oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Reabilita o psicossocial na perspectiva de estudantes e enfermeiros da área de saúde mental.  [PDF]
Juliana Peres dos Santos,Maria Concei??o Bernardo de Mello e Souza,Nunila Ferreira Oliveira
Revista Eletr?nica de Enfermagem , 2011,
Abstract: Reabilita o Psicossocial é uma estratégia que visa reinserir o indivíduo com transtorno mental na sociedade. Objetivo: identificar a compreens o da Reabilita o Psicossocial na perspectiva dos estudantes do 4o ano do Curso de Bacharelado em Enfermagem e dos enfermeiros dos servi os onde os estudantes vivenciam a prática profissional. Percurso Metodológico: estudo descritivo exploratório de abordagem qualitativa, realizado em uma cidade do interior paulista, em 2008. Participaram da entrevista semiestruturada 10 sujeitos, sendo cinco alunos e cinco enfermeiros. Análise temática dos dados coletados resultou em quatro categorias: Reintegra o social; Participa o profissional no processo de reabilita o; Assistência - atua es da equipe e dos acadêmicos de enfermagem e Resquícios manicomiais como desafios políticos para reabilita o.Discuss o: a compreens o dos enfermeiros e estudantes acerca do tema indicou limites que demandam repensar a forma o dos enfermeiros e a capacita o dos profissionais. Portanto, observamos que os princípios preconizados para reabilita o s o desenvolvidos parcialmente nos cenários de prática.
Janelas do Santa Tereza: estudo do processo de reabilita o psicossocial do Hospital Psiquiátrico de Ribeir o Preto (SP)  [cached]
Guimar?es Jacileide,Saeki Toyoko
História, Ciências, Saúde-Manguinhos , 2001,
Abstract: Trata-se de um estudo de caso sobre o processo de reabilita o psicossocial do Hospital Psiquiátrico de Ribeir o Preto (HPRP) - o Santa Tereza - cujo objetivo é apreender as possibilidades e limites enfrentados por esta realidade, no que tange ao projeto Pens es Protegidas. Fizemos uso da observa o participante e aplicamos entrevistas semi-estruturadas aos moradores das pens es e à equipe multiprofissional que acompanha o processo. Os resultados obtidos desvelam um movimento diferente do estilo hospitalocêntrico, uma vez que articula uma nega o institucional. Por fim, consideramos a contribui o do projeto Pens es Protegidas do Santa Tereza para o repensar do saber/fazer sobre a condi o dos chamados doentes mentais.
A reabilita??o psicossocial na aten??o aos transtornos associados ao consumo de álcool e outras drogas: uma estratégia possível?
Pinho, Paula Hayasi;Oliveira, Márcia Aparecida de;Almeida, Marilia Mastrocolla de;
Revista de Psiquiatria Clínica , 2008, DOI: 10.1590/S0101-60832008000700017
Abstract: context: the consumption of alcohol and drugs constitutes a worldwide problem. exclusion and lack of specific policies for those who suffer with drug and alcohol dependency has marked brazilian public health policy and demonstrated the need for change in the service models in order to contemplate the real needs of those with alcohol and drug abuse disorders. the challenge of formulating a specific prevention, treatment and rehabilitation policy within a framework that considers individuality and allows social reinsertion of individuals has been the subject of numerous studies in this area. objectives: to identify the use and understanding of the concept of psychosocial rehabilitation associated with the problems of alcohol and drug abuse. methods: literature review in the medline database between 1997 and 2007 on psychosocial rehabilitation, specifically in the cases of alcohol and drug use disorders. results: ten articles were selected based on their pertinence to the subject. conclusions: we found the term "social support" which refers to the importance of a social network to help the patient recovering from alcohol and drug addiction, just as the psychosocial rehabilitation - which determines the importance of the individual?s social network - is one of its bases.
Reabilita o psicossocial: a perspectiva de profissionais de centros de aten o psicossocial do rio grande do sul  [cached]
Tatiane Babinski,Alice Hirdes
Texto & Contexto - Enfermagem , 2004,
Abstract: Esta investigación tuvo como objetivo describir la perspectiva de los profesionales de los Centros de Atención Psicosocial sobre la rehabilitación psicosocial. La metodología es de naturaleza cualitativa, realizada a través de 11 entrevistas semi-estructuradas con profesionales de nivel superior vinculados a 6 Centros de Atención Psicosocial de la región Sur del Rio Grande del Sur. Los resultados se alan que la rehabilitación psicosocial es visualizada como un proceso, la superación de la dicotomía salud/enfermedad, la inclusión de la familia, la interdisciplinaridad, la contratualidad, los valores profesionales como la responsabilidad, la ética, y el respeto a la dignidad del ser humano. Concluímos que la reabilitación psicosocial es un proceso en permanente construción de nuevas y permanentes plurales posibilidades de cuidado, así como, la existencia de un nexo entre el nuevo referencial teórico, aún incipiente, y una multiplicidad de prácticas en curso que superan la producción de un referencial brasile o de rehabilitación.
