All Title Author
Keywords Abstract


Reconstru o de extremidades com retalho livre de fíbula após ressec es oncológicas Extremity reconstruction using a free fibula flap after oncological resection

Keywords: Fíbula , Extremidades , Transplante homólogo , Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos , Fibula , Extremities , Transplantation , homologous , Reconstructive surgical procedures

Full-Text   Cite this paper   Add to My Lib

Abstract:

INTRODU O: O tumor primário de ossos longos é raro, correspondendo de 0,2% a 1% dos tumores malignos. No passado, a amputa o era o tratamento padr o, ocasionando grande impacto na morbidade e na mortalidade desses pacientes. Com o avan o das técnicas cirúrgicas e o envolvimento multidisciplinar, a cirurgia conservadora dos membros tornou-se o tratamento de escolha, sendo a reconstru o com retalho microcirúrgico de fíbula a mais utilizada. Este trabalho tem como objetivo apresentar a experiência do Instituto Nacional de Cancer (INCA) nas reconstru es de membros com retalho microcirúrgico de fíbula após ressec es de tumores de ossos longos. MéTODO: Foi realizada análise retrospectiva de 7 casos de retalho livre de fíbula operados no INCA, no período de 1997 a 2009, para reconstru o de defeitos de extremidades após ressec es de tumores ósseos. Foram avaliados os seguintes parametros: sexo, idade, diagnóstico, localiza o do tumor, tipo e tamanho da ressec o, tipo e tamanho da reconstru o, vasos utilizados para anastomose, complica es pós-operatórias, estado da doen a na última consulta, seguimento e tempo até deambula o. RESULTADOS: No total, 7 pacientes com média de idade de 11,8 anos (variando de 5 anos a 14 anos) foram submetidos a reconstru o de extremidades com retalho livre de fíbula, com 100% de viabilidade e consolida o óssea. As les es eram localizadas em fêmur, tíbia ou úmero. O tumor mais comum foi o osteossarcoma. O tempo médio de retorno à deambula o foi de 14,7 meses. CONCLUS ES: O uso do retalho livre de fíbula é uma excelente alternativa para reconstru o de membros, apresentando alta taxa de consolida o óssea, deambula o precoce, boa funcionalidade e baixa taxa de complica es. BACKGROUND: Primary tumors of the long bones are rare, accounting for 0.2-1% of malignant tumors. In the past, amputation was the standard treatment and had a large impact on patient morbidity and mortality. With advances in surgical techniques and multidisciplinary involvement, conservative surgery of the limbs has become the treatment of choice, and reconstruction using a microsurgical fibula flap is the most commonly used technique. In this study, we aimed to present the experience of the National Cancer Institute (INCA) with limb reconstruction using a microsurgical fibula flap following tumor resection from the long bones. METHODS: We retrospectively analyzed 7 cases of free fibular flap surgery at the INCA from 1997 to 2009 for the reconstruction of defects of the extremities after bone tumor resection. We evaluated the following parameters: ge

Full-Text

comments powered by Disqus