oalib
Search Results: 1 - 10 of 100 matches for " "
All listed articles are free for downloading (OA Articles)
Page 1 /100
Display every page Item
Uma proposta de índice de desenvolvimento social para os municípios brasileiros de acordo com o tamanho da popula o em 1991 e 2000
Soares, Cristiani,Teixeira, Joanílio Rodolpho
Análise , 2009,
Abstract: Criado pelas Na es Unidas no início da década de 1990, o índice de Desenvolvimento Humano (IDH) surgiu como resposta a uma insatisfa o generalizada da utiliza o do PIB per capita como medida de bem-estar social. Apesar de sua popularidade, o IDH tem sido alvo de críticas por consolidar uma vis o limitada do desenvolvimento. O presente estudo tem como objetivo analisar o desenvolvimento social dos municípios brasileiros a partir de um novo índice, calculado segundo as classes de tamanho da popula o, com base nos microdados dos dois últimos Censos Demográficos de 1991 e 2000. Também busca avaliar de forma crítica o grau de subjetividade nestes tipos de medidas de bem-estar na sele o de indicadores, defini o de pesos, valores de referência (pior/melhor) que, de certa forma, impacta no ordenamento das regi es ou áreas que est o sendo comparadas, bem como podem levar a distintas interpreta es da realidade. Por fim, usando técnicas econométricas, avalia a rela o de causalidade entre varia es no desenvolvimento social e o crescimento do PIB per capita entre 2002 e 2006 e a magnitude em que cada um pode influenciar o outro.
Uma Análise da Evidencia o dos Direitos Federativos nas Demonstra es Contábeis dos Clubes de Futebol Brasileiros  [cached]
Amaury José Rezende,Ricardo dos Santos Custódio
Revista de Educa??o e Pesquisa em Contabilidade , 2012,
Abstract: O objetivo desta pesquisa é verificar se a publica es das demonstra es contábeis pelos clubes brasileiros de futebol adotam critérios contábeis uniformes para eventos semelhantes, que envolvem os direitos federativos, após a publica o da NBC 10.13. Esta pesquisa tem como contribui o o desenvolvimento de uma discuss o sobre a comparabilidade e o nível de transparência na divulga o de informa es contábeis, praticado pelos clubes, bem como essas a es podem auxiliar as decis es de eventuais investidores e demais usuários, como torcedores, governo e outros agentes da sociedade. A análise dos dados deu-se por meio de uma análise documental das demonstra es contábeis, publicadas entre os períodos de 2006 e 2007, que compreendeu onze clubes brasileiros da primeira divis o do campeonato brasileiro de 2007. Os principais resultados demonstram que há uma ado o de critérios contábeis bastante distintos entre os clubes. Por exemplo: gastos com contrata o; renova o de contratos de atletas profissionais, que s o registrados como ativo imobilizado ou contabilizado como despesas do período. Destaca-se que há clubes que n o vem atendendo o que é preconizado nas determina es da NBC 10.13, assim n o fornecem aos seus usuários as informa es recomendadas pela norma. Entre as implica es, ressalta que uma há significativa diminui o do nível de comparabilidade e transparência entre as demonstra es contábeis publicadas pelos clubes brasileiros.
Santos, Boaventura de Sousa, Para uma revolu o democrática da justi a
Fábio de Sá e Silva
Revista Crítica de Ciências Sociais , 2012,
Abstract: Dentre os maiores benefícios que nós brasileiros podemos auferir da conhecida empatia que Boaventura de Sousa Santos nutre pelo país está a sua permanente disposi o n o só para analisar alguns dos problemas que afligem a nossa sociedade, mas também para tomar partido de lutas importantes ao fortalecimento da nossa democracia. Um exemplo notável disso ocorreu há bem pouco, quando ele esteve em Belo Horizonte para proferir uma palestra a uma platéia que n o era composta por grandes nomes da ci...
Planejamento da visita o pública em oito parques nacionais brasileiros: oportunidades para ajustes
Rodrigo Hecht Zeller
Revista Nordestina de Ecoturismo , 2012, DOI: 10.6008/ess1983-8344.2012.002.0001
Abstract: A recrea o em contato com a natureza é mais uma atividade que se beneficia das áreas protegidas, como os parques nacionais, valorizando assim a existência das unidades de conserva o. Para definir as medidas voltadas à visita o pública em parques nacionais, a fim de oferecer aos visitantes uma experiência de qualidade elevada e evitar a ocorrência de impactos ambientais inaceitáveis, é necessário que haja um planejamento. O tema é considerado desde os primeiros exercícios de planejamento de parques nacionais brasileiros, da década de 80, e até os dias atuais recebe bastante aten o. Este artigo analisa a forma com que o assunto é tratado nos planos de manejo e documentos correlatos (totalizando 14 fontes) de oito parques nacionais brasileiros. Utilizando um banco de dados e uma metodologia própria baseada em entrevistas com os encarregados do manejo desses oito parques, s o reveladas diferentes fragilidades dos planos, como a proposi o de áreas em excesso para essas atividades, ou indica es inviáveis para a atua o de empresas em regime de concess o. Para que o planejamento atenda aos objetivos esperados no campo, s o recomendáveis ajustes nos processos, sobretudo no sentido de aproveitar melhor os recursos financeiros disponíveis oferecendo à equipe das unidades projetos de execu o local e imediata.