O impacto da fisioterapia na reabilita o psicossocial de portadores de transtornos mentais  [cached]
Soraya Batista da Silva,Luiz Jorge Pedr?o,Adriana Inocenti Miasso
SMAD Revista Electrónica Salud Mental, Alcohol y Drogas , 2012,
Abstract: Son muchos los comprometimientos corporales provenientes de los trastornos mentales y de los tratamientos somáticos. Este estudio objetivó mostrar la contribución de la fisioterapia en la minimización de eses comprometimientos y en la rehabilitación psicosocial de portadores de trastornos mentales. Se utilizaron 24 sesiones de fisioterapia, con 15 portadores de trastornos mentales que ofrecieron declaraciones. Los resultados mostraron que la fisioterapia aportó, minimizando los comprometimientos corporales causados por los trastornos mentales y, por los tratamientos somáticos, promovió beneficios físicos y psíquicos, favoreció la interacción y las relaciones de amistad, permitiendo la conclusión de que ella, la fisioterapia, facilitó las relaciones y, con eso, creó más posibilidades de rehabilitación psicosocial.
Practice of care/caring for patients with mental disorders: perception of nurses Prática de cuidar/cuidado aos portadores de transtornos mentais: concep o dos enfermeiros  [cached]
Fabiana Dias Lima Vidal,Verbena Santos Araújo,Elisangela Braga de Azevedo,Edmundo de Oliveira Gaudêncio
Ciência & Saúde , 2012,
Abstract: Objective: To learn about the concepts of the Psychosocial Care Centers (CAPS) nurses about the care/care of patients with mental disorders and to analyze the specific characteristics of care/care practiced. Materials and Methods: Empirical study, of a qualitative nature, composed from the discourse of seven nurses coupled to the CAPS, collected through semi-structured interview, using the content analysis technique. Results: Four categories were made: Care/caring as an attention to the human being needs; Care/caring as differentiated/undifferentiated care form; Care/caring as social reintegration, respect and care; Care/caring as a difficult relationship. Conclusion: We have found that the nurses are aware of the care directed to the mental disorder individuals and have achieved remarkable results, guiding their limits and advances in rehabilitation and that caring should be understood and practiced in an integral, humanized and interdisciplinary way. Objetivo: Conhecer a concep o dos Enfermeiros dos Centros de Aten o Psicossocial (CAPS) acerca do cuidar/cuidado de portadores de transtornos mentais e analisar as especificidades do cuidar/cuidado praticado. Materiais e Métodos: Estudo empírico, de caráter qualitativo, constituído a partir das falas de sete enfermeiros vinculados aos CAPS, coletadas através de entrevista semiestruturada, tendo como técnica a análise de conteúdo. Resultados: Desenharam-se quatro categorias: Cuidar/cuidado como aten o às necessidades do ser; Cuidar/cuidado como forma diferenciada/indiferenciada de cuidado; Cuidar/cuidado como reinser o social, respeito e aten o; Cuidar/cuidado como relacionamento difícil. Conclus o: Constatou-se que os enfermeiros mostram-se conscientizados do cuidar direcionado aos portadores de transtornos mentais e têm alcan ado resultados surpreendentes, norteando seus limites e avan os na reabilita o e que o cuidar deve ser entendido e praticado de forma integral, humanizada e interdisciplinar.
