oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Risco climático da cana-de-a úcar cultivada na regi o nordeste do Brasil Climate risk of sugarcane grown in the northeast region of Brazil  [cached]
Vicente de P. R. da Silva,Sonaly D. de Oliveira,Carlos A. C. dos Santos,Madson T. Silva
Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental , 2013,
Abstract: Este estudo avalia os impactos das altera es climáticas sobre o zoneamento agrícola de risco climático da cultura da cana-de-a úcar cultivada na regi o Nordeste do Brasil, baseado nos relatórios do IPCC. Combinado com técnicas de geoprocessamento (SIG) o modelo de balan o hídrico foi utilizado para identificar as áreas da regi o de estudo nas quais a cultura poderá sofrer restri es de rendimento devido às mudan as climáticas. Os dados utilizados no estudo foram as séries históricas de precipita o com no mínimo 30 anos de dados diários, coeficientes de cultura, evapotranspira o potencial e dura o do ciclo da cultura. Adotou-se, como critério de corte para o índice de Satisfa o das Necessidades de água para a cultura (ISNA) definido como a rela o entre a evapotranspira o real e a evapotranspira o máxima (ETr/ETm) o valor 0,65. Os cenários utilizados nas simula es sem aumento na temperatura do ar e com aumento de 1,5; 3 e 5 oC foram associados às altera es na precipita o de ±10, ±25 e ±40%. Os resultados indicam que existe uma diferen a relevante entre os cenários de aquecimento e as condi es climáticas atuais, em termos dos efeitos projetados da varia o de temperatura sobre as áreas cultivadas com a cana-de-a úcar na regi o de estudo. This study evaluates the impacts of climate change on the agricultural zoning of climatic risk of sugarcane crop grown in Northeastern Brazil based on IPCC reports. The water balance model combined with geospatial technologies (GIS) was used to identify regional areas where the crop will suffer yield reduction due to climate changes. The data used in the study were time series of precipitation at least 30 years of daily data, crop coefficients, potential evapotranspiration and duration of the crop cycle. A limit value of 0.65 was adopted for the water requirement satisfaction index (WRSI), which is defined as the ratio between actual evapotranspiration and maximum evapotranspiration (ETr/ETm). The scenarios used in simulations without an increase in air temperature and an increase of 1.5, 3 and 5 o C were associated with changes in precipitation of ±10, ±25 and ±40%. The results indicate that there is significant difference between the warming scenarios and the current weather conditions, in terms of the projected effects of temperature variation on the areas cultivated with sugarcane in the study region.
Fatores de risco cardiovascular em adultos jovens de um município do Nordeste brasileiro Factores de riesgo cardiovascular en adultos jóvenes de una ciudad del Nordeste brasile o Cardiovascular risk factors in young adults of a city of the Brazilian Northeastern  [cached]
Emiliana Bezerra Gomes,Thereza Maria Magalh?es Moreira,Halana Cecília Vieira Pereira,Iara Bezerra Sales
Revista Brasileira de Enfermagem , 2012, DOI: 10.1590/s0034-71672012000400007
Abstract: Objetivou-se averiguar fatores de risco cardiovasculares em adultos jovens num interior do Nordeste brasileiro. Estudo quantitativo realizado com 351 escolares adultos jovens de 12 escolas públicas em Juazeiro do Norte, Ceará, selecionados aleatoriamente e estratificados por escola e turno. Os resultados apresentaram maioria feminina, mesti a, conciliando estudo e trabalho, sem companheiro(a) e morando com os pais. Houve sedentarismo (57,3%), obesidade/sobrepeso (19,4%), adi o de sal à comida (54,4%), ingest o alcoólica (76,1%), hipertens o arterial (1,1%) com 50% de n o ades o ao tratamento, diabetes mellitus (0,6%) e antecedentes familiares de doen as cardiovasculares (86,3%). Caracterizar os riscos cardiovasculares entre os adultos jovens direciona a es de saúde e potencialidades nas parcerias com as escolas. Se tuvo como objetivo investigar los factores de riesgo cardiovascular en adultos jóvenes en un interior del Noreste de Brasil. El estudio cuantitativo realizado con 351 escolares adultos jóvenes de 12 escuelas públicas en la ciudad de Juazeiro do Norte, Ceará, seleccionados de forma aleatoria y separados por grupos de escuela y turno. Los resultados presentaron la mayoría femenina, mestiza conciliando estudio y trabajo, sin pareja y viviendo con los padres. Hubo sedentarismo (57,3%), obesidad/ sobrepeso (19,4%), adición de sal a la comida (54,4%), consumo de bebida alcohólica (76,1%), hipertensión arterial (1,1%) con 50% sin adhesión al tratamiento, diabetes mellitus (0,6%) y con antecedentes familiares de enfermedades cardiovasculares (83%). Caracterizar los riesgos cardiovasculares entre los adultos jóvenes direcciona acciones de salud y potencializa parcerias con las escuelas. This study investigates the cardiovascular risk factors in young adults in the interior of northeastern Brazil. This quantitative study conducted with 351 young adults from school 12 public schools in Juazeiro do Norte, Ceará, at random selected and stratified by school and turn. The results were mostly female, mixed, combining study and work, without a partner and living with their parents. There was physical inactivity (57.3%), obesity/ overweight (19.4%), adding salt to food (54.4%), alcohol intake (76.1%), hypertension (1.1%) with 50 % of non-adherence to treatment, diabetes mellitus (0.6%) and family history of cardiovascular disease (86.3%). To characterize the cardiovascular risk in young adults directs health actions and potential partnerships with schools.
