oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Exigência de metionina mais cistina para codornas japonesas em postura  [cached]
Pinto Rogério,Donzele Juarez Lopes,Ferreira Aloízio Soares,Albino Luiz Fernando Teixeira
Revista Brasileira de Zootecnia , 2003,
Abstract: Foram utilizadas 360 codornas fêmeas, com idade inicial de 45 dias e peso médio de 137,0 g, durante quatro períodos de 28 dias. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso, com seis rela es metionina mais cistina digestível: lisina digestível (0,60, 0,65, 0,70, 0,75, 0,80 e 0,85) e seis repeti es de 10 animais cada. As variáveis estudadas foram: postura (%), peso do ovo (g), massa de ovos (g de ovos/codorna/dia), consumo alimentar (g), convers o alimentar (g de ra o/g de ovos e g de ra o/dz de ovos), peso final (g) e porcentagem da casca do ovo (%). Os tratamentos experimentais n o influenciaram a convers o alimentar e o peso final das codornas, apresentando efeito quadrático sobre a taxa de postura, peso dos ovos, massa dos ovos e porcentagem da casca dos ovos e efeito linear para o consumo alimentar. A exigência em metionina mais cistina digestível foi estimada em 0,727%, para consumo diário de 164 mg de metionina mais cistina digestível, e a melhor rela o metionina mais cistina digestível: lisina digestível para as codornas japonesas em postura foi estimada em 0,80.
Exigência de metionina mais cistina para codornas japonesas em crescimento  [cached]
Pinto Rogério,Ferreira Aloízio Soares,Donzele Juarez Lopes,Albino Luiz Fernando Teixeira
Revista Brasileira de Zootecnia , 2003,
Abstract: Foram utilizadas 540 codornas fêmeas, com idade inicial de sete dias e peso médio de 21,50 g, durante 35 dias. O delineamento foi em blocos ao acaso, com cinco repeti es e 18 aves por unidade experimental. Os tratamentos consistiram de seis rela es metionina mais cistina digestível: lisina digestível (0,48, 0,53, 0,58, 0,63, 0,68 e 0,75). Foram estudadas as variáveis peso final (g), ganho de peso (g), consumo alimentar (g), convers o alimentar (g/g), empenamento (%), composi o química corporal (matéria seca, água, proteína e extrato etéreo) e deposi o de proteína e gordura corporais. Os tratamentos influenciaram de forma quadrática o consumo alimentar, a convers o alimentar, o empenamento, a composi o química (matéria seca, água, proteína e extrato etéreo) e a deposi o de proteína corporal, e linearmente o peso final e o ganho de peso das codornas. A melhor rela o metionina mais cistina digestível: lisina digestível para as codornas japonesas em crescimento foi de 0,66, sendo a exigência em metionina mais cistina digestível estimada em 0,758%, para consumo de 91,43 mg de metionina mais cistina digestível.
Exigências de metionina + cistina para frangos de corte machos em diferentes fases de cria??o
Atencio, Anel;Albino, Luiz Fernando Teixeira;Rostagno, Horacio Santiago;Vieites, Flávio Medeiros;
Revista Brasileira de Zootecnia , 2004, DOI: 10.1590/S1516-35982004000500007
Abstract: three assays were carried out to determine methionine + cystine requirement and the digestible methionine + cystine: digestible lysine ratio of males broilers, avian farms, from 1 to 20, 24 to 38 and 44 to 56 days of age. each experiment was a completely randomized design with five levels of methionine + cystine, six replications and 20 birds per pen from 1 to 20 and 24 to 38 and 16 birds per pen from 44 to 56 day of age, respectively. the digestible methionine + cystine levels were 0.731-0.916% (in increments of 0.046); 0.712-0.881% (in increments of 0.042) and 0.631-0.781% (in increments of 0.037) for 1 to 20, 24 to 38 and 44 to 56 days of age, respectively. feed intake, weight gain, feed conversion and carcass quality were evaluated. there were linear positive and quadratic effects of the methionine + cystine levels on body weight gain and feed conversion, respectively, in the 1 to 20 days phase. using the broken line model, the requirement of digestible