All Title Author
Keywords Abstract


Semeadura direta de forrageiras de esta o fria em campo natural com aplica o de herbicidas: I. Produ o de forragem e contribui o relativa das espécies

Keywords: produ o forrageira , semeadura direta , pastagem natural

Full-Text   Cite this paper   Add to My Lib

Abstract:

Os campos naturais apresentam estacionalidade na sua produ o forrageira, a qual pode ser atenuada com a introdu o de espécies de esta o fria através de semeadura direta, aumentando a produ o forrageira no inverno. Durante quatro anos, conduziu-se um experimento de semeadura direta de forragem de inverno, sobre campo nativo, em um Argissolo Vermelho-Amarelo, de textura superficial arenosa do norte do Uruguai. Em delineamento de blocos ao acaso com parcelas sub-subdivididas, foram testadas doses de herbicidas (glifosate 1L ha-1, glifosate 4L ha-1, paraquat 3L ha-1 e testemunha), como tratamento principal, aplicadas no ano 1994. A repeti o ou n o das mesmas doses no ano 1995 constituiu-se na subparcela, e a aplica o ou n o das mesmas doses no ano 1996 constituiu-se na sub-subparcela. Os resultados mostraram que o maior distúrbio sobre a produ o de forrageiras e contribui o das espécies do campo nativo foi provocado com a aplica o continuada de herbicidas sistêmicos na maior dose. Quando n o foi aplicado herbicida (testemunha) havia onze espécies e com aplica o de glifosate 4L ha-1 havia seis espécies, bem como ocorreu uma substitui o de espécies perenes por anuais. O herbicida paraquat e a dose baixa de glifosate mostraram efeitos intermediários entre o observado no campo nativo semeado com triticale e azevém sem tratar com herbicida e os provocados com glifosate na dose alta. Por outro lado, os rendimentos de matéria seca das espécies forrageiras invernais semeadas foram 63% maiores na dose mais alta de glifosate do que na testemunha, devido a um maior controle da competi o que exercia o campo nativo.

Full-Text

comments powered by Disqus