All Title Author
Keywords Abstract

Publish in OALib Journal
ISSN: 2333-9721
APC: Only $99

ViewsDownloads

Relative Articles

DEGRADATION OF DRY MATTER, CRUDE PROTEIN AND NEUTRAL DETERGENT FIBER OF ELEPHANT GRASS SILAGES WITH DEHYDRATED CASHEW STALK DEGRADA O DA MATéRIA SECA, PROTEíNA BRUTA E FIBRA EM DETERGENTE NEUTRO DE SILAGENS DE CAPIM-ELEFANTE CONTENDO PEDúNCULO DE CAJU DESIDRATADO

Efeitos da adi o de vagens de algaroba sobre a composi o química e a microbiota fúngica de silagens de capim-elefante

Parametros de degradabilidade potencial da matéria seca e da proteína bruta das silagens de seis genótipos de sorgo (Sorghum bicolor (L.) Moench), com e sem tanino no gr o, avaliados pela técnica in situ

Degrada o da matéria seca e da proteína bruta de silagens de milho sem espigas com cana -de-a úcar e baga o de mandioca = Dry mater and crude protein ruminal degradation of corn silage without spikes with sugar cane and manioc pulp

Estabilidade aeróbica de silagens de capim-elefante (Pennisetum purpureum, Schum) emurchecido e tratado com inoculante microbiano

Blood constituents of holstein cows fed with corn or elephant-grass silages / Constituintes sangüíneos de vacas da ra a holandesa alimentadas com silagens de milho ou de capim-elefante

Qualidade da silagem de capim-elefante (Pennisetum purpureum Schum.) emurchecido ou acrescido de farelo de mandioca

Consumo e digestibilidade aparente da matéria seca, proteína e energia bruta, e balan o de nitrogênio das silagens de cinco genótipos de milho

Efeito da mistura da planta de girassol (Helianthus annuus L.), durante a ensilagem do capim-elefante (Pennisetum purpureum Schum.) no valor nutritivo da silagem

Degradabilidade in Situ da Matéria Seca e Proteína Bruta das Silagens de Seis Genótipos de Sorgo (Sorghum bicolor (L.) Moench) em Diferentes Estádios de Matura o

More...

DEGRADA O RUMINAL DA MATéRIA SECA, DA PROTEíNA BRUTA E DA FRA O FIBRA DE SILAGENS DE MILHO E DE CAPIM-ELEFANTE

Full-Text   Cite this paper   Add to My Lib

Abstract:

O trabalho foi realizado na Fazenda Experimental de Iguatemi, da Universidade Estadual de Maringá, com o objetivo de avaliar a degradabilidade ruminal in situ da matéria seca (MS), da proteína bruta (PB) e da fibra de detergente neutro (FD)N da silagem de milho e de silagens de capim-elefante (Pennisetum purpureum Schum.) cv. Cameroon, inoculadas com inoculante enzimo-bacteriano (SCE-IEB) e inoculante bacteriano (SCE-IB). A degradabilidade potencial (DP) da MS e da FDN foi superior (P<0,05) para as silagens de milho e SCE-IEB em rela o a SCE-IB, fato também observado para a degradabilidade efetiva (DE) da PB. Os valores observados para DP da MS, da PB e FDN para as silagens de milho, SCE-IEB e SCE-IB foram: 79,13%; 76,52% e 69,00%; 80,88%; 79,99% e 71,42%; 80,88%; 80,00% e 60,51%, respectivamente. A SCE-IB foi a que apresentou as maiores taxas da fra o n o-degradável, tanto para MS como para PB e FDN. Entre as silagens de capim-elefante, SCE-IEB apresentou os melhores resultados de degradabilidade ruminal, o que pode ser atribuído, em parte, à a o do inoculante enzimo-bacteriano. PALAVRAS-CHAVE: Degradabilidade efetiva, nitrogênio amoniacal, silagem de gramíneas.

Full-Text

comments powered by Disqus