methionine + cystine (total) and the ratio of digestible methionine + cystine:digestible lysine for the 1 to 20 days phase was 0.808 (0.907% total) and 70%, respectively, according to the results of feed conversion. for the phase 24 to 38 days, weight gain, feed conversion and absolute leg quarter weight responded quadratically to increasing levels of digestible methionine + cystine. using the broken line model, the requirement of digestible methionine + cystine (total) and the ratio of digestible methionine + cystine:digestible lysine for the 24-38 days phase were 0.767 (0.844% total) and 72%, respectively, according to the results of body weight gain. the absence of a significant response for body weight gain and feed conversion in the third phase (44-56 days) demonstrates that the lowest level of methionine + cystine met the birds requirement. nevertheless, according to the best biological response the digestible (total) methionine + cystine were 0.668% (0.738% total) and 71%, respectively. methionine + cystin
Níveis de substitui o da DL-metionina pela metionina hidróxi análoga em base equimolar, em dietas para frangos de corte  [cached]
Visentini Paulo,Lopes Juarez,Toledo Geni Salete de,Costa Paulo Tabajara
Ciência Rural , 2005,
Abstract: Este trabalho objetivou testar o efeito de níveis de substitui o da DL-Metionina (DL-Met) por Metionina Hidróxi Análoga acido livre (MHA-FA) como fonte do aminoácido metionina para frangos de corte de 1 a 44 dias de idade. Foram utilizados 700 pintos de corte de um dia de idade, machos, da linhagem Ross. O delineamento experimental foi em blocos para evitar o efeito ambiental, constituído de cinco tratamentos com sete repeti es de 20 aves.Substituiu-se em base equimolar a DL-Met por MHA-FA (0, 25, 50, 75 e 100%). As dietas foram isonutritivas para todos os tratamentos diferindo apenas quanto à fonte de metionina e equivalência utilizada. Os parametros avaliados foram: consumo alimentar, peso corporal, convers o alimentar, empenamento, gordura abdominal, rendimento de carca a e peso de fígado. N o foram encontradas diferen as significativas (P>0,05) entre as fontes de metionina estudadas, exceto para empenamento que foi inferior quando se utilizou a MHA-FA. Com base nos resultados encontrados, conclui-se que a DL-Metionina e a MHA-FA suplementadas em base equimolar, n o modificam o desempenho zootécnico de frangos de corte de 1 a 44 dias de idade.
Efeito da Suplementa o de Metionina Sobre o Desempenho e a Avalia o de Carca as de Frangos de Corte
Whitaker HMA,Mendes AA,Garcia EA,Ro?a RO
Revista Brasileira de Ciência Avícola , 2002,
Abstract: Um experimento foi conduzido para avaliar os efeitos da suplementa o de metionina em dietas de crescimento (22 a 42 dias de idade) sobre o desempenho, rendimento e composi o química da carca a de frangos de corte. Foram utilizados 2000 frangos de corte da linhagem comercial Ross, sexados, distribuídos em um delineamento ao acaso, em esquema fatorial 2 x 5 (sexo e níveis de metionina) com quatro repeti es de 50 aves cada. As dietas foram formuladas para conter 100% ,110%, 120%, 130% e 140% dos níveis de metionina recomendados pelo NRC (1994). Aos 42 dias de idade, as aves foram abatidas para avaliar a quantidade de gordura abdominal, bem como o rendimento e a composi o química da carca a. Ao aumentar o nível de metionina da dieta, n o houve efeito (p> 0,05) sobre o ganho de peso, consumo de ra o, convers o alimentar, mortalidade, gordura abdominal, e rendimento de carca a, bem como, umidade, proteína, gordura e cinzas do peito e pernas. N o foi verificado efeito (p>0,05) de intera o entre nível de metionina e sexo, mas as fêmeas apresentaram maior percentual de gordura abdominal (p<0,05) que os machos. Como o nível de metionina n o afetou o desempenho, rendimento e composi o química da carca a, concluiu-se que a recomenda o sugerida pelo NRC (1994) de 0,38% para frangos de corte no período de 22 a 42 dias de idade está adequada.
