oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Contagem de células somáticas e produ o de leite em vacas holandesas de alta produ o
Coldebella Arlei,Machado Paulo Fernando,Demétrio Clarice Garcia Borges,Ribeiro Júnior Paulo Justiniano
Pesquisa Agropecuária Brasileira , 2003,
Abstract: A mastite bovina pode ser clínica, com sinais visíveis, e subclínica, diagnosticada pela contagem das células somáticas. As perdas econ micas causadas pela mastite subclínica devem ser quantificadas para atender à demanda nacional de produtos lácteos. O objetivo deste trabalho foi verificar se as perdas na produ o de leite, pelo aumento do número de células somáticas, s o proporcionais ou independentes do nível de produ o. Foram utilizadas 7.756 observa es, colhidas mensalmente de um único rebanho, de setembro de 2000 a junho de 2002. A curva de lacta o foi modelada pela fun o gama incompleta, e os efeitos de ordem de lacta o, época do parto, ocorrência de doen as no periparto e escore de condi o corporal ao parto também foram considerados. A contagem de células somáticas foi incluída nesse modelo como fator multiplicativo, representando perdas relativas, e como fator aditivo, representando perdas absolutas. A escolha do melhor modelo foi baseada no critério de informa o de Schwarz (BIC). As perdas s o absolutas, evidentes a partir de 14.270 células/mL e para cada aumento de uma unidade na escala do logaritmo natural a partir desse valor, estimam-se perdas de 184 e 869 g/dia para vacas primíparas e multíparas, respectivamente.
Contagem de células somáticas e produ??o de leite em vacas holandesas confinadas
Coldebella, Arlei;Machado, Paulo Fernando;Demétrio, Clarice Garcia Borges;Ribeiro Júnior, Paulo Justiniano;Meyer, Paula Marques;Corassin, Carlos Humberto;Cassoli, Laerte Dagher;
Revista Brasileira de Zootecnia , 2004, DOI: 10.1590/S1516-35982004000300011
Abstract: the relationship between milk somatic cells count (scc) and milk yield has been the aim of countless researches in several countries; however, in brazil, the literature related to this subject is scarce. therefore, the objective of this study is to verify if the losses in milk yield due to scc increase are proportional to the yield, or absolute (independent of it) and starting from which scc, the losses become evident. for this study, 13.725 observations were used, collected monthly from 6 different herds, from january/2001 up to june/2002. the analysis model, for lactation curve, was based upon the incomplete gama function, considering the effects of lactation order, herd and calving season. the scc entered in that model in two ways: as multiplicative factor (representing relative losses) and as addictive factor (representing absolute losses). the best model was chosen based on the information criteria of schwarz (bic). it is concluded that the losses are absolute, becoming evident from 17.000 cells/ml, and they are 238 and 868 ml/day for each increase of one unit in the natural logarithm scale, starting from that scc, respectively, for primiparous and multiparous.
Contagem de células somáticas e produ??o de leite em vacas holandesas de alta produ??o
Coldebella, Arlei;Machado, Paulo Fernando;Demétrio, Clarice Garcia Borges;Ribeiro Júnior, Paulo Justiniano;Corassin, Carlos Humberto;Meyer, Paula Marques;Cassoli, Laerte Dagher;
Pesquisa Agropecuária Brasileira , 2003, DOI: 10.1590/S0100-204X2003001200012
Abstract: the goal of this paper was to evaluate if losses in milk yield due to increase in somatic cells count are proportional or independent of the level of production. a total of 7,756 observations, monthly collected from a single herd from september/2000 up to june/2002, were used. the lactation curve was modeled by the incomplete gamma function, considering the effects of lactation order, calving season, peripartum disorder incidence and body condition score at calving. somatic cells count was added to the model as a multiplicative factor, representing relative losses, and as an additive factor, representing absolute losses. the best model was chosen based on the information criteria of schwarz (bic). the losses are absolute, becoming evident from 14,270 cells/ml, and they are 184 and 869 g/day for each increase of one unit in the natural logarithm scale, starting from that somatic cells count, for primiparous and multiparous cows, respectively.
