oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Influências do Banco Mundial no projeto educacional brasileiro
Altmann Helena
Educa??o e Pesquisa , 2002,
Abstract: A forte influência exercida pelo Banco Mundial (BIRD) na política macroecon mica brasileira irradia-se sobre diversos setores, entre eles, a educa o. Dada a forte ascendência dessa institui o no Brasil, este artigo tem como objetivo analisar as propostas marcadas por tal influxo no setor educativo. S o inicialmente apresentadas as características gerais do plano de reforma educativa defendido pelo BIRD e, num segundo momento, as convergências entre as propostas do BIRD e o projeto educacional implementado no país pelo governo Fernando Henrique Cardoso. Para o mapeamento desse projeto, s o adotadas como referências a proposta de governo apresentada em 1994, informa es coletadas na página da internet do Ministério da Educa o, bem como declara es e artigos do ministro Paulo Renato de Souza. A terceira parte refere-se ao Sistema de Avalia o do Ensino Básico (Saeb) e às estratégias educacionais apresentadas pelo ministro em face dos resultados das provas aplicadas em 1999. Desse modo, conclui-se que o projeto educacional brasileiro n o pode ser analisado somente a partir dos dados quantitativos apresentados pelo governo, pois, vistos por si mesmos, eles n o s o suficientes para uma análise sobre os efeitos da expans o do ensino. Tal expans o precisa ser analisada levando-se em conta a varia o de seus efeitos em diferentes contextos. Com a expans o do ensino, n o há uma elimina o da exclus o, mas a cria o de novos mecanismos de hierarquiza o e de novas formas de exclus o diluídas ao longo do processo de escolariza o e da vida social.
Avaliando Multiculturalmente um Projeto Educacional: o caso das “Escolas do Amanh ”
S?nia Lucas,Ana Canen
Meta : Avalia??o , 2011,
Abstract: O presente artigo argumenta que a avalia o de projetos enriquece-se quando, para além dos resultados de seus impactos quantitativos, insere-se a dimens o multicultural em seu bojo. De modo a desenvolver o argumento, discute conceitos relativos ao multiculturalismo e à avalia o multicultural, bem como analisa um projeto educacional desenvolvido no Rio de Janeiro – Escolas de Amanh – a partir do olhar avaliativo multicultural. Aponta potenciais, perspectivas e dimens es possíveis para seu desenvolvimento multicultural, a partir do processo avaliativo empreendido.
Vigotski e Bakhtin: a a o educacional como projeto dialógico de produ o de sentido  [cached]
Júlio Flávio de Figueiredo Fernandes,Mauro Giffoni Carvalho,Edson Nascimento Campos
Bakhtiniana: Revista de Estudos do Discurso , 2012,
Abstract: Este texto se prop e a estabelecer um diálogo entre Vigotski e Bakhtin, tomando como parametros o quadro referencial de conceitos associados à orienta o vigotskiana sobre Zona de Desenvolvimento Imediato e à orienta o bakhtiniana sobre o dialogismo da linguagem. Utilizando tais parametros, prop e-se a refletir sobre a fundamenta o do processo educacional através de princípios teóricos ou aforismas que afirmam a especificidade da media o com que se realiza a rela o educador/educando.
Educa o do campo e escola itinerante do MST: articula es do projeto político-pedagógico com o contexto sócio-educacional  [cached]
Ane Carine Meurer
Educa??o : Revista do Centro de Educa??o UFSM , 2008,
Abstract: A escola itinerante articula-se com a educa o do campo uma vez que os integrantes do MST lutam pela terra, para nela produzirem suas vidas e de suas famílias. Esta experiência pedagógica promove a inclus o social desta popula o, através de uma educa o diferenciada, inserida no contexto da educa o popular. Compreender criticamente o processo educativo que relaciona a universidade, os movimentos sociais e a educa o popular é o objetivo deste artigo, resultado do envolvimento com a prática da Escola Itinerante do MST, estabelecido desde 1997 e que continua ainda em desenvolvimento. A pesquisa, de cunho qualitativo, tem como procedimentos metodológicos as observa es participantes em vivências junto a acampamentos de trabalhadores rurais; entrevistas com educadores, educandos e demais acampados presentes no cotidiano da escola; oficinas e atividades pedagógicas; seminários temáticos e análise documental. Espera-se contribuir para que a universidade configure-se como espa o-tempo de discuss o sobre a educa o do campo vinculada à educa o popular, formando professores comprometidos com a realidade social e educacional brasileira. Palavras-chave: Projeto Político-Pedagógico. Educa o do Campo. Educa o e Movimentos Sociais.
Educa o e civilidade: as Servas do Espirito Santo e o projeto educacional das missionárias viajantes (Brasil 1907-1930)  [cached]
Rita de Cássia Luiz da Rocha
Cuadernos Interculturales , 2008,
Abstract: Considerando la gran presencia que tuvieron en la historia de la educación brasile a las escuelas confesionales, esta investigación se centra en la Orden Misionera Siervas del Espíritu Santo en el período 1907 a 1930. Esta orden llegó al municipio de Guarapuava/Paraná para auxiliar los trabajos apostólicos, de cuya acción resultó la fundación del colegio Nuestra Se ora de Belen. Utilizando diversas fuentes documentales, describiremos los marcos históricos y los procesos pedagógicos de este establecimiento educacional. En este sentido, procuraremos enfocar las presentaciones sociales a partir de los proyectos de civilidad traídos por esta orden misionera y los diferentes modos que contribuyeron a la formación de una educación local.