Cobertura vacinal e fatores de risco associados à n o-vacina o em localidade urbana do Nordeste brasileiro, 1994  [cached]
Silva Ant?nio Augusto Moura da,Gomes Uilho Ant?nio,Tonial Sueli Rosina,Silva Raimundo Antonio da
Revista de Saúde Pública , 1999,
Abstract: INTRODU O: A identifica o da cobertura vacinal e dos fatores responsáveis pelo retardo ou pela falta de imuniza es é fundamental para a adequada monitoriza o dos programas de vacina o e para se identificar e atingir as crian as que n o s o vacinadas adequadamente. MéTODOS: Foi realizado inquérito domiciliar transversal, em amostra aleatória por conglomerados em múltiplos estágios de crian as de 12 a 59 meses de idade, no Município de S o Luís, Maranh o, Brasil, em 1994. Utilizou-se questionário padronizado respondido pela m e ou responsável pela crian a. Foram visitados 50 setores censitários; em cada um foram amostrados 40 domicílios, onde foram encontradas, em média, 15 crian as. O efeito de desenho foi calculado para cada estimativa. A n o-vacina o foi analisada em rela o a indicadores socioecon micos, demográficos e à morbidade referida pela regress o de Cox. RESULTADOS: A cobertura vacinal foi de 72,4% para BCG, 59,9% para 3 doses da vacina Sabin, 57% para 3 doses de vacina DPT (difteria, coqueluche e tétano) e 54,7% para a vacina anti-sarampo. A baixa escolaridade materna foi o principal fator de risco para a n o-vacina o após o controle dos fatores de confus o. CONCLUS O: As coberturas vacinais foram baixas. Uma das estratégias sugeridas para o aumento das coberturas é o incremento das atividades de educa o em saúde.
Efeitos do CPPU e GA3 no cultivo de uva-'Itália' na regi o do submédio S o Francisco, nordeste do Brasil  [cached]
FEITOSA CARLOS AUGUSTO MENEZES
Revista Brasileira de Fruticultura , 2002,
Abstract: Na regi o do submédio do S o Francisco, a uva-'Itália' destaca-se com 63,2% da área total plantada. Atualmente, é a principal variedade para exporta o. O objetivo principal deste trabalho foi avaliar o efeito das doses do CPPU (forchlorfenuron) e GA3, no aumento do tamanho da baga, que foram aplicadas por meio de pulveriza o dirigida sobre os cachos durante a fase de pegamento dos frutos, quando as bagas haviam atingido, aproximadamente, 8 mm de diametro. Este experimento foi conduzido na Fazenda Cooperyama, no município de Juazeiro-BA. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado, com oito tratamentos e três repeti es, avaliando-se 15 cachos por tratamento com as seguintes doses: 1- Testemunha absoluta; 2- GA3 20 mg/l;3- GA3 20 mg/l+ CPPU 3 mg/l; 4- GA3 20 mg/l + CPPU 5 mg/l; 5- GA3 20 mg/l + CPPU 10 mg/l; 6- CPPU 3 mg/l; 7- CPPU 5 mg/l; 8- CPPU 10 mg/l.O melhor resultado obtido no crescimento da baga deu-se com a aplica o do CPPU 10 mg/l. Este tratamento diferiu significativamente da testemunha e da aplica o convencional com GA3 20 mg/l, aumentando 8% e 4,6% o comprimento da baga, 13,6% e 7,3% sua largura, e o peso de baga em 32% e 16,3%, respectivamente. Nos tratamentos com CPPU aplicado isoladamente e/ou associado com GA3, a colheita foi retardada em oito dias. N o se verificou diferen a significativa para os teores de sólidos solúveis; no entanto, foi constatado que a acidez titulável obteve valores mais elevados na testemunha e no tratamento com GA3, aplicando 20 mg/l. Com rela o ao peso do enga o, n o foi verificada diferen a estatística entre os tratamentos.