Efeito da metionina protegida e n o protegida da degrada o ruminal sobre a produ o e composi o do leite de vacas holandesas  [cached]
Sancanari Juliana Borsari Dourado,Ezequiel Jane Maria Bertocco,Galati Rosemary Laís,Vieira Paulo de Figueiredo
Revista Brasileira de Zootecnia , 2001,
Abstract: Utilizaram-se vacas Holandesas com produ o superior a 20 kg de leite/dia, de primeira e segunda lacta es, com 19±6 dias em lacta o, para avaliar o efeito da suplementa o com 8,4 g/dia de metionina protegida (MPDR) ou 8,4 g/dia de metionina n o-protegida da degrada o ruminal (MNPDR) sobre a produ o e composi o do leite, comparativamente a vacas controle, durante 90 dias. As vacas foram alimentadas com ra o completa constituída por silagem de milho e concentrado. Produ o de leite, teor de proteína do leite e produ o de proteína n o foram afetados pela suplementa o com MPDR. As produ es médias de leite foram 27,70; 27,09 e 27,61 kg/dia; os teores médios de proteína, 2,83; 2,85 e 2,77%; e as produ es de proteína do leite, 0,77; 0,76 e 0,79 kg/dia, respectivamente, para vacas controle, suplementadas com MPDR e MNPDR. O teor de gordura do leite foi de 2,39; 2,12 e 1,89% paras vacas suplementadas com MPDR, MNPDR e controle, respectivamente. A produ o diária de gordura foi 0,57; 0,58 e 0,58 kg/dia e a produ o diária de leite corrigido para gordura (3,5%), 21,25; 21,19 e 21,35 kg/dia, para os respectivos tratamentos controle, MPDR e MNPDR. A suplementa o com MPDR n o alterou a produ o de leite, porém melhorou a sua composi o no início da lacta o.
Contagem de células somáticas no leite de vacas suplementadas no pré-parto com selênio e vitamina E  [cached]
Paschoal Juliana Jorge,Zanetti Marcus Antonio,Cunha José Aparecido
Ciência Rural , 2006,
Abstract: O selênio e a vitamina E s o antioxidantes importantes na defesa de células e tecidos e atuam diretamente na manuten o da saúde do úbere, influenciando a contagem de células somáticas, indicador no leite da mastite. O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito da suplementa o do selênio e da vitamina E sobre a contagem de células somáticas no leite de vacas da ra a holandesa, durante o período das águas. Oitenta animais foram distribuídos em quatro tratamentos: controle; suplementa o com 2,5mg Se dia-1; suplementa o com 1000 UI vit. E dia-1 e suplementa o com 2,5mg Se + 1000 UI vit. E dia-1. A suplementa o foi iniciada 30 dias antes da provável data de pari o, prolongando-se até o parto. Amostras do volumoso e do concentrado foram colhidas, quinzenalmente, para análise bromatológica completa e levantamento dos níveis de selênio. O sangue foi colhido antes do início da suplementa o, no parto, 30 e 60 dias após o parto, para determina o dos níveis de Se no soro sangüíneo das vacas. O leite foi colhido semanalmente para determina o da contagem de células somáticas (CCS). O período de colheita iniciou-se logo após o período colostral, prolongando-se até a décima segunda semana de lacta o. Um mês após a suplementa o, as vacas que receberam selênio apresentaram níveis séricos superiores (P<0,05) ao grupo controle. O selênio e a vitamina E n o afetaram (P>0,05) a CCS nas doze primeiras semanas de lacta o e n o foi encontrado efeito de intera o entre os dois elementos.