Projeto Ludibus: a arte e o lúdico como elementos facilitadores do desenvolvimento infantil
Viviane Pereira de Mello,Ana Paula Cordeiro,Raquel Granja Di M?naco,Mariangela Silva
Revista Ciência em Extens?o , 2010,
Abstract: Introdu o: O projeto LUDIBUS, ligado ao Departamento de Didática da FFC-UNESP, Campus de Marília, tem como principal característica um nibus adaptado e adequado para o desenvolvimento de atividades artísticas, lúdicas e literárias e visa levar propostas de oficinas no campo da arte e do lúdico às escolas de Educa o Infantil, Ensino Fundamental e programas culturais do município. Objetivos: O projeto está em consonancia com os objetivos contidos no Referencial Curricular Nacional para a Educa o Infantil e nos Parametros Curriculares Nacionais, ao buscar privilegiar atividades que contribuam para uma forma o mais completa dos alunos da Educa o Infantil e Ensino Fundamental, do I e II ciclos. Também pretende desenvolver um trabalho que integre a universidade com as escolas e a comunidade, levando professores da rede pública e estudantes participantes do projeto a trocarem idéias e experiências nas áreas da arte, do lúdico e da literatura. Métodos: No ano de 2005, estabelecemos parcerias com uma EMEF da cidade de Marília, SP, com o CCI- Centro de Convivência Infantil da FFC e com a Secretaria Municipal da Cultura e Turismo da cidade de Marília, através de nossa participa o no PIC- (Programa de Integra o Comunitária), que visa levar cultura, lazer e Turismo aos bairros da cidade. O projeto conta com cincoalunos bolsistas, dois alunos voluntários do curso de Pedagogia e uma aluna voluntária da UNATI- (Universidade Aberta à 3a Idade) da FFC- UNESP, além da professora coordenadora. Os integrantes do projeto prop em e desenvolvem oficinas envolvendo jogos, brincadeiras, artes (pintura, desenho, colagem, teatro), sempre com vistas aos processos de cria o dos alunos e crian as dos bairros visitados. Resultados: Através do trabalho que vem sendo desenvolvido, observamos que os alunos bolsistas passam a ter um maior contato com a realidade educacional e condi es de elaborar projetos de pesquisa nas áreas trabalhadas, alunos das escolas aprendem de forma lúdica e prazerosa e a comunidade dos bairros de Marília beneficiada através do PIC, passa a ter maior contato com a leitura e a valorizar as diversas formas de manifesta es artísticas.
Co-localization of CENP-C and CENP-H to discontinuous domains of CENP-A chromatin at human neocentromeres
Alicia Alonso, Bj?rn Fritz, Dan Hasson, Gy?rgy Abrusan, Fanny Cheung, Kinya Yoda, Bernhard Radlwimmer, Andreas G Ladurner, Peter E Warburton
Genome Biology , 2007, DOI: 10.1186/gb-2007-8-7-r148
Abstract: We have examined the distribution of CENP-A, as well as two additional centromeric chromatin-associated proteins (CENP-C and CENP-H), across neocentromeric DNA using chromatin immunoprecipitation (ChIP) on CHIP assays on custom genomic microarrays at three different resolutions. Analysis of two neocentromeres using a contiguous bacterial artificial chromosome (BAC) microarray spanning bands 13q31.3 to 13q33.1 shows that both CENP-C and CENP-H co-localize to the CENP-A chromatin domain. Using a higher resolution polymerase chain reaction (PCR)-amplicon microarray spanning the neocentromere, we find that the CENP-A chromatin is discontinuous, consisting of a major domain of about 87.8 kilobases (kb) and a minor domain of about 13.2 kb, separated by an approximately 158 kb region devoid of CENPs. Both CENP-A domains exhibit co-localization of CENP-C and CENP-H, defining a distinct inner kinetochore chromatin structure that is consistent with higher order chromatin looping models at centromeres. The PCR microarray data suggested varying density of CENP-A nucleosomes across the major domain, which was confirmed using a higher resolution oligo-based microarray.Centromeric chromatin consists of several CENP-A subdomains with highly discontinuous CENP-A chromatin at both the level of individual nucleosomes and at higher order chromatin levels, raising questions regarding the overall structure of centromeric chromatin.The centromere, which is the chromosome component that is responsible for the proper segregation of sister chromatids to daughter cells during cell division, is a specialized chromatin structure [1,2]. Centromeric chromatin has a distinctive nucleosome structure that contains the histone H3 variant centromere protein (CENP)-A [3-8]. CENP-A containing chromatin associates with a large number of proteins, which are assembled in a hierarchical manner [9-12]. Essential among the proximal proteins are several associated with the centromere throughout the cell cycle,
ALFABETIZA O INFORMACIONAL EM PORTUGAL: ALGUNS RESULTADOS DE UM PROJETO DE PESQUISA  [PDF]
Armando Malheiro da Silva,Viviana Fernández Marcial
Brazilian Journal of Information Science , 2008,
