oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
A dimens o ética do cuidado de enfermagem ao idoso hospitalizado na perspectiva de enfermeiros  [PDF]
Aline Branco Amorim de Almeida,Maria Geralda Gomes Aguiar
Revista Eletr?nica de Enfermagem , 2011,
Abstract: Estudo descritivo de abordagem qualitativa, realizado com oito enfermeiros de um hospital público, por meio de entrevistasemi-estruturada, objetivou compreender como estes percebem a dimens o ética do cuidado ao idoso. Os dados foram analisados conforme o método de análise de conteúdo e organizados nas categorias: Valores éticos no cuidado ao idoso e Problemas éticos no cuidado ao idoso. Revelou-se que os enfermeiros percebem a importancia dos valores, principalmente o respeito e a responsabilidade e identificam problemas éticos, como a viola o dos direitos do idoso e conflitos nas rela es de cuidado. Faz-se necessário que esse tema seja trabalhado no cotidiano dos servi os de saúde; que o Código de ética dos Profissionais de Enfermagem seja mais difundido; que os direitos do paciente hospitalizado e do idoso sejam divulgados entre os pacientes e familiares, a fim de garantir o conhecimento e exercício dos direitos e deveres a todos os atores envolvidos no cuidado.
Estatuto da crian a e do adolescente: é possível torná-lo uma realidade psicológica?  [cached]
Mello Sylvia Leser de
Psicologia USP , 1999,
Abstract: O artigo descreve as barreiras à aplica o efetiva de uma legisla o avan ada, como o Estatuto da Crian a e do Adolescente, quanto às suas disposi es sobre a família, a escola e o trabalho. Defende, ainda, maior participa o dos cursos universitários no conhecimento e respeito à lei, favorecendo sua aplica o no cotidiano profissional.
Adolescer cidad o: percep es da cidadania no cotidiano adolescente
Luciana Ramos Silveira,Felipa Rafaela Amadigi,Flávia Regina de Souza Ramos,Gelson Luiz de Albuquerque
Revista Eletr?nica de Enfermagem , 2011,
Abstract: Este artigo aborda quest es do adolescer cidad o e teve como objetivo analisar as percep es dos adolescentes sobre cidadania e como estes a percebem no cotidiano. Estudo qualitativo, descritivo, exploratório, realizado durante os meses de julho e agosto de 2007, cujas informa es foram coletadas por meio de questionários semiestruturados. Participaram da pesquisa 59 adolescentes regularmente matriculados na 8a série do ensino fundamental de uma escola da Rede Estadual de Educa o de Santa Catarina. Os dados foram agrupados segundo a técnica do discurso do sujeito coletivo e posteriormente analisados. Conclui-se que as percep es sobre cidadania s o pautadas por representa es culturais, políticas, econ micas e sociais, sendo seus valores produzidos na confluência de diferentes espa os e influências. Refletindo sobre situa es cotidianas, os alunos identificaram o exercício da cidadania em várias situa es, seja na família, na escola ou na comunidade.
Cotidiano do adolescente com doen?a cr?nica
Schneider, Karine Larissa Knaesel;Martini, Jussara Gue;
Texto & Contexto - Enfermagem , 2011, DOI: 10.1590/S0104-07072011000500025
Abstract: this is a qualitative study that aimed to better understand the everyday life of brazilian adolescents with chronic disease. data was collected between march and june of 2009 in the pediatric in-patient and outpatient units at the university hospital of the federal university of santa catarina, brazil, involving eleven adolescent patients with chronic disease. symbolic interactionism was used as a theoretical reference and semi-structured interviews were used to collect data. collective subject discourse was used to analyse the data, from which the following categories emerged: the school routine, which shows how the schooling process is changed, with the importance of participating in school and the hospital institution promoting the continuation of their education; the feeding routine, which points out dietary restrictions and the need for nutritional education as something that interferes with social relationships, experienced with grief; and school nourishment, which showed how difficult it is for these adolescents to follow their prescribed diet in this environment
COTIDIANO DO ADOLESCENTE COM DOEN A CR NICA
Karine Larissa Knaesel Schneider,Jussara Gue Martini
Texto & Contexto - Enfermagem , 2011,
Abstract: Este estudio cualitativo tuvo como objetivo comprender la vida cotidiana de los adolescentes con enfermedades crónicas. La recolección de los datos se hizo en la unidad pediátrica y en la Clínica Pediátrica del Hospital Universitario de la Universidade Federal de Santa Catarina, con once adolescentes con enfermedades crónicas, entre marzo y junio de 2009. Para la fundamentación teórica se empleó el Interaccionismo Simbólico, y la entrevista semi-estructurada fue utilizada para la recolección de los datos. En el análisis de los datos se utilizó el Discurso del Sujeto Colectivo. Las categorías encontradas en el estudio son: la vida cotidiana de la escuela, que muestra cómo el proceso de escolarización cambia, y la importancia de la participación de la escuela y del hospital en la promoción de la continuidad de su educación; la dieta diaria, lo que se ala la necesidad de restricciones en la dieta y la educación nutricional, como algo que interfiere en las relaciones sociales, que se experimenta con sufrimiento; y, la alimentación escolar, que demuestra lo difícil que es para estos jóvenes seguir su dieta en este entorno
Estratégias de Enfrentamento do Cotidiano Conjugal  [cached]
Garcia Maria Lúcia Teixeira,Tassara Eda Terezinha de Oliveira
Psicologia: Reflex?o e Crítica , 2001,
Abstract: Este estudo analisa estratégias de enfrentamento para a manuten o do casamento, utilizadas por mulheres casadas há mais de 15 anos e pertencentes a estratos econ micos médio e alto, para supera o ou minimiza o de conflitos do cotidiano conjugal. Foram entrevistadas 20 mulheres utilizando roteiro de entrevista semi-estruturada. As entrevistas, gravadas e transcritas, foram analisadas utilizando-se a análise do discurso. Neste artigo analisaram-se as estratégias de a o referida pelas entrevistadas. Entre as mulheres prevaleceu o uso de estratégias diretas (oito), indiretas (quatro mulheres) ou o uso combinado de estratégias diretas e indiretas (oito mulheres). Entre seus maridos, as entrevistadas indicaram o uso de estratégias diretas (treze homens) ou uso combinado de estratégias diretas e indiretas (duas). Em cinco casos enfatizou-se o uso de estratégia indireta, principalmente o silêncio ou o adiamento da busca de solu o dos problemas. A estratégia caracterizou-se como uma esperan a projectual dessas mulheres de atingirem a supera o da condi o distópica na dire o utópica. A desistência desse jogo implica a ado o de estratégias que assegurem um padr o de comunica o paradoxal no qual os c njuges ao mesmo tempo que comunicam, evitam comunicar.
