All Title Author
Keywords Abstract

Publish in OALib Journal
ISSN: 2333-9721
APC: Only $99

ViewsDownloads

Relative Articles

Analysis of publications by the State University of Londrina nursing faculty, from 1995 to 2006 Análise das publica es dos enfermeiros docentes da Universidade Estadual de Londrina-PR de 1995 a 2006

Avalia o das capacita es de hanseníase: opini o de médicos e enfermeiros das equipes de saúde da família Evaluación de las capacitaciones de Hanseníasis: la visión de médicos y enfermeros de los equipos de salud de la familia Evaluation of training programs in Hansen's Disease: opinion of physicians and nurses of family health teams

Demandas de saúde mental: percep o de enfermeiros de equipes de saúde da família Demandas de salud mental: percepción de enfermeros de equipos de salud de la familia Demands of mental health: nurses' perceptions of family health teams

Validade da forma o da auxiliar odontológica em Londrina

Desafios e perspectivas do curso de Arquivologia da Universidade Estadual de Londrina Desafios y perspectivas del curso de Archivologia de la Univesidad Estatal de Londrina

The Agribusiness Cluster of the Metropolitan Area of Londrina O Cluster Agroalimentar da Regi o Metropolitana de Londrina

Saúde da família no Estado de Mato Grosso, Brasil: perfis e julgamentos dos médicos e enfermeiros

Uso das diretrizes para tratamento da úlcera por press o por enfermeiros de um hospital geral

Perfil e atua o dos enfermeiros da rede especializada em saúde mental de Goiania-Goiás

Perfil sociodemográfico e profissional dos enfermeiros da aten o básica à saúde de Cuiabá - Mato Grosso

More...

Family health teams: profile of the physicians and nurses in Londrina, Paraná, Brazil Estratégia da saúde da família: perfil dos médicos e enfermeiros, Londrina, Paraná

Keywords: Programa Saúde da Família , Aten o básica de saúde , Recursos humanos em saúde.

Full-Text   Cite this paper   Add to My Lib

Abstract:

This study is a descriptive quantitative investigation to describe the profile of the members of the family health teams in Londrina, Paraná. Data were collected in August and September, 2003. In order to analyze quantitative data, the Epi-Info program was used. The city of Londrina reckoned on 188 health professionals (94 physicians and 94 nurses), out of which 89 nurses (94,7%) and 82 physicians (87,2%) took part in this research. Over fifty percent of the physicians were male, the average age being 42,2 years old. Among the nurses, the female prevailed, average age being 33,9 years old. Most of the physicians had already worked for more than 9 years in the collective health area, while most of the nurses had worked in this area for less than 9 years. Almost all the nurses and about 50% of the physicians had worked for more than two years in ESF (Family Health Teams). Concerning formal education, more than 74% of the physicians and 93,2% of the nurses answered that they had completed graduate courses: 45% of the physicians and 70% of the nurses, in Collective Health. In face of these results, it was verified that the physicians and the nurses of the family health teams in Londrina had significant professional qualification. Trata-se de um estudo descritivo quantitativo, com o objetivo de descrever o perfil dos médicos e enfermeiros das equipes da Saúde da Família, no município de Londrina, Paraná. A coleta de dados foi realizada no período de agosto a setembro de 2003 e os dados foram analisados através do programa Epi- Info. O município contava com 188 profissionais (94 médicos e 94 enfermeiros). Desse total, 89 enfermeiros (94,7%) e 82 médicos (87,2%) participaram da pesquisa. Mais da metade dos médicos era do sexo masculino, com média de idade de 42,2 anos. Entre os enfermeiros, predominou o sexo feminino, com média de idade de 33,9 anos. Grande parte dos médicos atuava há mais de nove anos na área da Saúde Coletiva, enquanto a atua o de mais da metade dos enfermeiros, nessa área, era de menos de nove anos. Quase a totalidade dos enfermeiros e pouco mais de 50% dos médicos tinham mais de dois anos de trabalho na ESF. Mais de 74% dos médicos e 93,2% dos enfermeiros haviam feito especializa o, referindo terem-na feito na área da Saúde Coletiva, respectivamente 45% e 70%. Diante destes resultados verifica-se que os médicos e os enfermeiros das equipes da Saúde da Família do município de Londrina possuíam expressiva qualifica o profissional.

Full-Text

comments powered by Disqus