Abstract: O estudo apresenta alguns dados sobre um projeto, que embora focado no caso específico de Portugal, tem a pretens o de fazer uma aproxima o científica dos desafios da área do Ensino Superior Europeu (EHEA) e seu impacto no campo da alfabetiza o da informa o, considerando o atual contexto da Sociedade da Informa o. As quest es principais que essa pesquisa pretende responder s o: entender como os alunos universitários enfrentam as novas competências exigidas pela cria o do EHEA; saber como esses alunos est o preparados em termos das competências informacionais, em três diferentes momentos: antes da universidade, durante o período de freqüência da universidade e, no final da gradua o, na universidade. As aproxima es intra e transdisciplinares entre Educa o, Ciências Cognitivas e Ciência da Informa o s o claramente afirmadas no modelo epistemológico e teórico que o apóiam, beneficiando-se da intera o entre necessidades de informa o produzidas no contexto educacional e o universo informacional dos alunos e sua dinamica, sem esquecer de considerar as conex es do comportamento informacional dos alunos com seus contextos pessoais e sociais e exigências. O estudo é realizado em uma escala nacional, para permitir as compara es entre regi es com diferentes níveis de desenvolvimento. O exemplo inclui alunos de ambos os ciclos de estudo. A metodologia usada nesse estudo está dividida em duas áreas, pesquisa qualitativa e quantitativa. A pesquisa qualitativa permitirá obter preciosos indicadores sobre o comportamento de informa o dos alunos, expectativas, necessidades e uso de informa o. Os indicadores obtidos na pesquisa qualitativa ser o usados para projetar questionários, os quais ser o realizados em 17 escolas de ensino médio e 17 universidades, com uma amostra estimativa de aproximadamente 2000 alunos. O resultado final desta pesquisa será o projeto de um mapa do comportamento informacional, no nível da universidade, e o desenvolvimento de um modelo concernindo à promo o de competências da informa o nos alunos de universidades Portuguesas.
CENP-K and CENP-H may form coiled-coils in the kinetochores
ShuLan Qiu,JiaNing Wang,Chuang Yu,DaCheng He
Science China Life Sciences , 2009, DOI: 10.1007/s11427-009-0050-3
Abstract: Kinetochores are large proteinaceous structure on the surface of chromosomes’ primary constriction during mitosis. They link chromosomes to spindle microtubules and also regulate the spindle assembly checkpoint, which is crucial for correct chromosome segregation in all eukaryotes. The better known core networks of kinetochores include the KMN network (K, KNL1; M, Mis12 complex; N, Ndc80 complex)and CCAN (constitutive centromere-associated network). However, the detailed molecular mechanism of the kinetochore protein network remains unclear. This study demonstrates that CENP-H and CENP-K form quite stable subcomplex by TAP (tandem affinity purification) with HEK 293 cells which express TAP-CENP-K, with the ratio of purified CENP-H and CENP-K being close to 1: 1 even with high salt. Bioinformatic analysis suggests that CENP-H and CENP-K are enriched with coiled-coil regions. This implies that CENP-H and CENP-K form heterodimeric coiled-coils. Furthermore, the functional regions which form the complex are respectively located on their N- and C-terminals, but the association between the C-terminals is more complex. It is possible that this is the first identified heterodimeric coiled-coils within the inner kinetochore, which is directly involved in the attachment between kinetochores and the spindle microtubules.
CENP-K and CENP-H may form coiled-coils in the kinetochores

ShuLan Qiu,JiaNing Wang,Chuang Yu,DaCheng He,

中国科学C辑(英文版) , 2009,
Abstract: Kinetochores are large proteinaceous structure on the surface of chromosomes’ primary constriction during mitosis. They link chromosomes to spindle microtubules and also regulate the spindle assembly checkpoint, which is crucial for correct chromosome segregation in all eukaryotes. The better known core networks of kinetochores include the KMN network (K, KNL1; M, Mis12 complex; N, Ndc80 complex)and CCAN (constitutive centromere-associated network). However, the detailed molecular mechanism of the kinetochore protein network remains unclear. This study demonstrates that CENP-H and CENP-K form quite stable subcomplex by TAP (tandem affinity purification) with HEK 293 cells which express TAP-CENP-K, with the ratio of purified CENP-H and CENP-K being close to 1: 1 even with high salt. Bioinformatic analysis suggests that CENP-H and CENP-K are enriched with coiled-coil regions. This implies that CENP-H and CENP-K form heterodimeric coiled-coils. Furthermore, the functional regions which form the complex are respectively located on their N- and C-terminals, but the association between the C-terminals is more complex. It is possible that this is the first identified heterodimeric coiled-coils within the inner kinetochore, which is directly involved in the attachment between kinetochores and the spindle microtubules. Supported by the National Key Scientific Program (Grant No. 2006CB910100).
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.