Viabilidade econ mica e risco do cultivo de mam o em fun o da lamina de irriga o e doses de sulfato de am nio = Economic viability and cultivation risk of papaya in function of irrigation depth and ammonium sulfate
Guilherme Bastos Lyra,Niraldo José Ponciano,Paulo Marcelo de Souza,Elias Fernandes de Sousa
Acta Scientiarum : Agronomy , 2010,
Abstract: Objetivou-se determinar a viabilidade econ mica e o risco do cultivo do mam o na Regi o Norte do Espírito Santo e comparar os índices econ micos com dados experimentais de irriga o e doses de sulfato de am nio. O experimento foi conduzido na Fazenda Caliman Agrícola S.A., em Linhares, Estado do Espírito Santo. Foram avaliadas, separadamente, duas variedades de mam o, Golden e UENF Caliman 01, em cinco níveis de irriga o (50, 70, 90, 110 e 130% da evapotranspira o de referência), combinados com quatro doses de sulfato de am nio (90, 188, 288 e 377 kg ha-1 mês-1). Na determina o dos riscos e índices da cultura do mam o utilizou-se o cálculo do Valor Presente Líquido, a Taxa Interna de Retorno, a análise de sensibilidade e o método de Monte Carlo. Os tratamentos de irriga o apresentaram diferen as estatísticas significativas (p < 0,05) emrela o à produtividade. Contudo, as doses de sulfato de am nio e suas intera es com as laminas aplicadas n o apresentaram diferen as significativas (p < 0,05) para a produtividade. Mediante a simula o de Monte Carlo (simula o triangular), a probabilidade de obterValor Presente Líquido negativo é de 63,2 e 81,4%, para Golden e UENF Caliman 01, respectivamente. The aim of this paper was to determine the economic viability and cultivation risk in northern Espírito Santo State and compare theeconomic indices with experimental irrigation data and ammonium sulfate doses. The experiment was carried out at Calima Agricola S.A. farm, in Linhares, ES. Two varieties were evaluated separately, Golden and UENF Caliman 01, in five irrigation levels, combined withfour ammonium sulfate doses. The determination of indices and risks of papaya cultivation utilized the calculation of net present value, internal rate of return, sensitivity analysis and Monte Carlo method. The irrigation treatments showed significant statistical differences (p < 0.05) in relation to productivity. The ammonium sulfate and its interactions with applied irrigation depths did not present significant differences (p < 0.05) for the same variable. By means of a Monte Carlo simulation (triangular simulation), the probability of obtaining negative net present value is 63.2 and 81.4% for Golden and UENF Caliman 01, respectively.
Prevalência e fatores associados a sobrepeso e obesidade em adolescentes de 15 a 19 anos das regi es Nordeste e Sudeste do Brasil,1996 a 1997  [cached]
Magalh?es Vera Cristina,Azevedo Gulnar,Mendon?a Silva
Cadernos de Saúde Pública , 2003,
Abstract: O estudo objetivou avaliar a prevalência de sobrepeso e obesidade (S/O) e fatores associados, em adolescentes de duas regi es do Brasil, segundo o índice de Massa Corporal. Baseou-se nos dados da Pesquisa sobre Padr es de Vida, inquérito domiciliar realizado pelo IBGE (1998a), entre 1996 e 1997, nas regi es Nordeste e Sudeste do Brasil e incluiu 1.027 e 854 adolescentes de 15 a 19 anos, respectivamente. A análise estatística considerou os fatores de expans o e o desenho da amostra. A prevalência de S/O foi de 8,45% no Nordeste e 11,53% no Sudeste. No Nordeste, observou-se maior risco de S/O para meninas (RP = 3,00), na área urbana (RP = 3,21) e na rural (RP = 2,27). Observou-se menor risco de S/O para meninas do Sudeste (RP = 0,58), também na área urbana (RP = 0,51), mas n o na rural (RP = 1,86). O aumento da renda per capita domiciliar mensal se associou ao risco de S/O em meninos do Nordeste (chi2 de tendência linear: p = 0,002) e Sudeste (chi2 de tendência linear: p = 0,006). Concluiu-se a necessidade de programas de preven o a S/O que incluam reeduca o alimentar e estímulo à atividade física, considerando as diferen as sócio-econ micas e culturais regionais da popula o alvo.
