All Title Author
Keywords Abstract


Análises visual e volumétrica por ressonancia magnética das forma es hipocampais em um grupo de pacientes com diagnóstico clínico de epilepsia do lobo temporal

Keywords: epilepsia do lobo temporal , ressonancia magnética , hipocampo

Full-Text   Cite this paper   Add to My Lib

Abstract:

Visando comparar a sensibilidade da avalia o volumétrica com a análise visual na avalia o por ressonancia magnética (RM) das forma es hipocampais de pacientes com epilepsia do lobo temporal refratária e candidatos à lobectomia temporal, estudamos 153 casos com diagnóstico clínico de epilepsia do lobo temporal, utilizando um equipamento de 0,5 Tesla, com técnica de inversion-recovery ponderada em T1, com cortes de 5 mm no plano coronal. Houve boa concordancia entre a análise visual prospectiva e outra retrospectiva, realizada por dois observadores independentes (C=0,748 e 0,720). Houve também concordancia entre a análise retrospectiva dos dois observadores (C=0,733). Houve ainda concordancia genuína (C=0,788) entre os resultados das análises quantitativa e qualitativa realizadas prospectivamente. A análise quantitativa demonstrou uma tendência n o-significativa a lateralizar mais casos de atrofia hipocampal presumida clinicamente. Nossos resultados confirmam a confiabilidade da análise visual qualitativa e indicam a utilidade da volumetria hipocampal como uma medida suplementar, objetiva e quantitativa, de esclerose hipocampal.

Full-Text

comments powered by Disqus