Reabilita o psicossocial e família: considera es sobre a reestrutura o da Assistência Psiquiátrica no Brasil
Valéria Cristina Christello Coimbra,Jacileide Guimar?es,Mariluci Camargo Ferreira da Silva,Luciane Prado Kantorski
Revista Eletr?nica de Enfermagem , 2005,
Abstract: Trata-se de um ensaio sobre a reestrutura o da assistência psiquiátrica no Brasil, com enfoque sobre o campo de interlocu o possibilitado entre a reabilita o psicossocial e família. A reestrutura o da assistência psiquiátrica no Brasil foi oficializada a partir de 1990, na esteira da Declara o de Caracas, da qual o Brasil é signatário. Este processo prioriza a substitui o progressiva dos hospitais psiquiátricos tradicionais por servi os substitutivos, cuja principal característica é a abertura das rela es e práticas desenvolvidas. Outras medidas de incentivo à reestrutura o foram aprovadas pelo Ministério da Saúde na década de 1990 e endossadas pelas experiências, que se multiplicam no Brasil, de servi os substitutivos ao modelo hospitalocêntrico. A reabilita o psicossocial inscreve-se como tra o antigo, porém redefinindo-se nesse processo e, aqui, visamos abordá-la no que tange a sua interface com a família da pessoa com sofrimento psíquico.
O cuidado de enfermagem familiar / exótico na unidade de interna??o psiquiática: do asilar para a reabilita??o psicossocial
Casanova, Edna Gurgel;Porto, Isaura Setenta;Figueiredo, Nébia Maria Almeida de;
Escola Anna Nery , 2006, DOI: 10.1590/S1414-81452006000400004
Abstract: study about the psychiatric cares of nursing developed in an internment unit of a university hospital of rio de janeiro. the study object was boarded with ethnographic approach, and the data interpreted for its approximation or distancing to the conceptual basis of the care and to the principles of the psychiatric reformation. in this period, some initiatives developed by the direction of the service of nursing contributed to redirect the look and to act of the nursing team. the results indicate the coexistence of two dimensions of the care permeated by the ambient influences. the instrumental dimension showed a prominence of the sheltering assistant model, which overlaps itself of the transformations proposed. the expressive dimension indicated the valuation of the singularities of the customers and incorporated the diversity and the shelter of the professionals showing the demand most frequent of the clientele as basic for the transition of the mixing assistant model, to shelter and of rehabilitation, for a model based only on the psychosocial rehabilitation.
Urban rehabilitation downtown Belém-Pará: concepts and trends of emerging urban policies Reabilita o urbana na área central de Belém-Pará: concep es e tendências de políticas urbanas emergentes  [cached]
Saint-Clair Cordeiro da Trindade Junior,Marcio Douglas Brito Amaral
Revista Paranaense de Desenvolvimento , 2006,
Abstract: The present article discusses urban planningand management concepts and practices in Belém, in the State of Pará Brazil. The discussion is based on the analysis of two urban interventions recently carried out in downtown Belém. Such interventions were based on planning and management strategy concepts and provided new landscapes and image to the city. They brought about urban renovation centered on nature, culture and memory as symbolic ways of legitimating urban management concepts Este artigo discute concep es e práticas de planejamento e gest o urbanos em Belém, Pará, a partir da análise de duas interven es urbanas desenvolvidas nos últimos anos na sua área central. Norteadas por uma concep o estratégica de planejamento e gest o, tais interven es têm promovido a produ o de uma nova paisagem e de uma nova imagem para a cidade. Trata-se da cria o de espa os de renova o urbana que usam como pretexto a natureza, a cultura e a memória como centralidade simbólica e como forma de legitimar uma dada concep o de gest o urbana
O trabalho em um Centro de Aten o Psicossocial: dificuldades e facilidades da equipe de enfermagem.  [PDF]
Sonia Regina Zerbetto,Elizangela Boni Efigênio,Nayra Luci Nayrovisk dos Santos,Sabrina Casale Martins
Revista Eletr?nica de Enfermagem , 2011,
Abstract: O cotidiano de trabalho da equipe de enfermagem no modelo de aten o psicossocial possibilita a constru o de novos saberes e práticas. O estudo objetivou discutir o trabalho de profissionais de enfermagem em um CAPS a partir da perspectiva de seus atores. Pesquisa descritiva, analítica, abordagem qualitativa, realizada em uma cidade do estado de S o Paulo, com os membros da equipe de enfermagem. Os dados foram coletados em 2007, por meio de entrevista semiestruturada e submetidos à análise de conteúdo temática. Emergiram quatro categorias temáticas: concep es do modelo psicossocial, as rela es estabelecidas dentro da institui o e seu território, as atividades desenvolvidas no cotidiano de trabalho, dificuldades e facilidades no trabalho. Conclui-se que os fatores predisponentes para as dificuldades no cotidiano do trabalho permeiam as dimens es teórico-conceituais (concep o de processo saúde-doen a mental, Reforma Psiquiátrica e território). As dificuldades envolveram o ambito técnico-assistencial, principalmente, as rela es da enfermagem com os familiares dos usuários.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.