O ENFERMEIRO FRENTE à PROBLEMáTICA DA CRIAN A E O ADOLESCENTE VíTIMA DE VIOLêNCIA SEXUAL  [cached]
Ana Carolina de Camargo Ferreira,Ana Regina de Carvalho Pinto,Denecir de Almeida Dutra,Adilson Lopes dos Santos
Revista Uniandrade , 2012,
Abstract: A violência contra crian as e adolescentes é t o antiga como a própria história da humanidade, sendo um grave problema de saúde que se apresenta no cotidiano do profissional de Enfermagem. Discutir os cuidados do Enfermeiro frente ao atendimento à crian a e o adolescente que sofre de violência sexual e abordar alguns aspectos legais que envolvem esta problemática. Realizou-se revis o de literatura nas bases de dados da Scielo e outras Revistas Eletr nicas de Saúde, em dois Trabalhos de Conclus o de Curso, no período de 2000 a 2011, nas legisla es sobre o assunto e também coletou-se dados nos relatórios de programas da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Curitiba-Pr. Utilizou-se os seguintes descritores: “abuso”, “violência”, “sexual”, “crian a”, “adolescente”, “papel do Enfermeiro”, “maus tratos” sob a forma combinada ou isoladamente. Para que haja uma melhor compreens o sobre a temática da violência sexual que acomete a crian a e o adolescente no cotidiano da equipe de Enfermagem, apresentamos neste artigo os seguintes tópicos: as formas de violência intrafamiliar; os aspectos legais da violência sexual contra a crian a e o adolescente descritos no Estatuto da Crian a e do Adolescente; o Código de ética dos Profissionais de Enfermagem; o papel do Enfermeiro frente à crian a/adolescente vitimados sexualmente e a importancia da inclus o do tema violência sexual na grade curricular de Enfermagem. Percebe-se que mesmo com a crescente aten o em rela o ao atendimento à crian a/adolescente vitimados sexualmente, ainda há dificuldades a serem sobrepostas pelos profissionais de Enfermagem para que haja um atendimento efetivo a este público.
Análise do cuidado ao bebê hospitalizado segundo a perspectiva Winnicottiana
Regis, Fabiane Carvalhais;Kakehashi, Tereza Yoshiko;Pinheiro, Eliana Moreira;
Revista Brasileira de Enfermagem , 2005, DOI: 10.1590/S0034-71672005000100007
Abstract: this work aimed to analyze the holding provided by nurse aides, nurses, mothers, and fathers to infants newborn hospitalized at the middle risk neonatal unit of a university hospital in the city of s?o paulo. this is a qualitative descriptive study based on winnicott's theoretical framework. data were collected by means of videotaping. results demonstrated that there are some professionals who fail in providing holding, whereas others provide it satisfactorily. although parents provide adequate holding, at times they fail to do so. we believe that it is necessary that the caring practice must be reevaulated, so that all members of the team, and also mothers and fathers are able to provide adequate holding for the infant's development.
Psicodinamica do adolescente envolvido com drogas  [cached]
Kessler Felix,von Diemen Lisia,Seganfredo Ana Carolina,Brand?o Iversom
Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul , 2003,
Abstract: O uso e o abuso de drogas pelos adolescentes é cada vez mais prevalente e traz desdobramentos sérios nos vários níveis de seu desenvolvimento e na sua família. O presente trabalho aborda as pesquisas no campo epidemiológico sobre fatores de prote o e de risco para o uso de drogas entre os jovens, que demonstram que fracassos tanto pessoais como familiares, além de eventos estressores durante a vida, est o mais associados com o uso de drogas. No entanto, a presen a dos pais, a motiva o pessoal e o monitoramento do adolescente, est o associados com o n o uso. S o descritos os principais estudos prospectivos já realizados nessa área. Em seguida, à luz do pensamento de diversos autores como H. Kohut, J. McDougall, H. Rosenfeld, C. Olievenstein, Khantzian, entre outros, apresentam-se teorias psicodinamicas relacionadas ao problema das adi es e sua evolu o ao longo dos anos dentro do paradigma psicanalítico. A aplica o das técnicas baseadas nos modelos psicoterápicos de orienta o analítica, em dependentes químicos, é também discutida.
Santos, o porto do café: cidade, cotidiano e trabalho  [PDF]
Matos, Maria Izilda Santos de
Estudos Ibero Americanos , 2004,
Abstract: Tendo em vista essas inquieta es, o presente trabalho focalizará Santos, priorizando o período entre 1890 e 1930, procurando recuperar o processo de urbaniza o da cidade e as experiências e a es urbanas, recobrando toda uma diversidade e dinamica das ocupa es que absorviam o cotidiano de homens e mulheres no porto do café.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.