Desempenho, rendimento de carca a e excre o de cálcio de frangos de corte alimentados com diferentes níveis de aminoácidos e cálcio no período de 22 a 42 dias de idade  [cached]
Araújo Cristiane Soares da Silva,Artoni Silvana Martinez Baraldi,Araújo Lúcio Francelino,Junqueira Otto Mack
Revista Brasileira de Zootecnia , 2002,
Abstract: Um experimento foi conduzido com o objetivo de avaliar diferentes níveis de aminoácidos e de cálcio para frangos de corte no período de 22 a 42 dias de idade. Avaliou-se o desempenho, o rendimento de carca a e a excre o de cálcio. Foram utilizadas 540 aves, machos, da marca comercial Cobb, distribuídas em delineamento inteiramente casualizado, em esquema fatorial 3x2, ou seja, 3 níveis de aminoácidos (metionina, metionina+cistina, lisina e treonina - 100%, 125% e 150% NRC,1994) e 2 níveis de cálcio (75% e 100% NRC,1994), com 3 repeti es de 30 aves cada. Os aminoácidos estudados foram metionina, metionina+cistina, lisina e treonina. O desempenho das aves foi avaliado pelo peso vivo, ganho de peso, consumo de ra o e convers o alimentar. O rendimento de carca a e a percentagem de cada parte foram avaliados de 2 aves de cada repeti o, escolhidas ao acaso, perfazendo um total de 6 animais por tratamento. O rendimento de carca a foi realizado após o abate levando-se em considera o a percentagem de peito, pernas (coxa+sobrecoxa), asas, dorso, cabe a+pesco o e pés em rela o à carca a eviscerada. Além disso, analisou-se o cálcio excretado pelas aves. Para tanto, utilizou-se 72 aves, alojadas em gaiolas, seguindo o mesmo delineamento descrito anteriormente. N o houve intera o entre os fatores estudados para as características avaliadas. As que consumiram dietas com 125% e 150% de aminoácidos apresentaram melhor convers o alimentar. O rendimento de peito foi afetado pelos níveis de cálcio.
Determina o de Níveis de Metionina+Cistina para Poedeiras Semi-pesadas Alimentadas com Ra es contendo Levedura Seca (Saccharomyces cerevisiae)
Togashi Cristina Kimie,Fonseca José Brand?o,Soares Rita da Trindade Ribeiro Nobre,Souza Cláudio Luiz Melo de
Revista Brasileira de Zootecnia , 2002,
Abstract: Um experimento foi realizado utilizando-se 120 galinhas poedeiras de ovos marrons, da linhagem comercial Isa Brown, alimentadas com ra es contendo levedura de cana-de-a úcar, visando à determina o das exigências nutricionais de metionina+cistina (met+cis). As aves possuíam 51 semanas de idade ao início do experimento, que teve a dura o de 84 dias, com três períodos de 28 dias cada. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados com cinco tratamentos e quatro repeti es. Os tratamentos consistiram de uma ra o basal, suplementada com cinco níveis de DL-metionina, a fim de se obterem ra es com 0,45; 0,50; 0,55; 0,60 e 0,65% de met+cis. A ra o basal isoprotéica (13%PB) e isocalórica (2840kcal EM/kg) era composta por milho moído, farelo de soja e levedura de cana-de-a úcar. Foram analisadas variáveis referentes ao desempenho produtivo (produ o de ovos, ganho de peso, consumo e convers o alimentar) e qualidade dos ovos (peso, massa e conteúdo de ovos e Unidades Haugh). Foi observado um efeito quadrático dos níveis de met+cis sobre as características avaliadas, com exce o do ganho de peso, que n o sofreu influência dos tratamentos. Utilizando-se modelos de regress o, foi possível a determina o dos melhores níveis de met+cis a serem utilizados. Para a maximiza o da produ o de ovos e consumo de ra o, as exigências foram estimadas em 0,565 e 0,569% de met+cis, respectivamente. Para peso e massa de ovos, utilizando-se 0,582% e 0,569% de met+cis, foram obtidos os melhores resultados, respectivamente.