Avalia o de danos causados por Pratylenchus brachyurus em algodoeiro  [cached]
Machado Andressa C. Z.,Beluti Daniel B.,Silva Rosangela A.,Serrano Mirian A. S.
Fitopatologia Brasileira , 2006,
Abstract: Foram conduzidos três experimentos em casa de vegeta o e um em condi es de campo com objetivo de avaliar danos causados por Pratylenchus brachyurus em algodoeiro (Gossypium hirsutum). No primeiro experimento, plantulas foram inoculadas individualmente com um dos três isolados de P. brachyurus, Pb20, Pb21 e Pb22, coletados em diferentes regi es do Brasil, na dose de 12.000 espécimes por planta das cvs. Delta Opal e Fibermax 966. Além disso, popula es iniciais de 3.000 e 12.000, e 12.000 e 30.000 espécimes por planta foram utilizadas nos experimentos 2 e 3, respectivamente, a fim de se avaliar o efeito do isolado Pb20 sobre algodoeiro cv. Delta Opal. Os resultados dos experimentos 1, 2 e 3 indicaram que P. brachyurus é um patógeno pouco agressivo ao algodoeiro, uma vez que densidades populacionais do nematóide inferiores a 12.000 por planta n o causaram redu o no crescimento das plantas. O experimento 4 foi realizado em três campos de cultivo de algodoeiro no Estado do Mato Grosso confirmaram esses resultados, já que n o foi observada correla o entre a popula o de P. brachyurus nas raízes e a produ o de algod o.
Produtividade do algodoeiro herbáceo em plantio direto no Cerrado com rota o de culturas
Corrêa José Carlos,Sharma Ravi Datt
Pesquisa Agropecuária Brasileira , 2004,
Abstract: O experimento, instalado em um Latossolo Vermelho-Amarelo muito argiloso, teve o objetivo de avaliar o efeito da rota o de culturas na produtividade do algodoeiro herbáceo (Gossypium hirsutum L. r. latifolium Hutch) em plantio direto sob condi es de sequeiro no Cerrado. O delineamento experimental foi de blocos casualizados com cinco tratamentos e quatro repeti es. Os tratamentos consistiram das rota es soja-milheto-soja-milheto-algodoeiro; soja-amaranto-soja-nabo forrageiro-soja-algodoeiro; soja-sorgo granífero-soja-sorgo granífero-algodoeiro; soja-aveia preta-soja-aveia preta-algodoeiro e soja-soja-algodoeiro. A maior produtividade do algodoeiro foi obtida com a rota o de soja e milheto, em que houve melhor controle de plantas daninhas.
O cultivo do cogumelo  [cached]
Waldemar Zangaro Filho,Francisco Striquer Soares,Moacyr Eurípedes Medri,Luzia Doretto Paccola Meirelles
Semina : Ciências Sociais e Humanas , 1985, DOI: 10.5433/
Abstract: The present work is a survey concerning the principal phases involved in the cultivation of the mushroom Agaricus bisporus as well as present data dealing with nutritional value, composting, cultivation, structures and control of production, as to the possibility of cultivation of mushrooms in Londrina and other areas of Brazil. O presente trabalho pretende mostrar uma revis o sobre as principais fases envolventes no Cultivo do Cogumelo Agaricus bispoms, assim como oferecer dados relativos ao seu valor nutricional, de compostagens, casas de cultivo, manejo e produ o, capazes de proporcionarem discuss es quanto às possibilidades para o seu cultivo na regi o de Londrina e outras regi es do país.
Fitorreguladores e remo o da gema apical no desenvolvimento do algodoeiro  [cached]
Soares José Janduí
Scientia Agricola , 1999,
Abstract: Este trabalho teve o objetivo de avaliar o efeito de reguladores de crescimento no desenvolvimento do algodoeiro. Foram conduzidos dois experimentos; um no município de Itaju, SP, em 1992/93 e outro em Jaboticabal, SP, em 1993/94. No experimento conduzido em Itaju, foram utilizados nove tratamentos e quatro repeti es, enquanto no experimento conduzido em Jaboticabal, utilizaram-se seis tratamentos e cinco repeti es. Em ambos os experimentos o delineamento experimental utilizado foi de blocos ao acaso. Os resultados obtidos indicam que estes produtos melhoram a performace do algodoeiro.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.