea associadas à entuba o traqueal em crian as  [cached]
Cordeiro Andréa M. G.,Souza Daniela C.,Quinzani Regina H.,Troster Eduardo J.
Jornal de Pediatria , 2003,
Abstract: OBJETIVOS: Analisar o desempenho de escore de desconforto alto na detec o de crian as com les es moderadas ou graves da via aérea associadas à intuba o traqueal, comparado à endoscopia respiratória. MéTODOS: Estudo prospectivo. Endoscopia respiratória e avalia o clínica realizadas após extuba o. As les es de via aérea e o escore de desconforto alto foram classificados em leves, moderados ou graves. O desempenho do escore foi analisado por meio de sua sensibilidade, especificidade, valores preditivos positivo, negativo e raz o de probabilidade em detectar pacientes com les es moderadas ou graves. RESULTADOS: Dentre 215 pacientes, 10,2% apresentaram endoscopia normal. Les es leves foram diagnosticadas em 54,9% dos pacientes, seguidas por moderadas (24,2%) e graves (10,7%). Em 163 pacientes com desconforto alto, o mesmo foi classificado como leve em 23,3%, moderado em 41,4% e grave em 11,2%. Escore >4 apresentou sensibilidade de 73,3% (IC 95%: 67,4-79,2) em detectar les o moderada ou grave e especificidade de 58,6% (IC 95%:52,0-65,2) em excluir aqueles sem essas les es. Valor preditivo positivo do escore >4 foi 48,7% (IC 95%: 42,0-55,4), enquanto aqueles com escore < 3 apresentaram probabilidade de n o apresentar les o moderada ou grave de 80,4% (IC 95%: 75,1-85,7). A probabilidade de paciente com les o moderada ou grave apresentar escore >4 foi de 73,3% em compara o àqueles sem tais les es (41,4%) (1,8 vez maior). CONCLUS ES: O desempenho do escore foi satisfatório em sugerir ausência de les o moderada ou grave naqueles com desconforto leve. O mesmo n o foi observado para pacientes com escore >4. Avalia o clínica pode ser útil como método de rastreamento e na exclus o daqueles com les o leve.
óxido nítrico inalatório para crian?as com síndrome do desconforto respiratório agudo
Fioretto, José Roberto;Carpi, Mário Ferreira;Bonatto, Rossano César;Ricchetti, Sandra Mara Queiroz;Moraes, Marcos Aurélio de;
Revista Brasileira de Terapia Intensiva , 2006, DOI: 10.1590/S0103-507X2006000400015
Abstract: background and objective: the objective of this study was to review the literature on inhaled nitric oxide to children with acute respiratory distress syndrome. contents: a review of literature and selection of the most important publications on inhaled nitric oxide, using the medline and cochrane systematic review databases. this review was organized as follows: introduction; metabolism and biological effects; clinical applications; dosage, gas administration and weaning process; warnings and side-effects. inhaled nitric oxide use was described in acute respiratory distress syndrome. conclusions: inhaled nitric oxide as the first vasodilator to produce selective pulmonary vasodilation has beneficial effects on gas exchange and ventilation, improving outcome in children with severe hypoxia. it is safe when administered in intensive care units under strict surveillance and monitoring. further studies should be concentrated on early treatment, when acute respiratory distress syndrome is potentially reversible.