Adapta o e valida o da Escala Filadélfia de Mindfulness para adultos brasileiros Adaptación y validez de la Escala Filadélfia de Mindfulness para adultos brasile os Adaptation and validation of the Philadelphia Mindfulness Scale among Brazilian adults  [cached]
Amanda da Costa da Silveira,Thiago Gomes de Castro,William Barbosa Gomes
Psico-USF , 2012, DOI: 10.1590/s1413-82712012000200005
Abstract: A literatura psicológica tem referido especial interesse ao processo psicológico de monitoramento contínuo da experiência individual, ou mindfulness. Neste estudo, buscou-se adaptar e apresentar evidências de validade convergente e divergente para uma escala de autorrelato que visa a mensurar mindfulness, a Escala Filadélfia de Mindfulness (EFM). Participaram da pesquisa 703 adultos brasileiros, que responderam EFM e outras três medidas relacionadas a conceitos como autoconsciência e insight. A análise fatorial indicou a presen a de duas dimens es da EFM, relativas a dois componentes de mindfulness: Aceita o e Awareness. Essas dimens es apresentaram índices de consistência interna de 0,859 e 0,816, respectivamente. Os resultados também indicaram convergência entre o fator Awareness e os dados de autoconsciência enquanto autofoco, e divergência entre Aceita o e facetas mal-adaptativas da autoconsciência (ansiedade social e rumina o). Em consonancia com a literatura que refere haver uma faceta de mindfulness voltada à medita o, Aceita o apresentou também correla o positiva com Insight. La literatura psicológica ha tenido especial interés en el proceso psicológico de monitoreo continuo de la experiencia individual, o mindfulness. En este estudio, se buscó adaptar y presentar evidencias de validez convergente y divergente para una escala de autorrelato que tiene por objeto mensurar mindfulness, la Escala Filadelfia de Mindfulness (EFM). Participaron de la investigación 703 adultos brasile os, que respondieron la EFM y otras tres medidas relacionadas a conceptos como autoconsciencia e insight. El análisis factorial indicó la presencia de dos dimensiones de la EFM, relativos a dos componentes de mindfulness: Aceptación y Awareness. Esas dimensiones presentaron índices de consistencia interna de 0,859 y 0,816, respectivamente. Los resultados también indicaron convergencia entre el factor Awareness y los datos de autoconsciencia como autofoco, y divergencia entre Aceptación y facetas mal adaptativas de la autoconsciencia (ansiedad social y ruminación). En consonancia con la literatura que refiere haber una faceta de mindfulness vuelta a la meditación, Aceptación presentó también correlación positiva con Insight. Current psychological research has paid special attention to the psychological process of continuous monitoring of inner experience, i.e., mindfulness. This study aimed to adapt and to present convergent and divergent validity evidence of a mindfulness self-report measure, the Philadelphia Mindfulness Scale (PMS). Data was based on the answers of
Os congressos brasileiros: pontes para a liberdade e transforma o da enfermagem  [cached]
Padilha Maria Itayra Coelho de Souza,Silva Alcione Leite da,Borenstein Miriam Süsskind
Revista Latino-Americana de Enfermagem , 2001,
Abstract: O estudo trata da compreens o dos pontos de convergências dos Congressos Brasileiros de Enfermagem e a forma como se apresentam na produ o do conhecimento em Enfermagem. O método de investiga o utilizado é a pesquisa histórica, com análise documental dos Anais dos Congressos Brasileiros de Enfermagem no período de 1977 a 1987. Os principais pontos de convergência presentes nos discursos dos palestrantes referem-se a: educa o superior e de nível médio; assistência de enfermagem hospitalar e de saúde pública; políticas de saúde e; a imagem da/o enfermeira/o e suas transforma es ao longo dos anos.