Evaluation of milk production and somatic cell count of dairy cow supplemented with Saccharomyces cerevisiae as a source of organic zinc/ Avalia o da produ o de leite e contagem de células somáticas em bovinos leiteiros suplementads com Saccharomyces cerevisiae como fonte de zinco organico  [cached]
Luiz Fernando Coelho da Cunha Filho,Simone Biagio Chiacchio,Roberto Calderon Gon?alves,Paulo Eduardo Pardo
Semina : Ciências Agrárias , 2007,
Abstract: The aim of the evaluation of milk production and somatic cell count of dairy cow supplemented with Saccharomyces cerevisiae as a source of organic zinc for 180 days, 25 Holstein cows were selected, randomly chosen from a flock of 189 lactating cows. The animals were distributed in two groups, namely group 1 (G1) which holded 10 cows supplemented and group 2 (G2) with 15 animals without supplementation. The production of milk was measured by the control official milkman of the Assocition Paranaense of Creators of Bovine of the Holstein in seven moments during the 180 days. The samples of milk were collected of each animal, being submitted to the electronic counting of somatic cells. The results demonstrate that the supplemented of organic zinc didn’t alter the production of milk, however it was capable to maintain low the counting of somatic cells. The data of the present work suggest that to use supplemented of organic zinc in the diet of cows milk, increase the quality of the produced milk and consequently the remuneration for the producer. Com o objetivo de avaliar a produ o de leite e a contagem de células somáticas de bovinos leiteiros, suplementados com Saccharomyces cerevisiae, como fonte de zinco organico, por 180 dias, foram separadas aleatoriamente 25 vacas holandesas, em um rebanho de 189 vacas em lacta o. Os animais foram distribuídos em dois grupos, sendo grupo 1 (G1) composto por 10 vacas suplementadas e grupo 2 (G2) 15 animais sem suplementa o. A produ o de leite foi mensurada pelo controle leiteiro oficial da Associa o Paranaense de Criadores de Bovinos da Ra a Holandesa em sete momentos durante os 180 dias. As amostras de leite foram coletadas de cada animal, sendo submetidas à contagem eletr nica de células somáticas. Os resultados demonstram que a suplementa o de zinco organico n o alterou a produ o de leite, contudo foi capaz de manter baixa a contagem de células somáticas. Os dados do presente trabalho sugerem que utilizar suplementa o de zinco organico na dieta de vacas leiteiras, aumente a qualidade do leite produzido e conseqüentemente a remunera o para o produtor.
Estimativas da produ o de leite por vacas holandesas mesti as, segundo o sistema CNCPS, em dietas contendo cana-de-a úcar com diferentes valores nutritivos  [cached]
Fernandes Alberto Magno,Queiroz Augusto César de,Lana Rogério de Paula,Pereira José Carlos
Revista Brasileira de Zootecnia , 2001,
Abstract: O objetivo do presente estudo foi usar os dados observados sobre as varia es nos teores da fibra em detergente neutro (FDN), lignina e das fra es de carboidratos e das correspondentes taxas de degrada o de 15 variedades de cana-de-a úcar, para avaliar a disponibilidade destes nutrientes em promover produ o de leite de vacas holandesas mesti as, usando o sistema CNCPS. Um suplemento nutricional composto de silagem de milho, caro o de algod o, farelo de soja e uréia foi usado para complementar as exigências nutricionais destes animais na produ o de 10 kg de leite diário. Os valores utilizados para predizer as respostas na produ o de leite foram: FDN (%MS) -- 40, 50 e 60, lignina (%FDN) 10,14 e 18, taxas de digest o (%/h) dos carboidratos n o fibrosos (CNF) -- 10,20 e 30 e taxa de digest o (%/h) dos carboidratos fibrosos (CF) -- 1, 2,5 e 4. A cana-de-a úcar, quando usada como principal volumoso da dieta, acarretou redu o na ingest o de matéria seca e energia, limitando a produ o de leite destes animais. A predi o da quantidade de leite que poderia ser produzida em fun o da quantidade de energia metabolizável (EM), fornecida pela dieta, decresceu 24%, quando o teor de FDN aumentou de 40 para 60%, para um percentual de 14% de lignina. Também houve acréscimo de 14% na produ o de leite, quando a taxa de digest o dos CF aumentou de 1 para 2,5%/h. Embora as varia es nos teores de FDN e lignina e nas taxas de digest o dos carboidratos, das variedades de cana-de-a úcar, tenham promovido grande efeito sobre a produ o de leite das vacas mesti as, torna-se necessária a valida o destes resultados.
Importance of calving diseases and risk factors on milk production of Holsteins cows Importancia das desordens do periparto e seus fatores de risco sobre a produ o de leite de vacas Holandesas  [cached]
Carlos Humberto Corassin,Paulo Fernando Machado,Arlei Coldebella,Laerte Dagher Cassoli
Semina : Ciências Agrárias , 2011,
Abstract: This correlational study investigated the effects of the peripartum health disorders and your respective risk factors about the milk production, in the peak and to the 305 days in lactation. Holsteins cows (n = 522) of a commercial herd of the State of S o Paulo, had your health and nutritional status accompanied since the beginning of the period pre-calving to the end of the lactation. Occurrence of diseases, score of body condition (at the dry off and calving), daily milk productions and milk compositions, were recorded. For statistical analysis of the data, the logistics regression and the analysis of multiple regression were used. The obtained results demonstrated that the diseases of the peripartum and your risk factors affected the milk production with different effects in function of the lactation numbers, demanding this way, larger care with the prophylactic measures to avoid the diseases, and to maximize the production of milk and the reproduction of the animals. Este estudo correlacional investigou os efeitos das ocorrências sanitárias do periparto e seus respectivos fatores de risco sobre a produ o de leite, no pico e aos 305 dias em lacta o. Vacas Holandesas (n = 522) de um rebanho comercial do Estado de S o Paulo tiveram seu desempenho sanitário e nutricional acompanhados desde o início do período pré-parto até o final da lacta o. A ocorrência de doen as, os escores de condi o corporal (no pré-parto e parto), as produ es de leite e as composi es do leite foram registradas. Para análise estatística dos dados, foram utilizadas a regress o logística e a análise de regress o múltipla. Os resultados obtidos demonstraram que as doen as do periparto e seus fatores de risco afetaram a produ o de leite com efeitos diferentes em fun o do número de lacta es, exigindo desta maneira maior cuidado com ado o de medidas profiláticas para se evitar as doen as e maximizar a produ o de leite dos animais.