Utiliza o do farelo de girassol na alimenta o de frangos de corte  [cached]
Furlan Antonio Claudio,Mantovani Cristiane,Murakami Alice Eiko,Moreira Ivan
Revista Brasileira de Zootecnia , 2001,
Abstract: O experimento foi realizado com o objetivo de verificar o desempenho dos frangos de corte alimentados com ra es contendo níveis crescentes de farelo de girassol. Foram utilizados 1200 pintos de um dia de idade, distribuídos em um delineamento experimental inteiramente casualizado com seis tratamentos, quatro repeti es e 50 aves por unidade experimental. Os tratamentos consistiram de uma ra o testemunha (RT) à base de milho e farelo de soja e outras cinco com 10, 20, 30, 40 e 50% de substitui o da proteína do farelo de soja pela proteína do farelo de girassol. Observou-se efeito quadrático dos níveis crescentes do farelo de girassol sobre a convers o alimentar, na fase inicial, no consumo de ra o e no ganho médio de peso, na fase de crescimento, e no ganho de peso, no período total. Em ra es isoenergéticas e isoaminoacídicas para metionina+cistina e lisina digestíveis, a proteína do farelo de soja pode ser substituída pela proteína do farelo de girassol até o nível de 30%, o que corresponde a cerca de 15% de inclus o de farelo de girassol nas ra es dos frangos de corte.
Exigência de metionina + cistina para alevinos de Tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus)
Furuya, Wilson Massamitu;Silva, Lilian Carolina Rosa;Neves, Patrícia Ribeiro;Botaro, Daniele;Hayashi, Carmino;Sakaguti, Eduardo Shiguero;Furuya, Valéria Rossetto Barriviera;
Ciência Rural , 2004, DOI: 10.1590/S0103-84782004000600041
Abstract: this study was carried out to determine the methionine + cystine requirement for nile tilápia, fingerlings (2.61 ± 0.14g). a randomized block designs, with six treatments, three replicates and five fish by experimental unit was used. basal diet was utilized with 28% crude protein and 3173de kcal kg-1 of digestible energy, supplemented with dl-methionine, resulting in diets with 0.87; 0.95; 1.03; 1.11; 1.19 and 1.27% of methionine + cystine. diets were fed to satiation during 41 days. no effects (p>0.05) of methionine + cystine levels on survival rate and hepatosomatic index were observed. a quadratic effect (p<0.05) for weight gain was observed, which increased up to 1.22% methionine + cystine in the diet. feed conversion ratio and protein efficiency ratio increased (p<0.05) up to 1.00% of methionine + cystine. a quadratic effect (p<0.05) of methionine + cystine level on carcass yield was observed, which increased up to 1.13% of methionine + cystine. the concentration of 1.00% methionine + cystine corresponding to 3.54% crude protein, in the presence of 0.54% methionine in the diet, showed the best njperformance.
Níveis de metionina + cistina para frangos de corte nos períodos de 22 a 42 e de 43 a 49 dias de idade
Amarante Júnior, Valene da Silva;Costa, Fernando Guilherme Perazzo;Barros, Leilane da Rocha;Nascimento, Germano Augusto Jer?nimo do;Brand?o, Patrícia Araújo;Silva, José Humberto Vilar da;Pereira, Walter Esfrain;Nunes, Ricardo Vianna;Costa, Janaine Sena da;
Revista Brasileira de Zootecnia , 2005, DOI: 10.1590/S1516-35982005000400014
Abstract: two experiments were conducted with the objective of evaluating the methionine + cystine (met + cis) requirements, for ross broilers, males, from 22 to 42 and 43 to 49 days old. nine hundred broilers averaging initial body weight of 0.800 kg at 22 days old and 2.540 kg at 43 days old were used in each experiment and allotted to a completely randomized experimental design, with six treatments, six replicates and 25 birds for experimental unit. the treatments consisted of six different sinthetic methionine levels (0.00, 0.04, 0.081, 0.121, 0.162 and 0.202%), corresponding to the levels of 0.664, 0.704, 0.744, 0.784, 0.824 and 0.864% and 0.603, 0.643, 0.683, 0.723, 0.763 and 0.803% dietary total methionine + cystine, for the phases from 22 to 42 and from 43 to 49 days old, respectively. feed intake, body weight gain, feed:gain ratio, carcass yield and the prime cuts yield were evaluated. the methionine + cystine requirements were estimated by regression models. considering the performance data, the nutritional requirements of total methionine + cystine were 0.823% for high performance and breast yield values, in the period from 22 to 42 days old, and 0.727% for the high performance and low requirements of abdominal fat, in the period from 43 to 49 days old.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.