O sistema de valores humanos de administradores brasileiros: adapta o da escala PVQ para o estudo de valores no Brasil
Filipe Jorge Ribeiro de Almeida,Filipe Jo?o Bera de Azevedo Sobral
Revista de Administra??o Mackenzie , 2009,
Abstract: O sistema de valores humanos dos administradores e suas implica es na prática gerencial têm se tornado objeto de um interesse crescente por parte de especialistas em ciências sociais de todo o mundo, facilitado pelas contribui es recentes da psicologia para a compreens o do tema e operacionaliza o dos conceitos. Nesse ambito, destaca-se a teoria motivacional de Schwartz. O objetivo desta pesquisa é estudar o sistema de valores dos administradores brasileiros por meio da aplica o de uma vers o adaptada da nova escala PVQ proposta e revista por Schwartz. Os resultados confirmam a validade dessa vers o adaptada da escala para estudar os valores de ordem superior no contexto brasileiro, embora se apresente menos robusta para estudar os tipos motivacionais de valores. Os administradores brasileiros revelam um sistema de valores centrados na autonomia individual como motivador da coopera o voluntária e da busca do bem-estar social, sobrepondo-se a valores baseados na hierarquia e na formalidade.
Os Arquivos Brasileiros de Nutri o: uma revis o sobre produ o científica em nutri o no Brasil (1944 a 1968)  [cached]
Vasconcelos Francisco de Assis Guedes de
Cadernos de Saúde Pública , 1999,
Abstract: Este trabalho consiste em uma revis o de 209 artigos originais publicados pelos Arquivos Brasileiros de Nutri o (1944/1968), um periódico editado pelo médico-nutrólogo Josué de Castro, diretor-fundador do Instituto de Nutri o da Universidade do Brasil (atual Universidade Federal do Rio de Janeiro). A metodologia utilizada baseou-se na realiza o de uma análise quanti-qualitativa, buscando sumariar tanto os conteúdos temáticos abordados, como o perfil dos autores dos artigos. Os resultados deste estudo revelam, por um lado, que 134 destes artigos (64%) foram inseridos dentro da perspectiva biológica da nutri o e correspondem, na maioria, a pesquisas laboratoriais sobre a composi o química e o valor nutricional de alimentos nacionais. Por outro lado, a análise dos 75 artigos (36%) incluídos na perspectiva social atesta o esfor o dos primeiros nutrólogos brasileiros em construir e aperfei oar os instrumentos metodológicos específicos para investigar as condi es nutricionais de nossa popula o, bem como em contribuir para a consolida o do campo da nutri o no Brasil.
Price components of Brazilian, Argentinean and Chilean wines: a hedonic price analysis Componentes dos pre os dos vinhos brasileiros, argentinos e chilenos: uma análise de pre os hed nicos  [cached]
Marcos Roberto Luppe,Cláudio Felisoni de Angelo
Rege : Revista de Gest?o , 2005,
Abstract: The theory of hedonic prices was used to investigate if descriptive information, on the labels of the 229 fine Brazilian, Argentinean and Chilean wines surveyed, had an influence on the retail price in Brazil. The producing country, vintage, grape variety and growing region were the aspects analyzed. The characteristics that most impacted the price of these wines were the producing country and grape variety. Este artigo utiliza o conceito da teoria dos pre os hed nicos para investigar se as informa es contidas nos rótulos dos vinhos finos brasileiros, argentinos e chilenos vendidos no mercado influenciam o pre o desses produtos. As características analisadas s o: o país de produ o, a safra, a variedade da uva e a regi o de produ o. O estudo analisou uma amostra de 229 vinhos e os resultados obtidos indicam que as características que mais impactam o pre o dos vinhos analisados s o: o país produtor e a variedade da uva.
Atitudes em rela o a produtos brasileiros: uma investiga o com estudantes holandeses.
Janaina de Moura Engracia Giraldi,Ana Akemi Ikeda,Dirceu Tornavoi de Carvalho
Revista de Administra??o Mackenzie , 2008,
Abstract: Pelo fato de a atividade de comércio internacional estar se tornando uma parte central da economia mundial, existe uma necessidade cada vez maior de estudar as atitudes dos consumidores com rela o a produtos domésticos e estrangeiros. Nesse sentido, o presente artigo explora como um segmento de consumidores estrangeiros avalia alguns produtos brasileiros: carne bovina, frutas frescas, cal ados e móveis. Os objetivos s o verificar as atitudes com rela o aos produtos brasileiros citados e as possíveis diferen as nas atitudes. Para tanto, é empreendida uma pesquisa descritiva, coletando dados pelo método transversal simples de uma amostra da popula o de estudantes universitários holandeses. Em conclus o, verificou-se que os produtos brasileiros analisados possuem diferentes avalia es dos respondentes, com exce o das atitudes relacionadas aos móveis e à carne bovina. Os produtos que obtiveram as melhores avalia es foram as frutas frescas, e os que receberam as piores avalia es foram os cal ados, porém o estudo também mostrou que os cal ados recebem avalia es mais positivas daqueles respondentes que disseram conhecer o produto.
Page 1 /100
Display every page Item


Home
Copyright © 2008-2017 Open Access Library. All rights reserved.