Etiologia e a morbi-letalidade do coma agudo em crian as
L?hr Junior Alfredo,Liberalesso Paulo Breno Noronha,Luzzi Gisele Claudino Reck,Faria Antonio Carlos de
Arquivos de Neuro-Psiquiatria , 2003,
Abstract: OBJETIVO: Analisou-se a etiologia e a morbi-mortalidade de 104 crian as em coma agudo, ou seja, com uma pontua o menor ou igual a 8 da escala de Glasgow, internadas na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Infantil Pequeno Príncipe(UTI-HIPP) no período entre mar o/98 e janeiro/2001. RESULTADOS: A idade variou de 2 meses a 13 anos, com média de 30,3 ± 27,4 meses e mediana de 20 meses, sendo 57 (54,8%) do sexo masculino. O tempo de permanência hospitalar variou de 1 a 114 dias, e 3 casos permaneceram em estado vegetativo persistente. Com rela o à etiologia: 31 (29,8%) dos casos foram devidos a meningoencefalite, 24 (23,1%) estado de mal epiléptico, 19 (18,3%) causa tóxico-metabólica, 16 (15,4%) hipertens o intracraniana, 7 (6,7%) choque/anóxia, 4 (3,8%) etiologia indeterminada, 3 (2,9%) miscelanea. Com rela o à evolu o das crian as, 23 (22,1%) foram a óbito, 32 (30,8%) evoluíram sem seqüelas, 39 (37,5%) tiveram alta com seqüelas neurológicas e10 (9,6%) n o informado. CONCLUS O: De acordo com a análise do presente estudo conclui-se que cerca de um ter o dos pacientes em coma agudo falece, um ter o apresenta seqüelas neurológicas na alta hospitalar e um ter o evoluim sem seqüelas.
Correla o entre as características do perfil e desenvolvimento sensório-motor de crian as com síndromes genéticas  [cached]
Ana Paula Vasconcelos Alves,Cibelle Kayenne Martins Roberto Formiga,Fabiana Pavan Viana
Revista Eletr?nica de Enfermagem , 2012,
Abstract: Este trabalho trata-se de estudo transversal cujo objetivo foi verificar correla o entre as características do perfil e desenvolvimento sensório-motor de crian as com síndromes genéticas. Para tal, realizou-se pesquisa entre agosto e dezembro de 2009, com treze portadores de síndromes genéticas que frequentam a Associa o Pestalozzi em Goiania. Os instrumentos utilizados foram:Inventário Portage (IP), Ficha de Avalia o Neurológica Infantil e Gross Motor Function Classification System (GMFCS). Na análise estatística realizou-se teste de correla o de Spearman. Observou-se que quanto maior a idade da crian a, maior o grau de incapacidade e nível de classifica o funcional (GMFCS) e menor o percentual de desempenho nas áreas do IP. Quanto maior o peso da crian a ao nascer, mais precoce a aquisi o de habilidades motoras, tais como sentar, engatinhar e ficar em pé. Assim, verifica-se a importancia de abordagem global no atendimento à crian a, que deve incluir tanto aspectos neurofuncionais como estimula o do desenvolvimento sensório-motor.
Gait maturation in children with cerebral palsy: A pilot study Matura o da marcha em crian as com paralisia cerebral: Um estudo piloto  [cached]
Janice Souza Marques,Paula Roquetti Fernandes,José Fernandes Filho,Fernando Policarpo Barbosa
Motricidade , 2011, DOI: 10.6063/motricidade.7(2).109
Abstract: This study aimed at observing children with cerebral palsy's (CP) gait maturation and to correlate gait maturation's motor skill parameters. Podogram and video shooting of eight children's gait were used. Children up to seven years of age participated in the study. Cluster analysis was applied, dividing the sample into two groups, using the relation between pelvis’ width and the spreading of the ankles (REL) as parameters. Data were analyzed using t-test, analysis of Deltas, and Pearson’s correlation. Deviance from normality for all the parameters was demonstrated with greater failure in speed and cadence and a significant correlation among these parameters, and yet between them and the REL parameter. Although children with CP had acquired gait, they still do it immaturely. Este estudo se prop s a estudar a matura o da marcha de crian as com paralisia cerebral (PC) bem como a correla o entre os parametros maturacionais desta habilidade motora. Para tal, foi aplicado o Podograma e realizada filmagem da marcha em 8 crian as com PC com idade até 7 anos. Foi aplicada a análise de Cluster, dividindo a amostra em dois grupos, sendo a variável rela o entre a largura da pelve e afastamento dos tornozelos (REL) utilizada como parametro para divis o dos grupos. Utilizou-se teste t de Student, análise dos Deltas e correla o de Pearson. Os resultados demonstraram desvios da normalidade para todos os parametros, apresentando maior comprometimento para a velocidade e a cadência, sendo observada correla o significativa entre estes parametros, apontando ainda correla o destes parametros com o parametro REL. Portanto, embora as crian as com paralisia cerebral avaliadas neste estudo tenham adquirido o padr o de deambula o, ainda o realizam de forma imatura.