Efeitos da climatiza o do curral de espera na produ o de leite de vacas holandesas
Silva Iran J.O. da,Pandorfi Héliton,Acararo Jr. Irineu,Piedade S?nia M.S.
Revista Brasileira de Zootecnia , 2002,
Abstract: O presente estudo foi conduzido com o objetivo de avaliar os efeitos da climatiza o de ambientes em condi es de pré-ordenha na produ o de leite. O experimento foi realizado na fazenda experimental do Instituto de Zootecnia, em Nova Odessa, SP, durante doze dias consecutivos do ver o de 1999. Foram analisados os efeitos do sistema de resfriamento evaporativo (SRE), por nebuliza o, no curral de espera. Utilizaram-se doze animais da ra a holandesa, divididos em dois grupos de seis animais, onde apenas o segundo grupo foi submetido ao sistema de climatiza o. Os dados ambientais foram registrados no horário das ordenhas, ou seja, às 7 e 15 h. Para avalia o dos dados ambientais utilizaram-se os índices de conforto térmico: índice de temperatura de globo (WBGT), índice de temperatura e umidade (THI) e índice de carga térmica radiante (CTR). As respostas fisiológicas, como freqüência cardíaca e respiratória, temperatura retal e produ o de leite também foram consideradas variáveis de resposta. Conclui-se que o efeito do resfriamento do ambiente é mais significativo no horário da segunda ordenha (15 h), quando comparado ao da primeira (7 h), melhorando as condi es de conforto térmico no curral de espera, refletindo em um aumento de 7,28% na produ o de leite, além de promover redu o na frequência respiratória e cardíaca.
Parametros genéticos para produ es de leite e gordura nas três primeiras lacta es de vacas Holandesas  [cached]
Freitas Ary Ferreira de,Dur?es Marcus Cordeiro,Valente José,Teixeira Nilson Milagres
Revista Brasileira de Zootecnia , 2001,
Abstract: Foram analisadas 9527 lacta es de vacas puras de origem (PO) da ra a Holandesa, iniciadas entre 1988 e 1997, em rebanhos no Estado de Minas Gerais. Estabeleceram-se dois conjuntos de dados: um com as vacas de primeira lacta o (Conjunto I) e outro com as vacas de primeira até a terceira lacta o (Conjunto II). Para as análises das produ es de leite e gordura até 305 dias, adotaram-se modelos mistos com a metodologia da máxima verossimilhan a restrita (REML). As médias para produ es de leite e gordura, até 305 dias de lacta o, foram 5870 ± 1662 kg e 199 ± 55 kg, respectivamente, para o conjunto I. Para o conjunto II, essas médias, na mesma ordem, foram 5521 ± 1523 kg e 187 ± 50 kg, na primeira lacta o; 6421 ± 1789 kg e 215 ± 58 kg, na segunda lacta o e 7045 ± 1903 kg e 231 ± 60 kg, na terceira lacta o. As estimativas de herdabilidade para produ es de leite e gordura foram 0,28 ± 0,04 e 0,20 ± 0,03, respectivamente, para o conjunto I. Para o conjunto II, foram 0,16 ± 0,09 e 0,09 ± 0,09, na primeira; 0,17 ± 0,11 e 0,20 ± 0,11 na segunda e 0,16 ± 0,10 e 0,10 ± 0,16 na terceira lacta o, para produ es de leite e gordura, respectivamente. As correla es genéticas entre as características estudadas foram altas, variando de 0,86 a 1,00.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.