Comportamento organizacional no trabalho voluntário: motivos, perfis e correla es na pastoral da crian a  [PDF]
Carlos Eduardo Cavalcante,Washington José de Souza,Abdon Silva Ribeiro da Cunha,Marcos Adller de Almeida Nascimento
Estudos do CEPE , 2010,
Abstract: Este estudo tem por objetivo conhecer elementos que motivam a entrada de pessoas no trabalho voluntário, especificamente na Pastoral da Crian a, nas cidades de Jo o Pessoa e Natal. A pesquisa foi realizada junto a voluntários de vinte e cincoparóquias da cidade de Jo o Pessoa/PB e vinte da cidade de Natal/RN, totalizando 324 questionários, em uma popula o estimada de 500 voluntários. O instrumento de coleta de dados aplicado foi um questionário de perguntas elaboradas a partir de idéias teóricas extraídas de Souza, Medeiros e Fernandes (2006). O tratamento dosdados foi feito a partir da aplica o de medidas estatísticas multivariadas que buscaram explicar a correla o (Pearson e Spearman) existente entre os motivos de “entrada” e os dados sócio-demograficos. No momento seguinte, aplicaram-se as técnicas “Análise F-ANOVA” e “teste de Bonferroni” entre as variáveis de estudo e asvariáveis sócio-econ micas “estado civil” e “ocupa o”, no intuito de comprovar se há diferen a nas médias das respostas dos voluntários. Os perfis “afetivo” e “altruísta” tiveram as maiores médias. Surgiram correla es entre os motivos de entrada, a idade e renda familiar e diferen as entre o grupo de aposentados e o de voluntários que n o tem renda própria. Abstract This study aims at understanding factors that motivate people to engage in volunteer work, specifically in the Pastoral da Crian a in the cities of Jo o Pessoa, Paraíba, and Natal, Rio Grande do Norte. he research was conducted with volunteers from twenty-five parishes in the city of Jo o Pessoa and twenty in Natal, which totalled 324 questionnaires in a population of 500 volunteers. The data collection instrumentwas a questionnaire drawn from theoretical ideas by Souza, Medeiros and Fernandes (2006). Data analysis was done by the application of multivariate statistical techniques that sought to explain the correlation (Pearson and Spearman) between the reasons for engagement and socio-demographic data. Then, the techniques "ANOVA-F Analysis" and "Bonferroni" were applied among the study variables and the socio-economic variables "marital status" and "occupation" in orderto test if there is difference in the volunteers average responses. The "affective" and "selfless" profiles had the highest average. In contrast, profiles that tend to selfishness had lower averages. Correlations emerged among the reasons for engagement, age and family income and differences between the group of retired volunteers and those who do not have their own income.
Ventila??o de alta freqüência em crian?as e adolescentes com síndrome do desconforto respiratório agudo (impacto sobre o uso de ecmo)
Faria, Lucília Santana;Arneiro, áurea Helena de Almeida;Troster, Eduardo Juan;
Revista da Associa??o Médica Brasileira , 2007, DOI: 10.1590/S0104-42302007000300019
Abstract: objective: to assess the effect of high-frequency ventilation (hfv) in children and adolescents with acute respiratory distress syndrome (ards) through estimates of survival rate and time of ventilation. to verify whether hfv can reduce the indication for extracorporeal membrane oxygenation (ecmo) in children and adolescents with ards. methods: a systematic review of medical literature on the use of hfv and ecmo in children and adolescents with ards was carried out. medline, lilacs and embase databases were searched for the following terms: adult respiratory distress syndrome, ards, acute respiratory distress syndrome, respiratory distress syndrome, extracorporeal membrane oxygenation, ecmo, high-frequency ventilation, high-frequency jet ventilation and high-frequency oscillatory ventilation. search was conducted for controlled and randomized clinical trials, cohort studies and a series of cases which compared hfv with conventional mechanic ventilation (cmv), ecmo with cmv, or hfv preceding the use of ecmo. results: two hundred eighty nine publications related to hfv, ards and ecmo were found. of these, only nine matched pre-established selection criteria which refer to use of hfv and/or ecmo in children and adolescents with ards. conclusion: it was not possible to determine if use of hfv improves the survical rate of children and adolescent with ards. regarding ventilation time, there is no study that confirms, with statistical significance, its increase or decrease. whether hfv reduces or not indication of ecmo for children and adolescents with ards was also determined.
Efeitos na fun??o pulmonar após utiliza??o de surfactante pulmonar exógeno na síndrome do desconforto respiratório agudo na crian?a
Carvalho, W.B. de;Mangia, C.M.F.;
Revista da Associa??o Médica Brasileira , 1997, DOI: 10.1590/S0104-42301997000200011
Abstract: the acute respiratory distress syndrome (ards) is a pulmonary lesion of multifactorial cause in which the surfactant system is altered owing to inactivation and impairment of composition and metabolism. the use of exogenous pulmonary surfactant is a therapeutic option with the objective to maintain alveolar stability thus improving the pulmonary compliance (increasing the residual functional capacity), oxygenation and ventilatory mechanics. a study carried out on two pediatric patients with ards submitted to mechanic pulmonary ventilation, applying a single dose of exogenous pulmonary surfactant is described. the patients were evaluated using arterial and venous gasometry before and after the use of surfactant, observing increment in oxygenation, reduction of shunt fraction, improvement in ventilation immediately after exogenous pulmonary surfactant instillation and return to the previous situation after 240 minutes in case 1 and 120 minutes in case 2. more prospective clinical and randomized studies are needed to effectively evaluate this therapeutic modality.
Estudo do desenvolvimento da fun o motora aos 8 e 12 meses de idade em crian as pré-termo e a termo
Mancini Marisa C.,Teixeira Silvana,Araújo Louise G. de,Paix?o Maria Lúcia
Arquivos de Neuro-Psiquiatria , 2002,
Abstract: OBJETIVO: Comparar o desenvolvimento da fun o motora de crian as nascidas pré-termo com crian as nascidas a termo, aos 8 e 12 meses de idade. Investigar a rela o entre a qualidade motora aos 8 meses e a habilidade motora aos 12 meses. MéTODO: Trinta e duas crian as participaram deste estudo: 16 nascidas pré-termo (grupo de risco) e 16 nascidas a termo (grupo controle). A movimenta o espontanea das crian as foi avaliada aos 8 meses e as habilidades e independência em mobilidade foram avaliadas aos 12 meses de idade (idades corrigidas para grupo pré-termo), utilizando-se testes infantis padronizados (AIMS e PEDI, respectivamente). Os dados foram analisados através dos textes t de Student para grupos independentes (compara o entre grupos) e de correla o de Pearson (compara o intra grupo). RESULTADOS: N o foi evidenciada diferen a significativa na compara o de crian as nascidas a termo com as pré-termo nem aos 8 nem aos 12 meses de idade. No grupo controle, foi observada rela o significativa (r=0,67; p=0,004) entre movimenta o aos 8 meses e habilidade de mobilidade aos 12 meses. No grupo de risco, houve rela o significativa entre habilidade e independência em mobilidade aos 12 meses de idade corrigida (r=0,80; p=0,0001). CONCLUS O: Na ausência de outros distúrbios e com corre o da idade em pré-termos, o desenvolvimento motor pode ser semelhante ao de crian as nascidas a termo. A forma pela qual as crian as nascidas pré-termo adquirem suas habilidades funcionais parece ocorrer de modo diferente da observada em crian as a termo.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.